Já imaginou se aprender matemática fosse tão simples quanto fazer ginástica? Embora possamos dizer que trata-se de um verdadeiro exercício para a mente, é necessário entendê-la, aplicar teoremas e contar com uma boa dose de raciocínio para colocar em prática as técnicas aprendidas... uma verdadeira maratona!

Apesar de todos os seus desafios e dificuldades, a matemática ainda é a matéria preferida de muitos estudantes, e o curso universitário escolhido por aqueles que decidem dedicar-se aos números por toda a vida. Além de professores de matemática, todos os anos novos economistas, contadores e administradores são lançados no mercado. E o que seria dessas profissões se não fosse ela... a matemática?

Se você também se sente atraído pelos encantos da matéria, continue lendo. Vamos ajudá-lo a desvendar alguns deles logo abaixo.

Os melhores professores de Matemática disponíveis
Júlio césar
5
5 (124 avaliações)
Júlio césar
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Marina
5
5 (27 avaliações)
Marina
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (46 avaliações)
Thiago
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gustavo
5
5 (46 avaliações)
Gustavo
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Najla
5
5 (100 avaliações)
Najla
R$250
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Isidoro
5
5 (80 avaliações)
Isidoro
R$69
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Cesar augusto
5
5 (34 avaliações)
Cesar augusto
R$40
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Takemitsu
5
5 (50 avaliações)
Takemitsu
R$114
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Júlio césar
5
5 (124 avaliações)
Júlio césar
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Marina
5
5 (27 avaliações)
Marina
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (46 avaliações)
Thiago
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gustavo
5
5 (46 avaliações)
Gustavo
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Najla
5
5 (100 avaliações)
Najla
R$250
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Isidoro
5
5 (80 avaliações)
Isidoro
R$69
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Cesar augusto
5
5 (34 avaliações)
Cesar augusto
R$40
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Takemitsu
5
5 (50 avaliações)
Takemitsu
R$114
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Por que aprender matemática?

Há alguns séculos, Isócrates ousou dizer que a matemática e filosofia andam de mãos dadas. Á primeira vista, parece uma matéria como qualquer outra da grade curricular escolar, algo que pode ser comparado à literatura ou ao português. Na verdade, elas têm, sim, algo em comum: para trabalhá-las é necessário uma dose de afinidade. Alguns têm, outros não.

Defina sua área
Encontrar afinidades com a matemática é algo que acontece com algumas pessoas durante os anos de escola.

Além disso, existe a questão de áreas de atuação: alguns têm afinidades com humanas, outros com exatas e há ainda os que desejam se dedicar a cuidar das pessoas: são os profissionais da saúde.

Entretanto, algumas noções de matemática devem ser comuns à todos. Afinal, desde o caixa do supermercado até o pagamento das contas do mês, lidamos com números. E a qualquer momento da vida, pode ser que sintamos falta de desenvolver maiores habilidades em relação a eles. Prova disso são os alunos do Superprof: há estudantes de matemática de todos os perfis e idades.

A necessidade de tomar aula de matematica, se dá por diversos motivos:

  • Conseguir uma certificação relacionada à matéria;
  • Ser bem sucedido em uma prova escolar;
  • Conseguir aquela vaga de emprego ou promoção na empresa na qual você já atua;
  • Elaborar um planejamento de carreira.

Além disso, alguns cursos universitários exigem, como conhecimento prévio, um aprofundamento em algum ramo específico da matéria, que pode ser:

  • álgebra; (curso apoio)
  • aritmética;
  • trigonometria;
  • análises;
  • algoritmos;
  • geometria;
  • lógica.

Além disso, o simples fato de estudar matemática pode ajudá-lo a desenvolver algumas habilidades pessoais que, à primeira vista, parecem em nada relacionar-se ao tema:

  • Busca de soluções para problemas mais complexos;
  • Desenvolvimento da memória a curto e médio prazo;
  • Ativação da capacidade cognitiva;
  • Criação de metodologias de trabalho;
  • Capacidade de utilizar softwares mais elaborados.

Aprender matemática de maneira rápida é mais ou menos como aprender línguas: você precisará de uma boa dose de motivação e metas tangíveis para encontrar a metodologia que mais combina com seu perfil e suas necessidades. Lembre-se de que nem todas as pessoas são iguais: temos diferentes capacidades e habilidades para aprendizagem.

Pensando nisso... qual seria o método certo para você então? Ele pode ser exatamente o mesmo usado por aquele seu primo que conseguiu o primeiro lugar em uma universidade pública... ou então, algo totalmente diferente que, para ele, não funcionaria.

Melhores métodos para aprender matemática rapidamente

Para motivá-lo a aprender matemática de forma rápida e completa, nada melhor que contar com a ajuda de um professor particular, que poderá trabalhar totalmente focado em suas necessidades. Além da matéria em si, tal profissional poderá ajudá-lo a desenvolver algumas habilidades paralelas, como:

  • Ajudar sua mente a desenvolver um raciocínio que facilite o entendimento de problemas matemáticos;
  • Fornecer ferramentas que o ajudem a caminhar rumo aos seus objetivos;
  • Explicar-lhe por que você precisa realizar exercícios de memória e planejar bem a organização do seu tempo;
  • Compartilhar com você dicas, truques e quaisquer outros macetes que ajudem a aprender matemática de forma mais rápida.

Seja a partir de tabelas de multiplicações, seja por meio de estudos de situações reais de empresas, seja revisando exercícios complexos de matemática, o professor particular certamente vai ajudá-lo a evoluir no aprendizado. Para isso, entretanto, você precisa escolher o curso certo para você. Existem profissionais que atuam em diferentes vertentes e focos.

  • Aula teórica com prática de exercícios semanais;
  • Validação de conhecimentos;
  • Dicas para desenvolvimento de um raciocínio matemático;
  • Jogos para aprender de forma descontraída;
  • Exercícios que fornecem pontos chave para aprender a solucionar problemas.

É por isso que, se você deseja aprender rapidamente, o melhor a fazer é escolher um profissional certificado e experiente. Cada um tem o seu próprio método de preparar as aulas, adaptando-as às suas metas, especialmente quando houver necessidade de um aprendizado em ritmo acelerado.

Dentre as ferramentas principais, podemos citar: recitar fórmulas e soluções pré-definidas em voz alta, explicar a matéria que acabou de aprender com suas próprias palavras, praticar metodologias diferentes, pedir-lhe para repetir resumidamente o que aprendeu na aula anterior.

Decorar esquemas não é difícil
Alguns alunos aprendem melhor quando recitam as fórmulas aprendidas.

Se o seu tempo para estudar matemática é curto, é o professor que vai cuidar de mantê-lo motivado. Você precisará manter-se concentrado em seus objetivos, enquanto o profissional cuida da técnica e dos métodos para gerir bem o seu tempo e torná-lo mais proveitoso.

Na plataforma Superprof, é possível encontrar professores focados nos mais diversos perfis e metodologias. Basta você pesquisar e ler as avaliações deixadas por alunos. E podemos dizer que fazer um curso particular de matemática pode auxiliar no desenvolvimento de qualquer aluno, ainda que se trate de um autodidata.

É possível aprender matemática sozinho?

Aprender matemática é como aprender história ou física quântica: você precisa estar disposto a mergulhar nos livros, descobrir mais sobre a teoria e desenvolver uma linha de pensamento compatível com sua necessidade.

Bom... vamos admitir: a matemática é um pouco mais complexa até mesmo que algumas matérias de cunho jurídico. Você precisará ser capaz não só de visualizar os problemas propostos, como de analisá-los por diferentes ângulos, até encontrar a metodologia que levará à solução.

Quer um exemplo? Você já tentou resolver uma questão que necessita do Teorema de Pitágoras através do Teorema de Tales? Certamente, você não chegaria a conclusão nenhuma dessa forma. Para cada tipo de problema, existem os meios específicos para chegar à solução.

Isso sem contar as confusões comuns entre elementos matemáticos e conjuntos de números. Quem nunca confundiu números primos com números relativos que atire o primeiro livro. É por isso que, ainda que você seja do tipo que opta por estudar sozinho, é importante escolher a metodologia correta, que o deixará livre desse tipo de engano.

Além disso, você sabe se a sua memória é mais visual ou auditiva? Com esse conhecimento em mãos, você pode utilizar meios muito mais eficazes para o aprendizado. Se a sua memória for mais auditiva, dedique-se a recitar e recriar elementos já estudados, de modo a fixá-los melhor. Se você é uma pessoal visual, prefira o uso de folhas de exercícios, nas quais constem as fórmulas e revisões, de maneira bem disposta e agradável aos olhos.

Defina seu perfil
Pessoas visuais aprendem ao ler e escrever.

Independentemente de qual seja o seu perfil, você vai precisar de motivação. Aliás, trata-se de um elemento que precisa estar presente em qualquer curso de matemática. Para memorizar gráficos, tabelas e fórmulas será necessário estar disposto a estudá-los. Para entender e resolver problemas, será necessário colocar em funcionamento o seu raciocínio lógico e as habilidades aprendidas.

Fórmulas e elementos mais fixos podem ser facilmente aprendidos em livros ou sites. Entretanto, existem técnicas que demandam o uso da pedagogia de um professor experiente para serem desenvolvidas. Não que seja impossível estudar e aprender sozinho. Há pessoas que realmente conseguem tal feito, porém, há algumas ressalvas:

  • Concentre-se nos detalhes. A matemática conta com diversas fórmulas que apresentam pequenas diferenças entre si. Não hesite em desenhá-las e estudá-las para que não haja confusão entre esses elementos;
  • Use e abuse dos jogos. Você pode baixar aplicativos descontraídos em seu celular e fazer uso deles no metrô, enquanto está a caminho do trabalho ou mesmo naquele momento de espera em um consultório médico. Isso permite passar mais tempo em contato com a matéria e ampliar seus conhecimentos;
  • Aproveite as ferramentas que estão à sua disposição. A calculadora online, e os sites que disponibilizam folhas de exercícios podem se tornar verdadeiros aliados nos estudos de um autodidata.
Conte com ajuda tecnológica
Calculadoras e outros acessórios podem ajudar nos estudos de matemática.

A matemática aprendida de maneira individual faz parte do dia a dia de algumas pessoas mas, é preciso lembrar que, nem sempre as metodologias empregadas são realmente eficazes. É por isso que dizemos que os meios usados para aprender fazem toda a diferença.

Conte, some e aprenda matemática agora

Para não errar na escolha do seu método, é importante fazer algumas perguntas a si mesmo:

  • Sou mais visual ou auditivo?
  • Quanto tempo tenho para me dedicar aos estudos?
  • Prefiro estudar em livros ou vídeos?
  • Quão importante é o meu objetivo para o aprendizado?

Algumas premissas importantes a serem consideradas são: a facilidade com distrações, que pressupõem a necessidade de um professor para trazê-lo de volta ao foco e a autonomia do aluno, que sabe a hora de dar uma pausa nos estudos para um café.

Tudo isso depende da sua memória, capacidade de aprendizado, personalidade, facilidade em sintetizar informações e dedicação aos seus objetivos.

Qualquer pessoa pode aprender matemática rapidamente, basta estar disposto a dispensar o tempo e a dedicação necessárias. Você está?  Faça um curso de matematica online !

 

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Marcia

Jornalista. Professora. Tradutora. Bailarina. Mãe. Mulher. Dedicada às minhas lutas diárias. Em constante transformação. Quando não há mais nada a dizer, escrevo!!!