Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Conselho de um professor para obter bons resultados nas provas

De Joseane, publicado dia 27/02/2018 Blog > Apoio Escolar > Matemática > Como ter uma boa nota em matemática no Vestibular

“Conhece a matemática e dominarás o mundo” Galileu Galilei

Pensando  no vestibular, estudantes de todo o país estão se organizando e se dedicando para obter um bom resultado.  Sabendo que a matemática é umas das matérias mais temidas pelos candidatos, hoje separamos alguns conselhos para você se sair bem nas provas.

O primeiro conselho é: afaste-se desse clichê de que a matemática  é um bicho de sete cabeças, internalizar este medo só impede que você se interesse pela disciplina. Conhecimento é poder,  acredite no seu potencial!

É possível ter sucesso em matemática!

Como se preparar para as provas de matemática

De maneira geral, a maioria das questões de matemática requer que o estudante tenha entendimento de algum assunto específico e outros assuntos mais gerais para serem usados na hora se resolver as questões.

Confira aqui algumas dicas para se dar bem em matemática!

Aprenda matemática com facilidade A matemática pode ser aprendida com facilidade usando a técnica correta

 

Durante uma prova de matemática, todos os conteúdos podem ser cobrados: adição, subtração, divisão, multiplicação, jogo de sinais, equações entre outras coisas, claro, em contexto variado.

As avaliações de matemática contêm muitas questões para serem resolvidas em pouquíssimas horas. Uma boa saída é acompanhar as questões comentadas nos últimos vestibulares com os temas que mais caem, isso ajuda a memorizar e fica mais fácil de resolver questões parecidas com rapidez.

Acompanhe os conselhos que irão facilitar seus estudos

Tem um ditado que diz que conselho se fosse bom não seria dado e sim comprado né? No entanto, preparamos conselhos funcionais para você se sair bem nas suas provas e ser um aluno nota 10 em matemática.

Preste atenção na explicação do seu professor

Sabemos que muitas das vezes o estudante está mais preocupado em fazer suas anotações para ter uma fonte de consulta quando estiver sozinho.

Não deixe de prestar atenção nas dicas dos seus professores Foco na explicação do professor, você certamente vai precisar!

Mas preste atenção no que temos a dizer: frequentemente as anotações não correspondem ao que o professor está falando, pois é quase impossível processar o que o professor fala enquanto estamos escrevendo.

Por essa razão, o melhor é ouvir primeiro a explicação do professor, assimilar o que ele diz, processar e só depois fazer as devidas anotações.

Ou seja, esteja atento ao que o professor está explicando e em caso de dúvidas, pergunte. Pergunte quantas vezes precisar. Não acumule dúvidas!

Confira aqui algumas dicas para progredir em matemática!

Escolha o melhor material para estudar matemática

Se você ainda não domina a linguagem matemática, o melhor é buscar um bom material  de estudo. Seja o tipo de estudante interessado em livros de qualidade, dê preferência aos que tenham muitas atividades e exemplos resolvidos. Peça dicas de bons livros a um professor de matemática.

Aos que tem facilidade com a tecnologia, existe também a possibilidade de estudar pela internet através de videoaulas.

Domine a teoria

Dominar a teoria é crucial para realizar as questões, saber da teoria facilita na hora resolver quentões que não precisam necessariamente fazer cálculos, são aquelas questões de múltipla escolha que só solicitam domínio do conceito.

E para avançar na matemática é preciso que conheça primeiro as noções básicas, ter o domínio sobre a linguagem matemática e seus símbolos não é fácil, mas também não é impossível.

Sempre que aprender um novo conceito, tente relacionar com alguma aplicação do seu dia a dia. Vale lembrar que a matemática é a maneira que o homem encontrou para interpretar os fenômenos da natureza.

Aprender matemática é natural! Aliás, você sabia que o cálculo mental ajuda a melhorar em outras áreas do conhecimento?

Sendo “malando” no vestibular

Para se dar bem no ENEM e no vestibular tem que ter jogo de cintura e ficar esperto para saber o que pode cair nas provas e praticar! Pensando nisso, vai aqui algumas dicas:

Dedique parte do seu tempo resolvendo exercícios de provas anteriores

Um bom estudante não se contenta apenas com as questões dos seus livros didáticos, ele tem fome de conhecimento. O vestibulando procura todas as fontes de estudo para se atualizar.

Aprenda a escolher seu material de estudo Use todos os recursos a seu favor na hora de estudar!

Uma maneira de turbinar o seu cérebro é dedicar parte do seu tempo resolvendo exercícios de provas anteriores. Resolver atividades anteriores ajuda a internalizar conhecimentos que permitirão que o aluno solucione exercícios repetidos com mais rapidez.

Não decore as fórmulas, entenda as fórmulas

Não se preocupe em decorar as fórmulas matemáticas, isso vai acontecendo naturalmente conforme você vai aplicando nos exercícios.

Sabemos que existe uma pressão muito grande na hora de realizar as provas do ENEM. O nervosismo toma conta do estudante e acontece aquele famoso “deu branco”.

Não se deixe abalar pelo nervosismo, por isso ao invés de decorar as fórmulas é melhor se dedicar a entender as questões e como chegar à solução. Como já foi dito, as fórmulas você irá aprender conforme for aplicando-as nos exercícios.

Isso evita que o famoso branco atrapalhe na prova, uma vez que você domina como se chegar a solução do problema. É nessa hora que refazer exercícios ajuda.

Forme um grupo de estudos

Uma maneira muito eficaz de aprender é trocando experiências. A ideia de entrar no grupo de estudo é estar cercado de estudantes com o mesmo objetivo.

Quando estudamos com outras pessoas você faz uma autoavaliação do seu conhecimento, uma vez que você estará e contato com pessoas que também estão se preparando para a prova.

Tenha um método de estudo

Sempre que puder dedique um tempo para estudar e refazer simulados de provas anteriores, veja se está preparado para realizar a prova de acordo o tempo estipulado pela banca.

Desenvolver um método de estudo lhe trará segurança para realizar as provas com tranquilidade.

Fazendo isso, além de treinar seu conhecimento matemático, você irá se acostumar com a cobrança de realizar  provas com tempo estabelecido.

Outra dica, tente ser fiel à atmosfera de uma sala de aula, faça seus simulados em  um lugar silencioso e com um relógio a sua frente. Esse momento é de pura disciplina, dedicação e comprometimento. Não pare nem para tomar café ou colocar roupas na máquina.

No início você irá se sentir desconfortável, mas com o tempo irá sentir a importância de priorizar o seu tempo.

Procure um professor particular

Não fique receoso de ter aulas de matematica com um professor particular. Foi verificado que muitos estudantes acreditam que aulas particulares é inacessível a alguns estudantes. Mas é ai que você se engana, ter um professor particular não é um luxo. Existem aulas particulares para os mais variados bolsos, e com a mesma qualidade. Invista no seu potencial!

Saia na frente, tenha aulas com um professor particular.

 

O que estudar para a prova de matemática

Naturalmente, o vestibular é o período divisor de águas na vida de um estudante. É o momento em que estudantes se deparam com dificuldade de realizar uma prova com tempo estabelecido pela banca. Muitas vezes é muito difícil conciliar tempo, nervosismo e conhecimento.

Enfrente a matemática com coragem Não deixe a matemática te dá uma rasteira durante suas provas

Mas fica mais fácil organizar seu programa de estudo se você souber o conteúdo que será cobrado nas provas. Isso ajuda você a fazer um planejamento de estudo baseado nos conhecimentos solicitados pela banca.

E você pode se antecipar olhando as dicas do que estudar para o vestibular aqui:

  • Conhecimentos numéricos: operações em conjuntos numéricos (naturais, inteiros, racionais e reais), desigualdades, divisibilidades, fatoração, razoes e proporções, porcentagens e juros, relações de dependência entre grandezas, sequências e progressões, princípios de contagem.
  • Conhecimento geométricos: características das figuras geométricas planas e espacias; grandezas, unidades de medida e escalas; comprimentos, áreas e volumes; ângulos; posições de retas; simetrias de figuras planas ou espaciais; congruência e semelhança de triângulo; teorema de Tales; relações métricas nos triângulos; circunferências; trigonometria do ângulo agudo.
  • conhecimento de estatística e probabilidade: representação e análise de dados; medidas de tendência central (médias, moda e mediana); desvios e variância; noções de probabilidade.
  • conhecimentos algébricos: gráficos e funções; funções e algébricos do 1º e do 2º graus, polinomiais, racionais, exponenciais e logarítmicas; equações e inequações; relações no ciclo trigonométrico e funções trigonométricas.
  • Conhecimentos algébricos/geométricos; plano cartesiano; retas; circunferências; paralelismo e perpendicularidade, sistemas de equações.

Certamente, você irá achar o conteúdo programático de matemática muito extenso. Acredite, é imenso até para os vestibulandos mais experientes. Mas não se intimide com a quantidade de informações reportadas acima.

Ainda dá tempo de acompanhar todos os conteúdos que serão cobrados na prova. Quer saber como?

Contrate um professor particular, assim você não terá problemas na hora que surgir dúvidas nas questões mais trabalhosas do Enem.

 

Dicas de como se sair bem no vestibular

Entenda que aprender matemática requer muita disciplina, exercícios e planejamento. É muito comum os alunos acharem que entenderam o conceito na teoria, mas na hora da prática se frustram por não conseguir resolver questões que pedem um pouco mais de experiência.

Nessa hora é bom insistir, tentar resolver o problema até obter a resposta. Se as dificuldades forem muitas, uma boa dica é contratar um professor particular.

Essas são as dicas que o professor particular dará a seu aluno:

  • Acredite no seu potencial
  • Organize seu tempo
  • Leia com atenção a prova
  • Comece pelas questões mais fáceis

Aos que acreditam que matemática seja apenas decorar fórmulas, há maneiras mais fáceis de se sair bem na matéria sem precisar ficar apenas decorando, o melhor é compreender o mecanismo ao qual é feita a questões.

Um professor particular saberá te ensinar os truques para compreender o mecanismo da matemática.

As boas razões para ter aulas de matemática com um professor particular

Entenda que leituras e resumos sobre a matéria são importantes, mas na prática é muito mais eficaz dedicar parte do seu tempo resolvendo questões anteriores. E quem melhor para revisar questões anteriores com você do que um professor particular.

Para dominar a teoria e a prática o estudante de matemática precisa:

  • Resolver exercícios resolvidos
  • Conhecer a linguagem matemática e seus símbolos
  • Relacionar a teoria com aplicações do cotidiano
  • Aprender as definições matemáticas

Para chegar a dominar a teoria e prática veja as boas razões para ter aulas particulares de matemática :

  • Aulas individualizadas
  • Maior atenção as suas dúvidas na matemática
  • Profissional altamente qualificado
  • Atendimento especializado
  • Preço que cabe no seu bolso

Seguramente, o bom professor detém um conhecimento mais avançado, com a ajuda dele você terá um estudo mais detalhado, planejado e direcionado a atender os seus objetivos.

Outra boa razão para ter um professor particular é poder contar com o auxílio individualizado de um profissional especializado a atender alunos interessados em obter uma excelente nota na prova.

Competir por uma vaga nas melhores faculdade se tornará mais fácil se você estiver acompanhado de um bom professor particular.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar