Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aprenda a fazer contas sem precisar de uma calculadora

De Fernanda, publicado dia 02/09/2019 Blog > Apoio Escolar > Matemática > Cálculo mental: truques para ser fera em matemática

Desde os primeiros anos de ensino de matemática, existe um exercício em particular que exige mais concentração, dedicação e investimento intelectual do que muitos outros: ele é o cálculo mental.

Imagine então no Ensino Médio, na preparação para o vestibular, ou então durante seu curso universitário? É uma técnica muito útil e que pode aprimorar o desempenho e rendimento dos estudantes de uma maneira bem eficaz.

Mas é preciso dominar técnicas específicas para utilizar o cálculo mental com rapidez e eficácia na nossa vida cotidiana, seja na hora de fazer compras, arrumar a casa ou cozinhar, entre outros.

aprenda a fazer contas de cabeça Aprender a progredir em matemática com o cálculo mental exige concentração.

Mesmo se a grande maioria das pessoas hoje possui um smartphone, às vezes não temos o celular por perto ou então, quando temos, até procurar o aparelho na bolsa, digitar a senha, achar o aplicativo calculadora… A conta já era!

Retomar as noções de base do cálculo mental pode ajudar você a sair do sufoco na hora de uma prova, no dia do vestibular, por exemplo, mas também a economizar tempo e treinar sua mente em situações do cotidiano.

Mas como fazer? Existe uma técnica específica? Existem exercícios, dicas de matemática, orientações particulares para melhorar seus estudos de matemática?

As vantagens do cálculo mental

O cálculo mental traz muitos benefícios e vantagens incontestáveis para a nossa vida cotidiana, seja você um estudante ou um profissional.

Ele contribui para que você obtenha resultados rápidos e precisos em qualquer situação; o melhor de tudo isso é que você não vai precisar nem de uma calculadora!

Você simplesmente vai aprender a contar de cabeça, bem depressa! Só isso!

Para aqueles que desejam reforçar seus estudos em matemática, o cálculo mental permite a consolidação dos conhecimentos dos números, a familiarização com as operações, a descoberta de certas propriedades, e muito mais.

como fazer cálculos mentais no dia a dia Que tal calcular o valor da sua conta de supermercado de cabeça?

O cálculo mental pode ser usado em diversas ocasiões: ele treina as noções de grandeza das operações, o que é muito importante quando estudamos os números decimais ou as proporções, por exemplo.

Enfim, o cálculo mental contribui para que você estruture sua mente, de maneira a começar a pensar, refletir, estimulando sua memória, sua habilidade analítica e de síntese.

Em um primeiro momento, apesar de não parecer, ele compreende também um forte aspecto lúdico: excelente oportunidade para aqueles que gostam de desafios matemáticos seja em jogos de lógica, com quebra-cabeças, brincando de lego ou de cubo mágico… com o cálculo mental, você faz seus neurônios funcionarem e se diverte ao mesmo tempo! Na verdade, você pratica a matemática e nem se dá conta disso.

Quer ser bom em cálculo mental? No Superprof você encontra curso de matematica basica e muito mais!

Por que estudar o cálculo mental?

Existem muitas razões para começar a fazer contas de cabeça e sobretudo a desenvolver suas habilidades de memorização matemática. Veja algumas delas:

  • Você estimula sua mente a progredir nos cálculos, uma vez que já terá alguns resultados prontos por reflexo; assim, consegue focar em problemas mais complexos;
  • Você ganha tempo e em alguns casos até dinheiro (vá perguntar a opinião dos jogadores de poker ou dos banqueiros!)
  • Você viaja com menos bagagem: pode deixar em casa aquela calculadora enorme que ocupa espaço na mala. Ok, você vai ter o seu celular, mas desnecessário usá-lo para calcular quanto é 8 x 7, certo?
  • Você vai se dar bem em diversas situações do dia a dia: a tabuada do 11 e do 12 não será mais nenhum mistério…
  • Ninguém mais vai conseguir te enganar na hora de dar o troco!
  • Você vai economizar nas aulas de matematica!

Como treinar sua mente a calcular

Em todos os casos, a prática diária e constante do cálculo mental, por cerca de dez minutos por dia, já é suficiente. Não adianta ficar horas a fio decorando fórmulas e contas; seu cérebro precisa apenas de uma prática constante e regular para que os cálculos se tornem algo bem natural, assim como andar de bicicleta ou até mesmo respirar.

O cálculo mental pode ser praticado tanto oralmente quanto por escrito, e você pode recorrer a suportes e recursos como um caderno, uma pasta de anotações, cartas, fichas, dados, um programa de computador.

É importante ter em mente todos os mecanismos e técnicas que você utilizou para chegar a determinados resultados: isso vai ser útil por toda a sua vida. Vai inclusive fazer de você um bom aluno de matemática e, quem sabe, um especialista?

Veja alguns recursos básicos para ajudar nessa empreitada:

  • As tabuadas de adição e de multiplicação;
  • Conhecimento dos números quadrados até 15² (=225), bem como as potências;
  • A técnica de multiplicação por potências de 10 com expoentes negativos (é preciso andar a vírgula para a esquerda) e de expoentes positivos (deslocar a vírgula para a direita);
  • Usar a propriedade “dividir por um número = multiplicar pelo número inverso” (por exemplo, dividir por 0,25 é multiplicar por 4)
  • Aprender os produtos notáveis: (a+b) ² = a² + 2ab + b², (a – b) ² = a² – 2ab + b², (a+b) (a – b) = a² – b².
  • Aprender as regras de fatoração;
  • Conhecer as ordens de grandeza.

como contar de cabeça depressa Quais as técnicas básicas para aprimorar sua capacidade mental?

Na prática: dicas para calcular como Einstein

Observe o último algarismo dos números

Não importa qual número: olhe sempre com qual algarismo ele acaba. Se for par (0, 2, 4, 6, 8) ou se for um 5, é divisível seja por 2, seja por 5 ou por 10. 150 acaba com 0, portanto é divisível por 10.

Como saber que um número é divisível por 3 ou por 9? Faça a soma dos algarismos e veja se o resultado é divisível por 3 ou por 9. Na verdade, um número é divisível por 3 se a soma de seus algarismos é um número múltiplo de 3 (ex: 18 = 1 + 8 = 9, múltiplo de 3). Um número é divisível por 9 se a soma de seus algarismos é um número múltiplo de 9 (ex : 936, seja 9 + 3 + 6 = 18 = 1 + 8 = 9 que é portanto um múltiplo de 9). A saber: se a soma dos algarismos for divisível por 3 e se esses algarismos forem pares, o número é divisível por 6.

Nas adições

Aprenda a simplificar os números. Por exemplo: 1958 – 1907. O número 1900 é comum aos dois elementos, portanto faça apenas a subtração das dezenas e das unidades: 58 – 7 = 51.

Outras dicas de cálculos mentais

  • Faça agrupamentos inteligentes antes de efetuar a operação. Por exemplo: 1,2 / 1,8 = (12 / 18) / 10.
  • Agrupe as unidades que somam 10 para facilitar as adições mais longas: 1 + 9, 2 + 8, 3 + 7, etc.
  • Somar ou subtrair por 9, 19 ou 29 é a mesma coisa que somar ou subtrair por 10, por 20 ou por 30 – 1.
  • Dividir por um número é o mesmo que multiplicar pelo seu inverso.
  • Para somar duas frações, reduza ao mesmo denominador.

Siga sempre esses conselhos de matemática ao pé da letra!

como assimilar os conceitos matemáticos no ensino fundamental? O conhecimento matemático vai além dos cálculos e equações e se aplica ao entendimento que temos do mundo!

Como calcular mais rápido do que uma calculadora?

Nas aulas de reforço escolar, no apoio no dever de casa, nas aulas particulares ou regulares na escola, e até mesmo nos cursos online, há uma grande quantidade de situações onde você precisa calcular (do ensino fundamental ao superior). Seja para fazer uma operação com frações, resolver uma equação do segundo grau, ou então em geometria, uma função logarítima, encontrar uma raiz quadrada, fazer uma equação diferencial, um número inteiro, complexo, relativo… Ufa!

Como ganhar tempo com tantos números e contas? Como calcular mais depressa?

Comece revendo os conteúdos de base do cálculo mental. É fundamental decorá-los. Veja alguns recursos básicos para ajudar nessa empreitada:

  • As tabuadas de adição e de multiplicação;
  • Conhecimento dos números quadrados até 15² (=225), bem como as potências;
  • A técnica de multiplicação por potências de 10 com expoentes negativos (é preciso andar a vírgula para a esquerda) e de expoentes positivos (deslocar a vírgula para a direita);
  • Usar a propriedade « dividir por um número = multiplicar pelo número inverso » (por exemplo, dividir por 0,25 é multiplicar por 4)
  • Aprender os produtos notáveis: (a+b) ² = a² + 2ab + b², (a – b) ² = a² – 2ab + b², (a+b) (a – b) = a² – b².
  • Aprender as regras de fatoração;
  • Conhecer as ordens de grandeza.

Outra dica é começar a frequentar aulas particulares de matemática, em casa, se possível. O professor poderá lhe dar muitas dicas e apoio. Isso vai treinar e atualizar o seu cérebro.

Um estudo da Califórnia detectou que o cérebro humano tem a capacidade de memória equivalente a 1 petabyte (o mesmo que 1015 no Sistema Internacional de Unidades). Mas com tantas novidades a cada dia que passa, é preciso ter estrutura suficiente para integrar tudo isso nos seus estudos de matemática!

Isso exige, claro, tempo, dedicação, trabalho, paciência e motivação, mas os resultados vão surpreender e você vai guardá-los pelo resto de sua vida!

Por isso é fundamental revisar e praticar as técnicas de cálculo mental e de matemática aplicada. Revise seu curso de matematica basica ou avançada, releia seus livros, converse com seus colegas, seu professor, seus pais, e não se esqueça: divirta-se aprendendo!

Como melhorar em matemática Resolver exercícios é uma das melhores formas de praticar seus conhecimentos em matemática.

Recursos online que ajudam no cálculo mental

Para evoluir em matemática com o cálculo mental, a Internet é também um recurso precioso e complementa perfeitamente suas aulas.

Existem muitos sites especializados que propõem videoaulas, explicações, quiz, textos complementares, exercícios, jogos e muito mais. Selecionamos alguns para você:

Khan Academy: ONG educacional criada e sustentada por Salman Khan. Com a missão de “fornecer educação de alta qualidade para qualquer um, em qualquer lugar”, oferece uma coleção grátis de vídeos de matemática entre outras matérias.

Olimpíada Brasileira de Matemática: com 30 anos de tradição, a OBM disponibiliza, em seu site, download de provas e gabaritos anteriores.

Calcule Mais: Videoaula de matemática e exercícios de matemática desde o ensino fundamental até o ensino superior e concursos públicos.

Site Mais: reúne de maneira organizada vários recursos educacionais multimídia disponíveis para um curso de matematica online  de fácil uso do professor e do estudante de Matemática.

Só Matemática: são mais de 3.000 páginas de conteúdo, onde você irá aprender Matemática de maneira descontraída, tanto na teoria como na prática.

Matematiquês: questões, provas, curiosidades, resumos e muito mais sobre Matemática!

Portal Matemática: o portal da matemática é um site que visa auxiliar alunos do ensino fundamental e médio, e o seu foco principal é o pré-vestibulando e os interessados que visam ingressar na carreira pública por meio de concursos.

Me Salva: O projeto tem a motivação de ajudar estudantes de todo país na compreensão da temida disciplina de cálculo diferencial e integral.

Kuadro: no kuadro, as pessoas aprendem com vídeos e exercícios, trocam conhecimento, tiram dúvidas… Enfim, um grande grupo de estudos.

ferramentas que ajudam a contar de cabeça O ábaco é um recurso que ajuda muito no treino da sua mente.

Percebemos que para evoluir em matemática e também em cálculo mental, a questão da memorização é essencial: lembre-se, mais uma vez, que é preciso decorar os princípios de base da matemática, como as tabuadas de adição e multiplicação. Refaça os exercícios, repita muitas vezes.

Quanto mais você preparar seu cérebro para se lembrar, mais os automatismos surgirão e sua capacidade de calcular mentalmente será multiplicada por 10! Para progredir, é preciso praticar com regularidade, utilizar diferentes estratégicas para que os processos se tornem mais naturais e espontâneos.

Isso exige, claro, tempo de estudo da matemática, dedicação, trabalho, paciência e motivação, mas os resultados vão surpreender e você vai guardá-los pelo resto de sua vida!

Portanto, liberte-se! Divirta-se praticando a matemática e utilize todos os recursos que você dispuser, seja na Internet, seja em livros e revistas. Procure sempre buscar novos desafios e não se esqueça de ser rigoroso em seus estudos e durante os exercícios. Você em breve estará com todos os cálculos e operações em sua cabeça!

Encontre o melhor curso de matematica basica no Superprof!

Como ser bom em matemática: 10 estratégias

Todos temos lembranças de como é estudar matemática. Seja no ensino fundamental, no ensino médio, na universidade para aqueles que optaram por um curso voltado para a área de exatas… A verdade é que as aulas de matematica deixam uma marca registrada em nossa memória!

Essa disciplina ainda é muito importante no desenvolvimento da criança, e é por isso que ela é ofertada desde cedo na escola. Algumas instituições já introduzem a noção de cálculos antes mesmo da Educação Infantil. Isso porque é essencial aprendermos desde pequenos as noções de lógica, de grandeza, de síntese, de espaço, de memorização. Só o fato de refletir diante um problema desenvolve inúmeras habilidades.

Mas é frequente encontrarmos algumas dificuldades ao longo do processo de aprendizagem. Quando nos deparamos com um problema ou uma fórmula mais complexa, ficamos completamente bloqueados! Se não tivermos a distância necessária e relembrarmos tudo o que já vimos, o estudo pode virar uma catástrofe. As notas começam a cair, a autoestima também, e um ciclo vicioso se instala. Não é fácil: pelo contrário, a matemática pode ser uma matéria traumatizante.

Estatísticas oficiais do desempenho dos alunos em avaliações nacionais, como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e até mesmo o vestibular, comprovam que as dificuldades em relação a essa disciplina estão longe de ser superadas. 

Mas é justamente por esses motivos que o Superprof chega com essas dicas. Não desanime: a solução para ir bem nos estudos dos números não está tão longe assim. Você é perfeitamente capaz de evoluir em matemática e se tornar um excelente aluno ou um especialista nos cálculos. Veja como!

Vamos passar às dicas práticas agora? Todas essas aulas de reforço escolar, aulas em casa e outros estudos com um professor de matemática devem valer para alguma coisa, certo? Para melhorar suas notas, por exemplo.

Mas como você consegue aprimorar ainda mais seu desempenho e aumentar seu conceito em matemática?

Seja você estudante de ensino fundamental, esteja procurando aulas de matematica ensino medio, universidade, curso técnico: o objetivo é o mesmo para todos. Veja então nossos dez grandes conselhos para evoluir e avançar nos estudos:

  • Domine um tópico antes de passar para o próximo;
  • Treine regularmente sua memória com exercícios de matemática;
  • Comece revisando as bases da matemática: cálculo, multiplicação (tabuada), números decimais, divisão, bissetriz, triângulo (retângulo, isósceles), teorema de Tales, teorema de Pitágoras, simetria, círculo, ângulo, geometria, trigonometria, álgebra, aritmética, raiz quadrada… Enfim, todos os conceitos fundamentais para preparar um vestibular, um concurso em qualquer área.
  • Sempre escreva no papel;
  • Estude em um lugar calmo: no quarto ou na biblioteca
  • Fale com seus colegas sobre os assuntos mais complexos: procure sempre oportunidades para explicar o que você já sabe, ajude os outros e procure ajuda;
  • Anote cada etapa da resolução do problema;
  • Escreva à lápis e passe a limpo;
  • Saiba fazer um bom rascunho;
  • Não espere a madrugada para estudar;
  • Ilustre o problema.
  • Utilize suportes concretos: ter medo de matemática pode se resolver graças a pedagogia adaptada de suportes concretos. Imagine a matemática através de pedras, objetos, queijo… Isso pode tornar essa matéria tão abstrata em algo mais concreto.
  • Identifique se você tem algum bloqueio psicológico: ele pode ter origem em outra coisa, algum problema familiar, por exemplo. Nesse caso, o melhor a fazer é consultar um psicólogo.

Os 10 melhores truques em matemática que não ensinam na escola

truques matemáticos para tirar boas notas Não tente me enganar: você sabe me dizer quais são os outros algarismos do Pi depois do 3,14?

Para completar e finalizar esse grande treino em números e cálculos, nós decidimos dar os últimos 10 truques para aprimorar seu desempenho em matemática. Artimanhas que não são ensinadas na escola, mas que são extremamente úteis no dia a dia!

  • Converter graus Celsius em graus Fahrenheit e vice-versa
  • Descobrir o dia da semana de qualquer data
  • Multiplicar números grande de cabeça
  • Multiplicar por 11
  • Como se lembrar dos primeiros algarismos do Pi
  • Elevar qualquer número ao quadrado
  • Acrescentar e subtrair frações
  • Reconhecer diferentes múltiplos
  • Converter seu salário em valor por hora
  • Elevar os múltiplos de 5 ao quadrado

E sobretudo: não desanime! A solução para ir bem nos estudos dos números não está tão longe assim. Você é perfeitamente capaz de evoluir em matemática e se tornar um excelente aluno ou um especialista nos cálculos. Siga nossas dicas e boa sorte!

Encontre o método de estudo mais adaptado para você

Ao contrário das dicas anteriores, que podem ser consideradas úteis ou mesmo essenciais para todo mundo, as dicas que daremos a seguir dependerão do método de estudo aplicado e/ou personalidade de cada um.

que tal revisar o conteúdo de matemática com seus amigos? Estudar em grupo é uma excelente forma de aprender matemática!

Afinal, cada pessoa tem sua maneira de estudar e seu próprio ritmo de aprendizagem, e isso deve ser respeitado para que haja de fato uma melhora no rendimento escolar. No entanto, todos devemos ser capazes de identificar as melhores ferramentas para aprender matemática da forma mais eficiente possível.

Para isso, você pode começar se perguntando como funciona sua memória. Você é uma pessoa visual, por exemplo? Existem diferentes tipos de memória: visual, auditiva, olfativa, cinestésica, … e cada uma delas funciona de um jeito diferente.

Para aqueles que têm boa memória visual, por que não trabalhar com um sistema de fichas de revisão usando um código visual de cores? As fichas podem ser divididas por temas e em cada uma delas pode-se anotar fórmulas e palavras chave. Em seguida pode-se atribuir uma cor para cada ficha.

Já quem tem boa memória auditiva, além de prestar muita atenção nas aulas e anotar as ideias mais importantes, ler as próprias anotações em voz alta é uma excelente forma de memorizar o conteúdo.

Outra maneira de estudar matemática é trocando ideias com seus colegas de classe. Estudar em grupo é muito eficaz, pois quando um não entende bem o conteúdo, um colega poderá explicar com outras palavras.

Às vezes a pedagogia e a metodologia empregadas pelo professor podem não ser as mais adaptadas para todos os alunos. Ter alguém que possa explicar a mesma coisa, mas usando uma outra linha de raciocínio pode fazer toda a diferença.

Por fim, a orientação de um bom professor, atencioso e pedagogo, pode ajudar o aluno a recuperar sua autoconfiança e motivação para estudar. Além do mais, ter um acompanhamento individualizado permitirá resolver as suas dificuldades e trabalhar os pontos essenciais para que você recupere as notas.

Saiba como solucionar as dificuldades em matemática de uma vez por todas!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de3,38 sob 5 de 8 votos)
Loading...
avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
BrunoFernandoAndreaJean Maurício Oliva Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Jean Maurício Oliva
Convidado
Jean Maurício Oliva

Parabéns pela gigantesca ajuda aos colegas e consequentemente aos milhares de alunos.

Andrea
Convidado
Andrea

Muito legal, adorei achar esse lugar!!!!!!! Vai me ajudar MUUIIITOOOO!!!!

Fernando
Convidado
Fernando

Olá !

O artigo ‘resgata’ os crítérios de divisibilidade dos números. Lembra que a memória é fundamental mas que o decoreba pouco contribui para o desenvolvimento do indivíduo.

Bruno
Convidado
Bruno

Eu tenho facilidade em lembrar de formulas e fazer contas matemáticas facilmente isso é normal?