Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Porque se lançar no aprendizado do alemão

De Camila, publicado dia 21/11/2017 Blog > Idiomas > Alemão > Boas razões para se aprender a língua alemã

“Qualquer idade é boa para aprender. Muito do que sei aprendi-o já na idade madura e hoje, com 86 anos, continuo a aprender com o mesmo apetite.”- José Saramago

Nunca é cedo ou tarde demais para se aprender uma língua estrangeira. O grande escritor português José Saramago afirmou em 2009 que, mesmo na casa do 80, continuava a estudar e a assimilar novos conteúdos.

Se você é apaixonado pela língua alemã, mas ainda não teve coragem de se lançar no aprendizado desse idioma germânico, por que não começar agora? Esta é uma boa oportunidade para deixar de lado todas aquelas desculpas vêm te impedindo de começar a fazer aulas de alemão.

Dominar o idioma de Goethe é abrir um leque de possibilidades dentro do campo profissional – seja no Brasil ou no exterior -; é descobrir um dos patrimônios culturais mais ricos do mundo e ainda aproveitar as portas que tal habilidade pode abrir.

Os motivos para aprender a língua falada na Alemanha são muitos. Abaixo tentamos apontar alguns deles.

Saiba mais sobre que envolve o aprendizado da língua alemã.

Uma língua com uma história fascinante

O germânico é o idioma que evoluiu e deu origem ao alemão moderno que conhecemos atualmente. Ele era utilizado na transcrição de textos sagrados budistas.

A língua germânica possuía vários dialetos, dentre os quais o gótico (língua atualmente morta), o islandês ou ainda a sueco. Como podemos constatar, os desdobramentos deste antigo idioma sobreviveu até os dias atuais e deu origem a diversas línguas com uma rica diversidade cultural.

Até hoje alguns dialetos em outras partes do mundo que não a Europa devem sua existência ao germânico. Exemplo disso é o estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Por lá é falado o Amish, originário do denominado Baixo Alemão.

A história da língua alemã é fascinante e de uma riqueza incomparável. Para se ter uma ideia, os primeiros vestígios da sua aparição são encontrados na Alta Idade Média.

Nada mais sedutor que um amigo cheio conhecimentos gerais, como sobre a história da língua alemã. Que tal impressionar os amigos com seus conhecimentos sobre a língua e a cultura alemã?

Aprender alemão também significa aprender um pouco mais sobre as origens deste idioma. Quem sabe esta não será uma boa oportunidade de se destacar nas conversas com grupos de amigos?!

O idioma mais falado na Europa

Comparado com o volume de estudantes de inglês ou espanhol, o número de pessoas que optam pelo aprendizado do alemão ainda é pequeno no Brasil. Este número, no entanto, vem crescendo a cada ano e a procura por aulas particulares e escolas de idiomas prospera.

Contrariamente ao que muitos possam dizer, o idioma do país de Angela Merkel pode ser bastante útil se o aprendiz deseja se lançar em experiências internacionais, pois o alemão é a língua mais falada dentro da União Europeia.

Você sabe quais são os idiomas mais falados na Europa enquanto língua materna?

  1. Alemão – 16%
  2. Italiano – 13 %
  3. Inglês – 13%
  4. Francês – 12%
  5. Espanhol – 8%
  6. Polonês – 8%

Se você acha que o idioma de Goethe é a língua oficial apenas da Alemanha, então está muito enganado, pois ela ainda é uma das oficiais nos seguintes países:

  • Suíça
  • Áustria
  • Luxemburgo
  • Itália (na província de Bolzano)

Dominar o alemão abre, então, várias portas profissionais e estudantis mundo afora, além de contribuir para férias ainda mais agradáveis em alguma destas destinações. Sem contar que a Alemanha é um dos países mais prósperos do planeta atualmente. É pouco ou quer mais?!

Estudar na Alemanha

O Sistema de Ensino Superior no país dos irmãos Grimm é bem diferente do nosso no Brasil.

É preciso conhecer as especificidades da organização dos estudos para conseguir fazer a boa escolha. Afinal de contas, com o domínio do alemão na ponta da língua, as chances de conseguir ingressar em uma escola ou universidade na Alemanha vão nas alturas.

Abaixo mostramos alguns tipos de cursos superiores que se diferem dos que estamos acostumados em nosso país de origem.

Universidade públicas alemãs

Gratuitas, elas oferecem formações gerais e teóricas em diversas áreas como administração, comércio e engenharia.

Bolsas de estudos podem ser conseguidas por aqueles que buscam fazer um doutorado no país.

As Fachhochschulen

Estas são escolas mais voltadas para o mundo profissional.

Para serem aceitos, os estudantes passam por várias avaliações de determinação do nível de conhecimento geral e específico, de acordo com a área a ser estudada.

Descubra quais são as dificuldades no aprendizado da língua alemã.

Existem vários motivos para se fazer aulas de língua alemã. Será que dá para contar nos dedos as razões para se aprender alemão?

Universidades privadas

Como no Brasil, o ingresso em determinadas universidades privadas é menos concorrido que o nas públicas.

É preciso contar com uma média de 20.000,00 euros por ano para arcar com as despesas universitárias.

Vantagens

Uma das grandes vantagens de se estudar na Alemanha é o prestígio, uma vez o diploma em mãos, dentro do mercado de trabalho.

Estudar no país de Angela Merkel mostra uma maior abertura do profissional, o que é visto como ponto positivo por empresas e recrutadores. Sem contar que um diploma alemão, dependendo da área de atuação, pode ser muito mais valorizado do que um diploma brasileiro.

No entanto, para entrar em uma instituição de Ensino Superior alemã é preciso dominar muito bem o idioma local. Certificados oficiais de comprovação do nível da língua são normalmente requisitados, tais como o DSH ou o TestDaf.

O futuro aluno universitário pode testar seus conhecimentos no alemão através de vários sites na internet, tais como o do OnDaf, que propõe provas online do idioma de Goethe.

Não adianta se lançar na aventura de tentar ser selecionado em uma instituição de Ensino Superior alemã sem conhecer muito bem a língua. O futuro aluno não precisa estar em um nível super avançado, mas ele precisa conseguir se comunicar e entender o que lhe é falado. Ao longo dos estudos, o nível do domínio do idioma aumentará, assim como o conhecimento do vocabulário específico da área de formação.

Você sabia que o português e o alemão têm pontos em comum?

Trabalhar na Alemanha ou com empresas alemãs

Saber falar inglês é muito bom na hora de se comunicar com clientes e parceiros estrangeiros. Falar alemão com clientes e parceiros germanófonos é ainda melhor.

Você sabia que a Alemanha é:

  • a quarta maior economia mundial por PIB nominal?
  • a quinta maior economia mundial em paridade de poder de compra?
  • a segunda maior nação exportadora de mercadorias?
  • a segunda maior nação importadora de mercadorias?
  • em termos absolutos, o país que atribui o segundo maior orçamento anual de ajudas ao desenvolvimento no mundo?
  • reconhecida como líder científico e tecnológico em vários domínios?

Ao aprender alemão, você fará parte daqueles que falam a língua desta grande potência mundial. A Alemanha é uma grande potência econômica mundial!

Resumindo, o país de Albert Einstein é uma grande potência mundial que não para de crescer economicamente.

Se você fala a língua alemã, suas chances crescem consideravelmente na hora de arrumar um emprego em qualquer lugar do mundo, principalmente na área do turismo, já que os nativos da língua adoram viajar pelo globo terrestre (e têm poder econômico para tal!).

Os setores alemães que mais recrutam

Aprender alemão para tentar conseguir um trabalho na Alemanha: um investimento – e aposta – que muitos brasileiros fazem.

Arrumar um emprego no país de Goethe pode ser simples se você fala bem o idioma. Uma vez instalado em alguma empresa, é fácil conseguir promoções após participar de formações e especializações profissionais. Muito mais fácil que no Brasil.

No mês de abril de 2015, o índice de desemprego na Alemanha era de somente 4,7%, enquanto no Brasil atingimos quase 9%!

De onde vem tanta disparidade?

A explicação é simples: o país alemão se arrisca mais investindo em setores ainda pouco desenvolvidos na Europa.

Os patrões alemães também atuam de maneira diferente dentro das suas empresas. Eles utilizam, por exemplo, novas tecnologias como moeda de troca dentro do país, enquanto outras nações ainda nem sabem muito bem como esse sistema funciona.

Para encontrar emprego com facilidade em terras germânicas, dê preferência para as seguintes áreas:

  • comércio;
  • mecânica;
  • turismo e hotelaria;
  • pesquisas científicas;
  • comunicação;
  • novas tecnologias;
  • engenharia.

Como dito anteriormente, encontrar um trabalho na Alemanha é possível, mas é preciso saber pelo menos o básico da língua. Se você fala bem o inglês, ainda tem chances de conseguir algo. Mas sem alemão e sem inglês, sem chance!

Quanto mais línguas, melhor para a imagem no mercado de trabalho. Falar alemão e inglês aumentam ainda mais as chances de se conseguir um emprego, seja na Alemanha ou no Brasil.

Construir uma carreira internacional

Depois do inglês e do espanhol, o alemão é a língua estrangeira mais procurada pelos recrutadores internacionais.

Diferentemente do que muitos podem pensar, o idioma nativo da Áustria está presente nos quatro cantos do mundo, seja ele a língua oficial do território ou não.

No Estados Unidos, por exemplo, os germano-americanos formam consistem no maior grupo étnico do país, representando 17% da população. Estima-se que no país do Tio Sam, dois milhões de americanos falem alemão fluentemente.

Ao redor do mundo, outros grupos menores praticam a língua alemã quotidianamente, tais como:

  • Namíbia;
  • Tanzânia;
  • Paraguay;
  • Chile;
  • Venezuela;
  • Romênia;
  • Pensilvânia (Estados Unidos), etc.

A língua alemã em números

Como adoramos passar informações concretas e fazer pequenas listas sobre diversos assuntos, separamos alguns dados úteis que mostram como vale a pena se lançar no aprendizado do alemão!

  • A língua alemã é a segunda mais utilizada no planeta para textos científicos, ficando atrás apenas do inglês;
  • Em termos de patentes científicas, a Alemanha é a terceira que mais faz demandas no planeta;
  • Mais de 110 milhões de pessoas possuem o alemão como língua materna;
  • A língua alemã é a principal falada na Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo, se tornando, assim, o idioma mais falado na Europa;
  • 10% dos livros impressos mundialmente são em alemão.

É pouco ou quer mais? Então chega de esperar, porque agora você já tem motivos suficientes para aprender o idioma de Goethe.

Você já parou para pensar quanto tempo dura um curso de alemão?

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar