Entendida como uma das disciplinas que mais se dedica aos estudos da relação recíproca entre o homem e o meio ambiente, a Geografia também se configura como uma ciência responsável pelas pesquisas relacionadas a tudo que diz respeito a superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos significativos da paisagem.

Um professor de geografia é capaz de trabalhar com muitas subdisciplinas, uma vez que ela abrange uma vasta gama de subtópicos capazes de elucidar diversos questionamentos que envolvem desde a interação entre a sociedade e o espaço até aspectos climáticos do nosso planeta, além de inúmeras questões pertinentes acerca de outros temas que dizem respeito a essa disciplina incrível.

No artigo de hoje, vamos abordar de forma breve alguns dos tópicos mais abordados nas aulas de geografia, como os estudos da geografia humana, física, ambiental e a geografia matemática, onde iremos abordar mais especificamente sobre a cartografia.

Confira também nosso guia completo sobre geografia.

Os melhores professores de Geografia disponíveis
1a aula grátis!
Núbia
5
5 (14 avaliações)
Núbia
R$50
/h
1a aula grátis!
Ronnay
5
5 (3 avaliações)
Ronnay
R$35
/h
1a aula grátis!
Letícia
5
5 (16 avaliações)
Letícia
R$45
/h
1a aula grátis!
Bruno
5
5 (10 avaliações)
Bruno
R$30
/h
1a aula grátis!
Leila desirée
5
5 (9 avaliações)
Leila desirée
R$40
/h
1a aula grátis!
João guilherme
5
5 (11 avaliações)
João guilherme
R$40
/h
1a aula grátis!
Lucas
5
5 (13 avaliações)
Lucas
R$35
/h
1a aula grátis!
Antonio vitor
5
5 (9 avaliações)
Antonio vitor
R$35
/h
1a aula grátis!
Núbia
5
5 (14 avaliações)
Núbia
R$50
/h
1a aula grátis!
Ronnay
5
5 (3 avaliações)
Ronnay
R$35
/h
1a aula grátis!
Letícia
5
5 (16 avaliações)
Letícia
R$45
/h
1a aula grátis!
Bruno
5
5 (10 avaliações)
Bruno
R$30
/h
1a aula grátis!
Leila desirée
5
5 (9 avaliações)
Leila desirée
R$40
/h
1a aula grátis!
João guilherme
5
5 (11 avaliações)
João guilherme
R$40
/h
1a aula grátis!
Lucas
5
5 (13 avaliações)
Lucas
R$35
/h
1a aula grátis!
Antonio vitor
5
5 (9 avaliações)
Antonio vitor
R$35
/h
1ª aula gratuita>

Geografia Humana

Há pouco destacamos que os estudos de geografia se dedicam em compreender os aspectos acerca da interação entre a sociedade e o espaço, sendo que o nome dessa área de investigação é Geografia Humana.

Trata-se de um ramo essencial que se dedica em fazer uma espécie de leitura crítica das ações, usos e transformações humanas sobre o espaço, a partir de informações geográficas capazes de contemplar inúmeras culturas, economias e as interações do homem com o meio ambiente.

Imagem de um rapaz tendo no rosto três post its colocados com as seguintes palavras: "Norms", "Expectation", Society". Atrás dele também há outros post its colados com outras palavras. 
A Geografia Humana se dedica em estudar aspectos sobre a interação entre a sociedade e o espaço.

Como todos os setores significativos dessa disciplina, a geografia humana conta com alguns tópicos de grande relevância, os quais merecem uma verificação, mesmo que seja um tanto quanto breve. Vejamos:

  • Geografia Econômica: área que concentra a sua atenção na forma como os produtos são produzidos e distribuídos. Além disso, é essencial afirmar que a forma como a riqueza é distribuída pelas diversas regiões do planeta é analisada pela geografia econômica. Temas como transporte, comércio internacional, desenvolvimento e globalização são discutidos para entender melhor essa subdisciplina;
  • Geografia Populacional: essa subseção da geografia humana trata principalmente da distribuição demográfica de pessoas em um país específico, cidade ou outra localização geográfica;
  • Geografia Médica: Coronavírus, Ebola, Zika e Gripe Asiática, entre outros, são surtos que afetaram (e ainda afetam) milhões e se originaram de um único local. Quem pesquisa essas epidemias para descobrir suas causas e origem são geógrafos relacionados à medicina. Trata-se de uma ciência que se dedica em investigar, por exemplo, como certas doenças se espalharam. Nesse caso, gráficos, relatórios e mapas são criados para mostrar a correlação entre aspectos geográficos e a saúde pública.

Veja ainda os cinco temas mais abordados na aula de geografia.

Geografia Física

Essa área de estudo da geografia trata das características físicas da Terra; isso não se refere apenas à superfície dela, mas ao que está sob e ao redor do planeta. Também conhecida como geosistemas, a geografia física possui muitas subunidades, como:

  • Biogeografia: responsável por examinar os padrões de distribuição das espécies e os efeitos que ocorrem a partir desse processo;
  • Geografia dos Recursos Hídricos: busca a compreensão de como os recursos hídricos são distribuídos e divididos em locais geográficos específicos. Os geógrafos de recursos hídricos têm um trabalho profundamente importante, pois estudam sistemas de água desenvolvidos por humanos e os melhoram para maximizar a eficiência da coleta e a distribuição da água em todo o mundo;
  • Geografia climática: um ramo essencial da geografia física que trata do estudo dos padrões climáticos e como afeta o clima geral de um país, continente ou outra região;
  • Geomorfologia: um campo específico que se concentra no estudo da superfície da Terra. Uma geomorfologia examina as maneiras intrigantes pelas quais o planeta foi formado e os processos pelos quais as formações terrestres passam continuamente.

As quatro subseções mencionadas acima são apenas uma migalha de todos os conceitos e campos de estudo fascinantes dessa área da disciplina.

Há, no entanto, outros subtópicos notáveis comumente aprofundados nos cursos de geografia, em que podemos destacar os estudos dos climas, biomas, solos e relevos, oceanos, glaciologia (que estuda as massas de gelo da Terra) e a Paleogeografia – responsável por investigar os processos e as estruturas que existiram na superfície em épocas geológicas passadas.

Quer ficar por dentro de questões curiosas na geografia?

Geografia Ambiental

Também conhecida como geografia integrada, a geografia ambiental tem por objetivo descrever aqueles aspectos espaciais da interação entre o ser humano e o mundo natural que já citamos aqui. Isso requer o entendimento dos aspectos tradicionais entre os seres humanos e seu ambiente, sendo que a consequência dessa interação é discutida para conscientizar e destacar a necessidade de mudança e como as sociedades conceitualizam o ambiente.

Em uma lousa vemos um mapa e a mão do professor apontando nele, sendo que, como destaque, está o mapa dos EUA com diversos pinos coloridos de marcações.
Compreender a geografia ambiental é ter noção acerca do entorno em que estamos inseridos.

A compreensão da geografia ambiental e como nossas ações afetam o planeta são mais do que necessárias nesse momento. Nosso mundo está doente, e as estatísticas demonstram que a mudança climática é um problema sério e que, infelizmente, está continuamente piorando dia após dia.

Durante uma aula de geografia ambiental alguns assuntos pertinentes são abordados, em que podemos citar questões relacionadas aos desastres naturais, como terremotos, inundações, vulcões e tornados; e desastres ecológicos causados pelo homem no mundo, tais como poluições de todos os tipos, rompimentos de barragem, desmatamentos e queimadas ilegais.

Do mesmo modo, é estudado em um curso de geografia ambiental alguns aspectos da Política, considerando aí sistemas econômicos, culturais e sociais a fim de determinar os efeitos adversos que os seres humanos estão causando sobre a sociedade como um todo e ao meio ambiente - a partir de suas decisões e escolhas equivocadas.

É importante afirmar que a geografia ambiental emergiu como um ponto de ligação entre a geografia física e humana como resultado do aumento da especialização destes dois campos de estudo, se dedicando, assim, como maior intensidade aos estudos da gestão ambiental, sustentabilidade, e ecologia política.

Conheça ainda nosso mini glossário de geografia.

Geografia Matemática: Cartografia

Imagem em destaque do mapa-múndi
Os mapas desempenharam um papel fundamental em muitas sociedades ao redor do mundo.

A Cartografia é um ramo da geografia matemática que estuda a representação da superfície da Terra a partir de mapas que, de certo modo, pode ser referida como uma ciência/arte.

O termo cartografia foi determinado em 1859 a partir da palavra francesa, carta (carta) e a palavra grega, grafite (escrever ou desenhar). Os mapas, no entanto, desempenharam um papel fundamental por milhares de anos em muitas sociedades ao redor do mundo.

Cartógrafos famosos da história incluem nomes como Ptolomeu, Erastóstenes, Al Idrisi, Fra Mauro, Nicolas de Fer e Henry Pelham. Seus mapas foram utilizados por muitos indivíduos por décadas e influenciaram cartógrafos modernos a buscar a excelência.

Os melhores e mais bem sucedidos cartógrafos sabem que um mapa bem desenhado deve incluir as seguintes informações geográficas:

  • Facilidade de uso: ninguém quer usar um mapa que seja difícil de seguir ou entender; portanto, cartógrafos experientes criam planos que são precisos para seu público-alvo;
  • Clareza: tudo deve ser ordenado e bem rotulado para evitar confusão;
  • Precisão entre o objeto e o mapa: a tradução do espaço físico para um meio diferente, como papel ou formato eletrônico, deve ser reconhecível.

Ao longo dos séculos, cartógrafos adaptaram seus métodos às diversas mudanças tecnológicas para garantir que as pessoas continuassem a usar os mapas de forma mais assertiva. Hoje, por exemplo, temos o Google Maps que, cá entre nós, é uma “mão na roda”. Praticamente nos leva a quase todos os lugares, sem falar nos aplicativos da mesma natureza.

Mas voltando ao assunto em questão, podemos dizer que, de um modo geral, a cartografia estuda os diferentes tipos de mapas, como:

  • Mapas das cidades;
  • Mapas de contornos;
  • Mapas eletrônicos;
  • Mapas geológicos;
  • Mapas invertidos;
  • Mapas rodoviários;
  • Mapas topográficos;
  • Mapas mundiais.
Vários jovens reunidos com livros de geografia trocando informações.
Aprender Geografia é muito mais do que descobrir onde estão localizadas as cidades, capitais ou países.

Pois é, neste artigo você viu que além de ser uma ciência que estuda o espaço e a relação que ele possui com o ser humano, a Geografia também é responsável pelo estudo aprofundado dos fenômenos naturais; é mais do que apenas saber onde estão localizadas as cidades, capitais ou países.

Todavia vale esclarecer que diversos tópicos relacionados a esses temas são abordados durante o ensino fundamental e médio, sempre com o intuito de atingir os interesses dos estudantes em um nível mais avançado.

Isso significa que, ao longo das aulas de geografia, por exemplo, todas as perspectivas são abordadas a partir de temas diferenciados, uma vez que estamos a falar de uma disciplina que contempla uma área abrangente do conhecimento.

Assim, podemos entender que aprender geografia é se colocar diante de uma disciplina importante, constituída por camadas, que traz em seu bojo conteúdo fascinante, responsável por envolver inúmeros aspectos essenciais capazes de contemplar desde os fundamentos da leitura de um mapa até os diferentes climas e continentes.

Do mesmo modo, as aulas de geografia podem levar à luz temas que definitivamente não se limitam a discutir somente o mapeamento de um lugar, mas principalmente, nos dá uma noção básica acerca da nossa localidade no mundo tendo em vista os desenvolvimentos em que nós, enquanto sociedade, estamos a vivenciar de tempos em tempos, ao longo dos séculos, sempre de forma contínua.

Que tal conhecer algumas celebridades dos estudos geográficos?

Precisando de um professor de Geografia ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Erico

Sou roteirista, redator e CEO da Eckoa Digital, além de músico nas horas vagas.