Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares Artes e Lazer Esporte
Compartilhar

A motivação para os treinos vem somente do aluno?

De Marcia, publicado em 13/04/2018 Blog > Esporte > Personal trainer > De que forma o coach esportivo pode motivar você?

A motivação é a chave para o sucesso no treino. E ela pode ser definida em duas vertentes: a primeira é o entusiasmo natural, aquele que vem espontaneamente quando você sente vontade de realizar uma atividade. A outra é a necessidade.

Você pratica a atividade por alguma razão. Afinal, quem, por livre e espontânea vontade acordaria às 6h da manhã para correr ou fazer exercícios de força? O que motiva, nesse caso, normalmente é um evento específico, como a preparação para uma maratona. As pessoas se motivam então em busca de conquistar um melhor desempenho na prova.

A partir do momento que você escolhe contratar um personal trainer, você receberá a ajuda desse profissional para alcançar seus objetivos. E esse trabalho inclui também a motivação necessária.

Faça a escolha certa Escolher uma modalidade esportiva que agrada você é o primeiro passo para manter-se motivado.

Isso porque, na avaliação inicial, ele reconhecerá seus objetivos, planos, necessidades e também a dose de motivação de que você precisa. Os exercícios escolhidos têm papel fundamental nessa parte. Além de ajudá-lo a chegar aos seus objetivos, o treino também precisa ser prazeroso. É por isso que a escolha da modalidade é tão importante.

Essa também é uma das razões pelas quais contratar um coach para treinar em casa é mais motivador do que ir à academia ou simplesmente treinar por conta própria, a partir de sites e aplicativos.

Mas afinal, quais são as verdadeiras fontes de motivação?

Quando você inicia um programa com um coach esportivo, é muito importante saber quais são as metas que você deseja alcançar. E o profissional também precisa saber. Se você não expressar-se com clareza nesse sentido, ele terá dificuldades em ajudá-lo.

Lembre-se de que ele, mais que elaborar os exercícios, também é responsável pela segurança do seu treino, pela garantia da sua evolução e pelas mudanças psicológicas que toda transformação física demanda.

Algumas pessoas, por exemplo, sentem-se mais motivadas ao treinar junto com um amigo ou familiar (a maioria dos profissionais normalmente aceita atender a duplas). Para outras, estar perto de conhecidos traz exatamente o efeito oposto: elas sentem-se constrangidas e acabam não apresentando um rendimento satisfatório.

Também é importante atentar-se para que o entusiasmo inicial não se perca:  há quem inicie os treinos “a todo vapor” e, um ou dois meses depois, já está pensando em desistir.

Para quem tem esse perfil, o intervalo entre os treinos pode ajudar muito. É importantíssimo manter períodos de descanso para recuperação do organismo. Dessa forma, fica mais fácil manter-se motivado.

Outra atitude importante é dar feedbacks para o seu treinador. Ele precisa saber como você tem se sentido em relação aos treinos e se há algum ponto que precisa ser adaptado. As reações do seu corpo e do seu emocional fazem parte do processo motivacional.

Cada pessoa tem seus próprios limites e o instrutor também fará com que você tente exceder os seus. Entretanto, isso será feito de modo que não coloque sua saúde em risco.

Dependendo das suas reações, ele entenderá se estão no caminho certo para a conquista de seus objetivos. Uma das grandes vantagens do treinamento individual é que, caso o treinamento proposto não traga o resultado esperado, é possível mudá-lo a qualquer tempo, e observar seus efeitos.

Durante as sessões, normalmente acontecem trocas visuais e verbais entre você e o profissional. Alguns adotam ainda o uso de bilhetes escritos como feedbacks. O segredo é expressar-se sempre de maneira sincera e transparente.

Trocas visuais e verbais

Durante as sessões, existe um elemento que pode ser chamado de feedback visual. Além do suor, o seu personal trainer vai perceber se você está se esforçando além dos limites ou se ainda guarda algumas reservas.

De acordo com esse retorno, o profissional busca meios de estimular o aluno a superar suas barreiras individuais. Isso só pode ser conseguido através de um trabalho motivacional. Pressionar só traz um efeito reverso, deixando você ainda mais desmotivado.

Vá sempre além A superação é uma das partes mais importantes para manter o aluno motivado.

A comunicação verbal também é construída dia após dia. De acordo com o que você expressa, é possível que o profissional perceba quais as melhores medidas a serem tomadas.

Caso esses retornos sejam fornecidos posteriormente, por telefone, por exemplo, a precisão das informações pode sofrer alterações. Isso porque o ideal é que eles sejam dados no momento do esforço físico. Após a recuperação, costumam ser menos eficazes.

É por isso que, durante as sessões, a comunicação visual e verbal será sempre estimulada pelo seu instrutor. Ele vai registrar os sinais do seu corpo e suas palavras para, posteriormente, concluir o que é necessário para mantê-lo motivado e dedicado aos treinos, tudo com a devida segurança.

Trocas escritas

Embora a comunicação visual e verbal sejam essenciais, você pode alinhar um sistema de trocas escritas com seu coach esportivo também. Dessa forma, relatórios podem ser emitidos com base no seu retorno, oferecido após cada período pré-determinado.

Nesses “bilhetes”, não importa se você vai descrever sua frequência cardíaca e a quantidade de suor, ou filosofar sobre o que sente enquanto está treinando. O importante é que ele conheça o seu ponto de vista, os efeitos que o programa escolhido tem sobre você.

Expressar-se pela escrita Alguns profissionais usam de bilhetes escritos para comunicar-se com os alunos.

A ênfase faz parte do seu perfil e é importante que o profissional o conheça para poder ajudá-lo também com outras informações, como dicas nutricionais e de hábitos de saúde.

Quanto mais você se empenhar para transmitir essas suas reações e emoções ao seu personal trainer, mais recursos ele terá para cuidar da sua motivação. Ele acompanha a sua evolução e insere elementos que potencializem os efeitos benéficos do programa sobre você, de modo geral.

A comunicação deve ser constante

Não importa se você e seu instrutor trocam bilhetes ou apenas conversam, o importante é que essa comunicação aconteça de forma constante. No início, é normal que o aluno entenda que o programa engloba apenas participar da sessão de treinamento.

Sendo assim, ele acredita que basta conversar com o profissional para confirmar a próxima e tudo está resolvido. Porém, com o tempo a comunicação vai começando a fluir melhor. Ela não deve ser vista como uma obrigação: tudo tem que acontecer naturalmente nesse sentido, na tranquilidade do lar.

A confiança vai sendo construída a partir do momento que você recebe dicas para alcançar seu objetivo e sente-se a vontade para falar em como se sente em relação a eles. Como cada aluno e cada profissional tem um perfil, você e seu instrutor certamente encontrarão o meio de comunicar-se que funciona melhor para vocês.

Dessa forma, as trocas acontecerão de maneira mais espontânea e o treinador sentirá que pode confiar nos elementos (verbais ou não verbais) que você fornece. Isso ajuda a desenvolver um trabalho também motivacional, para que você nunca perca a vontade de continuar com os treinos.

Um bom exemplo prático de atividade motivacional é comparar-se ao seu modelo esportivo. Vamos imaginar que você contratou um personal trainer para ajudá-lo a se preparar para maratonas. Provavelmente, você tem algum maratonista preferido, no qual deseja espelhar-se.

É claro que você não pode traçar objetivos inalcançáveis ou difíceis demais para si (isso certamente o faria sentir-se frustrado e desmotivado). Mas nesse caso, seu coach esportivo poderá dar dicas que o façam caminhar em direção a um modelo parecido com o do atleta que você admira.

Outras pessoas procuram alcançar essa motivação a partir de um evento importante que está para acontecer em suas vidas. Um casamento, uma mudança de carreira ou mesmo uma mudança de cidade funcionam como verdadeiros galões de combustível para chegar aos resultados esperados.

Normalmente, quem está passando por uma fase de transição, ainda que não seja de todo positiva, como uma separação, pode buscar no treinamento um refúgio para os males que está vivendo. Entretanto, nesse caso, é importante mudar o foco para que esse entusiasmo todo não se perca.

O treinamento não deve ser visto como uma maneira de “afogar as mágoas”, mas sim como uma forma de entrar nessa nova fase sentindo-se renovado. Ele precisa ser considerado parte do processo de transformação, que dará início a uma nova etapa, certamente mais feliz e plena.

Muitas vezes, o programa ajuda o aluno a encarar esse processo com mais positividade, e vice-versa. É por isso que é tão importante que o instrutor conheça também os fatores psicológicos e emocionais que você está vivendo. Assim, fica mais fácil ajudá-lo a superá-los e transformá-los.

Transformação de corpo e mente As mudanças da vida fluem melhor quando acompanham nossos esforços para evoluir.

É por isso que a escolha do instrutor é tão importante. Se uma pessoa, já fragilizada, encontra um profissional que não condiz com o seu perfil, pode acabar acreditando que o treinamento individual “não é para ela”. Quando você pesquisa, conversa e analisa antes de fazer a contratação, as chances de encontrar alguém que possa motivá-lo são bem maiores.

Como você pode ver, tudo é fonte de motivação! Cada elemento funciona de acordo com o ângulo a partir do qual você decide encará-lo, de acordo com suas próprias opiniões e experiências pessoais. Entretanto, para que as coisas realmente funcionem dessa forma, a comunicação é essencial.

E você? Acredita que o diálogo é a melhor porta para alinhar objetivos com o seu instrutor e livrar-se de dúvidas e inseguranças? Está a procura de um profissional que combine com o seu perfil? Que tal acessar agora mesmo a nossa plataforma e conhecer ótimos profissionais?

 

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar