Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Conselhos para escolher bem seu professor de balé

De Fernanda, publicado dia 10/11/2017 Blog > Artes e Lazer > Dança > Como encontrar um professor de dança clássica?

Considero desperdiçados os dias nos quais eu não dancei.

F. Nietzsche

Sendo assim, quantos dias será que você já desperdiçou? É hora de entrar para o balé!

Seja num ateliê ou oficina de dança, sessões de alongamento ou em iniciação de dança clássica: o professor tem uma grande importância no progresso do aluno.

Ele está lá para ensinar a musicalidade, o ritmo, o posicionamento do corpo ou a expressão corporal por meio da prática da dança clássica.

Mas como encontrar um profissional que corresponda às nossas expectativas?

O Superprof orienta você nessa busca pelo professor ideal de dança.

Várias opções para encontrar seu professor de balé clássico

Dicas sobre como achar um professor de dança. O seu sonho é saber dançar na ponta dos pés. Mas por onde começar? Onde encontrar as melhores aulas?

Encontrar um professor de coreografia de dança clássica não é tão difícil. Muitas estruturas oferecem aulas clássicas de dança. Escolha simplesmente aquela que melhor se adapta ao seu nível e às suas expectativas.

Participar de aulas em companhias de dança e festivais

Há diversas modalidades de companhia de dança e de institutos que oferecem uma formação mais consistente de bailarinos e de dança em geral. Isso vai depender do vínculo da escola ou companhia com instâncias públicas ou não. Muitas prefeituras abrem editais anuais para contratação de bailarinos. O fato é que, na maioria dos casos, é exigida uma experiência mínima para o ingresso nessas escolas, e os dançarinos passam por um processo seletivo rigoroso com entrevistas e audições.

Quanto aos festivais, muitos oferecem uma programação paralela com a oferta de aulas, cursos, oficinas e workshops. Uma boa oportunidade para descobrir a dança e qual modalidade de ensino estaria mais adaptada às suas expectativas.

Há dezenas de festivais e eventos de dança ao longo do ano, entre eles o Troféu Vaudeville, Festival de Dança de Londrina, Festival Mogi das Cruzes em Dança, o Encontro Nacional de Dança, entre muitos outros.

Escola de Dança Maria Olenewa

Estudar em uma das mais tradicionais escolas de dança do país é um sonho que muitos bailarinos podem realizar anualmente. Todo ano, no mês de outubro, a Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, pertencente ao Theatro Municipal do Rio de Janeiro – vinculado à Secretaria de Estado de Cultura, em atividade desde 1927, aceita inscrições para o programa de seleção de novos alunos.

Mais de 300 jovens se inscrevem na escola, buscando a habilitação em “Técnico-Bailarino para Corpo de Baile”. Eles são analisados pela banca de professores e os que conseguem ingressar na escola estudam por nove anos. As aulas são gratuitas e divididas em quatro módulos: preliminar, básico, médio e técnico. Entre os alunos aprovados, pelo menos 30% são originários de projetos sociais do Rio, como o Dançando Pra Não Dançar e a Casa de Iniciação às Artes. No último ano, a Escola de Dança Maria Olenewa contou com 270 alunos entre novatos e veteranos.

A instituição, ao longo de sua existência, vem sendo responsável pela formação dos mais importantes nomes brasileiros que atuam no balé seja como bailarinos, coreógrafos, maîtres no Brasil e no exterior. Entre eles estão as primeiras bailarinas do Theatro Municipal Nora Esteves, Aurea Hammerli, Claudia Mota e Márcia Jaqueline, além de outras artistas com carreira internacional como Márcia Haydée, que foi uma das bailarinas principais do Ballet de Stutgart, da Alemanha, e Roberta Marques, que brilhou como primeira bailarina do Royal Ballet, de Londres, e atualmente se apresenta como estrela convidada da famosa companhia inglesa.

E como começar a estudar dança depois de adulto?

O Festival de Dança de Joinville 

Dentro ou fora do palco, o Festival de Dança de Joinville é um evento consolidado pela tradição, pelo profissionalismo e pela pluralidade dos participantes. Concorrer na Mostra Competitiva, apresentar-se na Meia Ponta ou Palcos Abertos nas praças, bairros, shoppings e fábricas ou com um foco voltado a atividade didática. O Festival engloba a realização de cursos e oficinas com fins de aperfeiçoamento profissional, workshops gratuitos para os coreógrafos inscritos no evento, seminários de dança, projetos comunitários, palestras, debates, entre outras ações.

O evento reúne mais de seis mil participantes diretos e atrai público superior a 200 mil pessoas numa média de 170 horas de espetáculos.

Confira todas as atividades que integram a programação do Festival de Dança de Joinville:

  • Noite de Abertura
  • Cursos e Oficinas
  • Noite de Gala
  • Seminários de Dança
  • Noite dos Campeões
  • Feira da Sapatilha
  • Mostra Competitiva
  • Rua da Dança
  • Meia Ponta
  • Visitando os Bastidores
  • Palcos Abertos
  • Dança Comunidade

Dança clássica em uma associação

Administrados por uma equipe associativa, as associações contratam um ou vários professores para ensinar aulas de dança ou balé clássico, dança contemporânea, mas também outras modalidade de dança como jazz, sapateado, dança de salão, salsa cubana, tango argentino, etc.

Algumas oferecem aulas gratuitas e outras aulas com custo acessível, uma aulas de zumba, aula de dança clássica ou do ventre merecem ser experimentadas antes de adquirir um curso. Em todos os casos, o investimento é com certeza muito mais barato do que nas escolas particulares e companhias. O equipamento das instalações é variável e depende muito da notoriedade da associação e da ajuda que recebe.

Fazer aulas particulares na dança clássica

Você tem pavor dos olhares alheios, quer avançar rapidamente com orientação personalizada e / ou se preparar para uma audição ou concurso de dança? No seu caso, o ideal é fazer aulas particulares.

Há muitas maneiras de encontrar um professor particular competente e de acordo com o estilo de dança solicitado: nos classificados ou na internet, pelas plataformas que conectam estudantes e professores, como Superprof, em grupos do Facebook…

As aulas variam entre 50 e 150 reais por hora, dependendo do seu nível, da experiência do professor, da localização geográfica ou de seus objetivos.

Perguntas a fazer antes de escolher um professor de dança clássico

Antes de escolher um professor e uma escola de balé, é importante fazer algumas perguntas.

Certifique-se de que o professor tenha um diploma na área da música ou da dança. Verifique também as suas competências com educação. Na verdade, não é porque o professor é um excelente dançarino que ele sabe ensinar.

Costuma-se dizer que as aulas de dança são caras. Pergunte sobre os valores da formação.

Muitas vezes, há diversas opções de pagamento: mensal, trimestral, semestral ou anual. Algumas escolas e associações também oferecem pacotes de 10 aulas, muito útil se você quiser testar vários cursos (dança do hip hop, dança oriental, dança africana, rumba, etc.).

Além disso, alguns oferecem descontos para estudantes, desempregados e idosos, ou então caso você tenha vários membros da família fazendo aulas na mesma escola.

Qual escola de dança escolher? Um professor de dança clássica precisa ter experiência para poder ensinar para crianças.

Alguns professores de balé pedem aos alunos que utilizem roupas específicas durante as aulas. Informe-se sobre isso. Caso contrário, opte por um collant, meia-calça ou leggings, cabelos presos e um par de sapatilhas de balé. Não utilize nada que possa dificultar seus movimentos.

Muitas vezes e sobretudo no início do ano, a primeira aula é oferecida gratuitamente. Ela é chamada de aula teste, para garantir que você tome a decisão correta. Lembre-se de aproveitar este momento para observar a didática do professor, os métodos de ensino e o programa do curso.

Em geral, uma apresentação de final de ano é realizada para destacar o trabalho dos alunos ao longo do ano. No entanto, isso pode acarretar custos adicionais para o aluno. Informe-se sobre isso.

Dica: veja a apresentação de dança de fim de ano de uma escola ou da associação que deseja integrar, para ver o nível, o estilo coreográfico e se isso corresponde às suas expectativas. Eles geralmente ocorrem entre outubro e novembro.

Curioso para descobrir a história do balé?

As qualidades fundamentais de um professor de dança clássico

A aula teste é também, acima de tudo, uma oportunidade para observar o professor e descobrir as qualidades essenciais a serem encontradas:

  • Didática: um dançarino profissional não é necessariamente um bom professor. O educador deve ser capaz de decompor os passos de dança e a coreografia para que todos os alunos entendam. Ele também deve ser capaz de se adaptar a cada aluno, mesmo em uma aula de grupo,
  • O nível da sequência coreográfica alinhada ao nível da aula: é normal encontrar dificuldades no início. Mas observe os demais alunos ao seu redor. Se ninguém consegue reproduzir a coreografia, o nível esperado talvez seja muito alto e prova que o professor não sabe como se adaptar aos iniciantes. Da mesma forma, se você já adquiriu um certo nível e a sequência parecer muito fácil e sem grandes dificuldades, algo está errado!
  • Paciência e benevolência: aprender a dançar leva tempo. O professor clássico deve saber disso. Por isso ele é paciente e gentil com seus alunos. Ele deve corrigi-los sem rigidez e deve explicar os erros e correções quantas vezes for necessário para aperfeiçoar o aluno,
  • A capacidade de motivar os alunos: quando um exercício é bem feito, um bom professor deve reconhecê-lo e felicitar seus alunos. Ele sabe como parabenizar e motivar seus aprendizes. O professor precisa ser um verdadeiro especialista em motivação!
  • Respeito pelos limites de todos, especialmente em termos de flexibilidade: na dança clássica, o alongamento é fundamental. Mas nem todos têm as mesmas habilidades, e isso não deve ser uma barreira ao aprendizado. Nenhum exercício deve machucá-lo.
  • Um tempo de aquecimento: para evitar o risco de lesões, o aquecimento deve durar um pouco, especialmente no balé. Antes de fazer exercícios na barra, pelo menos um terço do tempo da aula deve ser reservado para o reforço muscular,
  • As habilidades técnicas e artísticas do professor: um professor de balé deve, obviamente, fazer você sonhar, fazer você querer dançar como ele…. Ele precisa ser um motivo de inspiração. Seja na improvisação ou na execução de pas de deux e entrechats, ele precisa impressioná-lo.

Quais as qualidades de um professor de balé. Um bom professor de dança é…

Em síntese:

  • Em primeiro lugar, escolha o local onde deseja fazer suas aulas de dança clássica: companhias, escola, associação ou mesmo em casa,
  • Pergunte ao professor as questões essenciais: custo, horário, roupas de dança, apresentação, diplomas e experiência do professor, aula teste…
  • Procure o máximo de qualidades em seu professor de balé: didática, paciência, dedicação, competências, respeito…
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar