Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aprenda a língua portuguesa para fazer provas

De Carolina, publicado dia 28/07/2017 Blog > Apoio Escolar > Português > Aulas particulares de português para concursos, vestibulares?

Um domínio perfeito do português é essencial para seu sucesso escolar (desde criança) e profissional: independente se você é bom ou não na língua, você terá que passar pela escrita para expor seus conhecimentos.

Porém, muitos alunos não sabem escrever bem o português por causa da baixa qualidade de ensino e com a superexposição às novas tecnologias.

Para aprender português, os métodos são diversos:

  • Fazer um cursinho particular de um curso preparatório
  • Intercâmbio no Brasil (para os estudantes de português língua estrangeira)
  • Fazer uma formação contínua em uma escola de português (para os estudantes de português língua estrangeira)
  • Aulas intensivas durante as férias em universidades e institutos de ensino superior

As aulas particulares de português são uma excelente alternativa para a aprendizagem tradicional.

Graças a sua pedagogia, os professores particulares vão propor exercícios de português adaptados, no oral e no escrito, que abrangem todos os temas: gramática (pontuação, acento, conjugação, ortografia, concordância, regência…) e, para os estrangeiros, pronúncia, cultura, história brasileira, etc.

Escrever bem é fundamental para uma prova

Independente de seus estudos (letras, ciências, matemática), você será obrigado a escrever bem o português, textos que vão demonstrar seu nível na língua.

Além do conteúdo do seu texto, os examinadores vão observar seu domínio das regras gramaticais, sua ortografia, seu estilo de escrita, etc. Tudo conta para sair na frente da concorrência e ser bem avaliado pelo professores.

Pense sempre que, se o examinador estiver em dúvida sobre a sua nota, a balança vai pesar a seu favor se seu português estiver impecável!

Escreva e se expresse bem em sua língua materna Cuide bem do português desde cedo. Ele será um grande diferencial na sua vida adulta

Além de ser uma qualidade importante no dia a dia, o domínio do português é um indicador de sua cultura e demonstra a sua capacidade de se comunicar.

As capacidades escritas do candidato são primordiais: uma prova de profissionalismo, implicação. Um texto sem nenhum erro é sempre valorizado!

Infelizmente, muitos brasileiros não dominam sua língua materna. Somente 8% da população tem condições plenas no idioma, de acordo com uma pesquisa realizada em 2016 pelo Instituto Paulo Montenegro e a ONG Ação Educativa.

Isso quer dizer que somente 8 pessoas em 100 sabem escrever e interpretar diferentes tipos de texto: opinativo, e-mails, cartas, artigos, mensagens, etc. Triste realidade que revelam as péssimas condições sociais brasileiras, principalmente da educação.

Infelizmente, a maioria dos brasileiros tem dificuldades de dominar sua própria língua materna. Se quiser testar seu nível de português, você pode acessar um teste online.

Veja as regras dessa língua que causam mais problemas:

Durante a preparação para as provas, lembre-se de revisar bem as regras básicas da língua portuguesa. Um texto sem nenhum erro será a prova de muita motivação! Seu examinador vai recompensar, com certeza!

Então, quem são os responsáveis por esses erros?

O principal, como já dizemos, é a situação social brasileira. Nós somos um dos países com mais desigualdade, onde tem miséria e milhardários ao mesmo tempo.

Somos um país de condomínios fechados e favelas sem saneamento básico do lado. Uns podem pagar para ter escolas boas, outros têm que se contentar com a escola pública sem carteiras e material didático para todos.

E os professores, o que fazem diante dessas condições precárias? Então, há muitos culpados, mas o principal seria o governo que não dá condições mínimas para a população ter uma boa base educacional.

O idioma serve para o Enem e para toda a vida Programe seus estudos e não deixe de estudar a língua portuguesa

Grande parte da responsabilidade também é dos pais que devem estimular seus filhos dentro de casa. Não adianta eles frequentarem boas escolas se não tiverem um ambiente propício para estudar, crescer, alimentar…

O papel dos pais é sempre estimular seus filhos e dar-lhes o necessário para ter um bom desenvolvimento escolar e pessoal.

Há uma parcela de culpa também das novas tecnologias que facilitam a comunicação em detrimento do bom uso da língua. Não escrevemos mensagens de SMS da mesma forma que escrevemos uma redação no vestibular, ainda bem!

Mas muitos jovens não sabem fazer essa diferenciação porque não conhecem bem a língua clássica. Por isso, fazem muitos erros em redações e textos que deveriam ser sanados com uma boa base do idioma.

Outro problema é que eles não estimulam suficientemente seu cérebro para língua. Antigamente os jovens e adultos liam mais, o que trabalha muito mais o cérebro que assistir à televisão.

Não se esqueça que nossa mente funciona como um músculo. Quanto mais exercícios, mas ela vai ser trabalhada e funcionará melhor. Se não estimulamos nosso cérebro para língua, ele vai deixar esses conhecimentos de lado e acabaremos esquecendo o que estudamos em sala ou aprendemos ao longo da vida.

Então, é difícil apontar a de quem é a culpa. Mas todos nós podemos voltar atrás e trabalhar nossa língua portuguesa desde já.

A língua portuguesa é muito importante para o desenvolvimento pessoal A realidade do ensino brasileiro é triste, mas há saídas para ter um bom nível de português

Lendo, estudando português, escrevendo textos, fazendo aulas particulares para revisar os conceitos, etc.

E para quem quer fazer concursos, vestibulares, Enem, não se esqueça que você poderá contar somente com seus conhecimentos. Não haverá corretor ortográfico automático nem gramática online. Por isso, aprenda o português!

E isso não é missão impossível de ensinar português para os disléxicos

A importância do português no vestibular e Enem

Todas as provas de vestibular e Enem têm uma prova específica da língua portuguesa, literatura e redação.

Mas por que isso é tão importante para gente a ponto de ser comprado na prova do vestibular e do Enem?

É através da interpretação de texto que notamos se os alunos têm discernimento e capacidade de entender aquilo que está sendo transmitido para ele.

Imagine o quanto isso é importante na vida profissional (saiba a visão de um professor sobre o português)? Por exemplo, se o seu chefe envia um e-mail explicando todas as tarefas que têm que fazer em um mês?

Se você não entender direito o que ele escreveu, não vai conseguir cumpri-las e seu trabalho ficará comprometido.

Claro que o chefe também tem que escrever claramente e sem erros para que o emprego entenda bem.

E se você for o chefe? Por isso, em qualquer situação, a gente tem que aprender a escrever de maneira correta e clara.

Isso faz parte da nossa formação como adultos e futuros profissionais. Não é só a escola, o vestibular e o Enem que cobrarão isso de você!

Então, quanto mais estudar para o vestibular e o Enem, menos dúvidas terá na vida adulta no contexto profissional e pessoal.

Ler os clássicos da literatura, por exemplo, ajudam a manter o português fresco na memória (mesmo se você ler um texto traduzido para a língua). Além disso, você ganha conhecimentos gerais e enriquece seu vocabulário.

Então, ler livros não é somente para o vestibular e Enem.

Não se iluda, em algum momento da vida, você será cobrado pelos seus conhecimentos gerais. Se não procurar aprender o quanto antes, quando o fará?

Exames e concursos: o português na ponta da língua

Nunca se viu tantas pessoas fazerem concurso público. A razão (e muitas para aprender o português) é simples: como o país passa por uma profunda crise política e econômica, os empregos na iniciativa privada estão cada vez mais instáveis e precários.

Por isso, muitas pessoas procuram pela segurança dos serviços na função pública. A principal porta de entrada para a carreira pública é o concurso.

Aqui, o intuito é justamente criar uma peneira para separar o joio do trigo, quem estudou mais ou não, quem tem mais sorte ou não.

Enfim, parece que a receita para passar em concursos públicos não existe, a não ser estudar e se preparar muito!

Quanto mais alto for o cargo e o salário, mais esforço os candidatos terão que fazer para passar.

Quem faz concurso na maioria das vezes já é adulto e o perfil das provas não tem nada a ver com vestibular e Enem.

O intuito aqui é confirmar o conhecimento do adulto, não ajudá-lo a construir como acontece nas provas no fim do ensino médio.

A gramática é essencial para passar em provas abertas Estude muito português para passar em cargos públicos de alto escalão

Tanto é que muitas questões de português são praticamente pegadinhas. Isso quer dizer que muitas questões exigem o conhecimento da exceção da exceção da regra.

As provas abertas também exigem um bom domínio na língua e nas técnicas da escrita. Você não precisa ser um escritor e escrever de maneira literária, mas tem que dominar as regras da gramática do português e expressar suas ideias e argumentos de forma estruturada e clara.

Isso não é o suficiente! Porque você também tem que trabalhar o conteúdo dos textos. Eles serão determinados pelo enunciado ou tema da redação.

Ou seja, há três pontos fundamentais em provas abertas e redação:

  • Ter uma base boa de conhecimentos gerais. Isso porque você terá que ter bons argumentos para escrever seu texto e convencer o examinador.
  • Conhecer as regras gramaticais: ortografia, concordância, regência, acentuação, pontuação, sintaxe…
  • Escrever de forma estruturada e clara. Afinal não adianta conhecer sobre o assunto pedido, ter argumentos convincentes, mas não saber expressá-los corretamente.

Preparado para enfrentar as provas de português?

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar