Hoje em dia, apesar de estarmos imersos nos recursos digitais, muito se questiona sobre a influência e o uso das tecnologias no desenvolvimento das crianças. E com razão!

Os avanços tecnológicos da atualidade influenciam diretamente a educação infantil. Isso produz várias e diferentes consequências que precisam ser analisadas, estudadas e pesquisadas, buscando sempre possibilidades para assegurar que essas influências interfiram favoravelmente na criança, propiciando a ela ser educada para pensar e não somente para reproduzir, copiar e imitar. Em outras palavras, isso significa desenvolver nas crianças, desde cedo, uma cultura de inserção crítica no universo das tecnologias e mídias digitais, na qual elas se vejam como produtoras e não apenas como consumidoras passivas das mídias mercadológicas.

Não devemos lutar contra o uso dela. Temos, sim, de lutar para que este uso aconteça de forma crítica e estabelecer para as crianças limites, regras e horários para o uso da tecnologia. Isso significa explorar a tecnologia sem cercear o direito das crianças à acessibilidade (Vilhete, 2009)

Confira nesse artigo como a informática se insere no contexto educacional e quais as vantagens do seu uso pedagógico!

Os melhores professores de Informática Educativa disponíveis
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (22 avaliações)
Guacira
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (24 avaliações)
Gabriel
R$30
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (45 avaliações)
Kaique
R$40
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jay
5
5 (12 avaliações)
Jay
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (22 avaliações)
Guacira
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (24 avaliações)
Gabriel
R$30
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (45 avaliações)
Kaique
R$40
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jay
5
5 (12 avaliações)
Jay
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Quando introduzir a informática no processo educacional?

Um menino em frente ao computador
cursos de informática. Crianças e tecnologias: problema ou solução?

É fato: as crianças cada vez mais têm contato com dispositivos tecnológicos, e cada vez mais cedo. Isso é correto? Há controversas.

Muito se é discutido sobre a idade ideal para uma criança ter seus primeiros contatos com uma tela interativa. Os especialistas ainda divergem nesse aspecto, mas uma verdade inevitável traz uma demanda inegável: o contato direto ou indireto existe; por isso, é preciso preparar as crianças pedagogicamente e de forma adequada para crescerem como usuárias conscientes e críticas das tecnologias.

Por esse motivo, nunca deixe a criança sozinha com o dispositivo: o monitoramento deve ser constante. Se possível, participe de forma a ajudar em suas dificuldades e dúvidas.

Além disso, não exceda em mais de meia hora por dia o uso dos dispositivos com crianças até cinco anos; depois dessa idade, aumente gradativamente, não excedendo uma hora por dia.

Para introduzir gradualmente a presença da informática na vida familiar e escolar dos pequenos, é preciso em primeiro lugar identificar alguns objetivos básicos:

  • apresentar a tecnologia como estímulo a suas mentes e como recurso que potencialize seu desenvolvimento intelectual e psicossocial
  • ensinar a informática para formar cidadãos críticos e conscientizados a partir do uso da comunicação – teoria e prática – como forma de educação
  • o papel da informática é sempre ser mais um recurso entre muitos, e não se tornar o objeto em si do ensino.

Que tal começar um curso de informática online?

O uso da informática como recurso pedagógico

Com a informática é possível realizar variadas ações, como se comunicar, fazer pesquisas, redigir textos, criar desenhos, efetuar cálculos e simular fenômenos. As utilidades e os benefícios no desenvolvimento de diversas habilidades fazem do computador, hoje, um importante recurso pedagógico. Não há como a escola atual deixar de reconhecer a influência da informática na sociedade moderna e os reflexos dessa ferramenta na área educacional.

Com a utilização do computador na educação é possível ao professor e à escola dinamizarem o processo de ensino-aprendizagem com aulas mais criativas, mais motivadoras e que despertem, nos alunos, a curiosidade e o desejo de aprender, conhecer e fazer descobertas. A dimensão da informática na educação não está, portanto, restrita à informatização da parte administrativa da escola ou ao ensino da informática para os alunos.

Estamos falando aqui de utilizar as novas tecnologias de maneira consciente, crítica e autônoma como mais um recurso pedagógico que contribua para o desenvolvimento de alunos e cidadãos. Uma das vantagens dos dispositivos tecnológicos e todos seus recursos é que eles podem ser usados de maneira interdisciplinar, ou seja: além de não se restringirem a "um curso de informática", eles podem aliar diferentes disciplinas e potencializar a aprendizagem em trabalhos por projetos.

E como isso funciona na prática? Temos alguns conselhos práticos para os professores que estão começando a utilizar novas tecnologias em suas disciplinas e áreas de conhecimento:

  • introduza a informática sempre de maneira contextualizada, ou seja, aliada aos conteúdos curriculares em questão;
  • use e abusa da ludicidade inerente aos recursos digitais: vídeos, desenhos, música, histórias, personagens;
  • sempre verifique a classificação etária do recurso utilizado, sejam softwares educacionais, games, músicas, atividades, entre outros.
  • procure deixar os jogos para o meio ou final da aula;
  • não é aconselhável deixar os computadores sempre à disposição das crianças sem que haja um roteiro a ser seguido
  • estimule o protagonismo nos alunos: deixe que eles próprios sejam autores de suas pesquisas, atividades, interações, desenhos, jogos...
  • elogie e premie os alunos que foram dedicados durante o curso de informática com alguns minutos de diversão;
  • apresente a tecnologia de maneira interessante para cada idade;
  • sempre adapte a linguagem para que a comunicação com os alunos seja eficaz;
  • envie atividades para casa que utilizem recursos tecnológicos, contribuindo para que a família também acompanhe os momentos interativos;
  • não é porque estão diante das telas que a atividade é individual: estimule trabalhos em pequenos grupos.

Pesquisando os melhores cursos de informatica?

Uma mae e uma filha com um tablet
É muito importante que o adulto acompanhe sempre o uso do computador pelos pequenos.

Informática e infância: reflexões sobre tecnologia e educação

Como dissemos, muitos especialistas na área da educação têm se dedicado ao estudo da interação entre educação e tecnologia. Os desafios ainda são muitos, mas a realidade cada vez mais se revela: é preciso educar as crianças para a inclusão tecnológica. Usando os recursos da informática a favor da educação, só contribuímos para a formação dos pequenos perante um mundo conectado e digital. Que tal visitar algumas frases de especialistas da área sobre o assunto?

"O problema está em como estimular os jovens a buscar novas formas de pensar, de procurar e de selecionar
informações, de construir seu jeito próprio de trabalhar com o conhecimento e de reconstruí-lo continuamente,  atribuindo-lhe novos significados, ditados por seus interesses e necessidade. Como despertar-lhes o prazer e as habilidades da escrita, a curiosidade para buscar dados, trocar informações, atiçar-lhes o desejo de enriquecer seu diálogo com o conhecimento sobre outras culturas e pessoas, de construir peças gráficas, de visitar museus, de olhar o mundo além das paredes de sua escola, de seu bairro ou de seu país... " (ALMEIDA, 1998)

"A Informática Educativa se caracteriza pelo uso da informática como suporte do professor, como instrumento a mais em sala de aula, no qual o professor possa utilizar esses recursos colocados a sua disposição. Nesse nível, o computador é explorado pelo professor especialista em sua potencialidade e capacidade, tornando possível simular, praticar ou vivenciar situações, podendo até sugerir conjecturas abstratas, fundamentais a compreensão de um conhecimento que se está construindo" (BORGES NETO, 1999)

“Estar em rede significa ser capaz de fazer uso da capacidade de ser sujeito (ativo e responsável), sugerir mudanças, administrar complexidades e incentivar a articulação, o fortalecimento e, se necessário, a (re) construção contínua das redes” (ROCHA, 2005)

"A importância da utilização da tecnologia computacional na área educacional é indiscutível e necessária, seja no sentido pedagógico, seja no sentido social. Não cabe mais à escola preparar o aluno apenas nas habilidades de lingüística e lógico-matemática, apresentar o conhecimento dividido em partes, fazer do professor o grande detentor de todo o conhecimento e valorizar apenas a memorização. Hoje, com o novo conceito de inteligência, em que podemos desenvolver as pessoas em suas diversas habilidades, o computador aparece num momento bastante oportuno, inclusive para facilitar o desenvolvimento dessas habilidades – lógico-matemática, linguística, interpessoal, intrapessoal, espacial, musical, corpo-cinestésica, naturista e pictórica" (TAJRA, 2000).

“O computador é uma máquina que possibilita testar ideias ou hipóteses, que levam à criação de um mundo abstrato e simbólico, ao mesmo tempo em que se permite introduzir diferentes formas de atuação e interação entre as pessoas” (ALMEIDA, 2000)

Comece por um curso de informática básica!

um menino jogando videogame
Os videogames podem ser benéficos para o desenvolvimento das crianças?

Como a informática pode contribuir para o desenvolvimento infantil?

O computador incorpora, hoje, vários recursos tecnológicos. Nele é possível ouvir rádio, ver vídeos, ler revistas e jornais, reproduzir e gravar músicas, fazer pesquisas, se divertir com jogos educativos, conversar e se conectar com outras pessoas, assistir a aulas, entre muitas outras coisas.

Conforme a publicação Informática aplicada à educação, disponível no portal do Ministério da Educação, são várias as situações positivas proporcionadas pelo uso da informática no ambiente educacional, que variam de acordo com a proposta utilizada em cada caso e com a dedicação dos profissionais envolvidos:

  • Os alunos ganham autonomia nos trabalhos, podendo desenvolver boa parte das atividades sozinhos, de acordo com
    suas características pessoais, atendendo de forma mais nítida ao aprendizado individualizado.
  • Em função da gama de recursos disponíveis nos softwares, os alunos, além de ficarem mais motivados, também se tornam mais criativos.
  • A curiosidade é outro elemento bastante aguçado pela informática, visto ser ilimitado o que se pode aprender e pesquisar com os softwares e sítios da internet disponíveis.
  • Os ambientes tornam-se mais dinâmicos e ativos
  • Alunos com dificuldade de concentração tornam-se mais concentrados.
  • Esses ambientes favorecem uma nova socialização que, às vezes, não é conseguida nos ambientes tradicionais.
  • Os alunos que se sobressaem pelo uso da tecnologia costumam ajudar aqueles com dificuldades.
  • As aulas expositivas perdem espaço para trabalhos corporativos e práticos.
  • A informática passa a estimular o aprendizado de novas línguas, sendo uma forma de comunicação voltada para a realidade da globalização.
  • Além de a escola direcionar as fontes de pesquisa para os recursos já existentes, como livros, enciclopédias, revistas, jornais e vídeos, pode-se optar por mais uma fonte de aprendizagem: o computador.
  • A informática contribui para o desenvolvimento das habilidades de comunicação e de estrutura lógica do pensamento.

Comece já seu curso de informatica!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.