Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Alunos apaixonados pela álgebra? Como?

De Carolina, publicado dia 08/11/2017 Blog > Apoio Escolar > Matemática > Como ser pedagógico em matemática?

Há sempre um aluno precisando de aulas de matemática! Para se ter uma ideia, a demanda tem crescido de forma constante nos últimos anos. Muitas famílias no Brasil contratam um professor em domicílio para elevar o nível de seus filhos.

Se a matemática é o centro de tantas demandas e sempre foi (e será?) um assunto relativamente difícil para muitos alunos, a questão de como ensiná-los é fundamental. Portanto, como fazer para que o aluno progrida permanentemente?

Isso quer dizer que é preciso algumas dicas, chaves e conselhos sobre pedagogia para dar aulas de matematica particulares. Veremos que todas as ideias apresentadas neste post podem ser resumidas em maior flexibilidade e adaptação permanente às necessidades do aluno.

Descubra sem demora essas dicas para ensinar matemática (quer conhecer a experiência de uma blogueira sobre o assunto?)…

Torne o tema da aula interessante

Como fazer para que suas aulas chamem a atenção de seus alunos? Mais, que elas façam eles apaixonarem pela disciplina dos números e mudarem completamente sua opinião que matemática é uma matéria difícil? Isso é possível?

Para ensinar matemática e fórmulas, um professor deve ter uma visão de matemática! Isso quer dizer que o professor deve modular o conteúdo das aulas para torná-las mais atraentes e menos chatas para o aluno.

Álgebra pode ser difícil para quem não tem as bases Não deixe a complexidade dos exercícios vencerem o interesse de seus alunos

Entenda que, se ele precisa de aulas particulares na matéria dos números, é porque já tem uma certa dificuldade ou resistência com a álgebra, geometria, etc! Então, não torne a relação dele com a matemática mais difícil que ela já é!

Caso contrário, seria difícil para ele ver qualquer interesse e, sem dúvida, afetaria negativamente sua vontade de progredir. Pode ter certeza que isso aumentaria sua aversão ao assunto.

Dois pontos me parecem importantes quanto ao conteúdo dos cursos:

O professor particular deve combinar teoria e prática

É totalmente prejudicial fazer apenas o curso puro sem estudá-lo e fazê-lo entender através de exercícios de aplicação. É preciso evitar de dar aula só para dar aula… Ou seja, transmitir o conteúdo e somente ele sem mostrar as aplicações práticas dele.

O importante é ensinar, explicar e detalhar as propriedades e teoremas através dos exercícios. Ensinar o aluno somente o teorema não permitirá que ele compreenda sua utilidade.

Além disso, ele vai achar a matéria ensinada certamente irritante ao longo das aulas.

Por outro lado, quando o professor particular é capaz de manter com propriedade um teorema através de um exercício, o aluno poderá obter uma ideia concreta e precisa do que estamos lidando. Ele entenderá mais facilmente sua participação e integrará a noção mais facilmente.

De certa forma, o exercício deve transformar o conteúdo divertido! Assim, será muito mais fácil aprendê-lo. A abordagem lúdica das aulas é muito importante aqui para remover os bloqueios em matemática (para os adolescentes também)!

O professor particular deve insistir na utilidade de cada noção

Todas as fórmulas e teoremas devem ser contextualizadas. Dessa forma, é imperativo explicar ao aluno quando ele deve usá-la. O professor não deve ter medo de repetir, se necessário, até que o aluno esteja plenamente consciente dos vários usos da propriedade matemática a ser ensinada.

Claramente, quando eles são confrontados com uma pergunta ou afirmação, eles devem saber o que fazer, o que usar e como usá-lo.

Por exemplo, ao lidar com a trigonometria, é necessário listar com o aluno todas as formas de enunciados, questões que exigem que ele use uma propriedade trigonométrica e, obviamente, fazer exercícios para cada uma delas.

Da mesma forma, com um estudante de ensino médio, o professor deve fazer links com o vestibular, Enem, dando-lhe exemplos de questões para as quais ele terá que usar tal ou tal fórmula. A prática e o treinamento são os meios para atingir esse objetivo.

Descubra também como oferecer lições de matemática via webcam!

Demonstrar modéstia em explicações matemáticas

Se o aluno precisa de ajuda para progredir, o erro seria repetir o que seu professor oficial (o da escola tradicional) já lhe contou. Até porque acontece que alguns professores façam drama na sala de aula sobre uma matéria qualquer para chamar a atenção do aluno.

Quer aprender álgebra facilmente? Muitos alunos criam barreira com a matemática desde crianças

Por exemplo, antes de começar a explicar o conteúdo, o professor fala que ele é difícil e que o aluno deve prestar muita atenção para aprendê-lo. O problema que esse tiro muitas vezes sai pela culatra. Quer dizer que o aluno, ao invés de ficar atento, “chuta o pau da barraca” e não presta atenção. Muitos dizem para si mesmo: “Se é difícil, nem vou prestar atenção porque, de qualquer jeito, não vou conseguir aprender essa matéria”.

O número de alunos que ele enfrenta diariamente é parcialmente responsável por esse problema. Em aulas particulares, o professor deve reverter a tendência e explicar as coisas da maneira mais simples.

Então, o melhor a fazer é sempre amenizar a complexidade do conteúdo de todas as maneiras possíveis, principalmente na fala e no seu discurso quando for lhe ensinar.

O professor deve abandonar o discurso técnico e substituí-lo por um discurso mais adaptado, o que chamei de modéstia pedagógica.

É inútil despejar o conhecimento sobre o aluno e fazê-lo acreditar que sua falta de compreensão vem da sua incapacidade de compreender esse conhecimento.

Na realidade, essa falha muitas vezes pode ser corrigida com o comportamento do professor particular que poderá ou não se aproximar modestamente do programa.

O professor deve ouvir o aluno

Em abril de 2015, o Instituto OpinionWay realizou uma pesquisa com 1010 pessoas na França a partir de 18 anos. O objetivo dessa pesquisa era conhecer quais eram as principais qualidades de um bom pedagogo.

Os entrevistados poderiam escolher 3 respostas entre todas propostas. Não surpreendentemente, a qualidade de “Ouvir” apareceu no topo da lista, obtendo mais de 50% das respostas.

Seja um excelente educador de geometria Sempre tente melhorar sua pedagogia de acordo com o aluno

É interessante notar que, mesmo os entrevistados com mais de 35 anos, eles também foram mais de 50% a escolher essa qualidade. Isso mostra que “ouvir” é sempre uma qualidade amplamente compartilhada por todas as gerações.

Também falamos de reforço escolar, a fórmula tem aqui todo o seu significado. Reforço, não enfraquecimento, não é mesmo? E para reforçar, também é necessário ouvir.

Parece óbvio que o professor particular de matemática deve procurar desenvolver uma relação de confiança com seu aluno constantemente tentando identificar e entender suas necessidades.

Claro, não é possível adivinhar as dificuldades de um aluno. É necessário perguntar diretamente para ele ou ela como se sente sobre o assunto, o que o / a bloqueia, o que o / a angustia, o que o / a faz apaixonar-se etc. Portanto, vários pontos devem ser implementados durante as aulas:

As chaves para ouvir o seu aluno

  • Deixe o aluno à vontade desde as primeiras horas de aula: desde a primeira aula, o professor deve criar uma atmosfera pacífica em que o aluno se sinta bem, pronto para progredir e mais do que motivado para chegar lá.
    O relacionamento de confiança que deve ser estabelecido é feito durante as primeiras aulas. Se um bloqueio psicológico ocorre durante esses primeiros momentos, deve-se admitir que os cursos terão pouco efeito porque o aluno simplesmente não terá a motivação para realizar os esforços necessários.
    Ele não ousará fazer as perguntas que o impedem e vai criar uma distância entre ele e a professora ou o professor. Quando a confiança está instalada, você pode oferecer-lhe diferentes métodos de aprendizagem de matemática
  • O relacionamento empático: a melhor maneira, penso eu, de criar esse ambiente de confiança é colocar-se no lugar do estudante para que você possa sentir suas dificuldades, seus medos, suas dúvidas e assim por diante.
    Assim, ele saberá que o professor está atento as suas perguntas e será capaz de lhe responder. Quem se preocupa apenas com os resultados sem se identificar com o aluno parece um repetidor tedioso, o que levaria o aluno a recusar todas as formas de troca com seu professor particular.

    Pratique geometria e não tenha brancos na hora da prova Não deixe seus alunos desistirem quando verem uma fórmula de álgebra

  • Não menospreze a pergunta do aluno e sempre tente respondê-la: o aluno deve ser informado rapidamente que pode fazer qualquer pergunta, desde que esteja diretamente relacionado com a matemática. Em geral, ele tem algumas dúvidas que não se atreve a perguntar ao professor oficial por vários motivos psicológicos.
    Muitas vezes, eles também não ousam perguntar para os seus pais, sendo isso quase que normal durante o período da adolescência. O professor particular acaba por ser a peça central do enigma porque cabe a ele lidar com todas essas questões que, por enquanto, permanecem confidenciais. Esse elemento de pedagogia é fundamental, uma vez que as questões do aluno são muitas vezes a chave para o progresso.

Finalmente, a pedagogia do professor particular deve ser, acima de tudo, flexível e adaptada às necessidades do aluno. Para isso, todas as dimensões do curso específico devem ser consideradas e nenhuma deve ser reservada. Quer sejam psicológicos, teóricos ou relacionais, eles se tornam interdependentes e, como tal, formam um todo único do qual todos os aspectos devem ser praticados.

Descubra também tudo o que você precisa saber sobre a matemática

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar