Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Ser guitarrista: aprendendo os primeiros acordes

De Marcia, publicado dia 16/01/2019 Blog > Música > Violão > Como começar a tocar guitarra

A música certamente é fator presente na vida de todo brasileiro. No transporte público, na academia e caminhando na rua, podemos observar muita gente com seus fones de ouvido, aproveitando para curtir suas músicas preferidas enquanto realiza atividades do dia a dia.

Isso não significa que todos querem tornar-se músicos: alguns enxergam na música um canal de entretenimento, uma forma de tornar o seu dia a dia mais agradável.

Para quem deseja aprender a tocar um instrumento, como o violão, a questão pode ser mais complexa. Será preciso desenvolver técnicas e mecanismos para tocar corretamente. Nessa hora, são necessários macetes para realizar os movimentos corretos de ambas as mãos.

Alguns termos são utilizados para determinar partes do aprendizado de instrumentos de corda. Você sabe o que é uma décima sexta nota, por exemplo?

Para descobrir e ainda obter mais dicas para começar a tocar violão, acompanhe nosso post abaixo.

O que é a décima sexta nota?

O tempo musical pode ser dividido em várias partes. Até agora, talvez você tenha aprendido a dividí-lo em duas metades iguais, em batidas que se complementam. Mas também podemos dividir esse tempo em quatro partes iguais.

São apenas dezesseis Você sabe o que é a tal décima sexta nota?

Uma décima sexta nota é então meia nota de oito, portanto, um quarto de tempo.

Para esses números de notas, aplique silêncios. Porque a música não é feita apenas de notas encadeadas, mas também de silêncios.

Podemos ir ainda mais longe, dizendo que uma décima sexta nota = duas triplas de oito notas e uma tripla oitava = duas quíntuplas oitavas. Ela terá o oitavo do suspiro e o décimo sexto do suspiro.

Mas voltemos às nossas origens já que estamos interessados ​​em dezesseis notas. Já está bem complicado assim!

Conte as dezesseis notas na guitarra

Começar a tocar violão e entender sem esforço as décimas sextas notas é um verdadeiro desafio.

Você terá que trabalhar durante sua aula de violao, mas também fora delas, para que esse processo se torne automático para você, até que não precise mais pensar sobre isso e que tocar em dezesseis seja perfeitamente natural para você.

Seja paciente no trajeto Aprender a tocar é um longo caminho a ser percorrido.

Seja qual for o tipo de guitarra (violão, guitarra, violão elétrico) e o estilo da música (rock, jazz, flamenco, folk, bossa nova …), as décimas sextas notas estão presentes em toda a música, e isso vale para todos os instrumentos.

Conte as dezesseis notas

Tudo o que é dito aqui é válido para todos os instrumentos musicais. Os tempos são contados com números: 1, 2, 3, 4.

Os contra-tempos são contados com “e”: 1 e 2 e 3 e 4, então eles são oitavas.

Para contar as décimas sextas notas, é melhor usar a seguinte notação: “e e a” em vez de contar “1, 2, 3, 4, 2, 2, 3, 4, 3, 2, 3 , 4, 4, 2, 3, 4 “ por uma questão de clareza. De fato, corremos o risco de ficar confusos se houver muitos números.

Contando “1, e, e, a, 2, e, e, a, 3, e, e, a, 4, e, e” , fazemos a distinção entre os tempos da medida e os duplos oitavos:

  • 1 é a primeira décima sexta;
  • e é a segunda décima sexta nota;
  • e é a terceira décima sexta, que representa o meio do tempo, o contra-tempo;
  • a é a quarta décima sexta nota.

Isso vem do inglês, mas você pode pronunciá-lo em português. Muitos guitarristas acham mais fácil e rápido pronunciá-las em inglês. Sinta-se à vontade para experimentar os dois e escolher o método de guitarra que melhor lhe convier.

Tenha o cuidado de deixar o mesmo tempo entre as oito notas diferentes quando você as disser e não agrupar o 1 e o “e”, por exemplo, ou “e” e “a”. A regularidade na contagem é essencial para a regularidade da execução.

No Superprof você encontra aulas de violão para iniciantes!

Exercícios para identificar corretamente as décimas sextas notas

O metrônomo é uma ótima ferramenta para começar a tocar violão e aprender a contar as décimas sextas notas. Como primeiro passo, ajuste a regulagem do seu metrônomo. O objetivo é desenhar uma figura rítmica em cada clique:

  • Primeiro clique: 1;
  • Segundo clique: e;
  • Terceiro clique: e;
  • Quarto clique: a.

Isso permitirá que você assimile a duração entre cada uma das dezesseis notas para não acabar errando em outros momentos do exercício. Para progredir, será necessário repetir o processo incansavelmente, até que não haja mais erros e não seja necessário pensar muito para executá-lo.

Quando esse exercício for bem-sucedido, ajuste novamente e, desta vez, o objetivo é dizer apenas as primeiras dezesseis notas sobre os cliques:

  • Primeiro clique: 1;
  • Entre os dois cliques: e e a;
  • Segundo clique: 2;
  • Entre os dois cliques: e e a;
  • Etc.

Treine em voz alta para identificar mais facilmente seus erros. No último exercício, é hora de pegar sua guitarra folk ou violão clássico e tocar como Hendrix. Finalmente!

Comece arranhando uma corda de cada vez, assim: 1, 2, 3, 4. Você arranha apenas 4 vezes a corda de cima para baixo com o mediador.

Em seguida, toque as oito notas em uma corda: 1 e 2 e 3 e 4. Ele tocará de cima para baixo e de baixo para cima: as notas serão tocadas de cima para baixo e o contra-tempo de baixo para cima em um movimento de vai e vem.

Finalmente, para as décimas sextas notas, você arranha a corda 16 vezes: 1, e, e, a, 2, e, e, a, 3, e, e, a, 4, e, e, a. A viagem de ida e volta é acompanhada com o mediador para economizar tempo.

Em uma tablatura de guitarra e nas partituras, o V acima da pauta indica que você tem que riscar as cordas da guitarra para cima enquanto a minúscula indica que você tem que arranhar a corda de cima para baixo.

Para treinar, você tem que seguir as três partes do exercício continuamente.

Para ir mais longe, você pode fazer um exercício cromático com uma descida progressiva em cada corda para trabalhar as décimas sextas notas.

Em quanto tempo você aprende as dezesseis notas?

Se você é autodidata, segue lições de violão online, ou toma aulas de música com um professor especializado, você terá que trabalhar para aperfeiçoar suas habilidades de violão para poder conhecer bem as dezesseis notas.

Existem muitas figuras rítmicas nas dezesseis notas. Aconselhamos que você comece trabalhando as mais simples. Então, quando estiver mais confortável, você poderá passar o trabalho de um riff de dezesseis notas e canções inteiras.

Em qualquer caso, é melhor começar lentamente a entender o ritmo começando com algumas combinações de tudo isso, antes mesmo de considerar o trabalho com as dezesseis.

O ritmo é um dos pilares do violão, as notas são o segundoMas um não funciona sem o outro e será necessário conhecer um mínimo de teoria musical para esperar progredir rapidamente.

Aprendizado gradual e gradativo Ninguém progride no violão se não der um passo de cada vez.

Depois de seis meses, você poderá tocar alguns ritmos relativamente mais complexos, desde que trabalhe com regularidade e não apenas uma hora durante as aulas de violão para iniciantes, deixando o instrumento de lado no restante da semana.

Você não saberá para onde ir neste estágio, já que as figuras rítmicas são ricas graças às décimas sextas notas.

O próximo passo é combinar tudo o que você sabe e aprender a tocar suspiros. E aí, o trabalho é tedioso e leva tempo. Conte mais um ano ou dois antes de alcançar um bom nível. O importante é ter consciência da dedicação necessária para não desanimar no meio do caminho.

Aqui estão algumas canções que você pode aprender após avançar um pouco nos acordes.

  • Photograph de Ed Sheeran;
  • Hotel California de Eagles.

O trabalho do ritmo é uma verdadeira maratona e não um sprint. Você levará anos para entender e dominar completamente essas questões.

Como manter-se motivado para aprender?

Tocar guitarra não é algo que se aprende da noite para o dia. Se você nunca lidou com instrumentos de corda, provavelmente vai encontrar algumas dificuldades relacionadas à concentração no começo. Outro fator que costuma demorar um pouco a ser ajustado é o ouvido musical.

Antes de estar apto a produzir acordes com as mãos, você precisa conhecê-los. E isso demanda desenvolver o seu ouvido musical, que vai se tornando mais apurado com a prática. Não se engane: há pessoas que realmente têm maior facilidade em reconhecer notas musicais de ouvido, mas TODOS podem desenvolver essa característica. Portanto, não fique frustrado caso esteja ainda encontrando dificuldades para isso.

Existem pessoas que encontram dificuldades para começar e depois facilmente se adaptam aos acordes, desenvolvendo grandes talentos.

Além de encontrar um curso convencional ou um professor particular para tomar aulas e colocar-se à par da técnica, você pode utilizar canais da internet e aplicativos para estudar. Tire proveito da tecnologia para despertar talentos que podem existir em você, e apenas não foram ainda explorados.

Tudo a seu tempo Não se preocupe com o tempo do aprendizado. Vá estudando e, quando perceber, já terá evoluído.

Sempre que encontrar alguém que já toca com maestria, não se engane: certamente até mesmo os profissionais encontraram dificuldades no começo. Mas eles chegaram onde chegaram porque tiveram paciência e persistência para superá-las. Faça o mesmo e você verá como a evolução não tardará a chegar para você também. O caminho pode ser longo, mas valerá a pena.

Esteja ciente disso, mas não desanime. Você vai conseguir! Ainda que se sinta sem fôlego ao chegar lá, você estará feliz por ter conseguido! E quanto ao cansaço, você se recupera depois, colhendo os frutos do seu esforço.

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar