As pessoas em geral, mais especialmente nos países desenvolvidos, tendem a ver o mundo como estático, inalterado desde o início dos tempos. Este é um postulado que supõe que o mundo é, de fato, um palco com cenários imutáveis, onde o hoje sempre existiu e o amanhã seria uma continuação de hoje.

Por causa dessa mentalidade, a história é relegada a ser um exercício acadêmico - uma mera matéria escolar. Pode ser que você já tenha se pego pensando nisso durante suas atividades de história 1 ano.

Neste artigo, o Superprof aborda desde os eventos históricos mais impactantes até seus efeitos no mundo atual. Você pode fazer aulas de história online para entender um pouco mais.

Períodos da história - A revolução americana

Você acredita que a América se tornou uma nação consumidora de café por causa do chá?

Na verdade, tudo começou com o interesse da Inglaterra no chá de uma companhia indiana, que aumentou os impostos sobre o produto proveniente de outros locais. A indignação dos colonos não foi provocada pela taxação de bens de uso diário, incluindo sua bebida favorita, mas pelo fato de que eles estavam sendo tributados à revelia.

Xícara de chá
A Revolução Americana teve como ponto central o chá.

A Coroa não via as coisas dessa perspectiva. Eles argumentaram que as colônias pertenciam à Grã-Bretanha e eram povoadas por súditos britânicos. Ao mesmo tempo, por meio de uma série de leis e atos militares que duraram mais de 100 anos, ela buscava manter seu domínio sobre as colônias.

Os colonos lutaram contra a pesada tributação, contra as leis injustas e, essencialmente, contra a intromissão da distante Grã-Bretanha ao estabelecer seu governo democrático. Os confrontos entre militares britânicos e colonos tornaram-se mais violentos, eventualmente levando um homem da milícia colonial a disparar "o tiro ouvido em todo o mundo."

Aula de história - A Primeira Guerra Mundial

Curiosamente, o termo "o tiro ouvido em todo o mundo" foi associado à Revolução Americana e à Primeira Guerra Mundial.

Foi um alinhamento de coincidências que permitiu ao jovem Gavrilo Princip, armado com uma pistola, assassinar o arquiduque da Áustria e sua esposa depois que a tentativa inicial de acabar com suas vidas com uma granada fracassou. As consequências de seu ato tiveram repercussões rápidas, e não apenas para ele!

O Império Austro-Húngaro não atacou a Sérvia imediatamente - suas forças militares não estavam preparadas para um ataque total ou mesmo uma demonstração de força. Apesar da insistência da Alemanha em atacar a Sérvia enquanto a simpatia global pela morte do arquiduque era alta, a Áustria deu à Sérvia um ultimato impossível. Isso deu à Áustria dois dias para organizar seus recursos.

A Áustria também estava preocupada com o apoio da Rússia aos sérvios.

Os russos acreditavam que a Alemanha estava por trás do ataque proposto pela Áustria a seus aliados sérvios. Embora seus depósitos militar e pessoal também não estivessem prontos para uma guerra em grande escala, no mínimo, uma demonstração de poder seria necessária.

Mas por que ninguém estava pronto para um combate imediato? Porque todos lutaram nas décadas que antecederam a Primeira Guerra Mundial!

A mobilização da Rússia encorajou a Sérvia, que então desafiou a Áustria. Enquanto isso, a Alemanha ficou alarmada com o aumento militar em sua fronteira sudeste e prometeu apoiar a Áustria caso ocorresse algum conflito. Infelizmente, a Alemanha teve que se voltar para a França, que silenciosamente se tornara aliada da Rússia. Quando as hostilidades começaram na Sérvia, os franceses se mobilizaram.

O envolvimento do Império Britânico na Primeira Guerra Mundial veio da percepção de que o isolamento não é politicamente, economicamente nem estrategicamente aconselhável. A Grã-Bretanha formou uma aliança condicional com a França.

Até o Brasil teve a sua participação na Guerra. O mundo estava um caos! Você está convidado a ler um relato mais exato dos eventos da 1ª Guerra Mundial.

Conceito de história - A Revolução Russa

O czar Nicolau II, do império russo, estava destinado a entrar nos anais da história como um governante fraco e incompetente, incapaz de atender às necessidades de seu povo. Ainda pior: em vários momentos críticos, ele ignorou o conselho dado por aqueles cujo trabalho era medir o sentimento público e estudar tendências políticas!

Ruas na Rússia
A Revolução Russa foi, na verdade, uma junção de conflitos.

O que é chamado de Revolução Russa foi, na verdade, dois incidentes separados que aconteceram em 1917, mas criaram raízes em 1905.

Um grupo de suplicantes se aproximava do Palácio de Inverno em Petrogrado, apenas para serem alvejados pelas tropas extras que o czar havia ordenado para guardar o palácio! É verdade que ele não estava em casa no Domingo Sangrento, como esse evento ficou conhecido, mas foi amplamente culpado por ter orquestrado o massacre.

Um profundo sentimento de traição tomou conta dos camponeses e da classe trabalhadora. Tradicionalmente, o czar era visto como um amigo das classes trabalhadoras; alguém que intercederia em seu nome se solicitado a fazê-lo.

Quando a Primeira Guerra Mundial estourou, o Império Otomano juntou-se às Potências Centrais, cortando as rotas comerciais russas e aprofundando ainda mais a crise econômica.

O agravante dos problemas econômicos do país foi o fato de que, para alimentar a máquina de guerra, o governo imprimiu milhões em moeda, o que levou a inflação a tal ponto que mesmo os trabalhadores bem pagos lutavam para comprar comida. Talvez o último insulto que o czar Nicolau fez foi assumir o comando militar em 1915.

Em vez de supervisionar os assuntos de Estado, ele deixou implícito que seus generais eram incompetentes e levou suas tropas a partir de uma derrota após a outra até sua forçada abdicação em 15 de março de 1917.

Aula de história: agora aprenda sobre as revoluções duplas que mudaram a política e o governo da Rússia.

Curso de história - A Grande Depressão

Não há dúvida de que a guerra para acabar com todas as guerras devastou a economia global, mas ela se estabilizou rapidamente e, em pouco tempo, muitos países estavam desfrutando de pelo menos estabilidade, se não prosperidade.

Os soldados, expansivos em seu papel de heróis de guerra que retornaram, estabeleceram a cultura corporativa sob a qual ainda trabalhamos hoje. Inovações fantásticas na indústria e na infraestrutura permitiram que muitos desfrutassem de relativo conforto e alguns poucos vivessem com luxo absoluto.

  • Henry Ford foi o pioneiro da linha de montagem móvel que permitia a produção em massa de automóveis;
  • FL Maytag, ex-fabricante de implementos agrícolas, construiu e comercializou máquinas de lavar elétricas;
  • Os refrigeradores que usam gases tóxicos como refrigerantes foram substituídos por gabinetes de resfriamento mais seguros, recém-inventados;
  • Telefones, rádios e outros aparelhos elétricos passaram ao consumo popular;
  • A casa própria na América se tornou mais acessível, graças às condições de crédito fáceis e às baixas taxas de juros das hipotecas.

Em pouco tempo, não havia mais nada para comprar - ninguém precisava de dois carros ou duas geladeiras. Automóveis e eletrodomésticos ficaram parados nas lojas.

Geladeira, que todos passaram a ter em casa
A economia começou a entrar em recessão quando todos já tinham carro e geladeira.

Os bancos começaram a falir - ninguém estava pedindo dinheiro emprestado. As taxas de juros permaneceram altas, causando uma onda de desconfiança entre os investidores. Era apenas uma questão de tempo até que a economia americana explodisse sob seu desequilíbrio financeiro insustentável.

O mercado acionário caiu em 29 de outubro de 1929 , quebrando tão magnificamente que cada país do mundo foi afetado de uma forma ou de outra.

E, sem mais nem menos, os bons tempos dos anos 20 acabaram. Em todo o mundo, as pessoas passaram anos de sofrimento e fome à medida que a Grande Depressão começava...

Licenciatura em história - A Alemanha nazista

Apesar da enorme dívida da Primeira Guerra Mundial e da incapacidade do governo da República de Weimar em controlar a inflação, após a introdução da nova moeda, as coisas começaram a correr muito bem. Também ajudou o fato de que a América lhes deu um alívio em suas reparações de guerra...

A Alemanha desfrutou deste período fora da austeridade. Isso proporcionou a eles um período de liberalismo e criatividade sem precedentes, os quais serviram para impulsionar a economia e a moral dos cidadãos.

Um homem não gostou, no entanto. De sua cela em Munique, ele ditou seu plano para implantar a sua ideologia na Alemanha. Você já deve ter ouvido falar dele em suas atividades de história 4 ano.

Após sua libertação da prisão em 1924 , ele ganhou seguidores ao pregar o nacionalismo, o sentimento pan-germânico e o anti-semitismo. Estava convencido de que os cidadãos alemães queriam exatamente o que ele prometia repetidas vezes. A aprovação durante seus discursos validou suas ideias.

Mestre da retórica, ele impulsionou a opinião pública de tal forma que, em 1932, o partido nazista detinha o maior número de assentos no governo no Reichstag. A partir daí, bastou um pouco de persuasão para que o presidente Paul von Hindenburg o nomeasse para a chancelaria.

Suástica, símbolo do nazismo
A Alemanha nazista de Hitler até hoje choca o mundo.

Dois pequenos ajustes governamentais depois, Adolf Hitler dirigia sozinho a Alemanha nazista...

Para que serve a história? Entenda a Segunda Guerra Mundial

O artigo 231 do Tratado de Versalhes de 1919 afirma especificamente que a Alemanha nunca deveria se rearmar. Hitler sentiu que tal concessão a deixaria indefesa no cenário global, impedindo-a de se tornar uma potência mundial. Para ele e para muitos alemães, os termos desse tratado eram intragáveis.

Depois de ganhar o controle do país, ele começou a reconstruir sua economia, principalmente por meio da fabricação de armas. Agora plenamente capaz de uma ação militar, ele conduziu suas tropas na invasão da Polônia em 1 de setembro de 1939. Assim, começou um dos capítulos mais sombrios da história da humanidade.

A guerra mais sangrenta e custosa de todas, entre Eixo e Aliados envolveu todas as nações do globo, até mesmo os oceanos e céus. Desde nações que não sabiam que havia animosidade contra eles até ataques devastadores - Japão em Pearl Harbor, americanos na Itália - de repente, meros meninos se viram lutando contra inimigos inimagináveis.

A Segunda Guerra Mundial não foi apenas devastadora em termos de capital humano e economia, mas moldou a política mundial nas décadas seguintes. Por mais de 40 anos, a Alemanha permaneceu dividida pela Cortina de Ferro.

Apesar de todas as potências globais prometerem nunca mais repetir o horror da bomba atômica, ainda hoje alguns governos agem de forma rápida demais com a capacidade nuclear - tecnologia possibilitada pela luta para criar a arma definitiva que finalmente encerraria a guerra 73 anos atrás.

"Aqueles que não conseguem se lembrar do passado estão condenados a repeti-lo." - George Santayana

Todos esses eventos históricos ecoam em nosso mundo moderno e mostram precedentes da filosofia política atual.

O Brexit é uma reversão para o isolamento esplêndido? O desejo de Donald Trump por um muro de fronteira é uma arrepiante repetição da Berlim do pós-guerra?

Só o tempo dirá, mas, felizmente, mais pessoas olharão para a história para evitar desastres em escala global.

Precisando de um professor de História ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Marcia

Jornalista. Professora. Tradutora. Bailarina. Mãe. Mulher. Dedicada às minhas lutas diárias. Em constante transformação. Quando não há mais nada a dizer, escrevo!!!