Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como preparar uma aula de Matemática para o Enem

De Erico, publicado dia 05/06/2019 Blog > Apoio Escolar > ENEM > Conteúdo do curso de Exatas para o Exame Nacional

A temporada de estudos para o Enem chegou! Se você é um especialista em Matemática, que tal usar a sua experiência para se tornar um professor particular nesse período?

Com a importância do exame nos últimos anos para ingressar em universidades de renome, os estudantes investem cada vez mais em um plano de estudos para o Enem, o qual é focado em atingir as melhores notas.

Entretanto, uma das maiores dúvidas é como preparar uma aula de Matemática para o Enem. Sim, porque este conteúdo além de ser específico para a prova, tem que ter uma dinâmica que prenda a atenção do aluno e uma metodologia diferenciada para fixação de toda a matéria.

Segundo publicação do portal Exame, a procura por aulas particulares neste período pode triplicar, sendo as disciplinas de Matemática e Português as mais buscadas pelos pais que investem nos estudos dos filhos para o Enem.

Isto se deve ao ensino personalizado e conteúdo sob medida que as aulas particulares proporcionam ao aluno. O professor experiente e qualificado com o conteúdo do Enem oferece uma solução efetiva e individual ao estudante que quer alcançar as maiores notas.

Saiba que para montar um curso preparatório de Matemática para o Enem não é difícil, basta alguns passos essenciais para o sucesso das suas aulas. Vamos conhecer?

Como montar um curso preparatório para o Enem

Comunicação em matemática! É importante que sua aula de Matemática faça uso de uma linguagem bem informal!

Primeiramente, é necessário definir em qual plataforma vai trabalhar as suas aulas – serão online ou presencial? O conteúdo trabalhado será o mesmo, porém você diversifica a metodologia que será utilizada nas aulas.

Por exemplo, se você vai criar um curso preparatório para o Enem somente com o conteúdo de Matemática para um canal na internet, é importante que essa aula tenha uma linguagem bem informal, com aulas de, no máximo, 30 minutos e uma forma didática de transmitir a matéria, já que você não está próximo do aluno e, deste modo, podendo ver qual o grau de dificuldade dele com o conteúdo.

Em uma aula presencial, com um ou dois alunos focados apenas em Matemática, a percepção do que dá certo ou não para a evolução de conhecimento deles é notória e você personaliza essa aula de acordo com os avanços do aluno. Além disso, você pode estender gradativamente o conteúdo programático para um melhor desempenho do estudante.

Existem algumas dicas ótimas para montar um curso preparatório para o Enem, sendo até possível levar para outros tipos de aulas. Acompanhe os tópicos abaixo:

  • Verifique quando será a data da prova e qual o conteúdo programático para o Enem;
  • Escolha as plataformas que irá trabalhar essas aulas, ou seja, canal da internet, sites específicos de aulas particulares, videoaulas em tempo real ou aulas presenciais;
  • Faça um planejamento de aulas/conteúdo para organizar todo o material a ser trabalhado até a semana do exame;
  • Elabore um material de estudo e apoio eficiente, incluindo simulados com questões do Enem anteriores;
  • Ao longo das aulas, procure ter um feedback do seu aluno para verificar se a metodologia aplicada está sendo eficaz.

No caso do Enem, é importante que você esteja totalmente por dentro do que vai cair na prova e dedicar parte das aulas do curso preparatório para as matérias de maior grau de dificuldade.

Mas para isso, é necessário criar uma aula focada no conteúdo do Enem. Como fazer isso e conquistar um grande número de alunos? Vejamos…

Uma aula focada no conteúdo do Enem

Ao seguir as dicas de como planejar um curso preparatório, vamos para a parte prática de como montar uma aula focada no conteúdo do Enem!

Programe-se para começar as aulas com os conteúdos mais fáceis da prova, sempre complementando com exercícios práticos para assimilação de toda a matéria. Ao chegar em tópicos com alto grau de dificuldade, dedique mais aulas explicativas e procure ter um retorno do seu aluno com relação ao aprendizado.

Se for o caso, coloque aulas e exercícios a mais sobre este conteúdo para que não fique nenhuma dúvida sobre a matéria. No planejamento de aula, inclua dias de simulados em Matemática para que seu aluno “treine” a eficiência dele nas resoluções dos problemas e calcule o tempo médio para responder cada questão.

Nestes simulados, faça uma mescla de questões-problemas com os mais variados níveis de dificuldade e interpretação de texto: perguntas de fácil resolução, média resolução e grande dificuldade em solucionar.

Lembre-se que quanto mais o aluno pratica exercícios de Matemática, mais fácil é para ele compreender a fórmula a ser aplicada. Deixe sempre um material de apoio para estudos extra-aula e diversifique as ferramentas de estudo durante o curso. Aulas muito explicativas ou muito audiovisuais podem cansar o aluno.

Entretanto, é necessário e extremamente importante que o professor tenha total conhecimento do conteúdo que vai cair no Enem.

Registrar os principais assuntos! Anotar as questões que mais caem no Exame Nacional ajuda muito na hora de preparar a aula!

Anote então os principais tópicos a serem trabalhados em suas aulas:

  • Análise de tabelas e gráficos;
  • Probabilidade e análise combinatória;
  • Porcentagem, juros simples e juros compostos;
  • Geometria: áreas, perímetros, volumes, áreas e plano cartesiano;
  • Logaritmos;
  • Funções do 1º e 2º graus;
  • Regra de três;
  • Trigonometria;
  • Progressão aritmética e geométrica.

Para elaborar seu plano de aula, aprofunde-se nas questões que mais caem no Enem em provas anteriores, pois o exame não avalia somente a capacidade do aluno em resolver problemas, mas exige um entendimento contextualizado do dia a dia para que, com a interpretação de texto, ele possa evoluir na questão certa.

E muito mais que a velha e famosa “decoreba” de fórmulas, é entender o que, por que e como aquele conteúdo pode ser usado em fatos do dia a dia. Use em suas aulas técnicas, atividades em que o aluno possa fazer cálculos mentais que serão essenciais no momento da prova – momento em que a ansiedade estará a mil.

Para se inspirar na hora de organizar as suas aulas, o Portal Quero Bolsa traz sete canais do YouTube que são referências para os alunos que vão prestar o Enem. Observe a linguagem, metodologia e evolução da explicação da matéria para criar as suas próprias aulas.

Aulas de Exatas para o Enem, o que priorizar?

Resolução de problemas! Uma vez com o conteúdo assimilado, é possível aproveitá-lo em outras disciplinas que utilizam fórmulas matemáticas!

A área de Exatas vai muito além da nossa querida, temida e necessária Matemática! Na prova do Enem, disciplinas como Química e Física também entram no quadro de matérias que são tão importantes na nota final do exame, como também assustadoras em termos de pensar em cálculos.

Afinal, nas aulas de Exatas para o Enem, o que priorizar para o aluno? Como o próprio nome diz “Exatas” é algo que não tem como mudar. Uma vez que o conteúdo está fixo na cabeça e o aluno souber aplicar a fórmula no momento certo, ele pode fazer uso do que aprendeu para resolver questões de outras matérias.

Sim, afinal, tanto a Química quanto a Física utilizam de fórmulas matemáticas para a resolução dos problemas. E isto é jogar totalmente ao seu favor, professor e professora. Uma aula dinâmica e eficiente fará seu aluno evoluir não só na prova de Matemática do Enem, como também conquistar acertos importantes em outras disciplinas da prova.

Saiba quais são os temas em comum que você pode priorizar em suas aulas que envolvem as principais fórmulas matemáticas para Física e Química:

  • Eletricidade;
  • Energia e Potência;
  • Aplicação das Leis de Newton;
  • Calor e Temperatura;
  • Mol e Soluções.

Nesses tópicos é muito comum utilizar equações de primeiro e segundo grau, regra de três e fórmulas básicas de geometria para os cálculos de Física e Química.

Por isso, é importante saber quais são as principais fórmulas que caem no Enem para gabaritar a parte de Exatas. Vamos a elas?

Quais as fórmulas que mais caem no Enem?

Fórmula de Exatas! Teorema de Pitágoras está entre as fórmulas mais recorrentes no Exame Nacional!

Vamos supor que o planejamento de estudos já esteja na etapa final. Você sabe quais são as fórmulas mais importantes que o seu aluno deve saber?

Aproveite o momento para fazer aquela revisão bem completa com uma carga grande de exercícios e questões do Enem anteriores para que seu aluno fique craque na resolução de problemas.

Certifique-se que o estudante não esteja apenas na “decoreba”, mas que ele tenha realmente aprendido todo o conteúdo de forma bem aprofundada para resolver qualquer tipo de questão.

Segue a lista das fórmulas mais importantes que caem no Enem:

  • Teorema de Pitágoras – a fórmula mais importante de Exatas e que, com certeza, será aplicada também para outras matérias, além da Matemática;
  • Fórmulas de Progressão Aritmética (P.A), representadas pelas famosas a1, a2, a3, e assim por diante;
  • Fórmulas de Progressão Geométrica (P.G) em que cada termo é o produto da multiplicação do antecessor por um constante representado pela letra “q“;
  • Senos, cossenos e tangentes;
  • Fórmula de Bhaskara;
  • Fórmula estatística para cálculo de médias.

E após meses de estudo intenso e dedicação em simulados e exercícios, faça uma revisão da matéria 10 dias antes da prova e diminua o ritmo de estudos.

Descansar faz bem para a mente, ajuda a diminuir a ansiedade e é um dos segredos do sucesso para seu aluno se sair bem.

Procure, dois dias antes da prova, enviar mensagens leves e motivacionais para o estudante e, após a realização da prova, avalie se a metodologia que tem aplicado nas aulas está no caminho certo.

A tendência é sempre se aprimorar e melhorar a cada ano, renovando-se e trazendo conteúdo de qualidade para ajudar ainda mais alunos a conquistar o sonho de obter uma pontuação e ingressar nas melhores universidades do Brasil.

Bom trabalho!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar