Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como recrutar candidatos via LinkedIn?

De Marcia, publicado dia 12/06/2019 Blog > Artes e Lazer > Informática > Usando o LinkedIn à procura de talentos

“Ao procurar pessoas para recrutar, você deve levar em conta três qualidades: integridade, inteligência e energia. E se elas não possuem a primeira, as outras duas podem não ser bem usadas.” – Warren Buffet

A busca por um emprego é um desafio real para muitas pessoas, o que as leva a criar uma identidade digital coerente, a praticar networking e a enviar seu currículo on-line para encontrar possíveis empregadores. No entanto, muitas vezes, o inverso também ocorre: para recrutadores, encontrar o candidato ideal pode se tornar um desafio.

Para eles, o desafio não é necessariamente mais fácil, e as redes sociais profissionais, como o LinkedIn, podem ser uma maneira relevante de avaliar. As redes sociais favorecem entre 22% e 28% dos recrutadores, enquanto as redes profissionais representam 46% desse percentual.

Anuncie suas vagas online Foi-se o tempo das placas nas portas de empresas. Hoje em dia, é possível contratar pelo LinkedIn.

O LinkedIn é, portanto, uma plataforma de escolha para posicionar-se no mercado de trabalho, tanto para um candidato em busca ativa quanto para uma empresa que procura alguém para contratar. Mas como recrutar quando você é um headhunter nesta plataforma? Acompanhe nossas dicas!

Defina o talento ideal para recrutar no LinkedIn

Como criar um time perfeito? Como usar sua imagem de marca para atrair candidatos? Qual estratégia digital colocar em prática para recrutar? Estas são as questões que podem representar grandes problemas quando você é um recrutador.

E para respondê-las, devemos primeiro saber o que queremos concretamente, que perfil nos interessa, que tipo de candidato pode nos chamar a atenção. Este passo essencial deve ser realizado antes de qualquer operação de pesquisa, que pode ser infrutífera se os pré-requisitos forem muito vagos ou os dados fornecidos não forem suficientemente relevantes.

Discutir isso como uma equipe é uma questão que você precisa vencer. Mas tudo pode ficar mais interessante e estimulante no LinkedIn. Geralmente, é aconselhável definir três perfis de tipo máximo, para não se dispersar na busca pelo talento perfeito.

Então chega a hora de recrutar. Para isso, a barra de pesquisa é a primeira ferramenta, a mais simples, que nos permite buscar uma habilidade, uma cidade, uma empresa ou até mesmo uma escola de formação. Estes critérios básicos são, no entanto, muito importantes para algumas empresas e para alguns recrutadores.

Sinta-se à vontade para usar a tradução em inglês desses mesmos critérios e palavras-chave, o que poderia lhe dar resultados diferentes, ou simplesmente mais adaptados ao que você deseja se o perfil buscado precisa ser bilíngüe, por exemplo.

Muitos recrutadores não prestam atenção, mas há outros itens que também são uma maneira eficaz de pesquisar um candidato com precisão: os sinais booleanos. Estamos falando de pequenas siglas que serão adicionadas à nossa palavra-chave na barra de pesquisaUm pouco como HTML finalmente!

Os 4 principais tipos de sinais booleanos são:

  • As aspas  “”, que permitem procurar uma expressão exata;
  • NOT, que permite excluir determinados termos da pesquisa;
  • OR, que expandirá a pesquisa para outras palavras ou conceitos;
  • AND, que irá refinar a pesquisa, associando dois elementos entre si.

Esses sinais são, portanto, úteis para qualquer recrutador no LinkedIn, mas ainda assim pode ser que você tenha dificuldade para encontrar o que busca. Não entre em pânico: outras soluções – pagas – podem ser configuradas pela plataforma para conduzir uma busca profissionalmente eficaz.

O LinkedIn oferece dois tipos de ofertas, o que permitirá que seu perfil seja mais eficiente em sua imagem de marca e faça a diferença em comparação com outros recrutadores:

Escolhendo quem entrevistar Embora o candidato só se torne conhecido na entrevista, é possível filtrar talentos para essa etapa.

  • Recruiter, que permitirá acesso total e completo à rede social. Ferramentas de pesquisa, perfis direcionados, rastreamento de candidatos, modelos de e-mail, aplicativos de rastreamento… tudo é configurado para a rede, sem se tornar muito demorado;
  • Recruiter Lite, que é uma oferta focada principalmente em encontrar um candidato. Ela oferece uma dúzia de filtros de pesquisa, então você se destaca e também mostra quem visualizou a página da sua empresa. Essa oferta é mais acessível.

Use uma conta pessoal para recrutar no LinkedIn

Você já definiu o perfil ideal? Parabéns, agora ele terá que começar a funcionar. Você pode usar um perfil pessoal para recrutar talentos. Essa solução tem a vantagem de ser simples de configurar, o que a torna uma aposta segura.

Também é possível criar uma conta dedicada apenas ao recrutamento de sua empresa, para não misturar tudo. A conta pessoal tem a vantagem de ser menos restritiva do que a conta da empresa, isso sem contar sua maior visibilidade.

No entanto, tenha cuidado para não misturar o seu recrutamento com um recrutamento colaborativo, porque isso pode causar mal-entendidos. A ideia é se apresentar de maneira consistente e valorizar sua marca empregadora.

Crie uma página de negócios para recrutar candidatos no LinkedIn

Naturalmente, a solução mais clássica é criar uma página de negócios, especificamente dedicada aos seus valores, suas preferências e sua pesquisa. Uma verdadeira vitrine, essa página do LinkedIn será a base da sua reputação e trará qualidade ao procedimento.

Antes de criar uma página comercial, você deve saber que isso é público e pode se tornar também um verdadeiro espaço promocional, graças a diferentes recursos e outras melhorias para sua empresa.

Entre esses recursos, podemos retransmitir artigos, de modo a aumentar o tráfego para sua página ou seu site, mas também integrar colaboradores à página ou atualizar uma seção dedicada a ofertas de emprego, que é o que nos interessa hoje.

Com uma foto de perfil e a descrição o mais detalhada possível (graças às palavras-chave), você estará pronto para criar uma rede de candidatos perfeitos!

Além disso, podemos observar que é possível afiliar uma página “Carreiras” à página oficial da empresa, de modo a facilitar muito as coisas, e mostrar potenciais talentos aos quais você estará aberto a conhecer. Usar redes sociais não é tão complicado, enfim!

Anime sua página do Linkedin para recrutar melhor

A página é criada, o candidato ideal está na rede… agora resta saber como usar o LinkedIn para promover o encontro dos perfis. Para isso, é quase uma estratégia de marketing conduzir pesquisas paralelas. Como encontrar o talento perfeito sem animar o conteúdo de sua página e se fazer conhecer?

Para fazer isso, você pode, por exemplo, convidar seus colaboradores a seguir a página e compartilhá-la com sua própria rede profissional. Uma maneira simples, básica, mas eficaz, como boca a boca. O mesmo vale para a sua própria rede pessoal, que pode virtualmente convidar para seguir sua página.

Pequenos detalhes práticos também são importantes, como o botão “follow-us on Linkedin” que, colocado em lugares estratégicos do seu site, irá melhorar sua visibilidade e seu crescimento.

Ampliando sua rede O ideal é inserir um botão e seu site para que as pessoas sigam a empresa no LinkedIn.

E, claro, compartilhar artigos, publicar alguns conteúdos por meio de um blog, são as chaves óbvias para uma página do LinkedIn bem animada e atualizada. Não hesite em inserir imagens, de modo a aumentar o comprometimento de potenciais candidatos, na melhor das hipóteses!

Esses mesmos candidatos não são necessariamente registrados no LinkedIn porque querem encontrar um emprego, mas aqueles que estão nessa perspectiva de novas oportunidades estão procurando principalmente por três informações básicas sobre uma empresa, que você terá que levar em conta:

  • Qualidade de vida no trabalho;
  • As possíveis evoluções na carreira;
  • Missões propostas.

Agora cabe a você colocar sua página em destaque da melhor maneira possível! Mais uma vez, o LinkedIn oferece uma solução de recrutamento chamada “Trabalhe conosco”, que permite adicionar publicidade destacando as posições que você oferece. Em seguida, observamos uma taxa de cliques cerca de 50 vezes maior nesse tipo de anúncio, para um orçamento que você mesmo pode definir.

O mesmo vale para anúncios patrocinados, acessíveis apenas a partir de uma conta comercial paga. Esta funcionalidade permite-lhe apresentar um anúncio mais segmentado na página “Carreiras” da sua conta do LinkedIn. Então, os usuários poderão compartilhá-lo novamente. Esse tipo de anúncio é visualizado mais de 500 vezes em média.

Entre em contato com os perfis que você deseja recrutar no LinkedIn

Por fim, você também pode realizar uma pesquisa ativa e contatar diretamente os perfis que lhe interessam. Paralelamente a um anúncio, a sua pesquisa pode levá-lo ao perfil típico da pessoa ideal, por isso, não hesite em começar e envie-lhe um “In Mail” pelo próprio LinkedIn.

Muitos recrutadores relatam usar o LinkedIn para visualizar perfis, acompanhar as notícias, conduzir uma inteligência competitiva, mas também para recrutar, o que é motivo suficiente para colocá-lo lá, certo?

Esse contato direto permitirá que um usuário “passivo” perceba sua empresa. Primeiro, adicione-o à sua rede, como uma forma de cortesia! Se ele aceitar, vá para o “ataque” e envie-lhe este famoso e-mail de recrutamento.

Essa mensagem, que não deve exceder 2000 caracteres, precisa ser ao máximo personalizada, de modo que o perfil em que você está interessado não pense que você envia uma correspondência em massa (mesmo que você o faça!). Apresente a empresa em poucas palavras, depois proponha sutilmente uma entrevista de emprego em potencial, com as missões propostas.

Se o candidato é receptivo, por que não ir ao telefone? Faça uma pequena ligação, na qual você pode explicar com mais detalhes o interesse e o conteúdo do post, tudo em total sigilo.

Ligue para o candidato Ainda há pessoas que gostam de falar ao telefone e você pode contatá-las.

Assim, embora o primeiro contato não deva ser negligenciado, o recrutamento no LinkedIn prova ser uma solução relevante para uma empresa que busca talentos específicos. Algumas dicas simples permitem que você tenha uma página ativa, com acesso candidatos interessantes e desejáveis.

Agora mãos à obra! Que tal começar agora mesmo a configurar o seu perfil de recrutamento? Embora o procedimento seja relativamente simples, você pode até recorrer a professores de informática para ajudá-lo nessa empreitada.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar