A computação vem ocupando um lugar importante em nossas vidas, tanto pessoal quanto profissional. E, para atender a essas necessidades, cada vez mais empresas estão recrutando perfis de especialistas em programação que contam com pleno conhecimento nas áreas de redes, telecomunicações e cibersegurança, por exemplo.

Como essas áreas são bem-promissoras, muitos jovens se veem diante daquele dilema de ter que escolher um curso de graduação, sabendo, inclusive, que existem diversas opções no ramo de tecnologia que, cá entre nós, há décadas vem se destacando no mercado, exigindo novos profissionais de qualidade.

Embora conte com um leque de cursos que podem ser feitos em universidade e escolas técnicas, o setor de tecnologia possui ainda uma disciplina específica capaz de traduzir todo esse universo científico e que dialoga com a sociedade atual.

Trata-se da Ciência da Computação, um ramo que se especializou nos estudos de dispositivos, ferramentas tecnológicas e metodologias computacionais, e que é capaz de promover a automatização de processos, bem como o desenvolvimento de soluções baseadas nesse sistema de informações.

Uma pessoa que faz um curso de ciência da computação aprende os principais protocolos de comunicação, implantação de softwares e técnicas de modelagem de dados, lembrando que, a cada ano, centenas de alunos saem das escolas de programação, desejosos em entrar nesse ramo, pois muitos deles chegam com muita vontade, além de um repertório repleto de conhecimento.

Mas, afinal, qual a relevância da ciência da computação para o mercado atual? E, por que é importante aprender programação e sistemas de informação?

A resposta a essas perguntas (e quem sabe outras que porventura possam surgir), você talvez encontre ao refletir sobre alguns aspectos pertinentes durante cada tópico. Vem com a gente!

Os melhores professores de Programação disponíveis
Gabriel
5
5 (55 avaliações)
Gabriel
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alessandra
5
5 (36 avaliações)
Alessandra
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (25 avaliações)
Tiago
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (33 avaliações)
Rafael
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (24 avaliações)
João otavio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (42 avaliações)
Lucas vicente
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (55 avaliações)
Gabriel
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alessandra
5
5 (36 avaliações)
Alessandra
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (25 avaliações)
Tiago
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (33 avaliações)
Rafael
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (24 avaliações)
João otavio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (42 avaliações)
Lucas vicente
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

A ciência da computação e suas especialidades

O estudo em ciência da computação é constituído por disciplinas básicas e específicas que abordam aspectos que podem ser encontrados em um curso de programação c++, além de Script, Java, PHP e demais linguagens.

Obviamente que o aprendizado nesse curso é enriquecido por outras disciplinas, em que podemos destacar computação gráfica, robótica, matemática, estratégias de marketing, finanças e cultura da computação.

Sobre uma mesa há vários laptops e celulares, sendo que dois homens estão a trabalhar: um está digitando no laptop e o outro mexendo no celular.
A Ciência da Computação é um campo vasto que abrange muitas especialidades!

Embora o profissional especializado em ciência da computação tem a ver basicamente com aquele sujeito capaz de trabalhar do zero um programa de computador, ao mesmo tempo ele pode muito bem optar em atuar com o desenvolvimento de aplicativos, softwares ou outras vertentes.

Além disso, nem todos os programadores trabalham da mesma forma, ou seja, cada qual irá desempenhar o seu papel a partir do que aprendera no curso de programacao, lembrando que, neste caso, estamos nos referindo ao profissional que se dedicou ao estudo voltados à ciência da computação que, por sua vez, conta com as seguintes especialidades para quem quer seguir nessa carreira:

  • Engenheiro de desenvolvimento; 
  • Desenvolvedor Python;
  • Engenheiro de sistemas;
  • Desenvolvedor Full Stack;
  • Engenheiro de Business Intelligence;
  • Gerente de projeto de software e rede;
  • Web designer;
  • Desenvolvedor de videogames;
  • Desenvolvedor de multimídia;
  • Programação para videogames;
  • Gerente de projeto de TI.

Claro que existem outras opções que com certeza dariam uma lista...

Muitas pessoas que passam na faculdade de tecnologia e começam a fazer aulas de programação voltadas para ciência da computação, aprendem temas que, de certa forma, estão em evidência na indústria 4.0.

E dentre essas disciplinas, destaque para Inteligência artificial, Data Science e Internet das Coisas. Além disso, há a inclusão de matérias básicas ao longo das aulas que servem como suporte. Essas disciplinas são:

  • álgebra linear;
  • gestão de projetos;
  • comunicação e expressão;
  • empreendedorismo e inovação.

Por fim, vale destacar que, ao finalizar o curso, o graduado estará apto a desenvolver desde soluções mais simples (como funções básicas de softwares e aplicativos) até programações mais complexas (como processamento de informações e otimização de redes corporativas).

Requisitos básicos para estudar ciências da computação

Muitas pessoas que até se interessam em fazer um curso programação voltado para ciência da computação desconhecem que essa matéria, dentro de uma faculdade, por exemplo, é classificada como uma disciplina que faz parte da área de exatas.

Desse modo, quem está a um passo de começar uma aula de programação com especialização nessa área, deve ter em mente que conteúdos de matemática e física, sem dúvida, estarão entre os mais demandados ao longo de todo o curso. Isso significa que esses estudantes precisam ter, ao menos, uma habilidade razoável de raciocínio lógico.

Duas pessoas estão fazendo cálculos em uma folha de papel tendo á frente dois notebooks ligados.
O estudo da ciência da computação faz parte da área de exatas!

Obviamente que para fazer todo o curso de forma assertiva não basta somente ser um ninja em cálculos, é necessário também desenvolver a capacidade de atribuir soluções às variadas demandas computacionais fazendo sim uso desses conhecimentos em exatas.

Isso significa que esse aluno precisa saber de fato como analisar, desenvolver e solucionar as principais questões relacionadas a um projeto de programação curso ou algo do gênero.

Áreas de atuação e perspectiva de quem trabalha com programação

Independentemente se você fez um curso de programação de sistemas ou um curso lógica de programação, além de tanto outros da área, o fato é que existe lá fora um mercado relativamente aquecido, sendo que o que fará a diferença é a qualidade de seu trabalho.

E quando destacamos essa questão de “mercado aquecido” não quer dizer que basta sair à rua com uma placa escrito: “sou formado em ciência da computação” que uma multidão de recrutadores vai se engalfinhar para tê-lo em suas empresas.

Na verdade, é preciso contar com uma boa-formação e ter noção plena de qual área atuar. E para quem não sabe, o exercício dessa profissão não se restringe somente ao desenvolvimento de programas de internet. Para se ter uma ideia, é possível atuar como:

  • Analista de sistemas: profissional responsável por criar modelos e documentos os quais determinam os requisitos básicos para o desenvolvimento total de um sistema, software ou programa;
  • Arquiteto de softwares: profissional designado para executar a modelagem completa de uma infraestrutura, bem como dos respectivos sistemas que um software demanda para a sua operação;
  • Gerente de TI: profissional que tem atribuições bem semelhantes a um especialista formado em TI, sendo que o seu gerenciamento será exclusivamente voltado para projetos de software, podendo, inclusive, coordenar as equipes envolvidas no escopo, bem como efetuar o desenvolvimento dos sistemas já planejados pelo time.
Mão de uma pessoa mexendo no teclado de um computador.
A Análise de Sistemas pode ser desempenhada por quem é graduado em Ciência da Computação!

É importante deixar claro que esse cientista da computação poder atuar nessas atividades tanto em empresas púbicas quanto privadas, lembrando, inclusive, que esse profissional também pode fazer parte de um grupo de pesquisadores, os quais estão a desenvolver algum projeto dentro de uma determinada corporação.

Por fim, vale evidenciar outra perspectiva pertinente para a carreira de um programador dessa natureza que, neste caso, tem a ver com a docência ou pesquisa tecnológica dentro de universidades. Todavia, é importante esclarecer que para ambas as posições é necessário ter pós-graduação, além do diploma de faculdade.

A situação atual do mercado de trabalho em tecnologia

No início deste post, destacamos duas perguntas pertinentes que, basicamente, questionavam acerca da relevância da ciência da computação e, além disso, porque seria tão importante aprender programação e sistemas de informação tendo em vista o mercado atual.

Bem, essas questões podem ser muito bem respondidas quando olhamos para as demandas tecnológicas em todo o mundo, mesmo apesar de certas dificuldades que a sociedade passa aqui e acolá.

Desse modo, podemos dizer primeiramente que a importância da ciência da computação se mostra quando vemos o quão necessário é a presença de profissionais dessa área em todos os segmentos mercadológicos.

E tal afirmação se dá em razão de que há de fato uma escassez de profissionais, pois como estamos falando de uma atividade relativamente nova, ainda é muito pequeno o número de graduados, se comparamos com as demandas diárias em várias partes do Brasil e do mundo.

Por conta disso, não é nenhum exagero enfatizar que toda pessoa que se predispõe a fazer um curso de programação voltado para a ciência da computação conseguirá, em pouco tempo, trabalhar tanto na modalidade CLT quanto até mesmo no sistema PJ (Pessoa Física).

Logo, esses trabalhos vão ser voltados para empresas diversas, pois hoje em dia muitos cientistas da computação preferem atuar como freelancer (MEI – Microempreendedor Individual) já que essas pessoas podem contar com uma carteira grande de clientes e ganhos bem-interessantes, mesmo não tendo a estabilidade de um emprego convencional e fixo.

Mulher com notebook aberto trabalhando.
É muito comum cientistas da computação trabalharem como freelancer para projetos diferenciados!

Em suma, se você é daquelas pessoas que se interessa por tecnologia e inovação, tem certa facilidade com exatas e, principalmente, conta com uma visão empreendedora da vida, saiba que o curso de ciência da computação se encaixa exatamente ao seu perfil.

E por que isso? Oras, estamos falando de uma disciplina que está totalmente relacionada a um campo profissional em grande expansão em vários lugares do planeta, sendo que o retorno financeiro de um especialista que venha se dedicar regularmente aos projetos com certeza será bem-generoso e motivador.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Erico

Sou roteirista, redator e CEO da Eckoa Digital, além de músico nas horas vagas.