Atualmente, na era digital, é difícil viver uma rotina sem qualquer interação com as tecnologias. Desktops, tablets, redes sociais, smartphones, streamings, games... O digital está presente na vida social, nas compras, nos serviços, no entretenimento, na saúde, no esporte e, também... na escola. É fato: as crianças cada vez mais têm contato com dispositivos tecnológicos, e cada vez mais cedo. Isso é correto? Há controversas.

Muito se é discutido sobre a idade ideal para uma criança ter seus primeiros contatos com uma tela interativa. Os especialistas ainda divergem nesse aspecto, mas uma verdade inevitável traz uma demanda inegável: o contato direto ou indireto existe; por isso, é preciso preparar as crianças pedagogicamente e de forma adequada para crescerem como usuárias conscientes e críticas das tecnologias.

Os melhores professores de Informática Educativa disponíveis
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (22 avaliações)
Guacira
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (24 avaliações)
Gabriel
R$30
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (45 avaliações)
Kaique
R$40
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jay
5
5 (12 avaliações)
Jay
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (22 avaliações)
Guacira
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (24 avaliações)
Gabriel
R$30
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (45 avaliações)
Kaique
R$40
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jay
5
5 (12 avaliações)
Jay
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Dicas criativas para introduzir informática para crianças!

Um menino com um tablet
curso de computação: existe uma idade mínima para uma criança manipular um computador?

Para introduzir gradualmente a presença da informática na vida familiar e escolar dos pequenos, é preciso em primeiro lugar identificar alguns objetivos básicos:

  • apresentar a tecnologia como estímulo a suas mentes e como recurso que potencialize seu desenvolvimento intelectual e psicossocial
  • ensinar a informática para formar cidadãos críticos e conscientizados a partir do uso da comunicação – teoria e prática – como forma de educação
  • o papel da informática é sempre ser mais um recurso entre muitos, e não se tornar o objeto em si do ensino.

Com os objetivos em mente, uma das principais dúvidas que surgem a princípio para o professor ou educador é: como apresentar a informática de forma a chamar a atenção das crianças? Como tornar o processo ensino-aprendizagem algo divertido, leve e frutuoso?

Pois bem, temos umas dicas especiais que contribuem para que a introdução à tecnologia seja um processo lúdico, interessante e eficaz. Confira!

  • introduza a informática sempre de maneira contextualizada, ou seja, aliada aos conteúdos curriculares em questão;
  • use e abusa da ludicidade inerente aos recursos digitais: vídeos, desenhos, música, histórias, personagens;
  • sempre verifique a classificação etária do recurso utilizado, sejam softwares educacionais, games, músicas, atividades, entre outros.
  • procure deixar os jogos para o meio ou final da aula;
  • não é aconselhável deixar os computadores sempre à disposição das crianças sem que haja um roteiro a ser seguido
  • estimule o protagonismo nos alunos: deixe que eles próprios sejam autores de suas pesquisas, atividades, interações, desenhos, jogos...
  • elogie e premie os alunos que foram dedicados durante o curso de informática com alguns minutos de diversão;
  • apresente a tecnologia de maneira interessante para cada idade;
  • sempre adapte a linguagem para que a comunicação com os alunos seja eficaz;
  • envie atividades para casa que utilizem recursos tecnológicos, contribuindo para que a família também acompanhe os momentos interativos;
  • não é porque estão diante das telas que a atividade é individual: estimule trabalhos em pequenos grupos.

Assim, o professor vai proporcionar lazer aos alunos, mas sem perder o foco. Ao final, irá valorizar os conteúdos que devem ser aprendidos. Outras dicas importantes no processo:

  • Explore a criatividade, a iniciativa e a interatividade, propiciando ao aluno a postura ativa diante da máquina e do sistema;
  • Desperte a curiosidade;
  • Incentive o trabalho cooperativo e interdisciplinar;
  • Estimule ou não a competitividade (de acordo com a linha pedagógica adotada)
    nas diversas dimensões (com relação aos colegas, ao computador, a si próprio
    etc.);
  • Estimule a reflexão, o raciocínio, a compreensão de conceitos;
  • Ressalte a importância do processo em vez do resultado obtido (ganhar ou perder,
    certo ou errado);
  • Encoraje o alcance dos objetivos propostos, evitando-se as tentativas irrefletidas
    sobre o processo e levando-se em consideração a dimensão tempo;
  • Provoque mudanças desejáveis no processo ensino/aprendizagem;
  •  Propicie a construção do conhecimento;
  • Contemple aspectos de linguagem (faixa etária, gênero, ambiente...);
  • Considere aspectos socioculturais, éticos, pedagógicos etc.;
  • Estimule o aluno a propor e resolver problemas.

Atividades educativas com informática

Confira algumas sugestões de atividades que podem incentivar o uso da informática de maneira educativa:

Uma pesquisa maluca

Ideal para disciplinas como  Ciências, Música, Linguagens, Movimento ou História, Biologia, entre outras.

A proposta é criar grupos de pesquisa sobre algum tema em específico que está sendo estudado no momento: animais do jardim, músicas do mundo, personagens folclóricos, história da escrita, dinossauros, Egito antigo, receitas para festa junina... Dê algumas opções de tema para que o grupo decida ou eleja seu objeto de maior interesse.

Cada equipe, então, fica responsável por trazer elementos de cada objeto pesquisado: características, curiosidades, imagens.

A atividade pode ser enviada para casa, para que os pais auxiliem no processo. Para aqueles em fase de alfabetização, é interessante estimular a escrita.

Por fim, cada grupo apresenta à turma o resultado de sua investigação. Para que a atividade fique ainda mais divertida, sugira que os alunos venham fantasiados com a temática do seu objeto de estudo.

Recursos utilizados: Internet, mecanismos de pesquisa como Google, Youtube.

Crianças rindo na frente do computador
curso informatica: é possível aliar diversão, aprendizagem e desenvolvimento?

Artistas da pesada

Essa atividade pode ser trabalhada nas disciplinas de Artes, Música e Teatro.

A proposta é explorar tanto recursos tecnológicos como físicos para desenvolver a criatividade artística das crianças. Comece apresentando alguns temas para que cada criança escolha seu objeto de retrato artístico. Sugestões: natureza, sociedade, símbolos, histórias, personagens folclóricos...

Então, o desafio consiste em reproduzir o mesmo tema em duas obras de arte: uma, por meio de um software de desenho ou escrita; outra, com a utilização de papel e materiais como tinta, colagens, sucata etc.

Ao final, organizar uma exposição coletiva acompanhada de um bate-papo em que cada aluno explique rapidamente como produziu a obra em suas duas versões - digital e física.

Recursos utilizados: Softwares diversos de desenho e pintura (paint, word, powerpont outros). Faça um curso de informatica!

Escrita divertida

Essa atividade tem o objetivo de trabalhar Linguagens e Alfabetização.

Comece fazendo um convite especial à turma: que tal explorar o alfabeto e as sílabas por meio de jogos? Faça uma pesquisa de jogos educacionais que trabalhem o alfabeto ludicamente na internet, e escolha o que for mais adequado à sua turma. Na sequência, conversar com a turma sobre o que acham da experiência de jogos, investigar se os alunos têm o hábito de jogar em casa e o que normalmente buscam. Então, propor rodadas dos games: em duplas ou individualmente, que se divirtam por alguns minutos com o jogo escolhido.

Ao final, propor para que cada aluno escreva ou desenhe o que mais gostou da experiência.

Recursos utilizados: games e jogos de alfabetização.

Material necessário para informática infantil

E que tal um curso de informática básica?

Bem, uma das dúvidas mais consistentes quando se trata de apresentar novas tecnologias às crianças é sobre o material que pode ou não pode ser utilizado. Bem, podemos começar com os recursos mínimos necessários - seja em sala de aula, laboratório de informática ou em casa:

  • uma boa conexão à internet: hoje qualquer recurso educativo digital requer uma conexão, para que a experiência não seja interrompida ou incompleta. Muitos jogos ou softwares só funcionam corretamente online;
  • um computador: desktop, tablet ou smartphone. Os dois últimos são mais recomendáveis para atividades em casa, e sempre sob a orientação e acompanhamento de um adulto responsável
  • softwares educativos pagos ou gratuitos: faça uma pesquisa extensa e em fontes confiáveis.
  • e por fim, um bom espaço para que o aluno se acomode confortavelmente, sem ruídos e interferências externas no processo.

Além do material mínimo necessário, quando se trata de apresentar novas tecnologias às crianças, é importante estar atento a algumas condições que tornam o processo de aprendizagem efetivo e sobretudo, com proteção e segurança:

  • nunca deixe a criança sozinha com o dispositivo: o monitoramento deve ser constante. Se possível, participe de forma a ajudar em suas dificuldades e dúvidas;
  • não exceda em mais de meia hora por dia o uso dos dispositivos com crianças até cinco anos; depois dessa idade, aumente gradativamente, não excedendo uma hora por dia;
  • em casa, ative os sistemas de controle parental nos mecanismos de pesquisa, youtube e outros sites e aplicativos;
  • evite ao máximo a publicidade infantil: ela é prejudicial ao desenvolvimento da criança e desestimula o consumo consciente.
  • respeite as classificações etárias: nem sempre elas se referem apenas à violência física, e muitas vezes linguagem e temas impróprios.

Que tal encontrar um curso de informática online?

Mãe e filha aprendendo no computador
Além dos materiais necessários, é fundamental que os pais acompanhem os filhos em frente ao computador.

Jogos educativos e informática para as crianças

Por fim, selecionamos alguns sites e aplicativos que podem contribuir para que o desenvolvimento das crianças. Confira:

  • Google music: excelente portal para as crianças explorarem de maneira lúdica ritmo, sonoridades, notas e composição musical. Ideal para atividades de Ciências, Matemática, Artes.
  • PalmaKids: jogo educativo e divertido destinado a crianças a partir de 4 anos e que estejam em processo de alfabetização na língua portuguesa e inglesa. Contribui para o fortalecimento, de forma lúdica e interativa, de uma das competências e habilidades necessárias à alfabetização: o conhecimento das letras do alfabeto.
  • Planeta Terra: viagem através do jogo para crianças conhecerem geografia, natureza e cultura do mundo.
  • Jogoseducativos.hvirtua.com: portal com diversos puzzles, quiz, jogos e muito mais para diferentes áreas do conhecimento.
  • Geografia Memória: o conhecido jogo da memória adaptado com conteúdo de geografia. Nele você brinca de combinar países com suas capitais, bandeira, moeda, continente e mapa.
  • Ludo Educativo: site com jogos e brincadeiras online de temas diversos e que podem também ser divididos de acordo com a idade da criança e o seu nível escolar. Algumas das atividades são fechadas e exigem cadastro, mas a maioria é aberta e gratuita, perfeita para incentivar a aplicação e entendimento das ciências entre os pequenos.
  • Quiz de Geografia: se gosta de responder a perguntas sobre cidades, capitais ou bandeiras do mundo, você adorará este quiz geográfico. Jogo de Quiz de Geografia é uma notável coleção de perguntas e respostas geográficas acompanhadas de fatos divertidos de que talvez não tenha ouvido falar.
  • ABC do Bita: Indicado para a fase de alfabetização, e para crianças entre 2 e 5 anos, o ABC do Bita é um abecedário interativo em português que funciona como um brinquedo para crianças em início de alfabetização. Seus jogos educativos estimulam o raciocínio lógico, a coordenação motora e o desenvolvimento dos pequenos.
  • Desenho para crianças: simples, divertido e intuitivo, os pequenos vão adorar. Basta escolher um desenho, a linha tracejada aparece na tela. A criança escolhe suas cores e só precisa reutilizar seu dedo nas linhas para fazer o desenho.
  • Kids Doodle-Color and Draw: um aplicativo para desenhar com o dedo que oferece excelentes possibilidades. Cores de néon, escovas de diferentes tamanhos, a capacidade de traçar fotos, seguir modelos... As crianças podem dar asas à imaginação.

Encontre os melhores cursos de informatica para você!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.