"A força não vem das capacidades físicas, vem de uma vontade invencível." - Mohandas Karamchand Gandhi.

Meditação, relaxamento, desapego... quantos termos o levam, o interessam, fazem você querer desenvolver sua prática de yoga? Se está pensando nisso, saiba que é uma ideia muito boa, parabéns! A Índia se estabeleceu como um templo mundial de disciplina, oscilando entre grandes ashrams e estágios reservados para os praticantes.

Muitas vezes tendemos a anunciar Rishiksh como a âncora do yoga. E por uma boa razão, em 1968, os Beatles chegaram lá, a fim de aprender a prática, para inspirar um álbum (White Album). Então, da kundalini ao Ayurveda, passando pela yoga tradicional, a Índia é uma obrigação para os iogues.

Mas, como somos bons ocidentais, nos perguntamos: como podemos praticar yoga na Índia? Quais são os lugares essenciais para seguir um programa de yoga? Rishikesh é o único local de interesse para aproveitar os benefícios da yoga? Continue lendo e você vai encontrar a resposta imediatamente!

Rishikesh, lugar alto da yoga na Índia

Você entenderá agora por quê equivocado será dizer que não poderíamos iniciar este artigo sem falar sobre Rishikesh. Este centro de yoga ao ar livre é, na verdade, uma região indiana, localizada a 250 quilômetros ao norte de Nova Délhi, que coloca as sessões de yoga quase como um ritual coletivo. Destino perfeito para os iogues que precisam de atenção plena, muitos ashrams se desenvolveram lá.

Entre os ashrams mais conhecidos e reconhecidos, podemos citar:

  • O ashram de Parmarth Niketan, localizado nos portões do Himalaia, muito popular entre os iogues locais. Consiste em uma infinidade de salas, localizadas às margens do Ganges, e coloca o ensino de yoga como adequado para todos os níveis. Lá temos yoga para iniciantes ou professores de yoga, tudo é possível. Hatha yoga, yoga nidra, nada yoga, bem-vindo ao Rishikesh!
    Endereço: Main Market Road, perto de Ram Jhula, Swarg Ashram, Rishikesh, Uttaranchal 249304, Índia;
Meditar às margens do Ganges é um costume indiano.
  • O Instituto do Himalaia também é um lugar na região onde a yoga é ensinada com maestria. O ensino consiste em uma bela estrutura, ideal para iniciantes, mas também para colocar a harmonia entre corpo e mente no centro de sua estadia. Neste ashram, Swami Rama revela todo o seu talento como professor, perfeito para os ocidentais que somos!
    Endereço: Instituto Swami Ram Ashram-Himalaia, perto do Hotel Ganga Kinare Rishikesk 249 201 UP;
  • Não muito longe da cidade de Rishikesh, quatro quilômetros ao norte, encontramos o centro de yoga Vanamalai. Localizado em Lakshman Jhula, este lugar de paz e descanso oferece uma vista deslumbrante do Ganges e adota a solução do pequeno grupo para ensinar a prática do yoga. Misturado ao hinduísmo, este curso de uma semana tem muito pouco espaço, mas quando você é iniciante, o esforço vale a pena!
    Endereço: Ashram Vanamalai Tapovan Sarai PO (Laxman Jhula) Rishikesk. A 200 m do cruzamento da estrada de Badrinath, em direção à ponte Laxman Jhula;
  • Por fim, mencionaremos também o Yoga Niketan, perto de Shivanandashram. Também na região, as aulas de Satchi são famosas pela qualidade das aulas de Hatha Yoga e pela diversidade dos professores (um dos quais é de Quebec e outro da França, o que representa uma vantagem para os falantes de francês!). Um bom número de atividades foram desenvolvidas em paralelo, de modo a fazer-nos querer ficar por lá tanto tempo quanto possível.
    Endereço: Shivanandashram  PO 249 192 Rishikesk UP. Três km do centro da cidade, na margem direita do Ganges;

Observe que nesta bela região de Rishikesh, os monges costumam meditar às margens do Ganges. Um show típico e local, o que mais você poderia pedir? E se você vier em março, o Festival Internacional de Yoga é organizado por lá, de modo a conhecer grandes iogues, mas também para aprender mais sobre posturas de yoga.

Outros lugares imperdíveis para yoga na Índia

"Não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual; somos seres espirituais vivendo uma experiência humana." - Yogi Bhajan

O autoconhecimento só chega a nós pelo silêncio e meditação.

Mas a região de Rishikesh não é a única região indiana em que a yoga reina suprema, longe disso! De fato, o país tem muitos cantos, onde pranayama, alinhamento e vinyasa yoga não são termos desconhecidos. Aí vai uma rápida visão geral dos lugares propícios à prática de yoga!

Entre os destaques da tradição da yoga está o International Art of Living Center. Este centro de yoga, percebido como um local de retiro espiritual, está localizado a montante das colinas de Panchagiri. O suficiente para harmonizar corpo e mente, graças a esse cenário idílico, pontuado por aulas de yoga gratuitas.

O valor? Não há, apenas ajude nas tarefas domésticas no ashram. Dessa forma, será possível tirar proveito da vista das montanhas, seguir um pequeno treinamento de yoga e sair mais equilibrado e harmonizado como nunca antes sentiu!
Endereço:  Road, Udayapura, Bengaluru, Karnataka 560082, Índia.

Mais ao sul do país, depois de Kerala, encontramos o ashram de Kalari Kovilakom. Tomando uma aula de yoga com os professores reconhecidos , desfrutar de uma completa do quadro vegetação, desintoxicar com um programa adequado... tudo isso é bom e, no Kalari Kovilakom, é o que fazemos!

Enquanto a yoga nidra é a especialidade do ashram , é entre a meditação e a prática de yoga que podemos encontrar o nosso caminho. E, podemos dizer que apenas para vir e admirar as plantações de chá de Kerala, a viagem já vale a pena!
Endereço: Payyallur, Kollengode, Palakkad, Kerala 678506, Índia

E Goa, você já ouviu falar? Se você planeja passar algum tempo por lá, saiba que estamos falando de uma estadia  obrigatória para qualquer amante de yoga, pela simples razão de que os ashrams estão florescendo. Entre eles, o Ashiyana Yoga Retreat Village combina abordagem ecológica e ambição de bem-estar. Tudo através da yoga. Pequenas casas de madeira acariciam os ombros dos que praticam yoga, é claro, mas também há o mantra cantado, ou até a meditação. Tudo situado no campo: um verdadeiro paraíso!
Endereço: Junas Waddo, Mandrem, Goa 403527, Índia.Amigos da solidão talvez estejam interessados no ashram de Ma Anandamayi em Almora. Dirigido por uma disciplina de Ma Anandamayi, Swami Nirgunananda, este ashram segue os escritos do mestre. Baseado no pensamento do Himalaia, harmonia consigo mesmo e relaxamento profundo, este lugar é, na Índia, particularmente interessante.Ilustra maravilhosamente os 17 anos que Ma Anandamayi levou nas profundezas do Himalaia, quando ele era um eremita. Esses elementos provavelmente interessarão aos mais assíduos praticantes entre nós. Um tapete de yoga, uma dose saudável de vitalidade e você estará pronto para recarregar suas baterias! Bem-vindo à Índia!
Endereço: Swami Nirgunananda Ma Anandamayi Ashram Patal Devi Almora UP.

Finalmente, um último endereço essencial na Índia, mas não menos importante quando se trata de fazer yoga! O Ashivan Sivananda Yoga Vedanta Dhanwantari, em Trivandrum, oferece curas de meditação e oficinas de yoga, através da prática regular. A palavra de ordem? Disciplina, graças à qual cada praticante pode progredir em sua interioridade.

A disciplina e o contato com a natureza favorecem a prática da yoga.

No programa: um tratamento ayurvédico, um aprofundamento da prática de yoga, um trabalho de respiração, em suma, o suficiente para recarregar suas baterias em alguns dias (exatamente duas semanas), tudo por 10€ a diária, bem no meio desta bela região que é a Kerala!
Endereço: Sivananda Yoga Vedanta Dhanwantari Ashram PO Neyyar Dam, Trivandrum, Kerala 695 572.

Por que praticar yoga em um local específico?

Nós tendemos a nos perguntar por que ir à Índia para praticar yoga, por que ir a um lugar específico para assistir à uma aula de yoga, se podemos encontrar um professor particular ou mesmo frequentar uma academia para a prática sem sair da nossa cidade, muitas vezes nem mesmo da nossa casa. A resposta é simples: viajar para um desses locais coloca você em uma bolha de bem-estar, que é bem provável que seria difícil recriar diariamente.

E sim, entre o estresse, as restrições da vida, ou mesmo o ruído e a poluição visual, temos problemas que nos impedem de olhar para nós mesmos, de focar novamente e de nos cuidarmos em geral. Ir para a Índia é simbolicamente se afastar da sua vida diária, para uma pausa de equilíbrio e relaxamento. Mas é claro que isso não impede você de continuar praticando a yoga e as técnicas aprendidas por aqui, quando voltar.

Entretanto, se dê a oportunidade de viver um momento especial, em comunhão com a natureza, mas também com a noção de coletivo, em um ashram muitas vezes suntuoso. Uma mudança garantida de cenário, para uma prática de yoga, não se poderia ir mais longe. Esta é a razão pela qual lugares essenciais se destacaram, como os que acabamos de mencionar aqui!

Esse tipo de lugar é uma oportunidade para os ocidentais da qual devemos tirar proveito da descoberta de um país e da redescoberta de uma pessoa muito particular: nós mesmos!

Pode ser que o que nos afasta do autoconhecimento são os afazeres rotineiros, dos quais não conseguimos nos desconectar se não embarcarmos para um lugar de paz e harmonia. Quando retornar, uma vez vivida a experiência, será mais fácil adaptar as aulas de yoga ao seu dia a dia.

Conhecer a cultura indiana e praticar yoga direto na fonte será uma experiência incrível.

Na verdade, só colhe os benefícios da yoga aqueles que estão, de fato, dispostos a praticá-la de corpo, mente e alma!

E então, pronto para reservar suas passagens? A Índia está esperando por você!

Precisando de um professor de Yoga ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Marcia

Jornalista. Professora. Tradutora. Bailarina. Mãe. Mulher. Dedicada às minhas lutas diárias. Em constante transformação. Escrevo para vencer as inquietações e incertezas da vida.