Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Procure um treinador esportivo e mantenha-se saudável!

De Fernando, publicado dia 22/04/2018 Blog > Esporte > Personal trainer > Treinamento personalizado pode ser um grande remédio

Responsável por 63% de mortes, doenças crônicas, como as doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, câncer, doenças respiratórias crônicas e diabetes, são a primeira causa de mortalidade no mundo.

Esses números da OMS são suficientes por si só para mostrar a alta taxa de fatalidade de doenças crônicas em nossa era contemporânea. A Organização Mundial de Saúde ainda deixa tudo mais claro: em 2008, 29% dos 36 milhões de pessoas que morreram de doenças crônicas no mundo estavam abaixo dos 60 anos e metade eram mulheres.

Pode-se acrescentar à lista dessas patologias, às vezes, hipertensão arterial, obesidade e depressão.

Um dos denominadores comuns de todas essas doenças é um estilo de vida que inclui a vida sedentária, ou seja, a falta de atividade física.

No entanto, foi provado que praticar esportes torna possível limitar a ocorrência de doenças neurodegenerativas ou auto-imunes, além de doenças do coração, sangue ou tecidos.

Praticar esportes e ser acompanhado por um personal trainer seria, portanto, o primeiro remédio para qualquer doença antes de recorrer ao tratamento medicamentoso.

Superprof estabelece para seus leitores uma lista de doenças que podem ser melhoradas se somadas ao bom treinamento esportivo. Que tal começar a investir em sua saúde?

Emagrecer é apenas um dos efeitos do exercício Seu personal trainer é um ótimo aliado de seu médico

Devemos nos envolver em treinamento esportivo em caso de hipertensão?

A hipertensão arterial, esse “assassino silencioso”, afeta até quase 25% da população brasileira, de acordo com pesquisas do Ministério da Saúde. Por isso, manter seu coração saudável e praticar esportes saudáveis ​​com um preparador físico pode salvar sua vida!

A hipertensão arterial é uma doença cardiovascular que é caracterizada por pressão alta. No entanto, a hipertensão arterial é perigosa para a saúde, pois acarreta riscos de insuficiência cardíaca, ataque cardíaco e derrame.

As causas identificadas são:

  • Hereditariedade, para aqueles com histórico familiar,
  • Estilo de vida (tabaco e consumo de álcool, dieta pouco saudável),
  • Falta de atividade física

Os estudos científicos são unânimes em um ponto: as atividades esportivas desempenham um papel importante na redução do risco de desenvolver doenças cardíacas.

Pode-se pensar que é perigoso praticar esportes quando se é hipertenso. Mas o oposto é verdadeiro: o treinamento esportivo previne a aterosclerose nos vasos sanguíneos e trombose, promove a circulação sanguínea, transforma a gordura nos músculos e reduz a pressão arterial.

Pessoas hipertensas que vão ao esporte para perda de peso ou fitness devem apenas tomar algumas precauções:

  • Procure orientação médica,
  • Faça um ecocardiograma,
  • Meça a pressão sanguínea com um monitor de pressão arterial periodicamente,
  • Evite atividades esportivas muito intensas e violentas demais para o sistema cardíaco,
  • Faça de 3 a 4 sessões de treinamento esportivo por semana,
  • Meça sua freqüência cardíaca durante o exercício usando um frequencímetro (linha de base = 180 – idade),
  • Não negligencie o aquecimento e alongamento após a atividade esportiva,
  • Mova um pouco todos os dias: ande, pedale, nade,
  • Faça exercícios respiratórios: para evitar isquemia,
  • Adote um programa nutricional saudável.

Observe que alguns atletas de ponta também sofrem de pressão alta por causa da hereditariedade. Deste ponto de vista, as aulas de esportes possibilitam superar as fraquezas.

Portanto, é recomendável solicitar um programa de treinamento pessoal com seu personal trainer  para tratar sua pressão alta.

As virtudes do esporte e seus benefícios para a saúde física e mental não precisam mais ser comprovadas. A hipertensão é uma dor indolor que não afeta apenas as pessoas com sobrepeso ou obesas: podemos mostrar orgulhosamente uma barriga lisa na praia e ser hipertensos.

Por outro lado, alguém que pratica esportes em casa (com um treinador esportivo em casa ou não) ou na academia – personal training, cardio, spinning, hidroginástica, etc. – fortalecerá as paredes das válvulas cardíacas e reduzirá significativamente a pressão arterial sistólica.

Quais esportes devem ser preferidos para superar sua hipertensão?

  • Concentre-se em esportes de resistência,
  • Natação é sempre uma boa opção,
  • Ande até uma hora por dia,
  • Movimente-se
  • Ande de bicicleta
  • Faça sessões de fitness na academia ou em casa.

Concentre-se nas áreas corretas para trabalhar com o educador físico Pratique os exercícios corretos com o acompanhamento de um profissional

Superando a obesidade através do treinamento esportivo

Segundo a OMS, o excesso de peso afeta 1,4 bilhão de pessoas com 20 anos ou mais em todo o mundo. E até 2030, o número de pessoas com excesso de peso deverá atingir 3,3 bilhões. Para entrar em forma e perder peso, aulas de ginástica suaves podem ajudar, assim como uma dieta saudável.

As pessoas obesas são aquelas que têm um índice de massa corporal muito alto (excesso de peso acima de 25, obesidade além de 30). Mas como nada é imutável, a pessoa diagnosticada com obesidade pode superar sua obesidade e encontrar um corpo magro e refinado .

Como?

Através do esporte, para melhorar a condição física!

Dependendo do tipo de corpo e morfologia, o programa de emagrecimento com coaching esportivo personalizado deve ser adaptado aos objetivos: perder peso, mas isso não precisa ser imediato!

Tornar-se magro não é como esculpir o corpo como o de atletas de alto nível, mas é recuperar a capacidade física e mental através de um  treinador focado em seu emagrecimento.

Para conseguir isso, você deverá seguir também um programa nutricional otimizado (uma dieta saudável e específica) e alinhar isso às atividades esportivas para alcançar o seu objetivo, seja natação, aeróbica, zumba,musculação, caminhada, triatlon, etc.

As virtudes do esporte sobre a obesidade são muito numerosas.

Sabe-se também que a atividade física regular elimina gorduras e alimenta os músculos, o que ajuda a eliminar a celulite, diminui as medidas e acelera a perda de peso.

Não seja enganado: superar a obesidade não será feito num piscar de olhos. Mas com muita determinação, os resultados podem ser vistos rapidamente!

Aqui está o rigor que deve ser imposto para o treino de sucesso:

  • Adapte o esforço à sua condição física,
  • Lute contra um estilo de vida sedentário, ande todos os dias, não se sente quando desnecessário, respire, exercite-se,
  • Faça dois ou três treinos por semana para refinar sua figura (como artes marciais ou natação),
  • Tenha uma dieta saudável e equilibrada,
  • Evite álcool e tabaco.

Fique atento a qualquer esforço físico que você tenha – para alguém que seja sedentário – ou a qualquer aula esportiva muito intensa. De fato, movimentos muito abruptos podem causar lesões irreversíveis que podem levar até à morte!

Esses riscos incluem:

  • Ter um acidente cardiovascular
  • Desenvolver distúrbios metabólicos e respiratórios,
  • Risco de pressão alta
  • Dores articulares,
  • Más posturas,
  • Se machucar.

Exercício, sim, mas lentamente e de acordo com as habilidades cardíacas e respiratórias da pessoa obesa.

Esporte e diabetes: o treinamento esportivo pode ajudar?

Em 2017, um estudo do Ministério da Saúde apontou que 8,9% da população brasileira tem diabetes. Mas outro número também é assustador: esse índice aumentou 61,8% em 10 anos! Esse crescimento é uma tendência mundial e é muito importante que dediquemos a devida atenção ao problema, praticando esportes pensando muito no treino específico para a diabetes.

Como a segunda principal causa de eventos cardiovasculares, diabetes, quando é detectado – um diabetes tipo 1 (dependente de insulina) e um diabetes tipo 2 (não insulinodependente, correspondente a 90% dos casos) – não deve ser tratado como algo simples.

Este distúrbio de glicose resulta de disfunção pancreática na secreção de insulina ou uma incapacidade da insulina para entrar no tecido muscular (o hormônio da glicose no sangue, em seguida, retorna para a corrente sanguínea).

A pessoa com diabetes está, portanto, sujeita a hipoglicemia ou hiperglicemia, pois o corpo humano é incapaz de regular os níveis de glicose no corpo sozinho.

A atividade esportiva praticada com um personal trainer ajudará a combater essa situação.

Mas antes de ter aulas com o seu treinador da academia, é essencial consultar um médico para um check-up para limitar o risco de acidente vascular cerebral.

O aconselhamento médico deve ajudar a determinar o ritmo e a intensidade do esporte, prevenir a hiperglicemia e a hipoglicemia e, principalmente, conhecer as precauções a serem tomadas (dose de insulina a ser injetada, por exemplo).

A prática de atividades esportivas – esportes em casa ou na academia – ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue no corpo humano. O esporte tem um efeito hipoglicêmico: o corpo humano tem mais glicose no sangue antes de um treinamento esportivo de meia hora do que duas horas depois.

Além disso, praticar esportes – exercícios de cardio, treinamento de musculação, alongamento, pilates, step, exercícios abdominais, zumba ou atividades esportivas como natação e corrida – sempre previnem possíveis complicações do diabetes.

O esporte elimina as gorduras que impedem a entrada de glicose nas células e torna a produção de insulina mais eficiente: efeitos terapêuticos garantidos para o tratamento de diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2!

Os diabéticos devem, portanto,  favorecer esportes de baixa intensidade para esforços prolongados: caminhada, corrida, ciclismo, natação.

Conquiste um coração forte A corrida é um bom exercício de cardio

Otimize o tratamento da depressão com um treinador de esportes

Então, praticar esportes regularmente ajuda a produzir os hormônios da felicidade e do bem-estar.

Quando você pratica esportes, até mesmo exercícios aeróbicos, abdominais e flexões, você se sente melhor: autoconfiança, habilidades motoras, melhor saúde física e mental .

E, além disso, o esporte age sobre a química do corpo humano tornando-se um poderoso antidepressivo natural, sem efeitos colaterais prejudiciais.

A formação do treino pelo seu personal trainer (ou treinador de esportes online ) – incluindo caminhada, treino de yoga, fitness, zumba, aulas de step, pilates, etc. –  vai liberar neurotransmissores   – endorfina, dopamina, melatonina e serotonina  – que ajudam a regular as emoções, o bem-estar e a felicidade.

Uma pessoa deprimida é dotada de uma quantidade insuficiente desses hormônios e as atividades esportivas permitirão, assim, impulsionar o equilíbrio emocional da pessoa, combatendo assim a depressão.

O esporte também permite a socialização após um longo período de isolamento, para lidar melhor com os episódios de estresse e recuperar a autoconfiança.

De fato, uma pessoa deprimida pode se trancar mais e mais em sua casa e se afastar da vida social. De fato, a menor ação – mesmo que seja uma caminhada – pode se tornar insuperável.

O coaching esportivo também atua como uma psicoterapia não-medicamentosa, pois além de melhorar a adequação de seu cliente, também ajuda no controle da depressão.

Por quê? Porque as atividades esportivas liberam o tecido muscular, aumentam o nível de oxigênio no corpo humano e instalam um ciclo virtuoso bem eficaz!

Esporte e depressão são uma combinação que funciona!

Tenha um treino customizado Um educador físico pode ser mais um remédio no seu tratamento

Esporte e câncer: treinamento esportivo contra a reincidência?

O esporte também seria uma droga contra o câncer : a atividade física regular e apropriada  limita as reincidências da doença e melhoram a sobrevida dos pacientes em/após tratamento.

A atividade física regular melhora a regeneração de células ​​e reduz a proliferação de células cancerígenas que o sistema imunológico não consegue detectar.

O treinador também desempenha um papel fundamental no tratamento do câncer, pois seu programa de treinamento esportivo personalizado pode impedir que certas recorrências ocorram.

A atividade física e o personal trainer ajudarão o paciente oncológico com os seguintes pontos:

  • Reduzir o nível de citocinas no sangue, por isso eliminar a sensação de fadiga intensa,
  • Evitar ganho de peso, fator de risco para recorrência,
  • Através de treinamentos esportivos personalizados, evitar a destruição dos músculos relacionados ao enfraquecimento da doença.

Numerosos estudos científicos, notadamente os da Cami Sport and Cancer – associação francesa criada em 2000 pelo oncologista Thierry Bouillet e Jean-Marc Descotes Karateka – lembram as virtudes do esporte contra o câncer.

Um deles, publicado em outubro de 2016, envolveu 1.544 pacientes, dois terços dos quais eram mulheres com câncer de mama. 99% dos pacientes relatam melhora na qualidade de vida e bem-estar, e 83% vêem outras oportunidades para curar e reduzir a fadiga e a dor.

A atividade física regular ajuda a:

  • Reduzir o risco de reincidência em 50%
  • Prepara o corpo para tratamento,
  • Limitar complicações pós-operatórias,
  • Lutar contra a fadiga,
  • Aumentar as chances de sobrevivência.

Um corpo humano em atividade física libera muitos hormônios – dopamina, serotonina, melatonina – que ajudam as células saudáveis ​​a atacarem melhor as células tumorais.

Você não precisa esculpir seu corpo como atletas de alto nível , mas o programa de treinamento melhorará a luta contra a fadiga e ajudará a apoiar os tratamentos de imunoterapia ou quimioterapia.

  • Exercícios de fitness,
  • Musculação para ganho de massa,
  • Cardio, alongamento,
  • Pilates, corrida,
  • Boxe (com um instrutor de fitness),
  • Aula de Zumba para voltar à forma,
  • Natação,
  • Faça alongamento de todos os músculos.

Aqueles que pensam que o câncer o impede de praticar um esporte estão equivocados: você é aconselhado a procurar conhecer melhor a incrível jornada de Lance Armstrong e Eric Abidal, atletas de destaque em sua luta bem-sucedida contra o câncer!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar