Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Estudar biologia para o Exame Nacional do Ensino Médio

De Ana, publicado dia 08/10/2019 Blog > Apoio Escolar > ENEM > Quais os temas mais comuns de Ciências da Natureza e suas Tecnologias do Enem?

Se você é vestibulando, acreditamos que esteja acompanhando de pertinho cada detalhe das discussões recentes envolvendo a queimada da Amazônia. Se não está, é melhor começar agora mesmo!

Sabe por quê?

Questões ambientais são de longe um dos temas mais cobrados no enem. Correspondem a quase 30% de todas as perguntas de Biologia. Além de questões envolvendo Ecologia, por exemplo.

Quer saber mais?

Continue lendo nosso artigo até o final. Descubra os assuntos que mais caem no Enem de Biologia!

Poluição: um dos assuntos que mais aparece nos enunciados do Enem

Existem diferentes tipos de poluição, mas três se destacam nos enunciados do Exame Nacional do Ensino Médio, são eles: a poluição do solo, aquática e a atmosférica.

Poluição aquática

A poluição aquática é resultado da degradação de sua qualidade, a ponto torná-la nociva ou prejudicial aos organismos, plantas e à atividade humana. A contaminação pode ser por elementos químicos, físicos e biológicos

Dicas de assuntos mais frequentes no enem. A poluição aquática pode gerar sérios riscos à saúde!

Como essa temática pode ser abordada no Enem?

É muito comum no Exame Nacional do Ensino Médio abordar impactos reais no meio ambiente, através de notícias que circulam todos os meios de comunicação do Brasil e do mundo!

A poluição aquática pode ser colocada no exame, colocando o homem como principal responsável pela poluição, ao mesmo tempo em que é um dos afetados.

Atenção!

Dentro da temática da poluição aquática, você pode se deparar com questões sobre o processo de eutrofização ( concentração de matéria orgânica, de lagos e rios).

Pode surgir perguntas referentes ao despejo de esgoto industrial e doméstico nos cursos d’água. Uma das questões pode ser de busca por uma possível solução!

Poluição atmosférica

A poluição atmosférica é o acúmulo de sustâncias químicas e tóxicas no ambiente, sendo o gás carbônico (CO2) o principal causador.

Esse tipo de poluição contribui com o agravamento de outros fenômenos, como por exemplo, chuva ácida, o aquecimento global e o efeito estufa.

Como esse assunto pode ser abordado no Enem?

Efeito estufa e aquecimento global são temáticas frequentes no Enem!

Muito provavelmente seja cobrado alguma questão sobre tratados internacionais associados a geografia, como Protocolo de Kyoto, um acordo firmado entre países membros da Organização das Nações Unidas para reduzir emissão de gases poluentes.

Também é bastante comum questões abordando temas, como aquecimento global e buracos na camada de ozônio. Além de questões a respeito do Acordo de Paris, um pacto internacional que prevê a redução de emissão de CO2.

O grande destaque para essa questão está  na recente saída dos Estados Unidos no acordo, sendo eles um dos maiores causadores de agentes poluentes. Não se esqueça de pesquisar mais sobre esse assunto, aqui!

Poluição do solo

De maneira geral, a contaminação do solo consiste na presença indevida de elementos químicos estranhos, como produtos químicos, resíduos sólidos ou líquidos que causam a deterioração, ao ponto de tornar o solo inútil ou um risco à saúde.

Chama-se poluição do solo qualquer mudança do solo que prejudica as formas de vida e seu desenvolvimento regular. Infelizmente o homem é o principal causador da poluição.

Segundo estimativas da ONU, a quantidade de lixo produzido no mundo será 70% maior em 2030. Isso gera muito preocupação dos órgãos responsáveis pela preservação do meio ambiente.

Como esse tema pode ser abordado no Enem?

A quantidade de lixo produzido no planeta pode ser abordado no Enem com questões que exigem do candidato conhecimentos mais sustentáveis, como converter o lixo em energia limpa.

Dica: Aproveite para estudar as maneiras sustentáveis de lidar com os rejeitos produzidos pelo homem.

Questões de biologia ENEM: impactos e problemas ambientais

Os problemas ambientais pertencem ao grupo de temas favoritos do Enem e outros vestibulares de prestígio. As questões aparecem em diferentes formas de abordagens, desde o mau uso de recursos naturais pelo homem à poluição da atmosfera, dos rios, do solo, entre outras abordagens.

Sendo assim, você precisa estar antenado as notícias que falam sobre as alterações no meio ambiente nos últimos anos, seja no Brasil ou nos outros cantos do mundo.

Dicas dos assuntos de biologia que mais caem no enem. Para a biologia e a geografia, os impactos e problemas ambientais são temáticas super importantes!

Também é um dos grandes assuntos do enem, os problemas das grandes cidades, como chuva ácida, inversão térmica, ilhas de calor e crise hídrica, todos contextos ligados à urbanização, típicos das grandes metrópoles.

Muitas vezes, as questões do Enem podem transitar entre os conteúdos de biologia e geografia.

Elencamos abaixo os temas de Biologia que mais caem no Enem. Confira:

Exemplo 1 (Questão Enem 2016)

Segundo a Conferência de Quioto, os países centrais industrializados, responsáveis históricos para poluição, deveriam alcançar a meta de redução de 5,2% do total de emissões segundo níveis de 1990.

O nó da questão é o enorme custo desse processo, demandando mudanças radicais nas indústrias para se adaptem rapidamente aos limites de emissão estabelecidos e adotem tecnologias energéticas limpas.

A Comercialização internacional de créditos de sequestro ou redução de gases causadores do efeito estufa foi a solução encontrada para reduzir o custo global do processo.

Países ou empresas que conseguirem reduzir as emissões abaixo de suas metas poderão vender este crédito para outro país ou empresa que não consiga.

As posições contratiras à estratégia de compensação presente no texto relacionam-se à ideia de que ela promove:

  • (A) Retração nos atuais níveis de consumo.
  • (B) Surgimento de conflitos de caráter diplomático.
  • (C) Diminuição dos lucros na produção de energia.
  • (D) Desigualdade na distribuição do impacto ecológico.
  • (E) Decréscimo dos índices de desenvolvimento econômico.

Essa é uma típica questão Enem, com enunciado bem longo e autoexplicativo. Quando for assim, destrinche todas as informações relevantes do enunciado até chegar ao objetivo da pergunta.

Se chegou a resposta “Desigualdade na distribuição do impacto ecológico, acertou!

 Exemplo 2 ( Questão 57 Enem – 2010)

O despejo de dejetos de esgotos domésticos e industriais vem causando sério problemas aos rios brasileiros. Esses poluentes são ricos em substâncias que contribuem para a eutrofização de ecossistemas que é um enriquecimento da água por nutrientes, o que provoca um grande crescimento bacteriano e, por fim, pode promover escassez oxigênio.

Uma maneira de evitar a diminuição da concentração de oxigênio no ambiente é:

  • (A) Aquecer as águas dos rios para aumentar a velocidade de decomposição dos dejetos.
  • (B) Retirar do esgoto as materiais ricos em nutrientes para diminuir a sua concentração nos rios.
  • (C) Adicionar bactérias anaeróbicas às águas dos rios para que elas sobrevivam mesmo sem o oxigênio.
  • (D) Substituir produtos não degradáveis por biodegradáveis para as bactérias possam utilizar os nutrientes.
  • (E) Aumentar a solubilidade dos dejetos no esgoto para que os nutrientes fiquem mais acessíveis às bactérias.

Se você respondeu letra B, está de parabéns!

Vamos a mais uma pergunta !

 Exemplo 3 ( Questão 59 Enem – 2010)

A cidades industrializadas produzem o CO2, o principal gás causador do efeito estufa. Isso ocorre por causa da quantidade de combustíveis fósseis queimados, principalmente no transporte, mas também em caldeiras industriais.

Além disso, nessas cidades concentram-se as maiores áreas com solos asfaltados e concretados, o que aumenta a retenção de calor, formando o que se conhece por “ilhas de calor”. Tal fenômeno ocorre porque esses materiais absorvem o calor e devolvem para o ar sob foma de radiação térmica.

Em áreas urbanas, devido à atuação conjunta do efeito estufa e das “ilhas de calor”, espera-se que o consumo de energia elétrica:

  • (A) Diminua devido a utilização de caldeiras por indústrias metalúrgicas.
  • (B) Aumente devido ao bloqueio da luz do sol pelos gases do efeito estufa.
  • (C) Diminua devido à não necessidade de aquecer a água utilizada em indústrias.
  • (D) Aumente devido à necessidade de maior refrigeração de indústrias e residências.
  • (E) Diminua devido à grande quantidade de radiação térmica reutilizada.

Se você respondeu letra D, está corretíssimo! Bravo!

Assuntos de biologia para o ENEM

O que estudar para o Enem ?

Para o Enem, a prova de biologia é uma das materias do enem mais relevantes, principalmente devido aos crescentes problemas ambientais.

Todas as dicas para passar no vestibular. Algumas faculdades concedem peso dois a disciplina Biologia no Sisu.

Se você estiver se candidatando a uma das vagas na área biológica. Confira como se preparar para o enem com o planejamento abaixo:

Primeiro mês

  • O conceito básico de biologia;
  • Método Científico e Origem da Vida;
  • Conceitos básicos em Ecologia;
  • Dinâmica de populações;

Segundo mês

  • Cadeias, pirâmides e teias alimentares;
  • Relações ecológicas;
  • Sucessão ecológica
  • Biomas;

Terceiro mês

  • Água e sais minerais;
  • Vitaminas, carboidratos e lipídios;
  • Proteínas e atividades enzimáticas;
  • Ácidos Nucleicos;
  • Tipos de células;
  • Membranas plasmáticas;

Quarto mês

  • Ciclos biogeoquímico;
  • Organelas e estruturas citoplasmáticas;
  • Respiração celular e fermentação;
  • Quimiossíntese e Fotossíntese;

Quinto mês

  • Teorias evolutivas;
  • Especiação;
  • Primeira lei de Mendel e os casos especiais;
  • Heredogramas e probabilidades;

Sexto mês

  • Síntese proteica;
  • Núcleo interfásico e divisão celular;
  • Gametogênese;
  • Noções de embriologia;

Sétimo mês

  • Sistemas sanguíneos e polialelia;
  • Determinação sexual e genética do sexo;
  • Anomalias cromossômicas;
  • Segunda lei de Mendel;

Oitavo mês

  • Interações gênicas;
  • Embriologia humana e anexos embrionários;
  • Clonagem e exames de DNA;
  • Tecidos epitelial e conjuntivos;
  • Tecidos muscular e nervoso;

Nono mês

  • Introdução a taxonomia;
  • Estudo dos seres vivos por Reino;
  • Digestão e respiração comparadas dos seres vivos;
  • Circulação e excreção comparadas dos seres vivos;
  • Circulação e Reprodução comparadas dos seres vivos;

Décimo mês

  • Controle endócrino e nervoso;
  • Tecidos de sustentação e preenchimento e transporte;
  • Hormônios vegetais;
  • Impactos ambientais;

Como estudar para o Enem sozinho?

Elencamos aqui alguns dos temas que mais caem no Enem ao longo dos anos. Assim, você pode estudar biologia de forma mais efetiva.

Contudo, não se esqueça de seguir direitinho o edital do Exame Nacional do Ensino Médio, montando o seu plano de estudo enem. Confira o que não pode faltar nas suas revisões de biologia:

  • Ecologia
  • Poluição;
  • Aquecimento global e efeito estufa;
  • Chuva ácida;
  • Genética;
  • Sistema imunitário;
  • Ecossistema;
  • Fundamentos da Ecologia;
  • DNA e RNA;
  • Hematologia;
  • Proteínas e enzimas;
  • Excreções;
  • Angiosperma;
  • Bioma;
  • Crescimento populacional;
  • Relações ecológicas;
  • Evolução;
  • Mecanismos de evolução;
  • Genoma humano;

E não se esqueça de acrescentar também aos seus estudos os conteúdos:

  • Organização celular;
  • Biogênese e abiogênese;
  • Embriologia;
  • Classificação dos seres vivos;
  • Material genético;
  • Filo Chordata;
  • Membrana plasmática;
  • Sistema nervoso;
  • Sistema Rh;
  • Sistema digestório;
  • Vitaminas;
  • Transporte pela membrana;
  • Verminoses;
  • Trocas gasosas em plantas;
  • Reino monera e protozoários;

Nunca deixe de sonhar, acreditar, estudar. E, claro, leia o edital do enem!

Ter aulas de biologia para o Enem

Nós, do Superprof, sabemos o quanto é um hábito comum dos estudantes do Ensino Médio deixar matéria acumular. Entretanto, o vestibulando precisa seguir um bom planejamento de estudo, se quiser conquistar uma boa faculdade.

Se estiver com muita dificuldade de se organizar para o exame, não deixe de procurar auxílio de um professor particular. Ele é a pessoa mais indicada para montar um bom plano de estudos enem adequado às suas necessidades e horários.

Todas as dicas para estudar para o Enem de maneira eficaz. Não se esqueça de correlacionar as abordagens de biologia à outras áreas de conhecimento.

As vantagens de ter aulas de biologia para o Enem

Foco total na matéria – Graças as aulas de biologia, você vai aprender a se sair bem no exame, focando totalmente sua atenção ao que está sendo pedido.

Aprender a destrinchar os enunciados – Uma ótima forma de economizar tempo no Enem é usar a estratégia de destrinchar a ideia central do enunciado, sublinhando as informações relevantes do texto. Para isso, é válido fazer bastante simulado enem.

Criar o hábito de fazer um estudo cíclico – Que a banca do ENEM adora trabalhar a interdisciplinaridade nas suas questões, os estudantes mais antenados já sabem. Justamente, por isso, o professor vai tornar o seu conhecimento mais amplo ao correlacionar a biologia com outras disciplinas. Por exemplo, enquanto você estuda os impactos ambientais, você pode fazer uma correlação com a geografia.

Preparado para gabaritar o Enem? Continue lendo nossos artigos com os assuntos que mais caem no Enem.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar