Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Outras opções além do DELF, DALF, TCF e BULATS

De Camila, publicado dia 18/08/2017 Blog > Idiomas > Francês > Certificados de competência linguística francesa

Existem várias possibilidades de se testar oficialmente as capacidades de domínio do idioma falado na França. O DELF, DALF (o que cai em suas provas?), TCF e BULATS são, sem dúvida, as certificações mais conhecidas dentre aqueles que desejam um documento que ateste a proficiência na língua francesa.

No entanto, vários outros tipos de prova estão disponíveis e ao alcance de todos aqueles desejosos em se lançar em uma aventura em um país francofônico. Universitários ou profissionais de longa data, existem inúmeras avaliações de francês que se encaixam às necessidades e às demandas dos que pretendem encarar a bateria de provas para ter um diploma ou um certificado em mãos.

Através desta matéria, você descobrirá um mundo de variedades de exames para testar suas habilidades na língua francesa. Um deles, com certeza, cairá como uma luva para te auxiliar em seus projetos futuros!

Todos os certificados e diplomas apresentados abaixo são reconhecidos por estabelecimentos profissionais e de ensino superior.

Certificados da Aliança Francesa

Os certificados oferecidos pela famosa escola representante da cultura francesa ao redor do mundo são reconhecidos pelo órgão europeu ALTE (The Association of Language Testers in Europe – ou Associação dos Testadores de Línguas na Europa).

A proficiência da língua francesa é avaliada de acordo com padrões europeus de aprendizado. Os certificados e diplomas oficiais seguem os padrões europeu de aprendizado de línguas.

A Aliança Francesa é um estabelecimento certificado para aplicar praticamente todas as provas relacionadas a um diploma ou certificado de conhecimento da língua francesa. Como citado acima, os mais conhecidos dentre eles são o DELF, DALF, TCF e BULATS. Eles garantem uma avaliação entre os níveis A1 e C2, sendo este último muito difícil de ser alcançado.

Até 2008, o centro de ensino francês oferecia certificados e diplomas próprios:

  • CEFP1 (Certificat d’Études de Français Pratique 1)
  • CEFP2 (Certificat d’Études de Français Pratique 2)
  • DL (Diplôme de Langue)
  • DSLCF (Diplôme Supérieur Langue et Culture Françaises)
  • DHEF (Diplôme de Hautes Études Françaises)

Muitas pessoas ainda procuram por essas siglas na internet, mas a Aliança Francesa parou de aplicar seus exames próprios e passou a se dedicar aos famosos DELF, DALF, TCF, assim como o TEF e o DFP, regulamentados pela Câmara de Comércio e Indústria de Paris (Chambre de Commerce et d’Industrie de Paris – CCIP).

CCIP

Também conhecido como CCI Paris Île-de-France, a sigla denomina a Câmara de Comércio parisiense. Como o próprio nome sugere, ela está situada na capital francesa.

A CCIP tem um programa de formação e aprendizado que se espalha por toda a região da França na qual Paris está localizada (Île-de-France). As escolas da Câmara de Comércio foram criadas e são desenvolvidas há mais de um século! Elas se dedicam à formação profissional em geral, seja ela inicial ou contínua.

Na região de Île-de-France, 21 escolas podem ser encontradas. Se você pretende seguir uma formação na língua francesa em solo francês, a procura por um dos cursos da CCIP pode ser uma boa opção.

Não fique triste se você se interessou pelo estabelecimento, mas não tem condições de deixar o país no momento. Como dissemos acima, as provas oferecidas pela Câmara de Comércio que dão acesso ao certificado e ao diploma de proficiência também podem ser feitas no Brasil através da Aliança Francesa.

O diploma é conhecido como DFP e o certificado como TEF.

DFP

DFP é a sigla que corresponde à abreviação de Diplôme de Français Professionnel – ou Diploma de Francês Profissional. Tal categoria de diploma normalmente é escolhido por aqueles que desejam desenvolver e valorizar suas capacidades de domínio da língua francesa em algum segmento específico.

Seja para melhorar suas chances de conseguir um novo emprego ou uma promoção dentro da empresa onde trabalha, o DFP com certeza será um ponto a mais para seu currículo.

Existe outro diploma voltado para negócios além do BULATS. O DEF é voltado para habilidades profissionais da língua francesa.

O DFP foi criado pela CCIP com o intuito de dar uma resposta concreta à demanda de empregados e empregadores. Ele foi criado em 1958 e ganhou uma repaginada geral em 2017, modernizando-se de acordo com as diretrizes européias.

O Diploma de Francês Profissional propõe atividades de avaliação baseadas em suportes autênticos, pois ele apresenta exercícios que simulam situações profissionais reais. Ou seja, ele é inteiramente criado para testar as capacidades do candidato de aplicar seus conhecimentos do idioma dentro do ambiente profissional.

O DFP pode ser feito com o foco em diversas áreas como negócios, turismo, hotelaria e alimentação, e relações internacionais. A escolha fica a critério do candidato e de seus objetivos profissionais.

TEF

O TEF (Teste d’Évaluation de Français) é um certificado que pode ser utilizado para diferentes fins. Ele pode ser apresentado em qualquer estabelecimento – profissional ou universitário – no qual a comprovação da proficiência da língua francesa é necessária.

Criado em 1998 pelo CCIP, o TCF é um exame de reconhecimento internacional. Mas fique atento, pois ele possui validade de apenas 2 anos.

Para que serve o TEF?

O certificado do TEF pode ser utilizado nas seguintes situações:

  • Estudos em países francofônicos (TEF para estudos na França);
  • Obtenção da nacionalidade francesa (TEF para naturalização);
  • Imigração para o Canadá (TEF Canadá);
  • Obtenção da nacionalidade canadense (TEF Canadá);
  • Imigração para o Quebec (TEFAQ);
  • Comprovar nível de francês (empresas, universidades, etc.).

Bateria de provas

Cinco provas precisam ser feitas, obrigatoriamente, para a obtenção de um certificado TEF: 3 provas escritas e 2 provas orais.

Provas escritas:

  • Compreensão escrita (60 minutos – 50 questões – 300 pontos);
  • Expressão escrita (60 minutos – 2 temas – 450 pontos);
  • Estrutura da língua (30 minutos – 40 questões – 240 pontos)”

Provas orais:

  • Compreensão oral (40 minutos – 60 questões – 360 pontos);
  • Expressão oral (15 minutos – 2 temas – 450 pontos).

Caso o candidato não passe no teste ou não obtenha a pontuação desejada, ele pode refazer as provas a cada 2 meses, quantas vezes desejar!

O TEF demanda igualmente capacidades de compreensão escrita. A compreensão escrita faz parte de todas as avaliações da língua francesa.

Diplomas para Universidade

Os Diplomas para Universidade são também conhecidos como DU (Diplôme d’Université). Eles testam e certificam diferentes níveis do domínio do idioma francês, sempre de acordo com o CECRL (Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas).

Os DU são desenvolvidos pela Associação de Diretores de Centros Universitários de Estudos Franceses para Estrangeiros (ADCUEFE). Vários diplomas foram criados para atender às demandas das universidades: DUEF, FOU e FOS.

DUEF

Os DUEF são diplomas para universidade específicos para os centros universitários. Eles são divididos de acordo com os níveis A1 / A2 / B1 / B2 / C1 / C2.

Para ingressar em um bacharelado ou mestrado em universidade francofônicas, é necessário possuir, no mínimo, o nível B2 do DUEF.

FOU

FOU (Français sur Objectifs Universitaire) é um diploma de proficiência da língua francesa voltado para objetivos universitários específicos. O candidato, ao se preparar para adquirir tal diploma, se capacita igualmente no domínio do idioma voltado para as especificidades da formação que pretende seguir.

O FOU é um DU adaptado para aqueles que desejam seguir estudos nos seguintes campos:

  • Diplomacia na língua francesa;
  • Relações Internacionais;
  • Comércio;
  • Negócios;
  • Comunicação;
  • Economia e gestão;
  • Língua e civilização francesa;
  • Literatura;
  • Ciências Humanas.

Vale lembrar que os DU são Diplomas para Universidades e são aplicados pelas mesmas. Eles têm validade dentro do estabelecimento escolhido. Sendo assim, eles não têm estatuto de diploma nacional, como DELF e DALF (testes de proficiência na língua francesa).

Os valores e as datas de aplicação das provas variam de acordo com cada universidade, portanto devem ser consultados no local. Ele só pode ser feito em território francofônico, por isso é um diploma aconselhado para aqueles que já sabem em qual curso de qual universidade pretendem se inscrever.

FOS

O FOS (Français sur Objectifs Spécifiques) é bem parecido com o FOU. Vale ressaltar que o FOS passou por várias modificações ao longo dos anos e, hoje em dia, o FOU é uma especialização contida dentro deste tipo de diploma.

O FOS é voltado para aqueles que querem ter um certificado comprovando habilidades específicas dentro da língua francesa.

O FOS normalmente é feito por profissionais ou estudantes universitários que precisam de um atestado de domínio do idioma ligado à uma determinada área do conhecimento.

Este diploma é voltado para formações em:

  • Negócios;
  • Turismo;
  • Hotelaria;
  • Área Jurídica;
  • Área da Saúde;
  • Relações Internacionais.

Para cada área, o candidato pode encontrar materiais de aprendizado relacionados, como manuais, sites, dicionários, revistas, dentre outros.

A mudança de país pode ficar mais fácil com um diploma de proficiência do francês. Nada melhor do que se mudar para um país francofônico com um diploma da língua em mãos!

No site oficial do diploma podem ser encontrados vários exercícios temáticos ligados a diferentes áreas de conhecimento. Alguns dos temas oferecidos são:

  • Empresas Francesas;
  • Prêmio Nobel da Paz;
  • Direito do Consumidor;
  • Economia Mundial;
  • etc.

Os assuntos apresentados permitem ao candidato ter uma ideia de como a avaliação é precisa de acordo com o campo do conhecimento escolhido para o teste das habilidades da língua francesa.

Ainda na página oficial do diploma, dois temas são apresentados em um arquivo separado: comércio equitável e o mundo das empresas. Cada um deles possui um vídeo ou um áudio seguido de 5 questões relacionadas ao que foi mostrado. Ótima maneira de se preparar para as provas antes da tentativa de obtenção do FOU.

Se você leu esta matéria até aqui, então pode constatar que a formação ligada à proficiência no idioma da França é de uma amplitude incrível. Ao seguir o caminho para aquisição de um dos diplomas ou certificados de domínio da língua, não tenha dúvidas de que seu nível de fluência do francês dará um salto enorme, aumentando suas chances de alcançar seus objetivos universitários e / ou profissionais.

Além da língua, o estudo para os diplomas e certificados te colocará em contato íntimo com a cultura francofônica, enriquecendo seu conhecimento sobre o tema e facilitando a adaptação em terras estrangeiras, caso morar fora do Brasil faça parte dos seus planos!

Encontre um bom profe para sua aula de francês online no Superprof!

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar