Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Estude a língua francesa e dê aulas!

De Carolina, publicado dia 03/08/2017 Blog > Idiomas > Francês > Qual formação fazer para ensinar francês?

Para ensinar francês (guia), é indispensável ser bilíngue!

Normalmente, não é o único critério no Brasil. É preciso fazer 4 anos de estudos superiores para conseguir o título em Letras. Lembrando que é necessário estudar a língua portuguesa além da francesa!

Mas há outros caminhos. Vamos mostrar quais são as opções mais comuns para quem quer se tornar professor de francês nas terras tupiniquins.

Aprender francês desde o colégio?

Estudar francês durante o primário (1ª a 4ª série) e secundário (5ª a 9ª série)? Quando deveríamos começar a aprender francês?

Alguns alunos aprendem o francês antes do inglês. Porém, a língua de Shakespeare normalmente é aprendida a partir do 1º ano do ensino fundamental. Vai depender da instituição de ensino, se é uma escola particular ou pública, etc.

Já no privado, há escolas bilíngues onde o aluno aprende desde pequeno todas as matérias em uma outra língua: inglês, francês, espanhol, italiano, alemão.

Francês desde a escola primária e secundária

Dado o auge dos idiomas e da importância deles na vida profissional, os estudos de língua (francesa, quais para dar aula?) estrangeira começam cada vez mais cedo.

Aprenda o idioma e venha turistar na França Os Invalides é um dos pontos turísticos da capital francesa

Porém, a maioria das escolas bilíngues são das línguas português e inglês. Somente escolas como o Liceu Pasteur em São Paulo e a Molière no Rio de Janeiro são bilíngues português/francês.

Francês na escola no ensino médio

O estudo do idioma acontece principalmente para aqueles alunos que optaram pela língua francesa no vestibular. Eles não são muitos e nem todas as universidades têm a opção da língua de Molière.

Mas os alunos que escolhem a prova desse idioma fazem normalmente aulas particulares com professores de francês para aprendê-lo. A opção também é válida para aqueles que querem estudar a língua e não vão necessariamente fazer prova de vestibular no idioma.

Se não, há alguns sites na internet para se aprender a língua francesa.

Fazer letras optando pelo francês como língua estrangeira

Normalmente, os alunos que gostam de línguas fazem letras na faculdade para darem aulas do idioma.

Os que querem ser professor de francês e encarar diretamente os estudos da língua em nível superior, são encorajados a fazer o curso de Letras na universidade.

É uma opção, mas você tem que ser apaixonado pelo idioma!

Provavelmente, você não esperou entrar na faculdade para começar seus estudos do francês, certo? Se você já tiver estudado a língua e ter o nível A2-B1 (Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas) quando entrar no ensino superior, já é um bom caminho andado. O importante é sempre avançar no idioma e não parar de praticá-lo.

Mas se não tiver muito conhecimento na língua de Molière, relaxe! Ainda dá tempo de recuperar e aprender muita coisa durante a universidade.

Então, vamos ao começo do aprendizado! Você sabia que, para fazer o curso de letras, você deve ser apaixonado também pela língua portuguesa na maioria das vezes?

Sim, você pode optar por uma língua estrangeira, mas precisa também estudar a sua língua materna. Somente algumas universidades como a USP permitem fazer somente uma habilitação em uma língua.

Provavelmente, você vai ter que ter uma base de latim e grego que são as raízes das línguas latinas como o português, francês, espanhol, italiano, romeno e outros idiomas.

No caso do francês, isso não causa muitos problemas porque essas línguas antigas também são as raízes da língua de Molière.

Você também terá que escolher entre as opções licenciatura e bacharelado em Letras (como dar aula de francês sem ter feito o curso?). Bacharelado é indicado para as pessoas que querem trabalhar com a língua com traduções, edições, em empresas. O bacharelado está ligado ao mundo dos negócios e das edições.

Já a licenciatura é voltada para a educação. Escolhemos essa opção quando queremos dar aulas da língua francesa ou portuguesa. A licenciatura possui matérias mais voltadas para o ensino como pedagogia, metodologia, psicologia, etc.

Aprenda língua francesa e conheça a cultura do país As vantagens de morar na França é conhecer todos os monumentos franceses

Veja o exemplo de algumas matérias da grade curricular do Bacharelado de Português e Francês da USP: Introdução aos Estudos Clássicos, Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa, Elementos de Lingüística, Introdução aos Estudos Literários, Introdução ao Latim, Literatura Brasileira, Fonética e Fonologia do Português, Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa, Literatura Portuguesa, Francês, Morfologia do Português, Introdução à Literatura Francesa, Sintaxe do Português, Narrativa Francesa, Filologia Portuguesa, Poesia Francesa, Teorias do Texto – Enunciação, Discurso e Texto, Romance Francês, Teatro Francês…

Gostou das matérias? Está pronto para encarar uma graduação de quatro anos na língua francesa e portuguesa?

Mestrado ou especialização em língua francesa

Muitas universidades também oferecem pós-graduação em línguas modernas ou não.

Se você quiser fazer uma pós, seja mestrado, doutorado ou lacto sensu (aperfeiçoamento ou especialização), o importante é sempre verificar a linha de pesquisa das universidades para ver qual é a ideal para seus estudos.

Caso queira fazer seus estudos em francês, a primeira coisa a se fazer é pesquisar aquelas que têm pós-graduação ligadas diretamente ao idioma. Muitas possuem pós de francês como a UFRJ, UFPR e a USP.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por exemplo, possui Pós Graduação em Letras Neolatinas com opções de estudos literários e estudos linguísticos do francês.

Veja os objetivos do estudo de pós graduação da UFRJ de acordo com informações do site da universidade:

  • “Formar e capacitar docentes e pesquisadores especializados nas línguas e literaturas neolatinas e oferecer um espaço acadêmico de produção de conhecimento e reflexão sobre seu ensino e aprendizagem.
  • Desenvolver pesquisas integradas que incorporem teorias e enfoques metodológicos atuais das áreas de Linguística, Linguística Aplicada, Teoria Literária, Literatura Comparada e Poética, voltados respectivamente para as línguas e literaturas neolatinas.
  • Desenvolver pesquisas que integrem outras áreas de conhecimento numa abordagem interdisciplinar.”

Já a USP (Universidade de São Paulo) possui pós-graduações ligadas a atividade de tradução como Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês. Interessante notar que essa linha de pesquisa na universidade tem mais de 40 anos!

Veja o objetivo da pós graduação da USP de acordo com informações do site:

“Hoje, nosso objetivo é formar mestres e doutores que desenvolvam pesquisas de alto nível sobre manifestações discursivas em língua francesa e/ou relacionadas à cultura francesa, nos âmbitos da literatura, da linguística e da tradução.  Ainda de maneira ampla para  o Programa, mantemos renovado nosso compromisso com a formação de nossos alunos por meio da atuação nos projetos de extensão universitária, na qual nos constituímos como referência na Faculdade de Letras, mas também com a ampla adoção de monitorias de pós-graduação e também de graduação, o que tem por consequência direta a divulgação de nossas pesquisas e de nosso Programa junto aos alunos de Letras em geral. Trata-se de iniciativas que tem por objetivo preparar nossos alunos para que desenvolvam pesquisa de forma independente, mas também diretamente relacionada às necessidades e demandas de uma comunidade que tem expressado crescente interesse na formação em língua francesa.” 

É melhor aprender o idioma in loco A capital da França é uma das cidades mais bonitas do mundo e ideal para aprender o francês

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) tem o mestrado bilateral com a Université Lumière Lyon 2 e Université Grenoble 3. Isso quer dizer que o aluno pode fazer parte do mestrado no Brasil e na França. Ideal para ficar afiado nos estudos da língua francesa, não?

Saiba como encontrar um bom professor de frances online no Superprof!

Fazer estudos na França

Há também a opção de fazer estudos de francês na França, o que é uma opção a ser considerada!

A França possui um número enorme de universidades especializadas em Letras. A vantagem é que elas são públicas muito abertas para estudantes estrangeiros com um bom nível de francês.

Se quiser estudar em uma universidade francesa para aprender a língua, você pode entrar no site do Campus France. Você pode encontrar todas as informações que você precisa para encontrar a universidade mais adequada a seus estudos, a cidade mais interessante de se morar, etc.

No país, é muito comum os estudantes financiarem seus estudos fazendo bicos ou trabalhos chamados de estudante: babá, garçom, vendedor, etc. O trabalho é chamado de alimentar, ou seja, para pagar as contas enquanto fizer seus estudos.

Há também bolsas brasileiras, mas mais difícil de conseguir. O governo francês normalmente ajuda com uma parte do aluguel dos estudantes legais no país através da Caisse d’Allocations Familiales (Caixa de Alocação Familiar) – CAF.

É obrigado viver na França ou em um outro país francófono?

A fluência em um idioma se ganha com a prática. É verdade que é ideal estar em um país onde a língua aprendida é falada para aprender corretamente e rapidamente o idioma.

Mude para o país da língua francesa Quer aprender francês em Paris? Você pode!

Como professor de francês (sem ter diploma superior?), é muito importante ter tido essa experiência de morar na França ou outro país francófono para aprender, mas não somente…

Para o currículo, isso é levado muito em conta na hora de escolher um professor de francês. Além disso, para a credibilidade do professor, principalmente se ele for professor particular do idioma.

Os alunos confiam muito mais em alguém que já teve a experiência integral de ter vivido em um país da língua. Eles querem ter certeza de que o professor (como ser um bom de francês?) já passou também pelo processo de aprendizagem e sabe utilizar o idioma em todas as situações necessárias.

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar