O Covid-19 já mostrou ao mundo que chegou para ficar. No Brasil, mais de 150 mil famílias perderam entes queridos, e atualmente, no mundo os números de casos ainda são alarmantes. O número de mortos no mundo é semelhante a uma guerra mundial: mais de um milhão e meio de pessoas tiveram suas vidas interrompidas pelo novo coronavírus. A Europa vê a chegada de uma segunda onda e os líderes estatais devem recorrer cada vez mais à medidas extremas que possam conter o vírus e evitar a contaminação em grande escala.

Alguns países como Irlanda, França e Itália retomaram o confinamento geral como havia sido feito em março de 2020. As atividades escolares foram mantidas, no entanto, o trabalho remoto é fortemente recomendado e todo contato deve ser realizado preferencialmente via webcam, como no caso das aulas particulares. No Brasil, o afrouxamento do confinamento e o fim do isolamento social em muitas cidades preocupa os especialistas. O vírus ainda circula em território nacional, no entanto, diferentemente dos países europeus, os cidadãos têm o direito de ir e vir.

dar aulas particulares durante a pandemia de Covid-19
Para muitos professores, dar aulas em 2020 se tornou um novo desafio.

Muitos retomaram as atividades profissionais de forma presencial, e alguns professores retomam pouco a pouco as aulas particulares presenciais. No entanto, ao abandonar as telas e visitar o seu aluno à domicílio para dar aulas, é importante conhecer as medidas de higiene que devem ser aplicadas para que você e o aluno tenham a saúde resguardada.

Rodolfo
Rodolfo
Professor de Solfejo
5.00 5.00 (2) R$60/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Professor de Matemática
5.00 5.00 (80) R$100/h
1a aula grátis!
Marina
Marina
Professor de Espanhol
R$25/h
1a aula grátis!
Diego
Diego
Professor de Alemão
5.00 5.00 (10) R$100/h
1a aula grátis!
Arnaldo
Arnaldo
Professor de Auxílio na redação de dissertações e teses
R$30/h
1a aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Marketing
5.00 5.00 (2) R$80/h
1a aula grátis!
Sara
Sara
Professor de Matemática
5.00 5.00 (9) R$50/h
1a aula grátis!
Alanna
Alanna
Professor de Dança
5.00 5.00 (5) R$65/h
1a aula grátis!
Jorge
Jorge
Professor de Redação
5.00 5.00 (54) R$50/h
1a aula grátis!
Thaynne
Thaynne
Professor de Pilates
5.00 5.00 (7) R$60/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Professor de Matemática
5.00 5.00 (80) R$100/h
1a aula grátis!
Laissa
Laissa
Professor de Cálculo
R$70/h
1a aula grátis!
Larissa
Larissa
Professor de Reforço escolar
5.00 5.00 (8) R$30/h
1a aula grátis!
Nancy
Nancy
Professor de Espanhol
5.00 5.00 (50) R$65/h
1a aula grátis!
Allex
Allex
Professor de Fotografia
5.00 5.00 (31) R$80/h
1a aula grátis!
Daniel
Daniel
Professor de Física
R$25/h
1a aula grátis!
Arthur
Arthur
Professor de Francês
5.00 5.00 (10) R$40/h
1a aula grátis!

Ao lecionar aulas particulares respeite os protocolos de segurança sanitária para evitar a contaminação

Se você prefere se encontrar pessoalmente com seus alunos para a realização das aulas particulares, o governo brasileiro não contra-indica essa prática. No entanto, é importante que você esteja ciente dos riscos que esse contato implica e fazer o possível para manter o distanciamento e respeitar as ações preventivas. Desde o aparecimento do novo coronavírus muitos atos cotidianos passaram a apresentar riscos. Se antes você podia receber amigos na sua casa, abraçar familiares, cumprimentar colegas de trabalho com um beijo no rosto ou aperto de mão, todas essas ações representam riscos de contaminação hoje em dia, e por isso devem ser evitadas.

As aulas particulares implicam em um contato próximo. O professor, na maioria das vezes se senta próximo ao aluno em aulas de matemática, por exemplo, para acompanhá-lo na realização de exercícios. Em caso de aulas de fotografia, violão ou demais instrumentos musicais, o instrumento tende a passar de mão em mão, podendo carregar o vírus. Ainda, se você dá aulas de yoga, pilates ou qualquer outra prática esportiva, o contato pode ser ainda mais próximo e a transpiração pode aumentar os riscos de transmissão da doença. Sendo assim, novas medidas devem ser adotadas para que você possa ministrar aulas em segurança.

A lavagem das mãos é extremamente necessária e nunca deve ser subestimada. Você deve lavar as mãos várias vezes ao dia, e caso não seja possível usar água e sabão, tenha sempre o álcool em gel ao alcance das mãos. Ao chegar em casa, após o uso dos transportes públicos, ao tocar maçanetas, caixas eletrônicos, etc. Sempre que precisar tossir ou espirrar, utilize o seu cotovelo para proteger nariz e boca. Use lenços descartáveis para assoar o nariz e descarte-os imediatamente após o uso.

Assim que você chegar na casa do aluno, lembre-se de cumprimentá-lo de longe, sem beijos, abraços ou apertos de mão. Lave as mãos após a sua chegada na residência do aluno e mantenha o distanciamento. Você pode sugerir, por exemplo, a realização da aula em um espaço externo, como uma varanda ou sacada, se for possível. Caso vocês devam ficar em um cômodo fechado é aconselhável manter as janelas abertas e que você mantenha pelo menos 1 metro de distância do seu aluno.

O pagamento das aulas pode ser realizado via Paypal ou por transferência bancária, como forma de evitar a manipulação de notas de dinheiro. Lembre-se de manter contato com o seu aluno após as aulas caso ele ou você apresentem sintomas. Em caso de indisposição, cansaço, dor de cabeça ou sintomas de gripe, é aconselhável que as aulas sejam canceladas ou realizadas via Webcam. É importante lembrar que para maior segurança você pode alternar aulas presenciais e online com os seus alunos, por exemplo, sugerir que vocês se encontrem apenas uma vez por mês ou a cada 15 dias.

O uso da máscara: item indispensável para dar aula durante a pandemia do Coronavírus

Tão detestada e nada fashion a máscara, apesar do desconforto, continua sendo o item mais útil contra a propagação do Coronavírus. "No início as pessoas pensavam que o uso da máscara era dispensável e até mesmo inútil. Eu vi amigos virarem motivo de chacota por usarem máscaras no início da contaminação no Brasil. No entanto, a máscara veio para ficar e pode salvar muitas vidas", afirma Luis Gomes, pesquisador em infectologia da Universidade de São Paulo.

"Pouco a pouco foi provado que nos espaços fechados, sobretudo mal ventilados, a transmissão aérea de gotículas de saliva é significativa. Quando o paciente é sintomático, o risco de transmissão é multiplicado por dois quando ele fala, tosse ou come perto de outra pessoa", reitera Luis. Sendo assim, ao dar aulas particulares presenciais é fortemente recomendado que você, o aluno e qualquer outra pessoa presente utilizem máscaras. Caso você dê aulas para crianças de menos de 8 anos, eles não precisam usar máscaras mas os familiares, se presentes, devem.

Você pode optar pelo tipo de máscara ao qual você se adapta melhor

Para certas pessoas a máscara pode ser muito desconfortável, causando impressão de sufocamento, dores de cabeça e até mesmo acne. Caso você se sinta desconfortável com o uso da máscara, você pode sugerir que as aulas tenham duração reduzida, por exemplo, 45 minutos ao invés de uma hora. Você pode determinar os detalhes de realização das aulas com os alunos como forma de preservar a saúde e manter o conforto e bem-estar de ambos.

Você pode optar por máscaras descartáveis ou de pano (reutilizáveis). No entanto, lembre-se que caso você opte pelas máscaras descartáveis, elas devem ser colocadas no lixo após o primeiro uso e não devem ser reutilizadas. De pano ou descartáveis, as máscaras devem ser trocadas a cada 4 horas, evitando o acúmulo de partículas salivares. Se ela estiver úmida, troque-a imediatamente.

Higiene das mãos: pré requisito para ministrar aula nos dias atuais

Lavar as mãos nunca foi tão importante. Essa simples ação cotidiana deve se tornar um hábito cada vez mais comum com o objetivo de reduzir a transmissão do novo Coronavírus. Segundo especialistas, é preciso lavar as mãos regularmente, durante pelo menos 30 segundos.

emprego para professor durante a pandemia
Lave as mãos com frequência, antes e depois de dar aulas particulares.

Para ter certeza que a sua lavagem de mãos é eficaz contra a propagação do vírus, siga o passo-a-passo:

  1. Umedeça as mãos com água limpa corrente (morna ou fria), desligue a torneira e aplique sabão;
  2. Ensaboe as mãos esfregando uma na outra. Não se esqueça das costas das mãos, do espaço entre os dedos, e das unhas;
  3. Esfregue as mãos durante pelo menos 30 segundos. Para controlar o tempo você pode cantar "Parabéns para você" três vezes.
  4. Enxague as mãos em água limpa e corrente;
  5. Seque as mãos utilizando papéis-toalha ou toalhas limpas. No caso do papel toalha, descarte-o imediatamente após o uso.

É importante que você evite tocar no próprio rosto, nariz e boca. Cuidado ao encostar em maçanetas, interruptores e corrimões de escada. Ao voltar das aulas particulares, higienize os objetos tocados por você e o volante do carro. Você pode usar lenços de higiene ou um pano lavável embebido no álcool 70.

Tenha sempre álcool em gel por perto caso você não tenha água e sabão ao alcance para lavar as mãos. Todo instrumento ou material tocado por você e pelo aluno durante as aulas (instrumentos musicais, lápis, canetas, tapetes de yoga, livros, teclados de computador, etc) devem ser higienizados com álcool em gel.

Arejar espaços fechados ao dar aula particular a domicílio

Abrir as janelas durante a aula particular pode ser uma alternativa caso não haja a possibilidade de realizá-lo em um espaço aberto e arejado. Aconselha-se que as janelas sejam mantidas abertas durante a realização das aulas e que todos os materiais partilhados entre você e o aluno sejam higienizados com álcool.

Você pode levar o próprio material e a própria garrafa d'água para evitar compartilhar objetos.

Todas as adaptações que devem ser feitas durante o período de pandemia podem parecer difíceis e desafiadoras mas você deve introduzi-las na sua rotina como qualquer outro hábito indispensável. Nós sabemos que muitos professores encontram-se em dificuldade financeira e buscam vagas de emprego para que possam se manter ativos durante o período pandêmico. O isolamento total, como ocorreu em março, representa uma queda significativa de aulas para muitos dos professores particulares e muitos deles não se adaptam ao trabalho remoto. Por essa razão, o retorno às aulas presenciais acaba sendo necessário.

aulas particulares presenciais durante a pandemia
Os hábitos devem ser alterados para que as aulas particulares aconteçam com segurança.

Se você decidir retornar às aulas particulares presenciais, nós sugerimos que você siga os conselhos apresentados acima, como forma de resguardar a sua saúde, a do aluno, e das respectivas famílias. Se você prefere dar aulas online, consulte os nossos artigos sobre aulas particulares via webcam durante a pandemia do Covid-19.

Apesar de parecer longa e desgastante, a atual situação é temporária e em breve você poderá dar aulas particulares presenciais com mais tranquilidade. Enquanto isso, o Superprof continua dando todo o suporte para que você, professor, possa atender os seus alunos com segurança.

Precisando de um professor de ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 2 nota(s)
Loading...

Paula

Psicóloga, mestra em Psicanálise pela universidade Paris 8 (França), fã de fotografia, livros, cinema e de dormir ao som da televisão. Apaixonada por flores, vegetariana e eterna aprendiz de yoga.