Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aprofunde seu nível de inglês com professores estrangeiros

De Marcia, publicado dia 05/04/2019 Blog > Idiomas > Inglês > Dicas para progredir em inglês falando com nativos

Entre a grande quantidade de recursos educacionais para melhorar o nível de inglês e progredir rapidamente no idioma, é possível encontrar aulas particulares, estudos de idiomas no exterior e internet, onde é possível aprender até gratuitamente.

No entanto, nada será mais eficaz, para tornar-se bilíngüe, do que se imergir na cultura e linguística do idioma por um ou dois anos letivos.

A quantidade de brasileiros que vivem no exterior aumenta a cada ano. Alguns permanecem em solo estrangeiro por pequenos períodos, nos quais realizam cursos, enquanto outros se apaixonam tanto por outras terras que decidem não mais voltar para casa.

Normalmente, quem opta por aprender inglês em intercâmbio acredita que viajar para países de língua inglesa e fazer cursos de inglês online com outros estrangeiros é a melhor solução para alcançar o tão sonhado progresso no idioma.

Estudos no exterior Há quem acredite que viajar para um país de cultura inglesa é a melhor maneira de aprender.

Além da imersão, os cursos no exterior têm um diferencial: professores nativos! Se você se interessa pela ideia, acompanhe nossas dicas de como aprender inglês com nativos cuja língua materna é o inglês.

Fale inglês com nativos que vivem no Brasil

À medida que as economias se tornam mais e mais interdependentes – e abertas à concorrência internacional – entre elas, o acúmulo de habilidades lingüísticas, especialmente da língua inglesa, tornou-se um dos melhores ativos do mundo profissional.

Prova disso é a necessidade a cada vez maior do idioma para o mercado de trabalho. Há alguns anos, saber inglês era um diferencial. Hoje em dia, dependendo da área de atuação, trata-se de algo praticamente obrigatório. Talvez podemos considerar a fluência como o diferencial atual.

De fato, uma pesquisa Erasmus estimou que, em 2016, uma em cada duas empresas procurava a proficiência em inglês em candidatos durante campanhas de recrutamento.

Além do interesse profissional – até mesmo crucial – de saber inglês, há a capacidade de se comunicar em inglês e ser entendido por todos os estrangeiros do mundo que também falam o idioma, até mesmo por aqueles que o tem somente como segunda língua.

Costuma-se dizer que aprender uma língua e praticá-la estimula as habilidades cognitivas do aprendiz.

A armadilha da aprendizagem de línguas é que você pode não ter necessariamente o tempo e/ou o dinheiro para ir para o exterior. Além disso, deixar o Brasil pode ser emocionalmente difícil (família, amigos, cônjuge).

Bem, podemos muito bem progredir em inglês a partir de casa. Eu arriscaria dizer que não será necessário nem mesmo sair do sofá!

Uma grande comunidade de expatriados de língua inglesa pode estar no Brasil: recursos digitais para atender a essas pessoas são abundantes na web.

Nesse sentido, tudo éuma questão de encontrar expatriados ou estudantes (há muitos que moram em uma das grandes cidades brasileiras).

Só é preciso levar em conta que se eles não falam português, a troca será difícil se você não entender a língua ou o sotaque deles.

Na universidade ou em uma escola de ensino superior, muitas vezes há um departamento de relações internacionais.

Por que visitá-lo?

Bem, você pode encontrar um correspondente entre os estudantes estrangeiros ou mesmo estudar sem sair do Brasil através de outros programas de estudo!

Para encontrar professores particulares de inglês, você também pode pensar em dar uma olhada em um centro cultural, que ofereça cursos intensivos – aulas individuais ou em grupo – participar de debates e conferências, além de aderir a palestras e outros eventos.

Isso permitirá que você encontre o mundo e desenvolva seu conhecimento de cultura inglesa, americana, australiana, escocesa, irlandesa, neozelandesa, etc.

Conheça estrangeiros que falam inglês no Brasil

Outra dica, que faz muito sentido: acesse o contato público de organização de eventos culturais relacionados ao inglês!

Além disso, existem locais de convivência, como alguns bares, por exemplo o Little Igloo em São Paulo, que estimulam o público a comunicar-se utilizando o inglês. Trata-se de uma forma de encontrar nativos do idioma que vivem por aqui.

Podemos dizer que o aprendizado perfeito do inglês se dá pela arte e cultura!

Ao ouvir os falantes de inglês, ampliamos o nosso vocabulário e melhoramos a compreensão oral no idioma de Shakespeare.

Como fazer um curso de inglês grátis sem precisar deixar seu país de origem? Juntando-se às comunidades de expatriados!

Hoje em dia, com as redes sociais, ficou ainda mais fácil encontrar falantes nativos do idioma que residem em nosso país. Uma simples conversa com essas pessoas, pode trazer uma luz para aqueles que se sentem, de certa forma, inseguros quanto à sua capacidade de progredir no inglês.

Finalmente, outra fórmula possível para adquirir um bom nível sem pagar ou sair de casa: mergulhar em uma imersão total no mundo da língua inglesa, sem sair de casa.

Viagens e estudos Ainda que seja possível mergulhar no inglês sem sair de casa, aprender pelo mundo traz outros ganhos.

Estamos falando em mudar o idioma padrão dos dispositivos conectados (computadores, tablets, smartphones), assistir a canais de TV em inglês, ouvir programas de rádio em inglês e optar por assistir filmes em versão original, legendados em português.

Pensamos em outra técnica para encontrar os falantes de inglês no Brasil: trazê-los para casa!

Como?

Há sites que promovem intercâmbio entre pessoas de diversas partes do mundo. Já se imaginou hospedando um estudante estrangeiro em sua própria casa.

No Brasil, você pode participar de eventos em sua cidade natal para aprender inglês, bem como hospedar viajantes cuja primeira língua é o inglês (sejam eles vindos da Inglaterra ou da África de língua inglesa).

Receber em casa um professor de inglês certamente vai forçar você a praticar o idioma todos os dias!

Vá para o exterior para consolidar seu nível de inglês!

Aqui está a melhor maneira de acelerar seu treinamento de idiomas: aprender inglês na Inglaterra ou em outro país falante do idioma.

Residindo no Brasil, a solução mais fácil é fazer uma viagem para Londres, Dublin, Belfast, Glasgow, Edimburgo ou Birmingham.

Há ainda quem prefira ir ao Canadá, Estados Unidos ou mesmo Austrália. Entretanto, essa viagem pode ser cara!

Ainda que você consiga um visto que permita trabalhar durante a estadia, é preciso se preparar para arcar com os custos do curso e de manter-se em um país estrangeiro pelo período escolhido.

Você só precisará se informar sobre essa possibilidade e escolher a opção que mais se adapta a você e suas necessidades. Mas trabalhar durante o intercâmbio é uma grande oportunidade de progredir mais e mais.

Ao trabalhar em uma empresa australiana, canadense ou neozelandesa, você terá que se comunicar com outros funcionários, muitas vezes com os próprios viajantes – portanto, será como fazer um curso informal de conversação – e ainda aprender com vocabulário especializado.

Por exemplo, dar uma volta pelos restaurantes na Austrália desenvolverá o campo lexical de culinária e serviço de recepção. Ao fazer a colheita dos frutos, vamos aprender os termos de agricultura.

E também, expressões inglesas, gírias e até mesmo palavrões normalmente só são conhecidos quando você convive com a cultura local de um país de língua inglesa.

ADVERTÊNCIA: sistematicamente, viajar é a melhor solução para quem quer aprender rapidamente sem parecer precipitado ou ansioso demais.

Outra alternativa para fazer um curso de inglês é fazer uma viagem a países não convencionais. Note-se que Malta é certamente o país mais econômico de língua inglesa entre o Reino Unido, os Estados Unidos, o Canadá, a Austrália e a Nova Zelândia: o custo de vida será menor do que no Brasil!

Como parte de uma estadia em um curso de idioma, você pode ficar em uma casa de família, fazer amizades e conversar com crianças e adolescentes da família anfitriã, fazer um curso intensivo de inglês na escola de idiomas e, ao mesmo tempo, aprender a falar algumas palavras em outros idiomas com os outros convidados.

Estudos em centros de idiomas Há quem inicie em cursos convencionais de inglês desde criança.

Que melhor maneira de falar fluentemente após um, dois ou três meses vivendo nesse universo?

O objetivo final é estar tão imerso em inglês a ponto de pensar e sonhar em inglês. E ainda que isso não aconteça, você estará apto a se comunicar, que é o principal objetivo de quem estuda idiomas.

Faça aulas de inglês com professores nativos

Apesar de noites de estudos pelo computador ou trocas online com a comunidade de língua inglesa da sua cidade, o nível de inglês não decola?

Cursos com um professor de inglês nativo no Superprof podem ser necessários!

Nossa plataforma conta hoje com mais de 10.000 professores registrados em todo o Brasil. Dentro desse número, podemos considerar que existem diversos falantes nativos do idioma.

Além disso, você pode procurar por um curso convencional do idioma, já que em sala de aula, uma grande variedade de cursos espera por você:

  • Inglês profissional (Inglês para Negócios);
  • Preparação para um teste de inglês (IELTS, TOEIC, TOEFL);
  • Curso de conversação;
  • Aprendizado em diferentes sotaques (irlandês, escocês, londrino, australiano, etc.);
  • História e cultura dos países de língua inglesa;
  • Estudo sobre o funcionamento das instituições políticas e culturais nos países falantes do idioma;
  • Aprofundamento em expressão oral.

Estudar sozinho ou com professor Nem sempre a autodidática basta: é preciso ter contato com um professor.

Na verdade, a educação em casa – que também é possível fora – envolverá investimentos menores, mas praticar o inglês cara a cara se mostrará muito mais eficaz do que aprender sozinho por ser autodidata, na frente da tela do seu computador.

Convencido(s)? Não espere mais e comece agora mesmo a procurar pelo seu curso de inglês com professor nativo. Vá em frente!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar