Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como os brasileiros e os alemães cooperam diariamente?

De Joseane, publicado dia 30/06/2018 Blog > Idiomas > Alemão > Relação econômica entre Brasil e a Alemanha

Atualmente o Brasil é considerado a oitava maior economia mundial e a primeira maior economia da América Latina. Nossa economia abrange os três setores: primário, secundário e terciário. Isso significa que a base da nossa economia está principalmente direcionada à pecuária, à agricultura, à industria de transformação. Sem esquecer que o país está em crescente expansão no comércio e no setor de serviços, com imenso destaque para o turismo.

Em 2009, o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil chegou a atingir a aproximadamente US$ 1,5 trilhão, sendo considerado um país em franco desenvolvimento econômico. Hoje, o Brasil é o 65º país no no mundo no ranking do PIB per capita, com um Produto Interno Bruto (PIB) de 6,559 trilhões de reais, segundo dados de 2017.

Por outro lado, ainda temos muito que aprender como nossa maior parceria, a Alemanha é uma das economias mais importante da Europa. Ela é a quarta potência econômica mundial, só ficando atrás dos Estados Unidos, China e Japão. Dentre os 12 países que compõem a Zona do Euro, a Alemanha é a que possui maior influência em termos financeiro. De acordo com dados de 2010, a Alemanha tem o poder de compra avaliado em 2900 bilhões de dólares, sendo considerado o maior da Europa e o quinto mais avançado do mundo.

Fique por dentro da cultura e da língua alemãs fazendo curso de alemão online!

Parceria econômica que deu certo

A Alemanha possui consulados em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e uma embaixada em Brasília. Já o Brasil possui uma embaixada em Berlim. Essa ligação entre o Brasil e a Alemanha é historicamente conhecida, são relações diplomáticas estabelecidas entre a República Federativa do Brasil e a República Federal da Alemanha devido a interesses em comum.

Morar na Alemanha nunca foi tão fácil A boa relação entre Brasil e Alemanha facilita o intercâmbio entre essas duas potências

Como já mencionada, as relações entre os dois países é bem antiga, data de 1824, quando deu início ao processo de colonização alemã no Brasil, com a chegada de imigrantes alemães na região sul do país. Há registro de que em 1885, a Prússia  reconheceu a independência do Brasil, tornando possível em 1886 a abertura do consulado brasileiro em Hamburgo.

Durante a 1º Guerra Mundial – O Brasil suspendeu as relações diplomáticas com a Alemanha, após ter seus navios mercantes afundados pelos submarinos alemães.

Na 2º Guerra Mundial – Inicialmente o Brasil se declarou oficialmente neutro, no entanto, essa neutralidade foi quebrada no momento em que o submarinos alemães começaram a atacar os navios brasileiros. Chegando em 1942, ao reconhecimento do “estado de beligerância”.

No pós-guerra – Em julho de 1951, após a Segunda Guerra Mundial, as relações diplomáticas entre o Brasil e a Alemanha foram restabelecidas, com a construção de uma embaixada alemã em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Acredita-se que o ano de maior ligação entre os dois países tenha sido em 2013, quando a Alemanha reconheceu o verdadeiro potencial do Brasil. Assim, em 2015, Angela Merkel, primeira-ministra alemã, esteve no Brasil em companhia de sua valiosa comitiva de secretários de estado e ministros para dar início ao processo de consultas intergovernamentais de alto nível entre Brasil e Alemanha. Esse estreitamento das relações econômicas é bastante favorável para o Brasil, tendo em vista que a Alemanha é uma potencia mundial e mantém o mesmo tipo de relacionamento estrito com outros países, destacando aqui: Espanha, França, Itália, Israel, Rússia, Polônia, China e Índia. Tudo isso significa que o Brasil entrou para um seleto grupo de países que cooperam com a Alemanha.

Faça parte desse grupo seleto, tenha aulas de alemão e se transforme em uma potência de conhecimento!

As boas relações entre o Brasil e a Alemanha na economia

A prova de que o Brasil e Alemanha têm boas relações econômicas e bilaterais é o fato de que a Alemanha seja, desde 2012, o principal parceiro econômico do Brasil na Europa. Assim como é o quarto parceiro comercial do Brasil no mundo inteiro.

Estude alemão para viver na Alemanha Trabalho, estudo e turismo. A Alemanha abre suas portas para os brasileiros

Em 2015, o encontro entre os dois ministros: Ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira e o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, resultou em uma maravilhosa oportunidade para quem pretende estudar ou trabalhar fora. Os ministros  aproveitaram o encontro no Itamaraty para assinar um memorando de entendimento. A grande importância desse memorando é a possibilidade da concessão de vistos de férias e trabalho para que os cidadãos dos dois países possam ter, no outro pais, experiência profissional. Dessa maneira, os dois governos visam possibilitar a troca de experiências pessoal, profissional e cultural entre brasileiros e alemães.

Algumas ferramentas utilizadas para valorizar a parceria entre esses dois países

A bolsa Chanceler alemã para Futuros Lideres do Brasil é uma bolsa que possibilita jovens lideres brasileiros a estudar na Alemanha. Esse programa é uma iniciativa da Chancelar da Alemanha, Angela Merkel, que seleciona 10 jovens lideres brasileiros para aperfeiçoar seu talento, esses jovens irão estudar na Alemanha com ajuda de custo alemã. O objetivo do programa é incentivar o  intercâmbio multicultural e capacitar os estudantes profissionalmente. O programa é sucesso em outros países, mas só foi oferecido aos jovens lideres brasileiros em 2013.

Estude alemão sem sair de casa Aprender alemão é o caminho mais curto para se chegar na terra de Goethe

O grande responsável pela bolsa pertence ao Departamento de Seleção da Fundação Alexander Von Humboldt, Dr Damiam Grasmuch, ele veio ao Brasil para participar da divulgação do programa. E de acordo com ele, o programa apresenta muitas vantagens: potencializar o talento dos candidatos, chance dos candidatos estruturar sua carreira profissional e acrescentar mais conhecimento cultural.  Talvez a maior finalidade do programa seja criar pessoas capazes de serem agentes transformadores do seu país de origem.

Vale lembrar que dependendo da qualificação do candidato, o programa oferece aos aprovados a ajuda de custo mensal que varia entre 2.150 euros e 2.750. Além da ajuda de custo, a vivencia na Alemanha traz ao candidato um bagagem cultural ímpar, além de agregar mais conhecimento na área de interesse do estudante. Lembrando que aprender o idioma de nosso parceiro comercial é um diferencial na hora de conseguir uma boa qualificação profissional.

Outra ferramenta muito importante para fomentar essas parcerias é o resultado da cooperação entre o Ministério das Relações Externas da Alemanha e a participação do Ministério de Educação e Pesquisa. Juntas criaram o Centro Alemão de Ciências e Inovação, com a finalidade de dar visibilidade aos dois ministérios, em 2009. Os dois ministérios tinham como foco expandir a visibilidade no Brasil da Alemanha como um importante polo tecnológico e científico.

Um ponto relevante vislumbrado pelos dois ministérios era o de beneficiar o intercâmbio e a cooperação entre as instituições brasileiras e as instituições alemãs. É sempre bom salientar que a grande preferência pelo estado de São Paulo é devido ao importante papel de São Paulo na economia do país.Como ponto em comum, Brasil é Alemanha consideram a ciência e inovação áreas primordiais para garantir o pleno desenvolvimento econômico, ambiental sustentável e social.

Totalizando, são mais de 40 anos de cooperação científica entre os dois países. E ao criar o Centro de Ciências e Inovação, o famoso DWIH-SP, os dois ministérios conseguiram levar para o mesmo espaço, representantes de diferentes instituições alemãs, estreitando ainda mais a parceria entre o Brasil e a Alemanha. Podemos afirmar que o Centro de Ciências e Inovação foi uma importante iniciativa para que a Alemanha conhecesse melhor seus parceiros brasileiros.

Não seja derrubado pelo idioma na hora de buscar as melhores oportunidades. Conheça os melhores professores de alemão aqui no Superprof!

Uma relevante cooperação entre empresas brasileiras e alemãs

Recentemente, a  Federação da Indústria Alemã e a Confederação Nacional da Industria se reuniram em um Encontro Econômico Brasil e Alemanha em conjunto com a Comissão Mista de Cooperação Econômica para criar um plataforma conjunta para o aprofundamento das relações econômicas bilaterais. Esse talvez seja o mais importante encontro promovido para que os empresários dos dois países alinhem os seus interesses econômicos. O primeiro encontro aconteceu em 2017, em Porto Alegre e  teve um resultado bastante positivo. O segundo encontro estava previsto para acontecer no final de junho de 2018, na Alemanha.

Saiba onde aprender alemão Você fala alemão? Aprender alemão é essencial para viver na terra de Hermann Hesse…

Esse novo encontro, foi a oportunidade de aproximação entre os empresários do Brasil com os grandes empresário alemães. As relações comerciais entre Brasil e Alemanha prometem ter grande avanço depois dessa reunião de 2018.

Um exemplo notável de cooperação econômica entre os dois países

Assim como a Alemanha é um grande parceiro comercial do Brasil, o Brasil também é considerado um país relevante comercialmente para a Alemanha. Sendo assim, o Brasil é o mais importante parceiro comercial da Alemanha na América Latina, pode-se dizer que essa parceria é benéfica para ambos. Visto que o Brasil e a Alemanha têm interesses em comum. Um grande exemplo: ambos querem desenvolver uma parceria energética. Por isso, é vantajoso para os dois países que essa estreita cooperação econômica continue em expansão.

A cooperação entre Alemanha e Brasil tem sido tão positiva que em 2014 com o advento da Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil colocou em prática os projetos de infraestrutura orçamentada em aproximadamente 300 bilhões de dólares e  contou com a colaboração das empresas alemãs. Essas empresas investiram com seu grande potencial tecnológico e seu vasto conhecimento específico.

Essa cooperação fez com que a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos fossem um sucesso mundialmente. Sem falar que a união entre os dois países resultou na possibilidade de que muitas pessoas pudessem aprender sobre as novas tecnologias europeias. Sem contar com as novas oportunidades de emprego que foram surgindo ao longo dos anos.

Gostou? Ainda dá tempo de aprender Alemão e disputar uma dessas vagas.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...
avatar