Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Estude percussão de graça!

De Fernanda, publicado dia 06/12/2018 Blog > Música > Bateria > Como aprender bateria sem pagar nada?

“Eu não sei nada sobre música, mas na minha área isso não é necessário!”- Elvis Presley

A bateria atrai cada vez mais fãs e estudantes. Todos os estilos musicais são estudados, do pop rock ao metal, passando pelo jazz e hip hop. As batidas sempre estão presentes.

No entanto, o instrumento é caro e sua manutenção dá trabalho (mudança de peles, comprar baquetas …)

Então, como você pode economizar aprendendo o básico, ritmo e groove na bateria?

Aqui estão algumas dicas para você aprender a bateria de graça!

Os melhores festivais para descobrir a bateria!

Os melhores festivais para descobrir a bateria! Descubra os grandes eventos para bateristas no Brasil!

Quer descobrir todas nossas dicas sobre os grandes encontros de bateristas no Brasil?

Neste artigo vamos citar três deles:

Festival de Percussão Internacional de Curitiba

A cada ano, o encontro segue o formato de importantes festivais do gênero apresentando parte da música do mundo através de concertos, palestras, workshops e ações educacionais.

Sob a direção de Vina Lacerda, o festival promove ao público o contato com a música clássica, moderna e popular, apresentada em vivências com músicos, artistas, pesquisadores e educadores de diversas partes do mundo, num recorte do panorama mundial da música através da percussão.

Orquestra de baterias de Florianópolis

A Orquestra de Baterias de Florianópolis realizou sua sexta edição com recorde de participantes em 2018. O encontro reuniu cerca de 500 músicos em frente à Catedral Metropolitana da capital catarinense.

As inscrições para bateristas ocorrem anualmente até o mês de julho e são feitas online. Além da estrutura para os músicos tocarem, o evento conta com uma praça de alimentação com a participação de food trucks e bar de bebidas.

Festival de Percussão 2 de Julho – Salvador

Desde 2003, sua primeira edição, vem tomando uma proporção maior e transformando se em um dos mais importantes eventos de percussão da Bahia e do Brasil.

Atualmente, o evento traz à Bahia percussionistas (professores e/ou performers) de vários países; além de estudantes e grupos de percussão de universidades e conservatórios de música de diversos estados brasileiros.

Em 2017 contou com diversas atrações nacionais e internacionais: Duo Sacramento, Grupo de Percussão da UFBA, grupo de Percussão da UFPE, MarimGinká, Multifaces, TACAP Percussion Amazon, Grupo de percussão do estado do Pará, Duo Quiendá, Duo Repercuti de Pernambuco, trio Andurá, Scoty Horey. Andy Harnsberger, Fernando Rocha, entre outros.

Cursos para aprender bateria

Se você sempre gostou de tocar bateria, compor melodias e, desde pequeno já convive com noções musicais, a graduação em música pode ser uma boa alternativa. Com um mercado versátil, o curso permite que o estudante opte pela modalidade de licenciatura ou bacharelado.

Se você escolher a modalidade bacharelado pode compor, reger e interpretar obras eruditas e populares, atuando como compositor, maestro, intérprete, gravar trilhas sonoras e até criar jingles para filmes e comercias publicitários.

Já se você optar pela licenciatura, pode também dar aulas de música em escolas do ensinos Fundamental e Médio.

No processo seletivo, a maioria das universidades exige o mínimo de experiência com música. Além disso, por vezes há um teste de conhecimentos gerais e uma prova de aptidão, na qual são avaliados técnica e habilidades em música.

Conheça as universidades públicas mais bem conceituadas em música, segundo o MEC:

  1. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mendonça Filho (Unesp)
  2. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs)
  3. Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  4. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)
  5. Universidade Federal do Ceará (UFC)

Outra opção é nas grandes capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, onde você vai encontrar as tradicionais escolas de música, cujo principal objetivo é fornecer uma formação completa e integral de músicos, muitas vezes disponibilizando cursos gratuitos depois de um processo seletivo rigoroso. Podemos citar duas delas:

Por fim, se o seu orçamento está curto, você pode procurar fazer um curso em uma associação ou instituição. Em geral são locais que promovem projetos sociais e artísticos acessíveis à comunidade.

A iniciativa pode ser de uma organização não governamental ou talvez da própria prefeitura ou secretaria de cultura da cidade: de qualquer maneira, o objetivo principal é democratizar o acesso às manifestações artísticas e incentivar crianças, jovens e adultos a apreciarem a música como um elemento de expressão importante na vida social.

Acessíveis por pessoas de qualquer idade e qualquer nível, as aulas em geral são ofertadas a preço baixo ou até gratuitamente. Nesse caso, frequentemente há um processo seletivo ou uma entrevista devido à grande procura.

Verifique em sua cidade: quem sabe não há opção de aula de bateria? O diploma ou certificado de formação é fornecido em função da instituição.

Onde achar partitura de bateria de graça?

Por que aprender a ler partitura de bateria? | Ler uma partitura é um pouco como conhecer uma nova língua.

Quando você aprende a tocar guitarra, você pode começar estudando teoria da música, o que não é tão divertido, mas uma etapa obrigatória para aprender a ler música. Por outro lado, você pode começar pelas tablaturas de guitarra, uma versão simplificada para tocar os acordes do instrumento. Na bateria, você tem a mesma escolha: as tablaturas ou as partituras.

Você tem a opção de aprender teoria musical rítmica para ler partituras musicais ou não aprender a teoria e ler tablaturas ou fazer tudo de ouvido.

No entanto, pular os estudos de teoria da música também é pular uma etapa muito importante da sua formação como músico. Caso você queira seguir uma carreira, isso certamente lhe fará falta no futuro.

Por um lado, aprender de ouvido permite que você se torne infalível, nunca desafine nem encontre problemas de ritmo; mas tudo isso também é trabalhado na teoria musical.

Saber ler uma partitura de bateria facilita a sua vida, especialmente no começo, e permite que você se comunique com os demais músicos. Você descobre o que é uma oitava nota, uma décima sexta nota, meio-tom, semi-tom, sustenido…

Saiba que a teoria do ritmo é muito mais acessível do que a teoria musical tradicional. Na verdade, não são as notas que são transcritas, mas o elemento onde você deve bater e o número de batidas de um compasso e a duração de um tempo.

As únicas coisas a aprender são os símbolos dos tambores (bumbo, caixa, surdo, tom-tom médio, tom-tom menor), dos pratos (chimbau com pedal, chimbau com baqueta, condução, topo da condução, ataque, chinês/corte.) e as articulações (leve (tenuto), médio, acentuado (marcato). Fácil, certo?

Conheça aqui as melhores dicas de sites para encontrar suas partituras e tablaturas de bateria!

Como fazer curso de bateria de graça?

Como se tornar um baterista sem quebrar o banqueta? | As aulas experimentais são para todos!

Nem sempre estamos disponíveis para frequentar as aulas com data e local definidos na semana. A melhor solução, nesses casos, é optar por aulas particulares e contratar um professor de música dedicado.

Saiba que os professores particulares estão disponíveis durante todo o ano! Outra ótima notícia: no Superprof, a maioria deles oferece a primeira hora de aula gratuitamente.

Um professor particular pode identificar os erros do aluno para corrigi-lo e permitir que ele progrida ainda mais depressa.

Na verdade, nas aulas em grupo, o professor não tem muito tempo para se concentrar em cada aluno. Resultado? Uma turma heterogênea: os alunos mais avançados podem se sentir entediados e os iniciantes podem se sentir desmotivados com o grau de dificuldade.

Outra dica é aprender bateria por meio dos tutoriais na web. Muitos canais do YouTube podem ajudá-lo a aprender o básico da bateria, e também a reproduzir músicas de diferentes estilos musicais.

Aqui estão alguns deles:

  • Clube do Baterista: no portal você encontra artigos com exercícios, dicas sobre como escolher seus equipamentos, material para download, podcasts e muito mais. No canal você tem entrevistas, vídeo aulas, dicas rápidas com alguns dos maiores bateristas do Brasil e muito mais conteúdo para seu crescimento como músico.
  • Alysson Rezende: o canal do baterista  tem um conteúdo muito bom e diversificado. Nele Alysson publica vídeos sobre seu dia a dia como baterista de estrada e educador, tutoriais sobre equipamentos, vídeo aulas e vídeos de seus shows pelo Brasil.
  • Vida de batera: o Baterista Kaik Silva mostra de uma maneira divertida e irreverente como é viver de música. Rotina de shows, estudos, ensaios, estrada e outros.
  • The Web Drummer Show: é uma revista eletrônica – de conteúdo original – direcionada para bateristas de todo o Brasil. Aqui você irá encontrar matérias, crônicas, entrevistas, dicas, aulas, debates, vlogs e muito mais.
  • Gerson Lima Filho foi o primeiro Baterista do Brasil a disponibilizar conteúdo no Youtube. Seu trabalho na internet começou ainda antes do grande repositório de vídeos, em 2006 e com certeza você já se assistiu a alguma de suas videoaulas. Professor desde 1999, desenvolveu uma metodologia própria para atender a bateristas de todos os níveis e ainda é colunista da revista Modern Drummer Brasil.
  • TV Batera Clube: espaço dedicado aos vídeos publicados pela loja especializada BateraClube.com.br drum shop. Entrevistas, shows instrumentais, solos, sound checks e testes de produtos, dicas, eventos, entre outros.
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar