Brenda - Prof inglês - Porto Alegre

Brenda

Embaixador

  • Preço hora/aula R$60
  • Tempo de resposta 8h
  • Número de alunos 50+
Pedir aulas

1a aula grátis!

1a aula grátis!

Coloque em prática aquele plano de aprender inglês - do conforto da sua casa, com aulas planejadas para o que você precisa!

Embaixador

É "la crème de la crème" dos professores. Perfil de qualidade, diploma verificado e resposta garantida. Brenda marcará sua primeira aula de Inglês.

Sobre a aula

• Quatro anos de experiência lecionando em um curso de inglês
• Três anos de experiência com aulas particulares
• Experiência com alunos de todas as idades e diferentes níveis de conhecimento e dificuldade
• Curso de inglês avançado concluído em 2013
• Experiência no ensino de vários aspectos da língua inglesa: inglês básico, conversação, escrita, leitura, inglês avançado, exames de proficiência...

matérias

  • Inglês
  • Inglês - Conversação
  • Inglês - Vocabulário
  • +2

    Inglês - Compreensão oral

    Inglês - Compreensão escrita

línguas

  • Inglês
  • Português

níveis

  • Avançado
  • Intermediário
  • Iniciante
  • +1

    Profissional

Mais sobre Brenda

Aprender uma nova língua não é uma jornada fácil e rápida. Porém, é um processo que pode ser acelerado conforme o estudante é guiado pelo caminho melhor adaptado para suas próprias particularidades. Como professora, meu objetivo é conseguir facilitar e acelerar essa jornada conforme possível, e garantir que todo o processo seja pensado para você, para tornar as aulas tão produtivas quanto agradáveis.

Uma das grandes vantagens de dar aulas particulares é possuir a liberdade e flexibilidade para desenvolver a aula de acordo com o que o aluno necessita. Dedico muito tempo para preparar as aulas, pois faço questão de garantir que o material foque no que o aluno precisa. Também sempre levo em consideração que quanto mais um aluno gosta das aulas, mais consistente ele é e, consequentemente, melhor ele aprende.

Cada pessoa é diferente e requer diferentes abordagens para conseguir levar seu potencial de aprendizado ao máximo. A dinâmica de aula e o material que consegue animar e motivar cada aluno depende das particularidades de cada um, não apenas em relação ao seu nível de inglês, mas também à sua personalidade, preferências e interesses.

Com as aulas particulares, é possível conhecer cada aluno mais profundamente, e adaptar as aulas para as necessidades e a personalidade do aluno, para garantir sua constante motivação e o desejo de aprender e melhorar. É isso que busco desenvolver para cada um dos meus alunos e os resultados são: progresso mais rápido, maior consistência e engajamento produtivo.

Obs.: No momento, apenas estou oferecendo aulas online, via webcam (ou áudio, se o aluno preferir). Entendo a possível hesitação, por parte de algumas pessoas, em iniciar aulas online. Inicialmente, também tive minhas dúvidas sobre as limitações desse meio, mas me surpreendi de maneira muito positiva - na minha experiência, não há nenhuma perda de qualidade nas aulas. Experimente!

Tarifas

pacotes

  • 5h: R$300
  • 10h: R$600

webcam

  • 60R$/h

aulas grátis

  • 1h

Vídeo

Mais detalhes sobre Brenda

  • 01

    Você fala fluentemente esta língua por causa de suas origens ou porque um professor te motivou a aprendê-la?

    Devido aos meus interesses e preferências desde o início da adolescência, era evidente para mim que o inglês tinha o potencial de abrir muitas portas. Na época eu tinha uns 12, 13 anos e portanto, não estava pensando em oportunidades profissionais, mas sim em relação ao acesso a conhecimento e conteúdo. Era notável que muitas coisas que eu queria ler, muitos sites que eu queria acessar, muitos vídeos que eu queria entender, não estavam disponíveis em português. Isso ainda é verdade hoje em dia, embora a quantidade de material em português seja maior do que quando eu tinha 13 anos. Além dessa busca por conteúdo relacionado aos meus interesses, eu sempre tive preferência por músicas em inglês, e por assistir filmes com o áudio original. Essa constante exposição ao inglês desde o início da adolescência tornou o meu processo de aprendizado muito natural. Eu nunca decidi que queria aprender inglês, eu apenas continuei consumindo conteúdo em inglês e naturalmente aprimorando minha compreensão. Tive a sorte de ter uma amiga de família que achava incrível minha facilidade com inglês, e comprava muitos livros em inglês para me dar. Durante toda a minha adolescência, eu li muito mais livros em inglês do que em português. Portanto, eu diria que o que me incentivou a aprender em inglês foi a minha curiosidade e os meus interesses que naturalmente exigiram o aprendizado da língua, para poder explorar o máximo de conteúdo possível relacionado a esses interesses.

  • 02

    Cite uma pessoa (da atualidade, histórica ou fictícia) que, na sua opinião, representa bem a cultura da língua que você ensina.

    Após pensar muito antes de responder essa pergunta, acabei retornando à primeira ideia que veio na minha mente: os personagens de Os Simpsons. Escolhi representar a cultura americana pois meu sotaque é muito americano. Muitas análises já foram escritas sobre como os Simpsons representam os estereótipos da típica família americana, e embora esses estereótipos sejam uma sátira, e não uma representação inteiramente real, muitos aspectos reais são exagerados no seriado e servem como comentário ou crítica sobre elementos da cultura americana.

  • 03

    Existe alguma palavra, expressão ou tradição típica que você goste particularmente?

    Eu acho fascinante as diversas possibilidades e os diferentes significados que resultam das combinações de palavras nos phrasal verbs. Phrasal verbs não são a parte mais fácil do inglês, porém são, na minha opinião, extremamente interessantes. Certamente não é algo fácil de aprender e dominar - e eu continuo aprendendo novos phrasal verbs até hoje, claro. Porém, acho muito interessante e útil, eles simplificam muito a habilidade de expressar muitas coisas que no português, por exemplo, precisaríamos de mais palavras para expressar. Além dos phrasal verbs, é claro que existem muitas expressões em inglês que também são muito úteis, divertidas e inusitadas. Não tenho uma expressão/palavra favorita, mas sempre gosto quando conheço uma expressão nova. De forma geral, acho que o inglês é uma língua mais objetiva - é possível se expressar com menos palavras do que em português, e de maneira mais clara. Porém, claro, essa é minha opinião subjetiva como uma pessoa que tem preferência por se comunicar em inglês.

  • 04

    Por qual motivo aprender esta língua é importante (seja no âmbito escolar, profissional ou pessoal)?

    A predominância do inglês como uma língua falada universalmente se mantém intocável. Considerando isso, é importante manter em mente que vivemos em um mundo globalizado, e a capacidade de entender uma língua tão falada quanto o inglês torna possível a comunicação com pessoas do mundo inteiro. Isso é útil tanto em relação aos estudos, ao trabalho ou aos interesses pessoais, pois dado o uso da internet, é possível conhecer pessoas de diversas nacionalidades, e fazer amizades internacionais pode nos trazer muito conhecimento e abrir os nossos olhos para aspectos que anteriormente não nos parecia muito evidente. Além do benefício de abranger a nossa capacidade de comunicação, existe tanto conteúdo (livro, artigos científicos, websites, notícias, podcasts, etc.) que não está disponível em português. Para qualquer pessoa que possua interesses intelectuais ou peculiares, aprender inglês abre as portas para o acesso a uma quantidade muito maior de conhecimento. Existe um mundo inexplorado de material, conteúdo e conhecimento que as pessoas perdem de conhecer por não entender inglês.

  • 05

    Qual a maior dificuldade no aprendizado desta língua e o como contornar este obstáculo?

    Acredito que a maior dificuldade não seja relacionada exclusivamente à língua inglesa, mas sim ao comportamento necessário para aprender outra língua. O fator que mais faz diferença, de acordo com as minhas observações com os meus alunos, é a consistência. Claro que a consistência é relacionada ao interesse do aluno e a sua dedicação, e todos esses elementos são essenciais. Em relação ao interesse, geralmente isso não tende a ser um problema em relação às aulas particulares, pois se uma pessoa busca por aulas particulares, ela provavelmente tem interesse em aprender. Entretanto, nem todos os alunos que têm interesse em aprender uma língua são consistentes em relação aos estudos e as aulas. Ademais, qualquer dificuldade que seja relacionada com a língua em si, só irá ser superada por meio de prática consistente. A conjugação de verbos é difícil de dominar, mas se torna quase impossível se o aluno não é consistente com as aulas.

  • 06

    Você poderia compartilhar alguma história e/ou curiosidade engraçada relacionada à sua profissão ou as aulas particulares?

    Talvez não seja exatamente algo engraçado, mas eu acho interessante o fato de que com as aulas particulares, os alunos parecem escolher muito bem os seus professores. Ao menos na minha experiência, os alunos que me escolhem no Superprof são pessoas que possuem personalidades que se encaixam muito bem com a minha personalidade, ou que possuem interesses muito parecidos, e às vezes essas coincidências me surpreendem.

  • 07

    Nos ajude a te conhecer melhor, nos conte um pouco sobre suas viagens, amizades nativas no idioma que você leciona entre outros! :D

    Apesar de nunca ter tido a oportunidade de visitar um país cuja língua nativa seja inglês, fiz muitas amizades no meu trajeto como estudante e professora de inglês. Isso me permitiu - e permite até hoje - falar inglês no meu dia a dia tanto quanto eu falo português, ou até mais. Eu tenho preferência por falar inglês pois sempre penso em inglês, então acho mais fácil me expressar nessa língua. Gosto muito do português, mas me sinto at home com o inglês - penso em inglês, meus sonhos são em inglês, quase todo o conteúdo que eu consumo é em inglês, e eu me sinto mais confortável com a língua. Tive a sorte de atrair amigos com a mesma peculiaridade. Ao cursar inglês avançado, tornei-me amiga do meu professor, e sempre conversávamos em inglês. Ao mesmo tempo, criei uma amizade forte com uma colega no curso de inglês, que também se tornou amiga do nosso professor e sempre tivemos preferência por conversar em inglês - só falávamos português quando fosse absolutamente necessário. Através desse professor, conheci a pessoa que foi meu melhor amigo por muitos anos, também fluente em inglês, e também sempre conversamos em inglês. Atualmente, convivo com alguém cuja língua nativa é espanhol, mas que fala inglês fluentemente. Portanto, meu convívio diário envolve falar mais inglês do que português. Acredito que todos esses fatores tenham "compensado" pela falta de viagens a países de língua inglesa.

  • 08

    O que faz de você um Superprof (além do poder de se comunicar em várias línguas :-P) ?

    Alguns alunos e professores preferem e necessitam do ambiente em grupo. Apesar de gostar dessa dinâmica e de suas peculiaridades, dar aulas particulares me fez perceber que o quão enriquecedora pode ser a dinâmica um-a-um. Além da liberdade e flexibilidade para planejar as aulas de acordo com as necessidades do aluno, a vantagem de passar mais tempo com um aluno e, portanto, conseguir focar nos detalhes que são mais importantes para ele, resulta em progresso significativamente mais rápido. Acredito que a palavra thrive explica bem o que quero dizer: some teachers thrive teaching groups, others thrive teaching private classes. Eu acho o processo de criar os planos de aula e desenvolver o material para cada aluno muito desafiador, esse compromisso exige um esforço que constantemente me torna uma professora melhor, e é muito gratificante quando termino uma aula e sei, pela reação do aluno e pela qualidade da aula, que o tempo dedicado à preparação completamente valeu a pena.

Encontre seu professor de inglês
61,106 profes disponíveis

  • Estudante de relações internacionais em Porto Alegre, fluente em inglês, estudou no Canadá e tem experiência como professora de adolescentes e adultos.

    Maria Júlia

    Moinhos de Vento

    5 (5 avis)
    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de jornalismo dá aulas de inglês ou conversação, em Porto Alegre.

    Rodrigo

    Centro Histórico

    5 (3 avis)
    • 35 R$/h
    • 1h grátis
  • Pratique e aprenda Inglês de uma vez por todas! Aulas personalizadas, dinâmicas e culturais com professora experiente.

    Alice

    Porto Alegre

    5 (3 avis)
    • 90 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Pedagogia, fluente em inglês e cursando Libras. Ofereço aulas de reforço para alunos de Ensino Fundamental ou Médio (Ing/ Port.) e introdução na Língua Inglesa para crianças e adultos.

    Emily

    Porto Alegre

    5 (3 avis)
    • 55 R$/h
    • 1h grátis
  • Tradutor e professor de inglês em Porto Alegre. Estudei Letras - Inglês na UFRGS e ensino focando nas suas necessidades e dificuldades. Atualmente estudo Física Médica e posso te ajudar também com Ing

    Diego

    Floresta

    5 (3 avis)
    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de jornalismo com certificado de universidade de Oxford oferece aulas de inglês online

    Isadora

    Centro Histórico

    5 (3 avis)
    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Professor certificado pela University of Michigan, dou aulas dinâmicas, criativas e divertidas.

    André Caldas

    Centro Histórico

    5 (1 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora e tradutora dá aulas de inglês! Porto Alegre, Rio Grande do Sul

    Marcia

    Petrópolis

    5 (1 avis)
    • 60 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Medicina dá aulas de Inglês e reforço escolar em Porto Alegre

    Rafaela

    Santana

    • 60 R$/h
    • 1h grátis
  • Graduanda em Administração, dá aulas de Inglês nos níveis Básico e Intermediário para iniciantes.

    Jady

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Teacher formada em Letras/Inglês pela PUCRS e pós-graduanda em educação bílingue.

    Mayara

    Teresópolis

    • 70 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de Inglês em Porto Alegre com uma didática diferenciada e extremamente eficiente!

    Eduarda

    Santa Maria Goretti

    • 30 R$/h
    • 1h grátis
  • Jornalista dá aulas de inglês para todos os níveis em Porto Alegre e região, incluindo reforço escolar.

    Daniel

    Centro Histórico de Porto Alegre

    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora de Inglês há 3 anos, ensina inglês descontraído e fácil para crianças, jovens e adultos, com paciência e dedicação.

    Luana

    Cidade Baixa

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • - Estudante de Marketing dá aulas de Inglês de forma descontraída; - Metodologia focada para pessoas que falam Português; - Metodologia rápida e eficaz para o SEU propósito; - Aulas personalizadas par

    Paulo

    Porto Alegre

    • 25 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de inglês, leitura, escrita, conversação. Experiência na Austrália. Preparativo para TOEFL.

    Débora

    Santana

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudo inglês desde criança. Já dei aula em escolas de idiomas para todas as faixas etárias em todos os níveis. Atualmente pratico conversação em inglês com alunos.

    Esther

    Porto Alegre

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de Língua Inglesa e reforço escolar para todas as idades e níveis!

    Laura

    Porto Alegre

    • 55 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de inglês pelo método Headway de Oxford, particular ou em grupo

    Cleysso

    Floresta

    • 35 R$/h
    • 1h grátis
  • Learning english is fun! Aulas de inglês para níveis iniciante até avançado, tanto online quanto presenciais.

    Gabriela

    Jardim Itu-Sabará

    • 60 R$/h
    • 1h grátis
  • Ver mais professores