Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quais as melhores maneiras de aprender a falar inglês fluentemente?

De Marcia, publicado dia 08/04/2019 Blog > Idiomas > Inglês > Que tal aprender cultura inglesa em imersão?

“Uma língua coloca você em um corredor que dá para o mundo. Duas línguas abrem todas as portas ao longo do caminho.” – Franck Smith

A verdade deve ser dita: aprender uma língua na universidade ou no país de origem pode não ser necessariamente útil. Um curso de inglês em escola ou mesmo on – line, é vivido com mais intensidade, seja em pequenos grupos ou individualmente. O progresso é certo! No Brasil podemos sentir isso se analisarmos o mercado de trabalho e a chegada de pessoas de todas as partes do mundo.

Saber inglês tornou-se praticamente obrigatório para ter acesso aos melhores cargos e empresas e é comum que nos deparemos com imigrantes pelos lugares onde andamos. Não seria fantástico conseguir comunicar-se com essas pessoas em inglês?

Na verdade, fazer uma imersão no idioma permite a você aprimorar seu nível e tornar-se apto à comunicação. E essa não é uma tarefa difícil. Você tem em mãos todos os truques e todos os dispositivos existentes, seja para cursos de idiomas como parte principal dos estudos ou treinamento de inglês para complementar o que se aprende em uma escola de idiomas.

Organize seu curso de inglês com uma agência!

Seu nível de inglês é ruim? Você precisaria de um upgrade? Quer se preparar para os exames TOEFL, TOEIC ou IELTS? Então, as agências podem ser consideradas de suma importância nesse caminho, porque elas vão ajudá-lo a ir para o exterior fazer uma imersão em inglês!

Estudando inglês pelo mundo Algumas pessoas optam por viajar ao exterior para estudar.

Antes de mais nada, é necessário saber que o domínio da linguagem de Shakespeare é indispensável em muitos campos:

  • Em marketing, a fim de entender os termos universais usados;
  • Em eventos ou comunicação, para atender um público internacional;
  • Nas relações internacionais, para trocar ideias com outras pessoas no mundo;
  • No turismo, para se adaptar e atender as necessidades dos clientes.

É nessa perspectiva que as agências foram construídas. Elas oferecem as seguintes possibilidades:

  • Algumas oferecem opções de cursos curtos, que vão de duas a quatro semanas e podem ser feitos nos períodos de férias;
  • Outras oferecem preparação durante todo o ano para exames,
  • Outras ainda oferecem treinamento de inglês para crianças e adolescentes, mas também adultos.

Em média, uma viagem para aprender um idioma dura entre 7 dias e 4 semanas (87% das estadias). Estadias longas (mais de 4 semanas) são mais raras, mas as taxas estão diminuindo e já há fórmulas bem vantajosas

Existem agências que já atuam há anos no Brasil, aproximando pessoas de seu sonho de estudar inglês no exterior. Normalmente, representam a melhor opção para quem quer viajar, visto que todos os trâmites são organizados por pessoas que já têm experiência no assunto.

Entretanto, antes de escolher quem levará você ao país desejado, é importante pesquisar preços e reputação das opções existentes.

Depois de ter escolhido a sua agência e o seu destino, bem como a natureza da sua estadia, basta seguir os passos referentes a burocracias e assuntos administrativos!

Como ir para a Inglaterra com o Erasmus?

Você tem que fazer um estágio como parte de seus estudos, ou simplesmente quer descobrir um país de língua inglesa para ganhar habilidades linguísticas? Então o Erasmus é para você. Mas antes de começar, você precisa conhecer essa opção.

Erasmus na Inglaterra O Erasmus permite ao estudante conviver por algum tempo na Inglaterra.

Como a maioria dos programas educacionais europeus, há uma seleção e, de fato, uma competição real entre os candidatos, especialmente para uma partida para a Inglaterra. Aqui estão os diferentes passos a seguir para concretizar sua viagem ao exterior:

  • Saiba mais sobre as instituições anfitriãs do Erasmus, das grandes cidades em que você está interessado e das programações;
  • Entre em contato ou conheça o diretor de relações internacionais da sua universidade aqui no Brasil;
  • Prepare uma candidatura Erasmus completa e envie-a no devido tempo;
  • Espere pela resposta.

Seja para a formação em línguas, uma educação complementar ou encontrar trabalho, muitos estudantes escolhem a Inglaterra como um destino Erasmus

A maneira ideal de fazer uma viagem Erasmus para aprender inglês é preencher uma ficha de inscrição completa, que envolve:

  • Uma carta escrita especificamente para o seu projeto;
  • Fotocópia de transcrições de históricos universitários;
  • Uma carta escrita para o pedido de bolsa;
  • Uma a três cartas de recomendação de professores.

Então, assim que a sua candidatura for aceita, novos documentos serão solicitados. Primeiro, você deve ter um Cartão Europeu de Seguro de Saúde (EHIC). Ao ser vinculado ao seu seguro social estudantil, você pode obter este famoso cartão, que cobrirá seus custos de saúde durante sua estadia no exterior.

Sem esquecer alguns outros passos, que muitas vezes não damos importância, como:

  • O câmbio: a troca da moeda do seu país de origem por moeda estrangeira, para calcular o seu custo de vida durante a estadia;
  • A praticidade: será necessário adquirir alguns dispositivos básicos, como plugues de tomada, visto que eles podem ter modelos diferentes dos que utilizamos aqui no Brasil;
  • A documentação: Organize uma pasta contendo todos os seus documentos, para casos de dificuldades na imigração ou durante a estadia.

O ideal é que você comece a se organizar para a candidatura com um ano de antecedência. Pode ser que leve algum tempo até que a documentação seja analisada e você possa seguir os próximos passos rumo ao seu sonho.

E sim, não é à toa que oReino Unido acolhe todos os anos 25.000 estudantes no programa Erasmus: trata-se de uma iniciativa atraente para os países de destino e origem!

Mas antes de embarcar, por que não fazer algumas aulas de inglês aqui no Brasil?

Como viver com uma família anfitriã para aprender inglês?

A vantagem de uma família anfitriã é poder viver uma experiência em imersão total. Fazer uma viagem ao exterior permite que você aprenda uma língua estrangeira, sendo imerso de manhã à noite no idioma e na cultura do país em questão. Aprender a falar inglês em uma família anfitriã será como receber aulas intensivas de um professor nativo (família) ao mesmo tempo que treina de forma descontraída.

Londres ou New York para inglês Para escolher viaja e hospedar-se com uma família, é necessário escolher seu destino.

No entanto, para progredir em inglês, você deve escolher rapidamente entre:

  • Inglês americano;
  • Inglês escocês;
  • Inglês irlandês;
  • Inglês em uma família australiana.

Entenda que os sotaques e a língua estão associados à cultura do país: você não viverá a mesma experiência lingüística na Austrália e no Reino Unido, por exemplo! Para tornar possível a sua estadia em uma família anfitriã, você deve começar escolhendo o destino. Saiba, por exemplo, que essa é uma prática mais comum nos Estados Unidos.

Então você tem que saber a quem contatar, porque nem sempre teremos acesso a essas famílias sem a ajuda de uma instituição intermediária. Agências especializadas normalmente têm contato direto com essas pessoas e conseguem alinhar os trâmites antes que o aluno deixe o Brasil.

Aqui estão outros benefícios de alojamento em casa de família:

  • Fazer cursos intensivos intensivos: aulas de idiomas pelo menos 4 horas por dia e durante toda a semana;
  • Estar em total imersão lingüística e cultural;
  • Fazer amigos de todas as partes do mundo e se sentir em férias;
  • Receber um treinamento mais direcionado e especializado;
  • Encontrar emprego no local e progredir também no inglês aplicado ao mercado de trabalho;
  • Aperfeiçoar-se e preparar-se para um teste de inglês, como TOEIC, TOEFL ou IELTS;
  • Ter uma vantagem competitiva em seu currículo.

Nossos conselhos para progredir em inglês com os nativos!

É verdade que falar com ingleses ou americanos parece ser a maneira mais imersiva de avançar na linguagem de Shakespeare. Isso é possível em várias situações:

  • No Brasil, diretamente com nativos que vêm estudar ou trabalhar;
  • No Brasil, contatando estrangeiros nativos como professores;
  • No exterior, em uma família hospedeira.

Poder de comunicação em inglês Conversar com nativos de inglês que vivem na sua cidade também é uma forma de aprender.

Para a primeira opção,  será uma questão de encontrar expatriados ou estudantes (se alguém mora em uma das grandes cidades do Brasil). Na universidade ou em uma escola de ensino superior, muitas vezes há um departamento de relações internacionais que pode orientá-lo e colocá-lo em contato com um recém-chegado de língua inglesa.

Para entrar em contato com falantes nativos de inglês, também é possível organizar reuniões específicas dedicadas à prática da língua. Além de fazer amizade com pessoas de outros países e aproveitar o happy hour para aprimorar o seu inglês, você pode buscar cursos em escolas que contam com professores nativos: ainda que o seu nível de inglês seja avançado, será possível estudar somente conversação e comunicação em termos gerais.

No entanto, a melhor maneira imersiva de aprender inglês com nativos é, naturalmente, conhecê-los em seu país! Ao se hospedar com uma família anfitriã , você tem certeza de que seu nível progredirá consideravelmente. Além disso, as fórmulas para expatriação são muitas. O estágio em empresa multinacional ou intercâmbio de idiomas são apenas alguns exemplos de possibilidades.

O mundo se abre para você: por que não arriscar uma viagem linguística para Malta, ou a participação em um programa de au pair na Nova Zelândia… ou quem sabe um intercâmbio universitário nos Estados Unidos?

Se você escolher aprender inglês no exterior, as possibilidades são muitas. Basta optar pela variante cultural do idioma que mais lhe atrai!

E então? Está preparado para deixar a zona de conforto e começar a traçar o seu futuro como bilíngue português – inglês?

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de1,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...
avatar