Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guia para aprender a língua italiana

De Carolina, publicado dia 13/10/2017 Blog > Idiomas > Italiano > Como fazer aulas de italiano?

Aprender italiano fica muitas vezes em terceiro, quarto plano, vamos dizer assim. Os estudantes preferem aprender inglês, espanhol e alemão.

Tradicionalmente, os alunos escolhem o inglês como sua primeira língua estrangeira, o espanhol como segunda língua e, depois, quem sabe o italiano durante sua escolaridade.

Por isso, seria uma pena não aproveitar os muitos benefícios de sua aprendizagem.

Os motivos pelos quais os alunos cursam cursos de italiano são numerosos:

  • Abraçar uma cultura italiana vibrante no exterior,
  • Aprender italiano para conseguir um emprego na área da moda em Milão,
  • Preparar uma viagem à Itália e descobrir a Toscana, Lombardia ou Veneza,
  • Falar italiano para descobrir a sua famosa e deliciosa gastronomia,
  • Aumentar seu capital sedutor (afinal, a língua italiana é considerada a língua do amor?)

Ser bilíngue em italiano pode se tornar um bem importante para sua futura carreira profissional!

Assim como o inglês, o espanhol e o alemão, muitas escolas de idiomas brasileiras oferecem cursos de italiano para seus alunos.

Aprenda a língua italiana e vá para o país em forma de botas Quem sabe um dia você vai morar na capital da Itália?

No entanto, como você sabe, antes de dominar perfeitamente uma língua estrangeira, o estudo e a prática são necessários para se tornar um verdadeiro italiano!

Ser acompanhado por um professor particular de italiano pode ser a melhor solução para aprender rápido a língua de Dante.

Como se preparar para uma prova de italiano?

Você conhece a expressão “Roma não foi feita em um dia”? Isso é verdade para o aprendizado em italiano: você terá que fazer várias aulas do idioma para aprendê-lo, cultura e história da civilização romana.

A cultura italiana é tão vasta que forma uma base infinita de conhecimento e cultura geral para dominar em qualquer momento de nossas vidas: língua e literatura italiana, história da arte, lugar da Itália na Europa e nas relações internacionais, globalização, ciência e tecnologia, etc.

Se você escolher o italiano como primeira ou segunda língua estrangeira, você vai aprender muito e sobre muitos temas: artes, civilização europeia, romana. Essa cultura é muito rica!

Se você optar por aulas particulares (encontre o profissional ideal de italiano), a ênfase será colocada na sua capacidade de ler e escrever o italiano.

E quando for na hora H? Quando tiver que fazer uma prova de italiano? Como reagir? Como estudar? O que revisar?

Vai depender de que prova e o conteúdo que vai cair nela, não é mesmo?

Aprenda a linguagem de Dante em Roma A cultura da Itália é tão rica quanto sua língua

Dentro da matéria da prova, tem algumas obras literárias italianas? Se sim, você terá que compreender muito bem os textos em italiano.

A prova que você vai tentar será em uma universidade italiana na Itália? Porque existem muitas cidades italianas que recebem alunos estrangeiros como Nápoles, Roma, Turim, Veneza, Milão.

No final, os objetivos do programa dos cursos são:

  • compreender italiano oral em todos os assuntos (debates, transmissões de rádio, televisão, filmes ou documentários)
  • poder entender, argumentar, explicar, interpretar o italiano oralmente
  • ler os textos italianos de forma autônoma, fluida e abrangente
  • ter uma expressão oral clara com suas próprias palavras sobre vários assuntos
  • poder apresentar ou reformular, comentar ou explicar em vários meios de comunicação escritos ou orais, com diferentes informações e opiniões
  • poder argumentar de forma clara, fluida e concisa
  • poder dialogar com várias pessoas, falantes nativos italianos ou com um nível avançado de prática linguística
  • Por conseguinte, será necessário desenvolver a sua compreensão oral, expressão e compreensão escrita.

Há sete grandes temas que representam a cultura da disciplina estudada:

  • Artes (arquitetura, cinema, música, pintura, fotografia)
  • Crenças e Representações
  • História e geopolítica
  • Idioma e idiomas (que originaram a língua)
  • Literatura
  • Ciência e tecnologia
  • Sociologia e economia

Além disso, as habilidades linguísticas dos alunos devem ser desenvolvidas através do estudo de vários sub-temas que detalhamos abaixo:

  • Mitos e heróis: estudo de culturas e contraculturas italianas que fomentaram mitos e heróis para valorizar seu passado
  • Espaços e intercâmbios: estudo das interações e intercâmbios realizados pela Itália durante sua História
  • Lugares e formas de poder: um módulo ligado à ciência política, as instituições de cada região da Itália
  • A ideia de progresso: um estudo do conceito de progresso na história das nações (revoluções industriais, tecnologias, conquista de liberdades, evolução do conhecimento, utopias e evolução dos dialetos, etc.).

Se você fizer um curso de italiano ou estudar história, ciências sociais em alguma universidade na Itália, pode ter certeza que esses temas serão abordados. História, língua e literatura italiana, só esse programa já é muito amplo!

Conteúdo gratuito para completar suas aulas de italiano

Quando falamos de gratuidade, pensamos imediatamente na internet. Como estudar italiano de graça e online?

Na verdade, a web nos oferece uma ampla escolha de recursos de idiomas gratuitos, para todas as necessidades.

Curso de extensão da USP de italiano

Nem precisamos falar sobre a Universidade de São Paulo, não é? É somente uma das mais conceituadas do Brasil.

O departamento de italiano na Faculdade de Letras da USP criou um curso de extensão de italiano que se chama Dire, fare, partire!

Ele é especialmente criado para brasileiros aprenderem italiano. Dessa forma, eles trabalham muito as principais dificuldades que nós temos ao aprender o italiano: pronúncia, pronomes, artigos, etc.

Além do “Dire, fare e partire”, eles lançaram o “Dire, fare, arrivare!” no começo deste ano. O “Dire, fare, arrivare!” é a sequência do primeiro curso.

Muitos sites embarcaram no mercado de aprendizagem de línguas.

Entre eles, alguns oferecem acesso a todos ou parte do conteúdo gratuitamente.

Fale o idioma da Itália comendo! Você pode conhecer a língua italiana através das receitas também!

Esse é o caso, por exemplo, do Loecsen. Um verdadeiro dicionário online, o Loecsen oferece centenas de palavras, ordenadas por tópico, traduzidas e pronunciadas por um falante nativo italiano.

Um excelente recurso gratuito e ilimitado para aprender italiano gratuitamente: os sites de diferentes jornais italianos.

  • Corriere della Sera;
  • La Repubblica;
  • Il Sole 24 ORE;
  • O Gazzetta dello Sport.

Corriere della Sera é um jornal publicado em Milão. Fundado em 1876, sua linha editorial é identificada como centro-direita, por exemplo.

Quanto custa uma hora de curso de língua italiana?

Você também pode escolher cursos de aulas escolares em italiano através de organizações especializadas em ensinar a língua de Dante.

As aulas de italiano geralmente são realizadas em pequenos grupos para garantir que os alunos progridem uniformemente.

Por exemplo, você pode encontrar:

  • Centro di Cultura Italiana no Rio de Janeiro – RJ – Cada módulo do curso de italiano custa em média R$1800.
  • Fundação Torino Belo Horizonte – MG
  • ACIRS – Língua e Cultura Italianas – cada módulo do curso de italiano custa em média R$940.

Você sabia que, com alguns cliques, você pode facilmente encontrar o professor que lhe convém de acordo com suas necessidades e seu orçamento?

Revisar para um exame de italiano ou planear uma viagem para a Sicília, os 2800 professores italianos estarão disponíveis para você aprender rapidamente o idioma!

Com um perfil e currículo verificados por nossas equipes, a pedagogia e a metodologia dos nossos superprofs italianos estarão esperando por você!

As aulas de reforços escolares na língua (para as crianças que estudam em escolas internacionais de italiano, por exemplo), aulas de línguas italiana ou outras modalidades. As aulas na língua de Dante Alighieri são uma das mais baratas custando em média R$60/h.

Você pode encontrar:

  • Vittoria em São Paulo por R$ 70 / h
  • Stefano dá aulas de italiano no Rio de Janeiro por R$ 60 / h
  • Francesca em Porto Alegre para aprender italiano por R$ 65 / h

Para entrar em contato com o professor, o aluno deverá pagar R$ 29. Com o pagamento dessa taxa, você pode entrar em contato com o professor de italiano e de outras matérias que tiver interesse de aprender. Esse valor só será debitado se o professor aceitar dar aulas para você.

Professores bilíngues em italiano, estudantes de ensino superior ou italianos nativos, você está totalmente livre para escolher o seu professor para aprender italiano facilmente!

Como encontrar um bom professor de italiano?

Que perguntas devo perguntar ao meu professor antes de iniciar minhas aulas de italiano com ele?
Nem todos os professores estão acostumados a ensinar individualmente ou em pequenos números…

Encontrar o professor de italiano certo pode não ser tão simples quanto você pensa.

Não é necessariamente uma questão de oferta, pois isso está claramente progredindo como nós lhe dissemos. Mas sim “corresponder com a demanda”.

Ou seja, nem todos os professores particulares de italiano estão aptos a atender sua demanda.

Por isso, é importante que você tenha bem claro o que quer reforçar, aprender na língua de Dante. Você deve ser bem específico nesse momento.

Até quando a formação e a experiência do professor realmente importa?

Você que atualmente está se perguntando como encontrar um bom professor de italiano sabe que certamente encontrará diferentes perfis.

Obviamente, muitos dos professores particulares no mercado são professores profissionais. Mas eles não são os únicos que oferecem seus serviços. Se preferir falar com eles, saiba que outros também podem ajudá-lo no seu objetivo de estudar italiano rapidamente!

Há estudantes, por exemplo. Na maioria das vezes, estudantes universitários em italiano. Eles têm praticado o idioma de Dante há anos! Eles, portanto, têm a capacidade de transmitir seus conhecimentos para iniciantes ou estudantes intermediários.

Última pergunta para você perguntar ao seu futuro professor de italiano antes de começar as aulas com ele:

Qual método de ensino você usa? É importante conhecer os detalhes de uma pedagogia antes de adotá-la, não é?

O seu “potencial futuro professor” é adepto do ensino com utilização de novas tecnologias? Aplicativos, uso do touchpad ou de determinados sites?

Italiano e comida até rimam! Quem disse que não é possível aprender e comer ao mesmo tempo? Com a língua italiana sim!

Ou ao contrário, ele é old school? Ele privilegia os tradicionais métodos de ensino de italiano? Se assim for, é possível que essa metodologia não seja adequada para a nova geração, mais acostumada a estudar através de novas tecnologias.

Finalmente, você também pode perguntar se a pedagogia do professor de italiano se concentra principalmente na conversação ou na gramática. É verdade que, no ensino médio ou na universidade, os estudantes brasileiros são principalmente passivos durante as aulas de italiano.

Eles escrevem e ouvem muito. Porém, seria interessante encontrar um professor particular com ênfase na expressão oral, participação e interação.

Saiba também como encontrar boas aulas de italiano online no Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar