Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como revisar para as aulas da língua do Oriente Médio

De Camila, publicado dia 15/12/2018 Blog > Idiomas > Árabe > Programa de revisão para curso de árabe

Optar por aprender árabe não é fácil para ninguém.

Você já faz aulas de arabe, ama a língua, a cultura, a religião ligadas ao idioma e agora pretende se lançar na aventura de fazer um teste de proficiência?

Isso sem contar que nem todos os alunos têm as mesmas disposições cognitivas: uns são mais lentos do que outros para aprender a ler, outros demoram mais para aprender como falar arabe, sem contar que muitos possuem dificuldades para conseguir escrever no idioma do Egito.

A grande maioria dos curso de arabe para brasileiros são formados por grupos de alunos iniciantes que nunca leram, escreveram, falaram ou ouviram uma única palavra em árabe.

A popularidade do aprendizado desse idioma como língua estrangeira no Brasil ainda é muito baixa se comparada com outras línguas como o inglês, o espanhol, o francês ou o alemão.

Isso sem contar que, para um lusófono, aprender arabe significa aprender tudo do zero, já que tudo relacionado ao idioma é diferente do português: alfabeto, pronúncias, números, caligrafia, etc.

Não era para ser diferente, já que o português é um língua de origem romana e o árabe, de origem semítica.

Sendo assim, é preciso muito mais esforço de um brasileiro lusófono para se assimilar o idioma do Marrocos do que o idioma da Inglaterra, por exemplo. E esse é apenas alguns dos motivos pelos quais não vemos muitos alunos se preparando para fazer testes de proficiência na língua da Jordânia.

Nosso programa de revisão pode ter dar uma luz! Não se desespere na hora de ver o tanto de conteúdo sobre língua árabe a ser revisado: faça-o pouco a pouco.

Ter sucesso em provas da língua árabe é, no entanto, completamente possível. Para tal, os amantes do idioma precisam de muita força de vontade e rigor, a fim de manter a motivação e o prazer de praticar o árabe:

Aprender o alfabeto, ler, escrever e falar em árabe, trabalhando a expressão e a compreensão oral e escrita.

Depois de alguns anos praticando árabe com regularidade, o teste de proficiência pode lhe render muitos pontos, um avanço significativo no domínio da língua, sem contar com o diploma atestando suas capacidades de compreensão e comunicação no idioma dos Emirados Árabes Unidos.

Para atingir um bom nível de árabe, é necessário esquecer os impasses, trabalhar com regularidade e assiduidade e, principalmente, adquirir os conhecimentos necessários para conseguir se sair bem na prova.

Aprender o alfabeto, assimilar o árabe e ter boas notas continua difícil?

Com um caminho tão longo e complicado pela frente, a escolha e a vontade de aprender muito bem esta língua viva é fonte de ansiedade?

Não entre em pânico! As aulas arabe existem para ajudá-lo a progredir! Se elas forem particulares, então melhor ainda!

Superprof te dá algumas dicas de como trabalhar em uma revisão com pontos essenciais que fazem parte de alguns programas de testes de proficiência em árabe. Com o auxílio e acompanhamento de um professor particular, você chegará no dia da prova preparado para passar no exame.

Veja também algumas dicas para te auxiliar nessa jornada de aulas de árabe!

Objetivos a serem adotados em um programa de revisão

O objetivo declarado de tais exames de proficiência é o de ter certeza que os alunos possuam uma competência bilíngue combinada a conhecimentos básicos da cultura árabe.

Para serem considerados como pessoas que dominam muito bem o idioma, os alunos precisam atingir ma nota que equivalha ao nível C1 do Quadro Europeu Comum de Referência.

Ou seja, devem adquirir um nível em que sejam autônomos na prática e compreensão do idioma.

Ao longo do curso, principalmente durante os ciclos intermediário e avançado, os aprendizes de árabe são treinados em expressão oral, assim como em expressão escrita do árabe moderno.

Além desse contínuo aprofundamento da prática, os professores contribuem muito para o enriquecimento do vocabulário árabe de seus alunos. O objetivo é que eles consigam se expressar corretamente, dominando a escrita árabe e a expressão oral, assim como todas as outras noções estudadas durante das aulas do idioma.

É preciso ter uma boa compreensão de texto em árabe para conseguir passar nos exames. O domínio da compreensão escrita faz parte da prova de proficiência em árabe.

Os estudantes desejosos em obter um diploma de proficiência em árabe em nível C1 precisam atingir um total de seis objetivos para terem sucesso na prova:

  • ser capaz de dialogar e se comunicar em árabe sobre questões da vida cotidiana e sobre questões sociais;
  • mostra compreensão oral de televisão, rádio, debates, discursos, filmes e documentários;
  • saber ler e escrever em árabe: literatura árabe moderna, a imprensa, os elementos do árabe padrão e alguns textos árabes coloquiais;
  • entender, explicar e sintetizar qualquer tipo de documento escrito ou oral;
  • ter a capacidade de interpretar, reescrever e reformular um texto;
  • ter habilidade de construir um argumento claro, conciso e limpo, tanto oral quanto escrito.

Além disso, o nível avançado visa proporcionar aos alunos um conhecimento profundo da cultura e literatura do mundo árabe. Linguagem e cultura são vistas em primeiro lugar através de precursores literários e filosóficos.

A fim de melhorar o nível de língua árabe dos alunos e instigar o gosto pela leitura, muitos trabalhos de literatura árabe são estudados durante as sessões de ensino com o professor particular.

Dicas para saber a quantidade ideal de aula de arabe para obter um bom nível.

Temas a serem revisados

O programa oficial para sair do nível A1 (total iniciante) e chegar no nível C1 (avançado) é muito denso. Língua e cultura árabe são estudados praticamente em sua totalidade, através de filosofia e literatura na história dos movimentos de pensamento até os dias atuais.

O Ocidente em literatura de viagens e romances:

O foco está na evolução das relações mantidas entre o mundo árabe e o ocidente através da história.

O ensino oferece um exame cruzado de todas as representações históricas, políticas, econômicas e sociais do mundo árabe.

A imprensa e os grandes debates da sociedade

O estudo das publicações feitas pela imprensa árabe permite compreender as grandes questões sociais que cruzaram o mundo árabe ao longo do século passado.

O objetivo é dar aos alunos uma formação árabe para discutir e ter um espírito crítico, para o exercício da escrita árabe jornalística e fala árabe.

Estar por dentro da imprensa árabe é essencial. Ler notícias em jornais do mundo árabe é fundamental para chegar preparado para a prova.

Amor

Este capítulo do programa dá lugar de destaque à poesia e à prosa. Ele se dedica a examinar as paixões sentimentais na literatura antes da civilização islâmica.

Dicas para escolher o professor de árabe certo.

Autobiografia

Tipo de produção muito difundida na cultura árabe-muçulmana desde o século XX, a autobiografia é aplicada dentro do programa com o intuito de sensibilizar os alunos para a emancipação gradual do peso individual da comunidade e da sociedade.

Modernidade: o Nahda

Nahda é o que os historiadores chamam de “renascimento árabe” do século XIX. Ele marca o surgimento da modernidade no pensamento e nas letras árabes.

Nesta parte, os alunos estudam as relações entre o mundo árabe e o Ocidente, ou seja, a transição de estilos literários como romances, contos e teatro para o árabe, assim como a evolução da língua do Egito.

Os desafios da modernidade nos séculos XX e XXI

Este módulo é orientado para o estudo dos grandes temas “pós-materialistas” do século XXI: direitos humanos, empoderamento feminino, liberdade, ecologia, etc.

Ao atingir um nível avançado do idioma, o aluno que faz cursos de árabe deve conhecer uma grande variedade de autores e correntes de pensamento do mundo árabe.

Se ele optou por aulas particulares de árabe, o professor particular é a melhor pessoa para orientá-lo em suas revisões.

Dicas ligadas ao preço das aulas particulares de língua árabe.

Compreensão da escrita árabe

Os testes de proficiência em árabe – assim como em todas as provas para atestar o nível de conhecimento de uma língua estrangeira – possuem uma primeira parte em que o candidato é avaliado em sua compreensão escrita. Isso quer dizer que o nível de leitura e compreensão de texto em árabe será colocado à prova.

Para chegar preparado na hora da prova, peça ao seu professor de árabe para trabalhar em tópicos já propostos em exemplos anteriores da prova que você pretende fazer (os famosos “simulados”).

Esse é um tipo de treino que funciona e motiva o aluno, pois ele se sente preparado e confiante para se lançar de cabeça nas avaliações.

A primeira parte do teste, destinada à compreensão de textos, assume a forma de uma série de perguntas explicativas sobre um texto escrito em árabe.

Em outras palavras, é preciso fazer aulas de árabe regularmente, pois as instruções do assunto não são traduzidas para o português!

Peça ao seu professor para selecionar dois ou três tópicos em cada aula para que você tenha a opção de treinar com textos sobre assuntos que você goste.

Você já domina a compreensão de textos em árabe? Entender bem o que é lido em árabe é uma das provas a serem superadas para conseguir um diploma C1.

Dicas de técnicas para ajudar a potencializar o desempenho de aprender árabe!

Trabalhando a expressão escrita

É chegada a hora da revisão para a avaliação de expressão escrita dos futuros arabófonos.

Trabalhe bem os parágrafos do seu texto, lembrando sempre das dicas e orientações passadas pelo seu professor de árabe ao longo dos anos de aulas e dedicação ao aprendizado da língua.

Um texto bem argumentado deve ter:

  • uma breve introdução;
  • um plano aparente de duas partes;
  • um conteúdo homogêneo ilustrado com exemplos;
  • parágrafos separados para cada um dos argumentos;
  • uma ou duas frases conclusivas.

Esta é talvez a parte mais difícil do exame, pois requer a capacidade de pensar e, ao mesmo tempo, a capacidade de ler e escrever um texto sobre uma questão formulada em árabe.

Portanto, não a negligencie já que ela pode lhe trazer vários pontos, culminando, quem sabe (e aqui estamos de dedos cruzados torcendo por você!), no tão suado, aguardado e desejado diploma atestando seu domínio bilíngue no idioma do Oriente Médio!

No mais, ótima revisão e boa sorte!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar