Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Preparar-se sozinho para as aulas do idioma da Alemanha

De Camila, publicado dia 18/10/2017 Blog > Idiomas > Alemão > Aprender alemão sem seu professor particular

“O conhecimento é adquirido através da experiência; todo o resto é apenas informação” – Albert Einstein

Albert Einstein (1879-1955), célebre físico e matemático alemão, não poderia ter resumido melhor a que pode servir um curso particular da língua falada na Alemanha: desenvolver um experimento refinando do seu conhecimento linguístico.

Aprender o idioma de Goethe em casa com seu professor de alemão coloca todos os seus sentidos cognitivos em alerta: desde a concentração e a disciplina até a memória e a prática.

No entanto, aprender um segundo idioma também exige muita regularidade na aprendizagem.

Seja um curso introdutório ou aulas de conversação para um nível avançado de domínio do alemão, é o trabalho realizado entre uma aula e outra que realmente farão a diferença no avanço do aluno.

O esforço e a dedicação do aluno são os pontos que farão a maior diferença no seu aprendizado. O aluno é o principal responsável pelo seu próprio avanço nas aulas de alemão.

Como não possuímos todos as mesmas capacidades cognitivas, o trabalho de revisão das matérias pode ser enormemente benéfico para alguns. Para outros com memória mais aguçada, este exercício pode não fazer a menor diferença.

Assim que a aula acaba, o aluno se vê sozinho diante de um monte de material pedagógico e se pergunta qual a melhor maneira de utilizá-los.

Com o intuito de guiar o aprendiz, Superprof selecionou algumas ferramentas que auxiliam nos estudos e preparam os alunos para a próxima aula de alemao online ou presencial.

Preparar seu corpo para o aprendizado

Não é porque o aluno dispõe de aulas particulares que ele pode ficar descansado e não tocar mais na matéria fora da presença do professor.

Durante as aulas, o aprendiz recebe um turbilhão de informações a serem assimiladas, a maioria delas de grande importância para atingir seu objetivo de se tornar fluente no idioma da Alemanha.

O aluno precisa memorizar e aprender:

  • Novas palavras do vocabulário da língua alemã;
  • A utilizar a gramática do idioma;
  • Novos sons que podem parecer estranhos durante os primeiros contatos com o alemão;
  • Uma nova maneira de se pronunciar as palavras.

É muito importante que a “máquina receptora” esteja preparada para receber tal fluxo de informações, ou seja, que o corpo esteja fisicamente e mentalmente em forma para que o aluno aprenda tudo de maneira eficaz.

Nos momentos em que não tiver curso, é importante que o aprendiz pratique exercícios físicos. Esta é a melhor maneira de relaxar, preparar o corpo e condicionar o cérebro.

Estudos mostram que a prática frequente de exercícios aeróbicos pode aumentar significativamente o fluxo sanguíneo para o hipocampo, a parte do cérebro responsável pela memória e aprendizagem.

Não adianta, portanto, passar um enorme número de horas na frente dos livros e dos exercícios de alemão. É preciso colocar o cérebro e o corpo para respirar. A prática de exercícios físicos, como comprovado cientificamente, é a melhor maneira para tal.

Confira algumas dicas de como preparar o organismo para uma boa sessão de aprendizado de alemão:

  • Saia para dar uma volta a pé e respirar um pouco de ar puro. Uma caminhada leve de mais ou menos 20 minutos fará toda a diferença para a sua saúde física e mental;
  • Oxigene o cérebro dedicando-se a exercícios regulares de respiração;
  • Após a revisão de cada capítulo, levante-se da cadeira e faça alongamentos diversos;
  • Dedique-se a atividades físicas aeróbicas. Elas te ajudam a aliviar o estresse, a falta de confiança em si mesmo e ainda estimula a concentração;
  • Alimentar-se corretamente, nas horas certas e de maneira equilibrada;
  • Beber bastante água para hidratar o corpo e, consequentemente, o cérebro;
  • Dormir bem é muito importante para manter uma boa atividade cerebral. O sono é regenerador e essencial para manter a boa capacidade de memorização;
  • Preste atenção na sua postura durante o trabalho: sentar corretamente, com os pés no chão, as pernas paralelas uma à outra, o peito para frente, as costas retas e a cabeça alinhada com o pescoço e coluna vertebral.

Beber água ajuda na hidratação do cérebro e na memorização. Beber água é muito importante para manter o bom funcionamento do cérebro durante os estudos.

Confeccionar fichas de revisão

Não há pressa quando o assunto é aprender alemão de maneira independente. O aluno tem todo o tempo do mundo entre uma aula e outra para se dedicar aos exercícios extras e às leituras de revisão. Ele não está sujeito a um ritmo escolar frenético, com provas e “deadlines” que acabam despontando um estresse inevitável.

Aprender alemão pode parecer difícil, principalmente para para nós que falamos português, já que a língua germânica é tão diferente da nossa! Mas nada melhor do que pensar que o idioma falado na Alemanha ainda é mais fácil para do que árabe ou chinês, por exemplo! Pelo menos o alfabeto é o mesmo!

Uma boa maneira para estudar e memorizar bem as regras de gramática, assim como vocabulário novo é confeccionando fichas de revisão.

Por que?

Ao resumir e sintetizar o conteúdo das aulas anteriores, suas chances de memorizar a matéria são ainda maiores. Sem contar que o cérebro irá “compartimentar” os assuntos de acordo com a divisão apresentada nas fichas.

Ao fazer as meninges trabalharem (faça a analogia com um disco duro procurando por arquivos), um processo de ativação / reativação é produzido no cérebro, possibilitando a tradução das palavras em alemão contidas nas fichas.

Dificuldades de memorização?

Se mesmo assim você continuar com dificuldades para gravar o que lhe foi passado durante as aulas, então confira algumas dicas para melhorar sua capacidade de memorização:

  • Passe a limpo as matérias dada nas aulas anteriores. O ato de escrever – e reescrever – é ótimo para potencializar a memória;
  • Tente resumir um parágrafo de conteúdo em uma ou duas frases curtas e simples;
  • Faça esquemas sintéticos para representar o que já foi aprendido;
  • Faça uma colagem com imagens e os respectivos nomes para os objetos. Esta é uma ótima maneira de trabalhar a memorização do vocabulário através da memória visual. Você pode também sair colando fichas com vocabulários em vários objetos em diferentes locais da sua casa nos quais você gosta de fazer aula;
  • Empregue um código de cores em seus texto para identificar e ressaltar títulos, subtítulos e palavras-chaves essenciais;
  • Crie uma ficha para cada capítulo. Exemplo: pronúncia de ß (ou ss); verbos irregulares, expressões da vida quotidiana, adjetivos (possessivos e demonstrativos), advérbios, conjunções, superlativos, acusativos, etc.

Dedicar-se às fichas de revisão permite a releitura de cada curso, possibilitando a melhor assimilação de informações essenciais, assim como a memorização do que foi aprendido.

A logística do tempo de estudo dos aprendizes é um dos maiores desafios de quem aprende alemão. Organizar o tempo para os estudos é uma das maiores dificuldades dos alunos que aprendem a língua alemã.

Organizar bem seu tempo de estudo

O dia do homem moderno já é bem carregado se levarmos em conta o tempo gasto com trabalho, afazeres domésticos, hobbies e necessidades primárias (comer, beber, dormir).

Ao estudar um idioma estrangeiro, o tempo dedicado às aulas e aos estudos da matéria ainda precisa ser encaixado nesta agenda já bem atarefada.

Para conseguir aprender alemão de maneira eficiente é preciso, então, uma ótima organização dos afazeres quotidianos.

Muitas vezes é mais prático dedicar pouco tempo por dia e estudar todos os dias, do que quebrar a cabeça para encontrar várias horas seguidas em apenas um dia da semana para se “afogar” na matéria das aulas. Por exemplo, que tal separar 15 minutos durante a manhã para revisar enquanto toma seu café-da-manhã? Ou então 15 minutinhos à noite, antes de ir para a cama?

As dicas abaixo podem lhe ser úteis na hora de otimizar seu tempo para revisão do alemão:

  • Substituir o tempo recreativo sedentário e passivo (videogame, Facebook, etc.) com pequenos módulos de estudo;
  • Ao invés de assistir Sessão da Tarde, Tela Quente ou Netflix, é melhor fazer alguns exercícios que foram dados pelo seu professor particular de alemão;
  • Aumentar o tempo dedicado à revisão das matérias progressivamente:
    Breve leitura de um texto em alemão após o horário de aula;
    – No dia seguinte aos cursos, releia o material que foi passado;
    – Três dia após uma aula, dedique-se a uma revisão mais consistente;
    – Se você ficar mais de sete dias sem aula, releia novamente o material dos cursos precedentes.

A desculpa mais frequentemente utilizada por aqueles que não revisam entre uma aula de alemão e outra é a falta de tempo. Estudos comprovam que as pessoas passam uma média de 3 horas por dia na frente da televisão e / ou do computador.

Se parte deste tempo for utilizado para a revisão das aulas particulares de alemão, o aluno conseguirá otimizar seu tempo de estudos, sem deixar de lado o lazer televisivo. Basta equilibrar a divisão do tempo e todo mundo sai ganhando!

Adiantar a matéria da próxima aula

Se você é daqueles alunos que quer aprender alemão super rápido, sem perder tempo com preguiça ou distrações quotidianas, então uma boa estratégia é, após revisar os cursos que já passaram, se dedicar a adiantar a matéria da aula que está por vir.

Para tal, é preciso disciplina, motivação e um bom plano de trabalho.

O equilíbrio na agenda de estudos é fundamental para o bom aprendizado. Saber equilibrar o tempo de lazer e estudos é importante para o aprendizado.

Confira abaixo algumas dicas para aqueles que pretendem adotar este hábito:

  • No livro didático utilizado para as aulas, ler os capítulos que ainda não foram abordados pelo professor;
  • Fazer exercícios de alemão em sites especializados em atividades para os aprendizes do idioma (Deutsch-Lernen, Go Learn, Babbel, etc.);
  • Fazer testes de avaliação online frequentemente;
  • Resistir às tentações que convidam à procrastinação: programa favorito passando na tv, amigos convidando para sair quando as tarefas ainda não foram concluídas, etc.

Outra alternativa para quem quer estar sempre um passo à frente antes de começar uma nova aula é baixar aplicativos que ensinam alemão no celular.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar