Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Reino Unido, EUA, Canadá ou Austrália: o quê levar em consideração antes de escolher onde aprender inglês?

De Myla, publicado dia 26/04/2019 Blog > Idiomas > Inglês > Como se preparar para visitar os países anglófonos?

A gente sabe o Império Britânico (1583-1997), que vigorou entre finais do século XVI até o século XX, chegou a ter sob seu domínio cerca de um quarto da população mundial. Conhecido como “o Império onde o Sol nunca se põe“, o domínio britânico deixou como legado em muitas ex-colônias a língua inglesa, sua cultura, costumes e até mesmo os sistemas judiciários e educacionais praticados na Grã-Bretanha de então.

Mantendo isso em mente, a língua inglesa se expalhou pelos quatro cantos do mundo e hoje é considerada o idioma universal, a língua mais influente nos negócios, no mundo acadêmico e na internet, para citar algumas das esferas onde ela lidera.

Os limites da minha língua são os limites do meu universo. Ludwig Wittgenstein

O inglês, portanto, tornou-se a língua comum nesses meios, o elo que liga povos e culturas diversos em suas variadas expressões e notações lexicais idiossincráticas (inerentes a cada), frutos do uso da língua em países tão diferentes e de características próprias.

A qualidade de vida presente nesses países, a estrutura bem estabelecida para recebimento de estudantes e a localização geográfica no globo são as maiores razões que têm influenciado a escolha dos brasileiros por essas nações, em relação ao intercâmbio.

Pensando nisso, já que você deseja aprender a língua inglesa, você já parou para pensar qual seria o país, dentre o Reino Unido, os EUA, o Canadá e a Austrália, que melhor se adequaria a seus objetivos e necessidades?

Se ainda não, esperamos que aqui nesse texto você encontre um ponto de partida! E antes de embarcar, que tal fazer aula de ingles?

A Inglaterra é um dos maiores destinos turísticos e de intercâmbio de estudo da língua inglesa do mundo! A foto acima ilustra a celebração de um festival em Stonehenge.

Aprender inglês imerso no berço da língua nunca foi tão fácil!

É sabido que Shakespeare, ao erigir sua grande obra, teria introduzido de 1700 a 2200 palavras novas na língua inglesa, é o que muitos estudiosos e eruditos estipulam. O autor cunhou expressões como Heart of Gold: “coração de ouro”, encontrada em Henrique V; Wild-goose chase: “pista falsa, procura inútil”, presente em Romeu & Julieta e Love is Blind: “o amor é cego” em O Mercador de Veneza.

Pensando nisso, uma ampla pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio, a Belta, aponta o Reino Unido como destino dentre os Top 3 preferidos dos estudantes brasileiros. O primeiro colocado na preferência de nossos alunos é o Canadá, seguido pelos Estados Unidos, em segunda colocação.

Portanto, sabe-se que a procura por cursos de inglês na capital britânica, Londres, é bem alta. Mas no restante do país, nem tanto. E, se você abrir o leque também para os demais países integrantes do Reino Unido, que incluem além da Inglaterra, a Escócia, o País de Gales e a Irlanda do Norte, verá que essa busca se torna ainda mais interessante e frutífera!

Se a sua estadia para o curso de inglês seja de até seis meses, não é necessário a obtenção do visto de estudante para entrada no país. Nesse caso, é preciso que você esteja devidamente matriculado em um curso de inglês, de preferência em uma das centenas de escolas credenciadas pelo governo.

Também se faz necessário que você traga a carta de aceitação como aluno na instituição de ensino no momento de sua entrada. Fora essa documentação, você também deve possuir a passagem de retorno ao Brasil e comprovantes de renda que atestem que você conta com renda suficiente para se bancar no país durante a estadia.

Caso seu curso de inglês seja superior a seis meses, é requerida a obtenção de visto de estudante antes de deixar o Brasil. A solicitação deve ser retirada no site do serviço de imigração inglês, e seguida passo a passo.

Que tal maiores informações sobre como aprender inglês na terra da Rainha?

Além do mais, existem agências inglesas bem estabelecidas e renomadas onde você pode obter maiores informações e ajuda durante esse processo de escolha de qual curso de inglês fazer:

  • Visit Britain oferece um portal amplo sobre informações a respeito do turismo, de atrações e serviços em cada uma das principais regiões do RU. Seu site é bastante dinâmico e detalhado. Nele você irá encontrar diversas opções, inclusive escolas de inglês!
  • British Council, caso você queira focar no aprendizado e ensino da língua inglesa. Essa organização é fantástica e promove a união entre intercambistas e alunos interessados de todo o mundo e diversas instituições educacionais pelo RU. Com certeza você vai se esbarrar com várias opções maneras de aprender inglês oficialmente no RU!

Em resumo, além de você ter a oportunidade de conhecer uma das regiões mais fascinantes e vibrantes do planeta, você terá contato direto e constante com a língua de Shakespeare, e poderá estudá-la com mais dedicação e vivenciá-la no dia a dia enquanto faz turismo pelo Reino Unido!

Fala a verdade! Tem jeito mais gostoso de aprender a língua inglesa? O único jeito melhor que vejo é se você já tivesse nascido mesmo lá!

Os EUA são o segundo destino preferido dos estudantes brasileiros para a realização de um intercâmbio.

Pensando em estudar inglês em Nova Iorque? Algumas considerações que fazem de Nova Iorque New York!

Nova Iorque é a cidade que apresenta a maior diversidade linguística do planeta, com cerca de 800 idiomas diferentes falados através do município. E, o mais importante, essa cidade exerce um impacto significativo sobre o comércio, a arte, as finanças, a pesquisa, a tecnologia, a moda, o entreterimento, e em vários outros ramos, em todo o planeta.

Ela também abriga a sede da Organização das Nações Unidas, a ONU, sendo um centro para questões e temas internacionais essencial e amplamente considerada como a capital cultural do mundo. A cidade abriga ainda algumas das pontes, arranha-céus e parques de maior renome no mundo, como a Brooklin Bridge, o Empire State Building e o Central Park, respectivamente.

Em relação a um bom curso de inglês, de qualidade e barato em Nova Iorque, indicamos o LSI, Language Studies International. Reformada há pouco e próxima a Wall Street, a LSI leva o selo Budget School STB, sem estourar o orçamento. Outra boa opção é a escola Rennert, de localização privilegiada no centro de Manhattan e que oferece turmas pequenas nas quais os professores oferecem atenção especial a cada aluno e à suas necessidades.

Após a escolha de uma boa escola de inglês, o segundo passo mais importante é deixar-se mergulhar na cultura e nos costumes americanos. É através dessa imersão 24h que você experienciará situações quotidianas e irá pôr em prática tudo o que tem aprendido na língua inglesa. Com certeza, através dessas vivências o aprendizado vai se sedimentando e você vai se transformando em um cidadão do mundo!

Aproveite e espie nossas dicas sobre Nova Iorque, a cidade mais famosa do mundo, e o quê de fato você sabe sobre ela!

Você já pensou em aprender inglês em um país espetacular, muito seguro, pacífico, com ótima infra-estrutura e dono de um dos maiores padrões de vida do mundo? Então, venha conhecer melhor o Canadá!

Por que escolher aprender inglês no Canadá?

Você sabia que o Canadá é considerado um dos países com a melhor qualidade de vida do mundo? Esse é um país espetacular, pacífico, super seguro, muito bem estruturado e com pessoas extremamente educadas, receptivas e que adoram o povo brasileiro.

Na realidade, há muito tempo que o Canadá se destaca entre os melhores países do globo para se viver, estudar e trabalhar. Esse país é notoriamente receptivo e muito hospitaleiro ao receber estudantes, imigrantes e turistas do mundo inteiro.

Por ser uma nação bilíngue, o país oferece cursos em todos os níveis de inglês e de francês para aqueles estudantes que desejam aprender uma ou ambas as línguas, e a preços muito atrativos, se comparados ao de outros países.

De forma geral, as escolas contam com um excelente nível pedagógico e possuem um estrutura desenvolvida e preparada para promover a integração do estudante com a cultura local. Além do aprendizado da língua, os estudantes têm a oportunidade de conhecer e de participar de variadas atrações culturais, artísticas, desportivas e turísticas.

No entanto um dos pontos mais importantes que estacam o Canadá dos demais países de língua inglesa é o fato de o inglês canadense ser pronunciado com clareza, o que facilita o aprendizado. Além da clareza da pronúncia, o inglês cultivado no país é um inglês correto, mais fácil de aprender, sem os sotaques econtrados nas demais nações de língua inglesa.

Espie nossas dicas sobre o Canadá e o quê saber sobre o país antes de visitá-lo!

Além disso, outra vantagem são as paisagens naturais cinematográficas que moldam o país, a sua sólida egurança e o câmbio do dólar canadense, mais baixo do que o de outros países. Em resumo, essas e muitas outras são alguns dos motivos que fazem do Canadá um excelente país para se estudar e morar.

A Austrália constitui um mercado de mais de 24,5 milhões de consumidores que desfrutam de um elevado nível de qualidade de vida e de poder aquisitivo.

A língua inglesa é tão arraigada que se tornou a língua nacional de facto da Austrália

Você sabia que a Autrália não tem uma língua considerada a oficial? Fato extremamente curioso, não é?!

Mas nada disso impede você de ir ao país e de aprender o inglês, já que essa língua encontra-se tão arraigada dentre todo o terrritório australiano que se tornou o que os linguísticas chamam de a língua de facto da nação, sua língua mais praticada.

Depois que você já tenha tomado a decisão de escolher a Austrália, é recomendado que você pesquise com toda a calma a respeito de boas escolas de ensino da língua inglesa que ministram cursos lá. Enfim, você se deparará com preços variados, segundo a localização da escola, a duração do curso e a sua qualificação.

A LSI, Language Studies International, por exemplo, escola bem estabelecida na cidade de Brisbane oferece diversos pacotes. O de 20 aulas por semana, dando 4 aulas por dia de 50 minutos cada, com o máximo de 15 alunos por sala, sai a cerca de R$5.000 por mês. Caso você queira incluir a taxa do curso mais alojamento, o investimento sobe para cerca de R$8.400 ao mês.

Já na Kaplan International, outra escola de inglês bem estabelecida, só que agora em Perth, também oferece diversos pacotes. O de 35 aulas por semana, com duração entre duas a 24 semanas, sai a R$6.300 por mês. Caso seja adicionada a acomodação, o mesmo período de um mês de estudo sai a quase R$10.000.

Além disso, como você sabe, existem outras despesas, como passagem aérea Brasil/Austrália, que custa no mínimo R$4.500, seguro saúde obrigatório, seguro viagem, e demais despesas.

Confira ainda dicas sobre a Austrália, uma possível e ótima opção de intercâmbio também!

Como você viu, a Austrália é considerada um dos melhores países do mundo para se viver, para se estudar e também como hub turistíco! Caso você tenha interesse em aprender inglês entre terras de cangurus e coalas, lembre-se que você terá uma experiência única! Muito semelhante ao espírito de uma nação tão única, vibrante e diferente!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...
avatar