Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como se preparar para um exame de línguas?

De Olga, publicado dia 26/02/2018 Blog > Idiomas > Francês > Qual o caminho para passar em uma prova de francês?

Somente os alunos que seguem uma metodologia apropriada (exames simulados, diagramas, revisão dos exercícios corrigidos, etc.) terão maior probabilidade de passar nos exames finais em francês e obter uma boa nota final.

Mas antes de começar a se preocupar, é necessário saber como os exames em língua francesa funcionam. Tudo depende se o aluno estuda francês como a primeira língua estrangeira para se especializar, ou seja, cerca durante quatro horas por semana, ou como uma segunda língua estrangeira, ou seja, como opcional (duas horas por semana, ou menos).

Embora os exames de francês e, de idiomas em geral, sejam geralmente semelhantes, existem alguns detalhes específicos que você precisa saber.

Provas de compreensão oral: um desafio?

Nada de pânico! Se você acha que não entende nada que o áudio diz ou fica perdido na hora de saber o que escrever exatamente, não se preocupe, vamos trabalhar sua memória e suas competências neste artigo.

Não fique nervoso! A ansiedade só atrapalha na hora de escutar e passar para o papel o que é pedido.

Para começar, todo mundo possui as quatro habilidades pedidas num exame de línguas: expressão e compreensão escrita e oral. Em ambos os casos, os exames de francês oral têm duas partes, veja:

Compreensão oral

Os exames de compreensão oral geralmente são feitos com mídia audiovisual: programas de rádio, programas de televisão etc. Eles geralmente contam como parte da avaliação contínua e afetam a nota final do trimestre ou o ano. Se um teste final de compreensão oral for feito, geralmente será semelhante ao que já foi feito durante o ano. O tema da prova ou compreensão oral será um dos temas estudados em sala de aula. Portanto, é aconselhável rever o vocabulário e os ouvintes que foram trabalhados durante o ano, caso esteja em um cursinho regular ou na escola.

O teste que se chama “écouter” (ouvir), em francês, costumam ser da seguinte forma:

A faixa de áudio ou vídeo não é muito longa.
Embora dependa da professora e do curso, a faixa é ouvida aproximadamente três vezes.
Entre cada audição, os alunos recebem alguns minutos para responder as perguntas.
Após as três vezes, os alunos têm alguns minutos extras para terminar de escrever as respostas.
As perguntas podem ser de múltipla escolha, discursivas ou verdadeiro e falso. O mais importante é demonstrar que você entende a ideia principal do áudio e responde as perguntas, embora você não deva negligenciar a sintaxe e a ortografia, que também contam!

Expressão oral

Os exames de expressão oral geralmente são feitos através de apresentações, debates sobre vários tópicos, geralmente sobre temas atuais e entrevistas em sala de aula com o professor, diálogos com colegas de classe, peças de teatro etc. A expressão oral é avaliada ao longo do ano através da avaliação contínua, embora possa haver exames finais. Se houver um exame final, novamente, terá um formato semelhante a uma das atividades realizadas durante o ano.

E, quais podem ser os temas do teste de francês (tenha um bom resultado) de expressão oral? Saúde, mundo do trabalho, política, meio ambiente ou mundo da cultura e da mídia, entre outros. Os tópicos são estudados durante o ano, de modo que o aluno deve se referir aos textos analisados ​​e saber como defender sua opinião sobre o assunto.

Revise os temas que podem cair na sua prova oral om seu professor!

O exame pode ser realizado de diversas maneiras, e depende do tipo, mas estas podem ser algumas regras gerais:

Um assunto é dado ao aluno e ele fica com cerca de 5 minutos de preparação.
O aluno faz uma apresentação do assunto de cerca de 5 minutos. Logo após, o professor faz várias perguntas ao aluno.

Existem alunos que estudam francês como primeira língua estrangeira como parte de um programa bilíngue receberão exames finais com o professor. O teste de expressão oral pode ser uma apresentação de um tópico, um debate, uma entrevista etc. O teste de compreensão oral pode ser ouvir um programa de rádio ou um vídeo e responder a uma série de perguntas, ou desempenhar um papel ou diálogo com o professor ou o assistente nativo.

Portanto, em todos os casos, a compreensão oral  é avaliada geralmente através de locuções de rádio, programas de televisão, entrevistas etc.
A expressão oral, por sua vez é avaliada através de exposições, debates, entrevistas com o professor, etc.
Ambas as partes podem ser examinadas durante o ano através de uma avaliação contínua, embora também possa haver exames finais mais específicos.

A parte escrita

As provas escritas de francês são a base do exame final. Nelas, o conhecimento do aluno sobre gramática, vocabulário, cultura, conhecimentos gerais é avaliado.

A duração dos exames depende do curso, embora normalmente sejam de uma hora, para alunos de francês como segunda língua estrangeira e uma hora e meia, para o qual o francês é a sua primeira língua estrangeira.

Para a maioria, isto é, estudantes com francês como eletivo no ensino médio, os exames finais escritos têm duas partes: compreensão de leitura e expressão escrita.

O teste de expressão escrita geralmente consiste em responder a várias perguntas sobre gramática e vocabulário, e escrever um breve ensaio sobre um assunto previamente estudado. O teste de compreensão escrita consiste em ler um texto e responder a várias perguntas sobre o mesmo. Essas perguntas podem ser também discursivas, múltipla escolha ou verdadeiro e falso.

O teste para obter um nível em língua francesa é semelhante ao inglês. Duas opções de exame são fornecidas e o aluno deve escolher uma delas (como nos outros assuntos, você não pode escolher o texto da opção A e fazer a escrita da opção B). A primeira parte do exame é a análise de um texto através de várias questões. A primeira questão é do tipo verdadeiro ou falso e você deve justificar as respostas. A segunda questão é explicar brevemente uma das frases no texto. A terceira pergunta nos pede um sinônimo de duas palavras do texto e procure duas palavras no texto que correspondem à definição dada. A quarta questão é a parte da gramática: preencha as lacunas com pronomes, tempos verbais, etc. Finalmente, um breve argumento de 100 à 120 palavras. O curso especializado da Aliança Francesa, promove as provas de proficiência em francês. é um centro que atende alunos que queriam aprender a língua e cultura francesa em diversos níveis. Observe que no link acima, o site também promove os testes para alunos cursando o Ensino Fundamental e Médio também.

Este exame dura mais ou menos uma hora e meia e faz parte do bloco obrigatório, ou seja, a fase geral antiga.

Testes de proficiência oficiais de acordo com o Ministério de Educação

Vamos falar agora sobre alguns testes de proficiência em francês aprovados pelo MEC (Ministério da Educação), que dão direto ao aluno que for aprovado ( dependendo exclusivamente do seu nível), de ingressar seja em uma universidade francesa para cursar uma licenciatura, um mestrado ou até mesmo um doutorado, ou um curso de línguas em um país francófono. Alguns estudantes que obtiverem a competência exigida para os testes, podem adquirir bolsas em concomitância com universidades federais brasileiras e francesas para estudar fora. Além disso, esses exames têm dois assuntos específicos dos quais devem ser examinados: Língua e literatura francesas e história da França. O teste de língua e literatura francesa tem uma parte escrita e uma parte oral. Chama-se DELF, para os níveis A1 até o B2 e DALF para os níveis C1 e C2. Veja aqui abaixo algumas dicas:

O teste escrito consiste em duas partes para as quais existem duas opções: A ou B. A primeira parte é um comentário de texto que responde 3 perguntas (cada uma vale um ponto) e a segunda parte é escrever 250 palavras. A segunda parte é um argumento de 300 palavras. Para todo esse teste escrito, o aluno poderá ter até 3 horas e meia de prova, dependendo no nível solicitado.

A parte oral deste exame funciona da seguinte maneira: o aluno é fornecido com um texto que ele tem que ler e preparar uma apresentação (20 minutos). O texto inclui algumas perguntas que servem de guia. Nos próximos 20 minutos, o aluno faz uma apresentação sobre o assunto do texto. Se o professor faz perguntas, o aluno deve defender sua opinião e usar argumentos válidos.

A vantagem de fazer esta prova é que, no final, é obtido um título em que você poderá cursar uma universidade francesa e dependendo do grau obtido e do seu diploma, poderá cursar um mestrado na França ou em um pais francófono. Assim, você pode escolher entrar em qualquer universidade na França. Também serve como certificado de idioma.

As habilidades solicitadas para o sucesso

Você acha que a língua francesa é muito difícil para aprender e que você não vai conseguir um diploma nessa língua? Felizmente isso não é verdade! Sempre é possível aprender uma língua e não importa a idade.  E fique tranquilo! O exame só serve para avaliar sua capacidade de entender e expressar. Porém, para aqueles que querem ensinar francês, o nível esperado bem mais exigente: um nível C1/ C2, para aqueles que estudam francês como a primeira língua estrangeira e B1/B2 para quem estuda como segunda língua ou só como hobby.

Por que não tentar ir estudar fora?

É verdade que passar um tempo no país que se quer dominar a língua pode ajudar? Sim, claro! Mas, atente: se você planeja ir durante as férias e ficar um mês, não é necessário falar que o contato com a língua será bem pouco, mas, se você for para um intercâmbio ou passar os três meses na Europa pode ser uma boa solução para melhorar seu nível. Se for para fazer um programa Aupair ou fazer um mestrado, melhor ainda! Falar em francês em situações reais fará com que você se sinta mais confortável tanto na escrita quanto na fala.

Algumas dicas extras para o exame de língua francesa oral:

Sorria! Mesmo se você estiver estressado. Você verá que isso irá relaxá-lo e ajudá-lo a dar uma melhor impressão ao examinador.
Fale em francês desde que entrar na sala da prova.
Não hesite em tirar todas suas dúvidas com o professor que te orientar antes dos exames caso não entenda onde quer ir com suas frases.

Ou seja:

Para a parte oral: a compreensão e a expressão oral daqueles que estudam francês para obter um certificado e tentar concorrer à uma vaga nas universidades francesas é necessario maior concentração e disposição para estudar e o contínuo estudo e dedicação durante o ano conta para o dia da prova, fazendo você se sentir mais confiante e relaxado para falar. Prepare bem os tópicos que você lidou durante o ano, faça um resumo e um apanhado do que você viu, porque geralmente são os mesmos do exame.
Para a parte escrita: para os exames de proficiência em língua estrangeira você terá que prestar atenção à gramática, vocabulário e prática com ensaios curtos sobre os tópicos discutidos na aula. Você terá também que saber como comentar um texto respondendo vários tipos de perguntas, múltipla escolha e discursivas.
E o melhor de tudo? Que quando você terminar todos os seus exames, tudo o que você estudou será para sempre! Os exames de proficiência em DELF e DALF são para toda a vida. Assim seu nível de francês sempre estará com você!

Encontre um bom profe para seu curso frances online no Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar