"O professor atinge o sucesso no momento em que seu aluno se torna original."
Lane Cooper

Você domina a língua do país dos czares e pretende se lançar na aventura de se tornar um professor do idioma?

Você sabia que existem milhões de professores particulares não só no Brasil, mas ao redor de todo o mundo, presentes em uma mesma plataforma, e ela é a efervescente comunidade Superprof?

Antes de dar aulas de russo, é preciso fazer uma pesquisa para saber o que esperar das suas prestações e competências enquanto professor, assim como da sua relação com seus alunos. Não se começa a ensinar línguas estrangeiras sem antes dominar a metodologia a ser adotada na hora de transmitir conhecimentos aos aprendizes.

Se você quer dar aulas em grupo, aulas individuais ou cursos de russo online, então precisa saber como se organizar para ajudar efetivamente seus alunos na hora de aprender russo. Ou seja, organização é um elemento chave para quem deseja se tornar um bom professor do idioma falado na Rússia.

Sendo assim, Superprof preparou algumas dicas para te ajudar a desenvolver uma boa aula de russo!

Veja também nosso guia para ajudar o professor particular de russo a ter sucesso.

Preparar a primeira aula de russo com um aluno

Basta seguir nossas dicas e se lançar nas suas aulas particulares de língua russa.
Preparar a sua primeira aula de russo pode ser mais simples do que você imagina!

Ser professor de russo não pode ser uma atividade improvisada. Tal atividade exige organização e disciplina. Para dar aulas desta língua, você precisa preparar cada curso de russo com antecedência.

Durante a sua aula experimental com um aluno (ou seja, a primeira sessão de todas, através da qual vocês vão se conhecer), tente não embarcar em uma sessão de ensino que se pareça mais com uma palestra do que qualquer outra coisa.

Para que serve a primeira aula de russo?

A primeira aula serve para:

  • Vocês avaliarem uns aos outros e ver se existe uma boa química entre professor e aluno;
  • O tutor detalhar sua jornada e aprofundar os elementos apresentados em seu anúncio de aula;
  • Fazer perguntas ao aluno e deixar que ele tire suas dúvidas sobre o curso;
  • Dar detalhes ao aluno sobre sua formação educacional e profissional, bem como suas experiências.
  • E o mais importante: descrever o seu método de aprendizagem, ou seja, demonstrar como seria uma aula típica com você.

Assim, para se preparar para seu primeiro encontro com um aluno, você deve ter seu currículo de professor na ponta da língua. Desta forma você se mostrará confiante e amigável, transmitindo confiança ao seu futuro pupilo.

Você deve mostrar que você sabe o que está fazendo: sabe organizar cursos de acordo com os objetivos de seu aluno.

1. Definindo os objetivos de cada aluno

De acordo com o desejo de cada aluno, vocês podem definir as metas do curso em conjunto.

Para tal, é preciso saber, por exemplo, se o estudante deseja descobrir a cultura russa, melhorar a a fala, conhecer a gramática russa, possuir uma forte classificação para a análise do russo ou tornar-se bilíngue.

2. Preparando futuras aulas

De acordo com a finalidade estabelecida com cada aluno, a primeira aula também pode ser utilizada para preparar os futuros cursos com ele.

Descubra plataformas online para encontrar alunos de russo motivados.

3. Fazendo um teste de nivelamento

A aula experimental também é aconselhável para testar o nível do aluno (iniciante, intermediário, avançado). Se ele nunca fez um curso de russo na vida, então tal nivelamento será fácil, pois ele será um iniciante total.

Se, no entanto, o aluno já tem um certo nível, você pode fazer perguntas em língua russa para ver se ele ou ela é capaz de entender, assim como para detectar seu nível em pronúncia fonética.

Dependendo do nível do aprendiz, questões mais complexas que "qual o seu nome" ou "que idade você tem" precisam ser colocadas na mesa, pois só assim você vai conseguir avaliar verdadeiramente o grau de conhecimento que o aluno possui.

Definir metas para cada curso de russo

As metas são muito importantes para o bom desenvolvimento do curso.
É muito importante, enquanto professor particular de russo, você saber quais os objetivos a serem atingidos em cada aula, com cada aluno.

Falar russo fluentemente não fará de você um bom professor. Saber improvisar é uma boa habilidade que todo professor deveria ter. No entanto, ela não garante que você seja consistente. E um bom tutor precisa possuir também essa característica.

E para ser consistente e saber onde você está indo, você tem que se preparar.

O primeiro passo deve ser a definição do objetivo final. A primeira aula experimental existe para isso, como explicamos no tópico anterior.

Dependendo do objetivo final, cabe a você definir metas intermediárias que o tornem mais fácil de ser alcançado, evidenciando e contribuindo para o progresso do aluno.

Em cada aula, um mini-objetivo deve ser definido. Assim, o aluno será capaz de dizer se obteve sucesso ou não. Por exemplo:

  • Ter sucesso em um exercício específico;
  • Aprender uma data importante da civilização russa;
  • Escolher um livro de literatura russa para ler;
  • Aprender uma nova declinação;
  • Saber como se apresentar em russo;
  • Entender perfeitamente uma passagem em áudio falada por um nativo;
  • Escolher um filme em russo para posterior debate, etc.

Tenha o cuidado de adaptar os objetivos de acordo com cada aluno. Cada aprendiz deve ter metas intermediárias personalizadas para tornar seu trabalho eficaz.

Espie ainda algumas dicas definir os preços dos cursos de russo.

Preparar cada curso de russo com cuidado

Uma vez definido o objetivo do curso, é hora de se lançar na preparação do seu curso.

Aprender russo passa por vários estágios

  • Conhecer o alfabeto cirílico;
  • Aperfeiçoar a compreensão oral;
  • Aprender a falar russo;
  • Assimilar expressões russas;
  • E assim por diante...

Para cada noção ensinada, é necessário delimitar o assunto. Cada tópico tem seu começo, meio e fim.

Ensinar o alfabeto russo

Aprender o alfabeto russo – e consequentemente, a sua história – , por exemplo, começa com o ensino de cada letra. Tal aprendizado termina quando o aluno está pronto, já conhecendo o alfabeto de cor.

Dar exemplos

Forneça exemplos para cada tópico ensinado. Exemplos de frases possuindo a gramática que acaba de ser aprendida são essenciais para ajudá-lo a se lembrar melhor. Desta forma, ele conseguirá praticar a fala e a escrita de russo ao máximo durante o curso!

Explicações com exemplos são fundamentais para o aprendizado dos alunos.

Fazer revisões

Ao início de cada aula, revise as aulas dadas anteriormente. Isso contribui para estruturar o pensamento do aluno e prepará-lo para começar mais uma aula de maneira produtiva.

Para ajudá-lo na preparação do curso seguinte, verifique no final de cada sessão se o conceito que acabou de ser passado foi bem compreendido. Desta forma você pode escolher abordá-lo da uma maneira diferente na próxima aula ou aprofundá-lo.

Colocar-se no lugar do aluno

Sempre tente se colocar no lugar do aluno para entender o que ele não aprendeu. Pergunte ainda como ajudá-lo a alcançar esse ou aquele objetivo.

Fazer resumos

Fornecer folhas de resumo sobre o conteúdo da aula ao final de cada sessão ajuda muito o aluno a se orientar na hora de fazer os exercícios de casa e se preparar para a próxima aula. Isso porque ele pode lê-las novamente sempre que quiser, assim como auto-avaliar sua memorização e compreensão.

Fazer avaliações

Uma avaliação é útil no início do curso para fazer o nivelamento. No entanto, ela também pode ser feita pontualmente, a cada 5 ou 6 sessões, para poder identificar as fraquezas, pontos fortes, lacunas e necessidades do ensino.

Esta é uma ótima maneira de mostrar ao aluno que ele progrediu, trabalhando positivamente na sua motivação para continuar fazendo aulas.

Não hesite em resumir o progresso do aprendiz regularmente para incentivá-lo. Um professor particular é um verdadeiro treinador. Seu papel é fazer o aluno evoluir passo a passo, sempre empurrando-o para cima.

Veja também nossos conselhos para conseguir seus primeiros alunos de russo.

Resumindo...

Em resumo, para preparar cada curso, aqui está o procedimento a seguir:

  • Listar os objetivos intermediários a serem alcançados;
  • Sob cada objetivo, anotar as lições a serem apresentadas ao aluno;
  • Procurar por suportes de aprendizagem (áudio, imagens, textos, vídeos ...);
  • Preparar exercícios para a prática;
  • Definir um cronograma com base em tudo isso. Você pode fornecê-lo ao seu aluno para mostrar o progresso alcançado ao longo do ano.

Alguns pontos importantes para organizar seu curso de russo

Que tal colocar essa dica em prática?
É muito importante para o professor de russo se colocar no lugar do aluno para conseguir entender suas dúvidas de aprendizado.

Vários pontos importantes podem ser levados em consideração na hora de organizar uma aula de língua russa. Ao prestar atenção a esses detalhes e ao levá-los em consideração na hora de preparar suas futurar sessões de ensino, você perceberá o quanto a sua atividade profissional se tornará mais fácil!

Antecipar as dúvidas do aluno

Assim que você preparar uma aula, pergunte a si mesmo quais perguntas podem ser feitas pelo aluno.

Assim, você pode estruturar seu curso com base nessas perguntas ou preparar-se melhor para respondê-las, caso seja necessário.

Ouvir o aluno

O mais importante em uma aula particular é ouvir o aluno. Em uma aula de francês, em uma aula de italiano ou de russo, o professor deve estar atento ao aluno para entender seus problemas e, consequentemente, conseguir resolvê-los junto com o aluno.

Dar prioridade à conversação

Uma boa e estimulante aula de russo deve se dedicar intensamente à conversação. Não se coloque, de forma alguma, na posição de professor dando uma palestra.

Saber contornar desvios de atenção

Às vezes, o aluno faz uma pergunta que tem pouco a ver com o assunto original. Cabe a você saber como conciliar esses desvios e voltar ao assunto principal do curso.

Você também pode escrever a pergunta que foi feita e propor uma abordagem mais profunda em outra aula.

Atenção ao relógio

Ao preparar suas aulas, fique atento o relógio. Se você tiver uma hora para dar uma aula de russo, será preciso delimitá-lo claramente para ter tempo de abordar completamente o assunto desejado:

  • 10 minutos de revisão da aula anterior;
  • 20 minutos de aula com exemplos;
  • 20 minutos de exercícios práticos;
  • 10 minutos de resumo da lição que acabou de ser dada e de possíveis tarefas para a próxima aula.

Material didático

Você pode usar um material de ensino existente. No entanto, a melhor opção é criar o seu próprio, de acordo com as necessidades e objetivos de cada aluno, ou ainda combinar as duas opções. Você pode usá-lo em vários cursos diferentes, dependendo das metas de seus aprendizes.

E então, você já se sente pronto para começar a organizar a sua próxima aula de russo?

Lembre que para se tornar um ótimo professor de russo é necessário dominar também conhecimento sobre a cultura russa e não apenas sobre o idioma. Esteje sempre refinando seu conhecimento!

5 segredos para você se transformar em um ótimo professor de russo

Já focamos nas dicas sobre como estruturar uma produtiva sessão de ensino de russo para seu aluno. Agora vamos discutir alguns segredinhos que podem ajudar você a se tornar um excelente professor, um profissional que agregue conteúdo e valor para a vida de seus pupilos!

1. Foque em como aprender russo e em como transmitir isso ao aluno

A dica mais fundamental de todas para se tornar um bom professor é muito simples, mas extremamente importante. Você precisa se focar no como aprender russo e como passar isso a seus alunos.

Muitos professores, infelizmente, entendem que dar uma boa aula significa apenas escolher um material de qualidade e tornar a aula mais divertida, com uma música ou um vídeo curto, por exemplo. Nada mais longe da verdade!

Para realmente, de fato, se tornar um excelente professor, para subir um patamar, uma oitava acima, digamos assim, o mais importante é saber desvendar, por si próprio, como aprender russo, focando primeiro em você mesmo. Depois que você descobrir isso, aí sim, entra o segundo passo, como transmitir isso que você sacou para uma outra pessoa.

É importante saber dar aula, ter didática, seguir uma metodologia, no entanto o foco é você entender como se aprende uma língua, o russo, e em seguida ensinar o seu aluno a fazer isso. Deu para perceber que se trata de algo essencialmente mais complexo mas que pode ser executado de formas bastantes simples?

Pense bem, o aluno que está na sua frente ou do outro lado da tela, quer encontrar uma solução para aprender a língua russa e isso serve para qualquer outro idioma. O seu trabalho, como exímio professor, é pesquisar e aprender essa solução e ensiná-lo a fazer isso da maneira mais eficiente possível que você conseguir.

Talvez você consiga fazer isso dando boas aulas e isso será ótimo! Lembre que uma aula chata e repetitiva pode dar muito resultado, enquanto que uma boa aula pode ser divertida e não dar resultados satidfatórios. A longo prazo, até mesmo o próprio aluno começa a notar que as aulas chatas foram muito melhores para sua aprendizagem e que dão resultado. Já outro aluno pode simplesmente desistir do russo, pois as aulas divertidas não surtiram o resultado esperado.

Note que um bom professor concilia cultura, história, língua, legado e contexto atual ao ensinar um idioma. Uma língua está sempre inserida em um contexto vivo e dinâmico.

2. Trabalhe suas habilidades de comunicação

O segundo segredo parece óbvio, mas nem sempre é praticado por todos os professores. Trabalhe em suas habilidades, em sua competência de passar, transmitir informação.

Em outras palavras, trabalhe sua desenvoltura para falar em público, dar aula na frente de uma câmera, falar com naturalidade em locais públicos, na sala de aula; não seja um professor estático.

E não pense que com isso incentivamos que você precisa ser o mestre da oratória perfeita, sem erros, sem vícios de linguagem. O mais importante é você aprender a desenvolver a habilidade de falar com naturalidade, tranquilamente, em qualquer situação e em quaisquer locais. De forma como se você estivesse despreocupadamente conversando com seus alunos.

Um bom conselho é assistir a aulas e palestras de outros professores que já são assim e que você admira. Dessa forma, você pode aprender apenas observando como eles fazem isso.

E agora imagine, se você juntar o primeiro segredo que é saber como aprender idiomas com o segundo segredo, que é ter desenvoltura para transmitir isso ao aluno com naturalidade: esse pacote por si só já irá mudar, totalmente, o seu modo de dar aula e irá causar um upgrade positivo muito grande!

3. Esteja sempre esmerilhando o seu conhecimento

Esse terceiro segredo: estar sempre estudando e aprendendo mais é essencial para a sua carreira de professor de russo, a curto, médio e longo prazos. Aprenda mais sobre aquisição de idiomas, metodologia, pequise mais sobre novos métodos e técnicas e saiba transmitir bem isso para o aluno.

Você precisa sempre se aprimorar, testar métodos, experimentar diversas fontes de material, de conhecimento, e saber muito bem sobre o que está falando e colocando em prática. Essas esferas você necessita dominar muito bem, com desenvolvtura e jogo de cintura!

Acreditamos que todo professor de idiomas deve ser capaz de aprender qualquer outro idioma de maneira eficiente e rápida, pois, de certa forma, ele ou ela já sabe o caminho das pedras, os métodos que funcionam e necessitam de pequenos ajustes aqui e lá...

Acredite mais em seu aluno do que ele mesmo acredita em si. Seja como um tutor, incentive, inspire, motive seu aluno a seguir em frente!

4. Se importe com os seus alunos (e não alunos)

Para que você se transforme em um professor de russo ainda mais sensacional, vai aqui o quarto segredo: você deve se importar com o seu aluno e o aprendizado dele. É fundamental que você se importe, sempre! E não apenas com os alunos, mas com os não alunos também!

Se você encontrar alguém que precisa estudar russo, faça tudo o que puder para ajudar essa pessoa, mesmo se ela não for seu aluno. Sempre que você ajudar alguém, você colherá algum benefício também e isso não é mistério algum para ninguém.

Quando uma pessoa procurar por seus serviços, veja se ela realmente se enquadra no campo do que você faz e ensina e, se sim, trace planos e metas específicos para ela, e em conjunto com ela, sabendo ouvir suas necessidades e objetivos.

Além disso, se o perfil de professor que outra pessoa procura não for o que você oferece, seja sincero com ela, explique as razões e indique outro bom profissional a ela. Não se preocupe apenas em ter mais alunos pensando somente no dinheiro.

5. Acredite mais no seu aluno do que ele mesmo

O último segredo tem a ver com o fato de que o aluno, sim, terá muitas dúvidas, vai achar que não é capaz de aprender russo, que não tem jeito, que é muito velho, que não é inteligente; ele terá mil achismos em sua cabeça para não aprender russo.

E é justamente por essa razão que você, o professor, deve acreditar muito mais nele, no aluno, do que ele mesmo acredita. Você precisa acreditar que ele é capaz, não importa a idade, ele irá atingir seu objetivo. Essa crença incorruptível no seu aluno deve estar presente na sua fala, na sua mente e na forma como vocês interagem. O tempo todo.

Lembre que, quando possuimos alguém que acredita muito em nós mesmos, a nossa reação e comportamento são outros, é uma diferença fantástica. Essa pessoa nos motiva, nos empurra para a frente, nos guia, nos ensina, e acaba, de certa forma, nos tornando um mentor.

Em outras palavras, transforme-se em um mentor para seu aluno. Acredite incondicionalmente nele. Agregue valor e conhecimento à vida dele e faça a diferença!

E aí, agora que você já possui uma noção melhor de como estruturar uma aula de russo e em como se tornar um competente professor do idioma, que tal arregaçar as mangas e colocar a mão na massa?

Através da plataforma da comunidade Superprof você consegue encontrar, de forma ágil e segura, os melhores professores de russo próximos à sua casa. Daí é uma questão de você escolher um deles e marcar uma aula experimental gratuita para ver se vocês se darão bem e se ele atenderá suas necessidades o objetivos como aluno. Boa sorte!

Precisando de um professor de Russo ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.