Página principal
Dar aulas
alt_photo

Ettore

Embaixador

  • Preço hora/aula R$150
  • Tempo de resposta 1h
  • Número de alunos 26
Ver outros professores
de Redação

Infelizmente, esse professor não está disponível.

Estudante de MEDICINA da UNIFESP que dá aulas de REDAÇÃO focadas nos VESTIBULARES

    • São Paulo
    • Na casa dele
    • Em minha casa
    • webcam

Embaixador

É a crème de la crème dos professores. Perfil de qualidade, diploma verificado e resposta garantida. Ettore marcará sua primeira aula de Redação.

Sobre a aula

► Nunca tive alunos sem resultados em notas de redação
► Forte base de conteúdo para uso sábio de intertexto e citação.
► Experiência de 10 anos com redação somados aos resultados nos meus próprios vestibulares me permitem assegurar a assertividade do meu método.
► Experiência de 6 anos como Coach de vestibulandos de medicina. (meu trabalho une orientação e organização nos estudos, questões relativas a enorme pressão enfrentada por vestibulandos de cursos difíceis, motivação especial com temas médicos e aulas de redação)

► Agende uma aula teste sem custo! Nunca tive alunos que fizeram a aula e não gostaram do meu método ☻

Aulas de redação que abordam:
→ Estrutura
→ Dissertação
→ Coerência
→ Coesão
→ Conteúdo argumentativo (forte base de filosofia, sociologia e atualidades; poemas, capitalismo, história, geopolítica, mídia, relacionamentos modernos, visões do mundo moderno, moral, ética e muito mais).

O curso de redação que ofereço tem como objetivo principal a nota máxima em redação, não aceito menos do que isso. Nunca tive dúvidas de que jamais teria sido aprovado em medicina sem esta distinção na escrita, especialmente porque minhas notas em matemática foram péssimas :D Considero a redação a melhor matéria para destacar-se nas provas visto que a grande maioria dos vestibulandos negligenciam a dissertação ao longo do ano. É comum vermos as salas de estudos cheias de gente estudando matemática e física, mas é muito raro encontrar alguém que siga um plano de estudo escrupuloso para redação. É uma disciplina que exige muito treino, a inspiração existe mas também pode ser treinada de modo a ocorrer com maior frequência! Dado o baixo número de vestibulandos que de fato se preocupam com a escrita como devem, é um campo extremamente promissor para se investir.

Faça uma aula teste gratuita! Nestes cinco anos lecionando, nunca tive um aluno que desistiu ou que não quis prosseguir o trabalho após um teste.

O conteúdo das aulas também inclui orientações gerais quanto ao estudo necessário para ser aprovado em medicina. Motivação, exposição da rotina da faculdade e visitas ao campus de medicina unifesp fazem parte do meu comprometimento.

Após esses anos dando aula, tenho segurança na garantia de melhora nas notas de redação. Anualmente tenho a chance de acompanhar os resultados dos alunos nos vestibulares e refinar ainda mais meus métodos. Não houve um único estudante que se propôs a fazer o indicado nas aulas e não melhorou. Metade da assertividade do trabalho funciona com o meu empenho máximo. A outra metade depende do aluno. Faço uma correção minuciosa e detalhista de cada redação para que haja o máximo possível de melhora entre uma e outra. Garanto saber indicar um bom caminho a qualquer aluno que realmente deseje o destaque.

A melhora é rápida caso o estudante dedique-se de modo sério. Aprendi escrita aos poucos, ao longo de 4 anos de cursinho pré vestibular. Comecei com 4,0 em redação, de modo que sei muito bem todas as dificuldades enfrentadas pelos alunos nessa guerra, muitas vezes desesperadora, que é passar em medicina.

Fui aprovados nos seguintes vestibulares de Medicina:
=> UNIFESP
=> UNESP
=> FAMERP
=> MEDICINA ABC

Todos com notas de redação entre 9-10 (10 na UNIFESP e UNESP)

Redação feita para o ENEM 2018

Envolta pelas “sombras”, a manipulação teve uma de suas primeiras referências três séculos antes de Cristo. Platão imortalizou-se ao elucidar o quanto a supressão da própria razão pode ser a maior “corrente” que aniquila a razoabilidade Humana. Muitas eras se passaram e ainda que as silhuetas nas paredes da caverna destaquem o quão admirável é o mundo novo, Platão não poderia ser mais atual. A internet guarnece os usuários com uma quantidade assombrosa de dados, que suscitam a utopia da liberdade enquanto direcionam, por meio de algoritmos, comportamentos e decisões. A manipulação é inerente à história da humanidade e ostenta na hodiernidade digital, sua forma mais sutil, e porquanto, insidiosa.
Sem que haja percepção da maioria, o controle da informação é um dos principais sustentáculos dos sistemas políticos. Em meados do século XVI, Lutero pregou a educação por meio da livre interpretação da Bíblia e o fim da ideia de representação divina –outorgada aos reis- monopólios ideológicos responsáveis pela manutenção do controle político monárquico. Na contemporaneidade, o poder de domínio das convicções se deslocou da Igreja para os moderadores de redes sociais, que determinam quais informações devem ser “interpretadas livremente”. Destarte, possuem o poder velado de sobredourar candidatos em uma democracia fajuta, o que leva ao controle de resultados eleitorais, como o lastimável auxílio do Facebook a Donald Trump, um “rei” moderno.
Aqueles com o maior poder de compra passaram a ser os atuais “representates divinos”. Aldous Huxley, por meio de “Admirável Mundo Novo”, descreveu o modo torpe com que a humanidade pode ser condescendentemente controlada pelo prazer. A sociedade distópica ilustra de modo verossímil, ainda no século XX, um futuro de exacerbação do Capitalismo e substituição da intelectualidade por programação neurolinguística, muito similar à lógica do funcionamento dos algoritmos. Estes carregam respostas pré definidas que fomentam o consumo em cada gesto de comportamento “online”. Os usuários tornam-se estandartes de marcas e produtos, cada “postagem” é minuciosamente sugerida aos “amigos” corretos, mais suscetíveis à reprodução do mesmo comportamento. É construído então o culto ao grande consumidor, que quanto mais ostenta, mais “divino” e venerado se torna.
Huxley, Lutero e Platão sugerem que o combate ao controle pode ser estimulado por meio da educação. Frente a esta constatação, o governo federal deve sancionar na grade curricular do ensino fundamental e médio, uma disciplina de comportamento e Ética em redes informacionais. A matéria seria lecionada por filósofos e sociólogos, e abordaria a importância da vigilância epistêmica e o real funcionamento por trás da internet. Com o estímulo ao uso da própria razão, as futuras gerações teriam maiores chances de enxergar além das sombras no fundo da caverna

Brainstorm que fiz sobre a redação FUVEST 2017:

TEMA: O homem saiu de sua menoridade?

Elementos que poderiam ter sido utilizados:

SOFOCRACIA: Sócrates defendia que a sociedade deveria ser governada por seus membros mais sábios, os filósofos. Dentro desta utopia está implícita a ideia de que a sociedade estaria ainda muito longe de um estado em que todos os homens fossem sábios. O filosofo então sugere que o governo fosse atribuído à minoria detentora da capacidade de raciocínio. Um paralelo poderia ser feito ao apontar-se que mais de 2000 anos após os postulados de Sócrates, a humanidade encontra-se distante de um predomínio de homens na maioridade.

MITO DA CAVERNA DE PLATÃO: A analogia feita por Platão caberia muito bem ao tema, homens presos ao fundo de uma caverna (presos à minoridade) e resistentes a um ser detentor de uma nova visão, que desvelasse a realidade além das sombras. O exemplo poderia ser usado para relacionar os homens presos no fundo da caverna como alegorias da sociedade como um todo, extremamente resistentes à possibilidade de conduzir seu próprio olhar para além das sombras.

REFORMA PROTESTANTE DE LUTERO: Caso o candidato optasse por listar quais as grandes áreas da sociedade em que o homem preserva sua minoridade, a religião poderia ser uma opção. Dentro desta proposta, a reforma do monge Lutero poderia ser citada uma vez que, teoricamente, propôs que os seguidores da religião deveriam conduzí-la livre de intermediários. Esta seria uma ação pró maioridade, visto que o próprio Kant defendia que o homem vive também em minoridade religiosa, Todavia, mais de 1000 anos após as mudanças propostas pelo Monge, em grande parte, a religião é levada pela maioria dos habitantes do planeta pautada em autoridades.

MÍDIA: Uma das possibilidades de abordagem seria identificar a mídia como grande agente mantenedor da menoridade. Para tal, poderiam ser apontadas as suas característica de manipuladora e formadora de opiniões. O processo poderia ser atrelado aos telejornais, novelas e à maciça propaganda de produtos.

PUBLICIDADE E CONSUMISMO: O consumismo também poderia aparecer na abordagem do tema ao ser apontado como prioridade na sociedade atual, que ao ser extensamente estimulado por meio da publicidade, poupa a necessidade de o homem moderno raciocinar ou questionar (o que o mantém na menoridade), restringindo-se à consumir e a reduzir tudo ao seu redor à lógica deste sistema. Mecanismos utilizados pela publicidade poderiam ser igualmente apontados e relacionados. Consumismo aparece como panaceia na sociedade moderna e é em grande parte estimulado pela elite econômica, proprietária das companhias que alimentam o mercado consumidor, e impositora de seu estilo de vida à estratos mais baixos da sociedade.

DEMOCRACIA ILUSÓRIA: Poderia-se citar a menoridade também no contexto das decisões políticas dentro da sociedade, visto que vivemos uma democracia frágil (em especial o Brasil) dado o fato de que propagandas políticas são extremamente efetivas ao angariar votos de um eleitorado pouco racional em suas escolhas. O fato de a democracia, em grande parte reduzir-se à hora do voto e apresentar-se ausente nos momentos de vigilância à conduta dos candidatos e de cobrança de atitudes também poderiam ser citados. A análise de como a democracia se desenrola atualmente poderia ser utilizada para defender o fato de que ainda vivemos em menoridade política.

BOATO DAS LUZES DE NATAL EM BRUXELAS, BÉLGICA:: Em 2016, um boato criado e maciçamente difundido por meio do Facebook serviu para acirrar ainda mais a xenofobia na Europa. O governo da cidade decidiu que este ano não iria dispor de luzes de natal em postes públicos. O boato tratou de apontar a razão para a decisão como uma atitude tomada pelo governo local para não ofender imigrantes muçulmanos, que teoricamente considerariam o ato como desrespeitoso para com sua religião. O boato espalhou-se muito rápido e foi um grande desencadeador de ódio. Pesquisas mais apuradas revelaram que na verdade o governo local possuía o intuito de economizar a eletricidade pública. Este evento poderia ser utilizado para sustentar o fato de que a internet estimula a menoridade, uma vez que as informações obtidas pela maior parte das pessoas em rede não passam por qualquer tipo de filtro pessoal, são prontamente tomadas como verdade.

ADMIRÁVEL MUNDO NOVO: Muitos aspectos da obra de Aldous Huxley poderiam ser utilizados para sustentar o argumento de que a humanidade ainda não superou a menoridade, dentre estes:
- Manipulação e planificação da sociedade de modo a orientá-la a apenas consumir, sem questionar
- Pessoas que pensam por si só são excluídas das demais em uma ilha. Então aquelas que atingem a “maioridade” são perigosas em uma sociedade baseada no consumo, poderiam colocar em risco o "status quo".

1984: Muitos aspectos da obra de Orwell poderiam ser usados:
- A sociedade proposta pela distopia crê cegamente na mídia (controlada pelo único partido no poder) que manipula dados para que a população acredite que a situação econômica e política estão melhores do que de fato se encontram. A massa então, alimente-se de falsas esperanças e permanece trabalhando conforme o proposto pelo governo, em uma eterna minoridade.
- A reforma de vocabulário abordada pelo livro, que ao reduzir o número de palavras presentes na língua oficial, acabava também por reduzir a capacidade de raciocínio da população. 1984 poderia ser então utilizado para propor que a crença de que o governo irá resolver os problemas, e o fato de deixar todas as decisões políticas nas mãos de um partido contribuem para que o homem permaneça na menoridade.

REVOLUÇÃO DOS BICHOS: Um dos aspectos do livro que poderia ser utilizado é o exemplo das galinhas que repetem as regras insistentemente: “Dois é ruim, quatro é bom” e que ao repetí-las maciçamente, as transformam em verdades absolutas naquele instante. O que não as torna imutáveis, uma vez que a partir do momento em que perdem a utilidade para os controladores porcos (que no decorrer da obra passam a andar em duas pernas), são sistematicamente mudadas. A Revolução dos bichos poderia ser utilizada para sustentar os mesmos pontos que 1984.

Lembrando que deveria predominar na argumentação a opinião do candidato, os pontos aqui levantados poderiam ser usados apenas como bases argumentativas. Usados sem isso, gerariam textos expositivos.

matérias

  • Redação
  • Preparação para vestibular
  • Redação dissertativa
  • +2

    Dissertação

    Escrita criativa

línguas

  • Inglês
  • Português

níveis

  • Fundamental 1
  • Fundamental 2
  • 1º ano do Ensino Médio
  • +3

    2º ano do Ensino Médio

    Ensino Superior

    3º ano / ENEM

Mais sobre Ettore

Experiência como Tutor e Professor no curso pré vestibular ETAPA há 5 anos.
32 Alunos já aprovados (27 em Medicina, 1 em Biomedicina e 1 em Arquitetura, 2 em direito e 1 em economia)
Tutor de alunos que querem passar em Medicina e precisam de reforço extra em redação no curso pré vestibular Etapa.
Temas de redação montados por mim. Resultado observado em todos os alunos, quem faz o proposto pelo professor colhe resultados certos.

Tarifas

pacotes

  • 5h: R$750
  • 10h: R$1500

deslocamentos

  • + R$R$10

webcam

  • 100R$/h

Precisão

O valor pode variar em função do deslocamento que for necessário até o aluno e local da aula. Aulas em cafés e lanchonetes exigem um consumo mínimo.

Mais detalhes sobre Ettore

  • 01

    Tem quanto tempo que você possui interesse pela matéria que você leciona e por dar aulas particulares?

    Tenho interesse por redação há nove anos, desde que ingressei no primeiro ano de cursinho. Achava interessante aquelas redações complexas que eram nota dez e sempre me perguntava se algum dia conseguiria redigir algo com aquele grau de complexidade e beleza

  • 02

    Conte-nos um pouco sobre a matéria que você leciona: o que você mais você sente prazer em ensinar e o que, eventualmente, te agrada menos?

    Gosto muito quando consigo mostrar aos alunos que a redação não é algo separado da rotina. Qualquer intenção que se tenha de convencer outra pessoa sobre qualquer assunto, carrega a estrutura da argumentação dissertativa em maior ou menor grau. Gosto quando consigo fazê-los enxergar redação em todo e qualquer assunto, de modo que seja possível aumentar o arcabouço argumentativo, desde jingles de comerciais televisivos até raciocínios complexos de filósofos e sociólogos. Me agrada pouco quando o aluno não tem comprometimento e faz aula a mando de terceiros. Redação só funciona quando há empenho e dedicação.

  • 03

    Qual(ais) é(são) seu(s) modelo(s) ou inspiração(ões)? Pode ser desde um professor até um artista ou obra que tenha te inspirado!

    Foram algumas pessoas pelas quais esbarrei nessa "vida severina" de cursinho que foram endossando meu gosto pela escrita. A primeira pessoa foi um plantonista de redação extremamente comprometido, que me dava dicas sobre o que estudar para melhorar e sobre o quanto escrever redação pode ter um viés quase artístico! Posteriormente, tive uma professora apaixonada pela escrita e pelos alunos! Que me fez enxergar que todos tem potencial e que a redação tem que ter um pouco da subjetividade própria do escritor! Essas duas pessoas foram também grandes responsáveis pela minha aprovação em Medicina e sou eternamente grato a elas.

  • 04

    Quais são, na sua opinião, as qualidade necessárias para ser um excelente profissional na sua especialidade de ensino?

    É necessário gostar muito da disciplina que se leciona e buscar o crescimento dos alunos antes do ganho financeiro. Se estes elementos se invertem em algum ponto, dificilmente o desenvolvimento do aluno acontece. É necessário também paciência e comprometimento. Especialmente para professores que desenvolvem alunos de vestibular, trabalha-se com sonhos, uma das substâncias mais bonitas da vida que estimulam grandes feitos e disciplinas. Se um professor não sabe estimular e ajudar um aluno nesta posição, pode gerar um estrago que se estende pelo resto da vida.

  • 05

    Você teria alguma história e/ou curiosidade engraçada relacionada à sua profissão ou as aulas para compartilhar?

    Tive um aluno cuja mãe me procurou desesperada porque havia duas notas vermelhas em redação no boletim dele e não queriam que precisasse de recuperação. Foi um trabalho difícil porque havia pouquíssimo interesse pela matéria e estava fazendo as aula praticamente obrigado pela mãe. Conseguimos pensar em elementos que fossem prazerosas escrever sobre e consequentemente utilizar como base argumentativa. As notas não só melhoraram como veio o primeiro dez em redação da vida dela, em uma prova do ENEM. Ficamos todos muito felizes e os pais dele até quiseram me conhecer pessoalmente. Ficou uma sensação muito gostosa de dever cumprido. Tenho muitos outros alunos que me marcaram porque conseguiram passar em Medicina após muitos anos de tentativa, alguns dos quais tornaram-se meus calouros e amigos. É muito bacana participar da história do sonho dos alunos, é um pagamento que marca, do mesmo modo como a melhora dos pacientes que atendo no hospital.

  • 06

    Confesse pra gente, você também já passou por alguma dificuldade na escola/faculdade na matéria que você leciona...

    Mas é claro! Quando estava no ensino fundamental, era conhecida na sala dos professores como "homem das cavernas" de tão ruim que era a minha letra e o meu português. Quando cheguei no cursinho, minhas notas não passavam de quatro. Foi um longo trabalho até que conseguisse chegar no dez e consequentemente, ensinar outras pessoas. Enxergo essa dificuldade como uma grande ferramenta para ensinar, pois sei exatamente o que é não gostar de redação e escrever extremamente mal. Passei por todos os estágios possíveis até chegar no destaque.

  • 07

    Nos ajude a te conhecer um pouco melhor, conte-nos um pouco sobre suas paixões! 😍

    Sou apaixonado por Medicina! Quando encerrei o ensino médio, passar no vestibular parecia impossível e dediquei uma boa quantidade de tempo a esse projeto. Conseguir isso foi surreal! Todos deveriam realizar um objetivo que se tenha desejado intensamente, o sentimento muda a autopercepção e o meio de interagir com diversos elementos da existência. Gosto dos atendimentos médicos e de aprender mais sobre a área! Gosto muito de esportes também, fui da equipe de natação da faculdade por três anos e meio, tive que sair por conta do trabalho. Gosto muito de correr e muscular.

  • 08

    O que faz de você um Superprof (além de ter respondido a esta entrevista 😉) ?

    Algumas pessoas me ajudaram muito a passar no vestibular e a conquistar meu sonho. Quando trabalho com alunos com esse mesmo sonho, me enxergo neles e dou meu melhor para que consigam sentir o que sinto agora. Faço por eles exatamente o que eu gostaria que tivessem feito por mim quando estava no papel deles. Por abraçar o sonho dos alunos dessa forma, como se fosse o meu próprio, o meu nível de comprometimento com as aulas é em outro nível.

Encontre seu professor de redação
13093 profes disponíveis

  • Redação de alto nível para Enem, Fuvest e demais bancas do BR

    Jorge

    Consolação

    5 (73 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Preparatório para Vestibular/Enem/Reforço Escolar: Redação,Língua Portuguesa, Interpretação de Textos, Literatura e Alfabetização.

    Felipe

    Bela Vista

    5 (33 avis)
    • 75 R$/h
    • 1h grátis
  • Professor mestre em Literatura: aulas de redação, literaturas e filosofia; orientação de dissertações.

    Fabio

    Chácara Inglesa

    5 (24 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora com mestrado, diversos certificados e experiência dá aulas em São Paulo

    Mariana

    Vila da Saúde (São Paulo)

    5 (20 avis)
    • 60 R$/h
  • Redação simplificada e qualificada para Enem e vestibular. Pedagoga e graduanda em Letras Português Inglês e pós graduanda em Psicopedagogia! Método Sociointeracionista.

    Jammilly

    Vila Mariana

    5 (14 avis)
    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Professor Graduado na Sorbonne e na Unesp ministra aulas de Literatura, Escrita Criativa e Poesia.

    Horácio

    Vila da Saúde

    5 (13 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de escrita e/ou leitura e interpretação. Português: exercícios e práticas de utilização da língua

    Bruna

    São Paulo

    5 (12 avis)
    • 70 R$/h
    • 1h grátis
  • Jornalista dá aulas de redação para vestibular, dissertações, projetos e reforço escolar

    Nathalia

    Centro

    5 (4 avis)
    • 35 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Publicidade e Propaganda dá aulas de Redação Dissertativa e Português

    Leticia

    Vila Mariana

    5 (1 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Aprovado em 5 vestibulares e 4 concursos públicos dá aula de redação

    Jean

    Vila Mariana

    5 (1 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie - Aulas de redação e síntese textual. Evolua não só sua construção textual, mas também sua linguagem argumentativa.

    Mateus

    Parque Jabaquara

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de Matemática e Acompanhamento Escolar - Vila Marina e Ipiranga

    Elaine

    São Paulo

    • 70 R$/h
    • 1h grátis
  • Escritora e revisora de texto.Aulas de redação ,contemplando principalmente os gêneros textuais mais pedidos nos vestibulares.

    Maria Júlia

    Vila Mariana

    • 30 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de auxílio em redação de TCC e formatação de texto conforme ABNT

    Dhenise

    • 30 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas presenciais ou a distância de Língua Portuguesa, Redação, Literatura, Revisão de texto.

    Erivaldo

    Vila Mariana

    • 80 R$/h
    • 1h grátis
  • Odontóloga aposentada, dá aulas de reforço escolar para o ensino fundamental

    Jacira

    São Paulo

    • 45 R$/h
    • 30min grátis
  • Estudante de Letras dá aulas particulares de Gramática para ensino médio e fundamental em São Paulo

    Yago

    Vila Mariana

    • 35 R$/h
    • 30min grátis
  • Professora de língua portuguesa, firmada pela USP, com experiência em preparação para o vestibular.

    Roberta

    Vila Mariana

    • 120 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Medicina aprovado em faculdade federal da aulas de ciências da natureza, humanas e redação

    Eduardo

    Mooca

    • 35 R$/h
    • 30min grátis
  • Professora particular de Português para Ensino Fundamental, Ensino Médio e cursinho. Dou aulas de Literatura, Gramática, Redação e Interpretação de Texto há 2 anos.

    Nathália

    Vila Mariana

    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Ver mais professores