Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

De iniciante a bilíngue: a melhor estratégia para dominar a língua espanhola!

De Fernanda, publicado dia 17/08/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > Dicas para começar a estudar espanhol

Você decidiu finalmente fazer um curso de espanhol, mas não tem a menor ideia de por onde começar?

A gente te entende perfeitamente: começar os estudos de uma língua estrangeira (espanhol) não é nada fácil. E se, além de tudo isso, o seu nível no idioma em questão está perto de zero… Você vai precisar de paciência!

Você certamente tem suas próprias razões para estudar espanhol: herança familiar, vida profissional, quer viajar, expatriação, vestibular…

Quaisquer que sejam seus motivos para aprender a falar a língua espanhola, você deve se preparar antes de começar a botar a mão na massa.

Antes de mais nada, você vai precisar identificar exatamente qual é o nível do seu espanhol. É só a partir daí que você vai poder, então, criar um programa para seus estudos da língua de Cervantes, bem como seus objetivos de aprendizagem.

Não vê a hora de se juntar aos aproximadamente 500 milhões de falantes de espanhol em todo o mundo? Calma!

Estamos aqui para ajudá-lo a construir seu plano de ação para começar os estudos em espanhol, do nível básico, intermediário ou avançado!

Aprender espanhol com facilidade: iniciantes

Você não sabe muito sobre a língua espanhola? Nunca se interessou pela cultura espanhola como um todo? Não se preocupe, todos os bilíngues começaram de algum ponto remoto!

E se você está lendo este artigo é porque quer mudar isso.

E tem toda a razão. Aprender uma língua estrangeira é provavelmente uma das coisas mais gratificantes deste mundo.

Espanhol fácil: começando com o básico do básico

Se você é iniciante, o primeiro passo na sua aprendizagem será compreender os conceitos básicos. Para aprender o idioma facilmente, significa descobrir:

  • O alfabeto espanhol;
  • A pronúncia em espanhol e a acentuação tônica;
  • Os diferentes gêneros em espanhol;
  • Os artigos e os adjetivos;
  • O vocabulário básico (palavras, frases, saudação, cor, números, hora ou vestuário);
  • A gramática e a construção de frases simples afirmativas, interrogativas e exclamativas;
  • A negação;
  • Os verbos auxiliar “ser” (ser), “haber” (ter) e “estar”;
  • A conjugação dos verbos no presente, no pretérito passado e no futuro;
  • Os pronomes;
  • O condicional;
  • O imperativo e o subjuntivo presente e pretérito imperfeito;
  • Os diferentes tipos de adjetivos, advérbios e preposições.

Quando você tiver dominado estes conceitos para iniciantes mesmo aqui do Brasil, você estará pronto para passar ao próximo nível!

Qual é a melhor metodologia para progredir mais depressa no idioma? Fazer aulas de espanhol, é claro!

Só de olhar essa lista de conteúdo que preparamos, você já consegue imaginar o trabalho que o espera. Mas não se preocupe: com os recursos adequados, você vai pode aprender espanhol rapidamente e com calma. Saiba que você vai conseguir até estudar e se divertir ao mesmo tempo!

As bases de dados de língua espanhola também estão começando especialmente com os números. Qual é o vocabulário de base do espanhol?

Primeiramente, se você puder, recomendamos iniciar com aulas. Não importa se forem aulas em grupo ou individuais com um professor particular: você define qual é a melhor modalidade em função do seu orçamento (sessões individuais são mais caras do que as aulas em grupo) ou do seu desejo de encontrar com outras pessoas ou não.

Se necessário, oferecemos em nosso portal online uma ampla gama de professores particulares perto da sua casa. Procure já pelas melhores aulas de espanhol online no Superprof.

Além disso, não se esqueça de comprar os livros didáticos para iniciantes. Este tipo de obra é elaborada especialmente para pessoas de qualquer idade que desejam entender o castelhano. Há para todos os níveis, e certamente seu professor vai exigir que você trabalhe com ele.

Não despreze tampouco os novos recursos digitais e midiáticos, como vídeos, podcasts, sites e aplicativos educativos para celulares.

Esse tipo de mídia é excelente para treinar seu ouvido e você aprende se divertindo. Por fim, você também pode entrar no clima castelhano com a ajuda de séries e filmes em espanhol (com legendas em espanhol de preferência, ou português, se necessário). Que tal decifrar as letras de música dos seus cantores latinos favoritos?

Esses métodos, aliás, agradam também as crianças na hora de ensinar a língua espanhola!

Chegar no nível intermediário: que tal um professor de espanhol ou um curso de línguas?

Falar com quem para começar a fazer aulas de espanhol? Concentração e disciplina: chegou a hora de levar os estudos de castelhano a sério!

Agora que você já aprendeu o básico de espanhol ao lado de um professor, é hora de pegar no pesado. Bem-vindo ao nível intermediário!

Fazer aulas de nível intermediário: principais conceitos

Aprender bem o espanhol também é enfrentar aos poucos as possíveis barreiras e dificuldades. Agora é hora de aprimorar. Aqui estão algumas dicas para suas aulas de nível intermediário:

  • Praticar e aprimorar a pronúncia;
  • Se esforçar para construir frases mais complexas;
  • Estudar o vocabulário por temática (verbos, palavras, substantivos, adjetivos);
  • Estudar conjugação do tempo indicativo dos verbos regulares (presente, pretérito perfeito, futuro simples, futuro perfeito, pretérito mais que perfeito);
  • Descubrir os verbos irregulares;
  • Se aprofundar no subjuntivo (presente e imperfeito), condicional e imperativo;
  • Saber o uso adequado dos tempos e suas concordâncias.

Neste nível, você deve ser capaz de falar com uma pessoa nativa ou bilíngue e entender o que ela está dizendo.

Isso significa que não falta conteúdo para estudar! Será que é tarde demais para estudar castelhano?

Como aprimorar seu espanhol: falar e falar e falar!

Claro que, no nível intermediário, você sempre pode utilizar os livros didáticos e fazer aulas com um professor.

Mas agora que você já adquiriu os conceitos básicos da língua, tem que começar a praticar todos os dias. Isso significa falar, falar, falar e falar!

Do mesmo jeito, continue assistindo filmes, séries e vídeos em espanhol. Se puder, retire as legendas ou adicione somente legendas em espanhol. Evite sempre o português. Comece a ler livros e revistas. Esta é uma ótima maneira de construir seu vocabulário e de descobrir mais sobre gramática, ortografia e conjugação espanholas.

É sobretudo neste nível que você deve procurar alguém com quem se corresponder (nativo ou bilíngue) ou então viajar para um país hispanófono, para fazer um curso de espanhol. Na verdade, como a linguagem é uma ferramenta de comunicação, você vai logo perceber que, para progredir em espanhol, precisa vivenciar situações reais de troca com outros falantes do idioma.

Onde aprender uma língua estrangeira? Alegria, felicidade e aulas de espanhol valem qualquer investimento.

A vantagem de começar uma correspondência em castelhano é que é muito fácil de encontrar um parceiro! Depois disso, você pode muito bem começar (o quanto antes as aulas de espanhol!) a enviar e-mails, cartas ou utilizar ferramentas de bate-papo para falar com mais frequência. Se você tiver a oportunidade e se sentir confortável com isso, marque um encontro via Skype ou pessoalmente. A sua expressão escrita e a expressão oral vão agradecer 🙂

Lembre-se de que nunca é tarde para aprender espanhol!

Níveis avançados de estudo do espanhol: cruzando fronteiras…

Ao chegar nesta fase, você já deve estar se sentindo mais confortável com a prática do idioma. Você já adquiriu as noções de base. Isso permite que você converse de forma relativamente fácil com pessoas que falam a língua de Cervantes e compreenda perfeitamente o conteúdo da conversa.

Mas você quer progredir ainda mais em espanhol? Isso é uma coisa muito boa. Vamos então passar para a próxima etapa: plano de ação específico para o “nível avançado”!

Tornando-se bilíngue em espanhol: e se você tentar uma experiência de imersão em um país de língua espanhola?

Revise as listas dos níveis intermediário e iniciante quantas vezes for necessário. Faça isso até que domine estes conceitos perfeitamente (especialmente os tempos de conjugação mais complexos, como os nossos em português). Além disso, crie ocasiões para falar com entonação perfeita, pronunciando cada palavra e sílaba.

Não se esqueça de enriquecer o seu vocabulário diariamente. Por exemplo, que tal fazer um ritual diário e revisar uma pequena lista de dez palavras?

Viajar para aprender a falar espanhol fluentemente

Nos níveis avançados, deixe um pouco de lado os livros e as aulas de espanhol. Vá para a próxima etapa. A partir de agora, aposte tudo na prática! Quem sabe um dia você ainda não sonha em espanhol?

Como aprender espanhol em Cuba? Cuba: o charme e a musicalidade estão em todos os cantos das ruas.

Portanto, se você se corresponde com alguém em espanhol, continue a conversa. Quanto mais ela for regular, melhor. Além disso, se você vive em uma cidade grande, pergunte sobre os eventos dedicados à cultura hispânica. Para não mencionar os sites de encontros de amizade ​​ou de namoro (dependendo de suas necessidades).

Em suma: crie oportunidades para falar espanhol o mais frequente possível.

Além disso, se você puder, é altamente recomendável viajar. Não pense duas vezes: vá para a Espanha ou para um país de língua espanhola. República Dominicana, Cuba, Costa Rica, Argentina, Colômbia, Chile: há muitos lugares para descobrir o idioma.

Sorte a sua, pois todos estes lugares têm cenários paradisíacos, e que você precisa conhecer pelo menos uma vez em sua vida. Melhor: que tal passar alguns meses por lá?

Ao fazer isso, você vai mergulhar completamente na cultura hispânica. É claro, esqueça o português e evite a todo custo encontrar com brasileiros! Mesmo à noite, em casa, escolhendo programas de TV e livros. A tentação é grande!

Este é o melhor caminho a seguir para evoluir seu espanhol.

Agora que você tem o seu programa para aprender espanhol depressa, comece a estudar imediatamente! Quer uma boa dica para falar espanhol de um jeito fácil? Divirta-se e prefira sessões curtas de estudos.

Na verdade, é inútil trabalhar durante 1 hora por dia ou 2 horas por noite durante a semana e / ou no fim de semana. Bastam 15 / 20 minutos diários.

É o tempo necessário para assimilar os muitos conceitos que você ainda não conhece.

Assim, ao progredir aos poucos, mas com eficiência, você fica mais motivado para continuar a aprender a língua espanhola. E não se esqueça de que a melhor maneira de aprender uma língua ainda é com uma boa conversa!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Eduardo Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Eduardo
Convidado
Eduardo

Muito bom