Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como arrasar nas fotos com o Lightroom?

De Marcia, publicado dia 22/07/2019 Blog > Artes e Lazer > Fotografia > Aprenda a editar imagens no Lightroom

“Uma fotografia reproduz até o infinito apenas uma vez.” – Roland Barthes

Entre os softwares fotográficos mais populares, podemos considerar que o Adobe Lightroom está em uma boa posição! Esse editor de fotos, graças a pré-ajustes ou ferramentas diferentes, é o aliado ideal para todos aqueles que desejam aprender sobre pós-produção.

Encontre e baixe O primeiro passo é procurar o Lighrtoom para download.

Então é claro que, mesmo que você seja um fotógrafo amador, o Lightroom pode ser do seu interesse e até se apresenta como uma ferramenta indispensável, cujo uso desde sua criação em 2002 evoluiu muito! Desenvolvido em duas formas (Lightroom Classic e Lightoom CC – uma versão mobile), editar uma imagem nunca foi tão fácil!

Mas então, como começar e usar o Lightoom? Não entre em pânico, aqui estão as nossas dicas!

Instalando o Lightroom

Lightroom é um software de edição de imagens que, ao longo dos anos, sofreu muitas mudanças, o que tornou o seu uso mais fácil e barato. Porque sim, o Lightroom, assim como o Photoshop, é um software pago.

Disponível para pessoas físicas e empresas, para alunos e para professores, aqui está uma pequena recapitulação do que esperar quando você obtém o Lightroom:

Dependendo do armazenamento, recursos ou status, o Lightroom é mais ou menos acessível. No entanto, assim como o Photoshop, existe uma versão de avaliação de 30 dias, que você pode testar.

Mais concretamente, se você tiver certeza do seu investimento, para baixar o Lightroom, basta acessar adobe.com., criar uma conta e seguir os passos indicados.

Quando essa etapa estiver concluída, vá para o seu computador (ou celular – lembra da versão mobile?) e procure pelo ícone do Lightroom em seus aplicativos. No Windows, você o encontrará na pasta “arquivos de programa” , enquanto no Mac, o ícone estará em “Aplicativos”.

Familiarizando-se com o Lightroom

“Você não tira uma foto, você a cria.” – Ansel Adam

Fotos e imagens Como o próprio nome sugere, o Lightroom pode ser uma luz em seu trabalho.

Usar o Lightroom não é necessariamente inato quando você não domina os conceitos básicos de retoque do Adobe Photoshop. Assim como outros programas (Gimp, por exemplo), você precisa aprender. Entre as diferentes configurações, correções jpeg, ou o espaço de armazenamento para dominar, devemos ser capazes de nos sentir o mais confortável possível com este software, que nos acompanhará diariamente.

Esta é a razão pela qual um pouco de tempo de adaptação pode ser necessário, juntamente com conselhos sábios! Aí vai…

Importar uma foto no Lightoom

O que seria do Lightroom sem as fotografias? Para retocar, classificar ou indexá-las, você precisa importá-las. Um primeiro passo simples, que é feito a partir de um computador, mas também diretamente de uma câmera.

  • Escolha a pasta em questão que contém as fotos desejadas;
  • Em seguida, clique em “adicionar”, para importar as fotos;
  • Mantenha selecionada apenas as fotos que você deseja importar;
  • À esquerda, algumas etapas e parâmetros adicionais são propostos, de acordo com suas necessidades e seus desejos.

De uma câmera, os passos são um pouco diferentes, mas não menos simples de entender:

  • Escolha o cartão da câmera à sua esquerda;
  • Clique em “copiar” no topo;
  • Selecione apenas as fotos desejadas;
  • Assim como em um computador ou disco rígido, configurações de importação adicionais estão disponíveis à direita.

Para iniciar a importação, clique em “importar” no canto inferior direito da tela e pronto!

Adicionar informações de uma foto no Lightroom para classificá-la

O Lightroom realmente se apresenta como uma ferramenta de classificação, onde cada editor de fotos é indexado e se encaixa entre os outros.

Você pode ganhar algumas noções em uma aula de fotografia.

As diferentes ferramentas do Lightroom

O Lightroom se apresenta como um software de pós-processamento para fotógrafos, cujas ferramentas de correção são bastante simples e eficazes. Entre elas, encontramos:

  • A correção dos olhos vermelhos;
  • Cortar uma imagem;
  • Escolher e aplicar predefinições nas fotos;
  • Excluir defeitos;
  • Melhorar o balanço de branco;
  • Melhorar a nitidez;
  • Aplicar camadas;
  • Acentuar certas cores;
  • E muito mais!

Aplicar uma predefinição do Lightroom

Trata-se simplesmente de um conjunto de configurações e edições, que permitirá, uma vez aplicado a uma série de fotos, dar uma identidade comum, uma coerência a elas.

Para usar suas predefinições favoritas, basta clicar com o botão direito do mouse no nome indicado para selecioná-las. E você pode trocar sempre que não agradarem.

Mitigar olhos vermelhos no Lightroom

Uma luz ruim, um enquadramento ruim… e seus olhos ficarem vermelhos na foto da família. Não entre em pânico, tudo isso é editável no Lightroom!

Acertando a cor dos olhos Você pode tirar (ou colocar) olhos vermelhos com o Lightroom.

Escolha a fotografia em questão e, em seguida, vá para o módulo “desenvolvimento” . Aumente o zoom na parte em que você está interessado e clique em “Correção de olhos vermelhos” no lado direito da tela. A partir daí, é só selecionar os olhos que deseja corrigir.

Desfocar uma parte da foto no Lightroom

Quem nunca sonhou em fazer uma foto artística, onde o primeiro plano (ou o fundo) é totalmente desfocado, com destaque apenas para a imagem principal? Há um ícone específico para aplicar esse efeito, cuja intensidade pode ser ajustada.

Como progredir nas fotos graças ao software Lightroom?

Se você é fotógrafo profissional, amador, iniciante ou avançado, o software de fotografia Lightroom é uma ferramenta real para ajudar no seu progresso. Além de permitir que você navegue em suas fotos e edite o que está errado, o software também economiza seu tempo.

Não se trata apenas de tirar fotos, e depois gastar seu tempo editando-as para remover olhos vermelhos ou outras imperfeições. Também é importante usar o software para entender melhor de onde seus erros estão vindo.

Economize tempo

Quando alguém começa a trabalhar em foto, o número de fotos perdidas é muito importante. Gerenciando o fluxo de fotos, você não perde seu tempo. No entanto, para progredir e aprender novas técnicas de enquadramento, gerenciamento de luz, distância focal, etc., reserve um tempo para se exercitar no Lightroom.

Desenvolva um olhar mais crítico

Usar os erros é a melhor maneira de progredir na fotografia, como em muitas outras áreas. O uso regular do software Lightroom significa que você está tentando entender os erros cometidos ao iniciar sua câmera.

Quando você toma um tempo para corrigir o horizonte ou o enquadramento de uma foto, isso também permite que você entenda como fazer melhor da próxima vez. Este tempo de correção é, portanto, precioso e essencial.

Faça um tour pelas suas fotos

Outra solução para progredir rapidamente na fotografia com o software Lightroom: não jogue todas as suas fotos perdidas fora e observe as configurações para entender o que está errado.

Algumas fotos perdidas podem ser corrigidas e ajudar você a progredir. O software Lightroom permite que os fotógrafos visualizem as diferentes configurações usadas ao fotografar. Você será capaz de perceber as configurações ruins que você usou para evitar cometer os mesmos erros.

Use arquivos RAW para trabalhar no Lightroom

Muitos iniciantes em fotografia não pensam em fotografar em RAW, mas esse formato de arquivo de foto é quase essencial se você realmente quiser controlar as configurações de pós-processamento.

O arquivo RAW torna mais fácil e eficiente o desenvolvimento de suas fotos digitais.

Mas qual é a diferença entre RAW e JPEG?

O JPEG é, de alguma forma, uma versão compactada da fotografia. JPEG já está desenvolvido. As configurações são menos óbvias, pois todas as informações da foto não estão mais presentes.

Por outro lado, o RAW é uma foto ainda crua. Tudo ainda é possível, pois todas as informações genuínas estão acessíveis. Isso facilita a correção do balanço de branco, contraste, exposição ou saturação sem danificar a imagem.

Iniciantes pensam erroneamente que este formato de foto é mais complicado de lidar, mas na verdade, acontece o oposto. O arquivo RAW facilita a vida dos fotógrafos.

No entanto, entusiastas da fotografia muitas vezes não conseguem abrir seus arquivos RAW no software Lightroom. Você deve saber que cada tipo de arquivo RAW é específico para um tipo de câmera. Se a sua câmera for mais recente que a data de atualização do software, há uma boa chance de ele não reconhecer o arquivo.

Nesse caso, é necessário atualizar o software de fotos do Lightroom .

Um pequeno conselho de fotógrafo: se você não espera tirar muitas fotos, pode fotografar em RAW e JPEG ao mesmo tempo para obter uma foto já desenvolvida, caso não tenha tempo de refazer o RAW. No entanto, se você pensa em tirar muitas fotos, esse sistema pode mostrar rapidamente seus limites, já que cada foto ocuparia duas vezes mais espaço.

Aprendendo com o software de fotografia Lightroom

O software de fotografia Lightroom não é usado apenas para corrigir erros cometidos durante as fotos. Assim como o Aperture, este software também é muito usado para estas opções avançadas:

  • Reconhecimento facial;
  • Criação de imagens HDR;
  • Panoramas;
  • Criação de galerias online:
  • Sincronização de coleções em todas as telas,

Uma boa opção é referenciar as fotografias que você tirou. Muitas câmeras possuem esse sistema de geolocalização. Uma vez no Lightroom, um mapa interativo permite que você encontre todos os lugares que você gravou. Esta opção é particularmente útil se você estiver fazendo fotografia da vida selvagem, por exemplo, pois saberá onde viu este ou aquele animal.

Definições úteis para o software de foto Lightroom

Quando começamos a edição de fotos, nem sempre é fácil entender todos os termos relacionados ao desenvolvimento digital e todas as suas ferramentas. Para ajudá-lo a ver com mais clareza o uso do software, aqui estão algumas definições.

Montando fotos e esquemas Suas montagens nunca mais serão as mesmas com o Lightroom.

  • A HDR, ou High Dynamic Range é uma técnica de montagem com várias fotos que retratam o mesmo assunto, o que proporciona cores vivas e sobreposições. As diferentes luzes criam uma foto muito brilhante, que às vezes não parece real;
  • O histograma é uma representação gráfica da posição dos pixels em uma foto. Geralmente representado por uma curva, ele ajuda a entender melhor as características de uma imagem;
  • A resolução é a quantidade de pixels em uma foto. Essa resolução é expressa em DPIs no computador.

Agora que você tem uma boa noção da teoria do software Lightroom, você só precisa praticar! Então boa sorte na sua edição, e não se esqueça, divirta-se!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar