Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como escolher sua tarifa por aula de francês

De Camila, publicado dia 27/09/2017 Blog > Idiomas > Francês > Estipular o valor da hora de curso do idioma da França

A língua francesa ganha cada vez mais espaço no cenário internacional. Não é para menos, já que mais de 270 milhões de pessoas se comunicam através do idioma. Sem falar que várias empresas a adotaram como língua oficial dentro do espaço de trabalho.

Com 33 nações francofônicas, o francês também vem sendo utilizado com cada vez mais frequência como idioma oficial para relações internacionais entre países.

Diante de toda esta expansão da cultura francófona, o número de pessoas que procuram por aulas do idioma é crescente e a busca por professores capacitados no ensino do francês só aumenta.

Existem várias maneiras de atuar neste mercado de transmissão de conhecimento linguístico: através de aulas particulares, aulas dentro de empresas, aulas para grupos e como professor de escola de idiomas.

Como determinar o valor da sua hora de aula dada? Te ajudamos a calcular o preço das suas aulas de francês.

Você domina muito bem a língua de Molière e pretende se lançar na área do ensino do francês?

Se você é novo neste meio, então, com certeza, encontrará algumas dificuldades na hora de estruturar os serviços a oferecer. Dentre elas, a escolha do valor das aulas pode se tornar uma barreira.

Superprof mostra nesta matéria alguns pontos a serem considerados na hora de estipular o preço das suas tutorias e como eles podem interferir no valor final do serviço oferecido.

Critérios a levar em conta

Estabelecer uma tarifa para cursos de frances basico ou avançado pode parecer fácil para quem está longe da realidade do negócio. No entanto, para um professor iniciante, esta pode ser a causa de muita indecisão e angústia.

Existem quatro critérios básicos a serem levados em conta no momento de estipular o valor das suas aulas: seu nível de domínio do idioma, sua experiência enquanto educador de francês, o perfil dos seus alunos e a localização das aulas.

Seu nível

Qual é o seu nível de fluência da língua francesa?

Um professor francofônico nativo atrai, frequentemente, mais alunos. Você está dentro deste grupo? O francês é sua língua materna? Você é bilíngue no idioma? Melhor ainda, você possui dupla nacionalidade francesa?

Use e abuse destas características na hora de divulgar seu trabalho, pois elas, com certeza, chamarão a atenção daqueles que procuram um professor. Isso porque muitos alunos adoram fazer cursos tendo a impressão de que as aulas se passam em terras francofônicas!

Se você é brasileiro, mas tem experiência com a cultura francesa e / ou fez seus estudos em alguma nação onde a língua é oficial, lembre-se de igualmente utilizar esta informação a seu favor. Seus futuros pupilos podem ser atraídos pela possibilidade de enriquecimento e intercâmbio cultural durante as sessões de ensino.

Se seu domínio só é bom o suficiente para que você dê aulas para aprendizes que são completos iniciantes, então não seja muito “guloso” na hora de escolher as tarifas. Um tutor com nível intermediário-avançado cobra uma média de 35,00 reais por hora de aula.

Já profissionais com diploma ou formação oficial que comprove o nível avançado, nativos ou bilíngues podem cobrar uma média de 60,00 reais por hora. Este valor, no entanto, pode aumentar de acordo com as especialidades e qualificações do profissional.

O valor das aulas aumenta de acordo com a experiência do tutor. O tempo de experiência do professor interfere no preço das aulas.

Sua experiência

Sua experiência é um ponto igualmente importante a ser considerado na hora de decidir qual preço cobrar por hora de tutoria. Se você é iniciante neste meio, é preciso prestar atenção para não cobrar uma tarifa muito elevada.

Alunos se sentem mais seguros quando frequentam aulas com um professor experiente. Se este não é o seu caso, então você precisa compensar este déficit de experiência na hora de oferecer seus serviços.

Oferecer um preço razoavelmente mais baixo do que a média cobrada pelos profissionais há mais tempo no mercado chamará a atenção de uma leva de alunos que procuram por cursos mais em conta.

Até conseguir adquirir mais prática e bagagem na área professoral, que tal começar com uma tarifa horária que seja a metade do preço médio cobrado na sua região?

Se seu caso não é este e você já tenha anos de experiência no ensino do francês como língua estrangeira, então não hesite em fazer uma pesquisa de mercado e nivele seu preço por hora de aula por alto. Ou seja, considere as tarifas mais elevadas cobradas por profissionais que tenham um perfil de trabalho parecido com o seu.

Seus alunos

Conhecer o objetivo de estudos dos seus alunos é um ponto fundamental na hora de organizar suas aulas.

As pessoas que te procuram para tutorias de francês buscam melhorar o domínio da língua para fazer uma prova específica? Ou elas querem atingir determinado nível para conseguirem fazer seus estudos universitários no exterior? Algumas desejam falar o idioma fluentemente para viajar com frequência a países francofônicos e conseguirem se comunicar sem problemas?

Se seus alunos anseiam simplesmente se familiarizar com a língua antes de ir de férias para a França, então seu trabalho enquanto tutor será mais brando do que se eles desejassem se preparar para diplomas oficiais como DELF/DALF.

Sem dúvidas, um aluno aluno iniciante ao qual apenas as bases do idioma precisam ser ensinadas demanda menos esforço do professor do que aqueles que visam a entrada em uma universidade francofônica.

Os preços podem aumentar ou baixar de acordo com determinados fatores. Várias considerações precisam ser observadas na hora de escolher suas tarifas.

Aulas para iniciantes podem ser facilmente guiadas pelas proposições de lições contidas em diferentes livros didáticos. Basta escolher aquele que lhe parece o mais adequado e seguir o ensino página por página.

Alunos em preparação para diplomas precisam, além de reforçar suas capacidades de expressão e compreensão oral e escrita, praticar fazendo simulados das provas.

Já pupilos que procuram pelo aprimoramento de um nível avançado de francês voltado para o mercado de trabalho precisam receber aulas personalizadas de acordo com a área em que atuam. Tal adaptação demanda certa pesquisa e adaptação das lições normalmente utilizadas pelos educadores.

Sendo assim, as tarifas podem ser manipuladas de acordo com o trabalho demandado do profissional na hora do desenvolvimento, preparação e aplicação de cada tipo de aula.

Outro ponto a ser igualmente considerado é a frequência com que cada aluno tem aula. Pacotes promocionais podem ser oferecidos àqueles que precisem ou desejem fazer mais aulas. Isso os motivará a manter a regularidade das sessões.

Cursos no fim de semana podem custar mais caro do que os ministrados durante os dias úteis, já que eles demandam uma disponibilidade extra do professor.

Ótima dica para atrair clientes é a proposição da primeira aula gratuita. Muitos professores o fazem e esta é uma ótima maneira de mostrar aos futuros alunos que seus cursos valem a pena serem seguidos!

Sua localização

A localização é o último critério a ser levado em conta.

Se você mora em uma metrópole brasileira, então sua tarifa pode ser um pouco mais elevada do que aquelas cobradas em pequenas cidades do interior.

Lembre-se sempre que você pode adaptar sua metodologia para o ensino à distância. Ferramentas de videoconferência como o Skype são cada vez mais utilizadas como interfaces para aulas particulares. O ponto positivo deste tipo de aula é que tanto você quanto seu aluno terão custos reduzidos, pois não precisarão se deslocar para efetivarem uma sessão de ensino.

Os professores são livres para estipular seus preços?

Os professores de francês podem recorrer a diferentes meios para conseguirem angariar alunos:

  • Plataforma de professores de francês online;
  • Escolas de idiomas;
  • Organismos especializados em aulas particulares.

Muito podem se perguntar: “Mas e a remuneração, ela precisa ser fixada pelos responsáveis da gestão de cada um destes meios?”

Existem várias respostas para esta pergunta.

Tarifas fixas

Os locais que propõe aulas de francês são numerosos, sejam eles organismos especializados na oferta de aulas particulares ou escolas de idiomas estrangeiros.

Como em tudo na vida, existem pontos positivos e negativos em ser contratado em empresas com este perfil.

O lado positivo de possuir um contrato de trabalho é a estabilidade e os benefícios que tal estatuto proporciona ao profissional: horas mínimas de trabalho garantidas, salário fixo no final do mês, férias pagas, etc.

O lado negativo é que muitas vezes tal sistema pode ser muito rígido. Isso porque os preços cobrados por hora de aula são pré-estabelecidos pela empresa que emprega o professor, e não pelo educador que ministra as aulas.

Sendo assim, você não consegue “incrementar” o preço das suas aulas de acordo com seus diferenciais (anos de experiência, alto nível de domínio da língua, diplomas e formações na área), pois eles são tabelados igualmente para todos os professores.

Contratados de escolas não possuem flexibilidade em suas tarifas. Você prefere ter tarifas flexíveis ou um contrato de trabalho?

Tarifas flexíveis

As plataformas online chegaram no mercado das aulas particulares para virar este sistema “engessado” de pernas para o ar, pois elas funcionam de maneira completamente diferente: cada professor é livre para estabelecer o preço que desejar para suas aulas.

Graças ao que apresentamos ao longo desta matéria, se a sua escolha for por anunciar seus serviços através de uma destas plataformas, então você terá todas as ferramentas para “massagear seu ego” de professor e escolher a tarifa que acha justa para a qualidade de suas aulas!

Vale lembrar que Superprof.com.br faz parte desta comunidade de plataformas que dão suporte aos tutores particulares. Com dezenas de milhares de professores de todo o Brasil inscritos no nosso sistema, você está mais do que convidado para se juntar a nós: basta se inscrever, criar seu perfil e já começar a entrar em contato com seus futuros pupilos.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar