Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aprender francês com tutores individuais

De Camila, publicado dia 18/09/2017 Blog > Idiomas > Francês > Dicas úteis sobre aulas particulares do idioma da França

É um grande passo a decisão e a determinação de começar a fazer aulas particulares do idioma falado na França.

Se lançar na aventura das tutorias individuais para aprender francês é sempre uma ótima alternativa para aqueles que pretendem progredir rapidamente, ganhar desenvoltura na parte de expressão oral ou ainda se preparar para uma prova.

  • Mas como escolher um professor?
  • Qual deles escolher?
  • Como aprender esta nova língua?
  • Quanto gastar por cada aula?

As dúvidas podem ser tantas a ponto de dificultarem o processo, desmotivando o futuro aluno.

Se você se está encarando tais incertezas neste exato momento, então

precisa ler esta matéria!

Superprof preparou um guia com alguns critérios a serem levados em conta na hora de decidir quem será seu tutor particular, assim como para te ajudar a se preparar para as aulas e escolher um curso que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

Conselhos para eleger seu professor

Para se lançar na aventura do aprendizado do idioma falado na França, é preciso ter um bom professor ao seu lado.

Definir suas expectativas

Optar por aulas particulares de francês é uma excelente escolha caso você queira atenção exclusiva na hora de esclarecer dúvidas. No entanto, antes de decidir quem será seu professor, você precisa estabelecer quais são os seus objetivos de aprendizado.

  • Por que você quer fazer aulas de francês?
  • Como deseja trabalhar seu aprendizado?
  • Onde quer fazer suas aulas? Em casa? No escritório? Via Skype?

É preciso saber quais são seus objetivos para melhor escolher seu professor. Saber onde se quer chegar é importante antes de começar as aulas de francês.

Encontrar anúncios de professores

Os anúncios podem ser tantos a ponto de dificultarem a escolha.

Então, é preciso se fazer algumas perguntinhas básicas:

  • Com qual tipo de professor você quer aprender?
  • Você procura um profissional diplomado ou um estudante em fase de término de curso?
  • Sua preferência é por nativos ou brasileiro bilíngue?
  • Você prefere alguém com diplomas de universidades francesas ou FLE (Francês como Língua Estrangeira)?

Selecionar um perfil que te corresponda

Já deu para perceber que existem diversos profissionais com diferentes perfis que disponibilizam seus serviços de aulas particulares de francês.

Alguns pontos devem ser levados ao analisar o perfil do professor:

  • Experiência no ensino;
  • Nível de domínio da língua;
  • Distância em que ele se encontra do local da aula;
  • Preço cobrado por hora de tutoria;
  • Se a disponibilidade dele corresponde com a sua.

5 qualidades de um educador de francês

Um bom professor de francês deve possuir várias qualidades conjugadas para ser um profissional competente. São elas:

  1. Pedagogia
  2. Paciência
  3. Empatia
  4. Criatividade
  5. Simpatia

Tarifa de aulas particulares

O que esperar das tarifas estabelecidas pelos professores particulares? Veja algumas dicas para conseguir preços mais em conta.

As mais acessíveis

Superprof fez uma média de preços cobrados Brasil afora em aulas particulares e as tutorias particulares de francês apareceram como custando, em média, 62,00 reais por hora de aula.

Aulas em conta para estudantes

Você é estudante e morre de vontade de aprender a falar a língua de Molière, mas ainda não teve coragem de pesquisar os preços? Pois saiba que existem várias alternativas para que as aulas particulares saiam em conta.

  • Aulas particulares em pequenos grupos;
  • Professores que ainda são estudantes em Letras;
  • Fazer um intercâmbio através da universidade.

O preço varia de acordo com a região do país?

A resposta é sim.

Confira a média de preços por hora de aula particular, sem se concentrar em nenhuma matéria específica:

  • São Paulo: 58 reais
  • Rio de Janeiro: 52 reais
  • Belo Horizonte: 46 reais
  • Curitiba: 45 reais
  • Recife: 38 reais
  • Brasília: 49 reais
  • Porto Alegre: 51 reais

Sendo assim, é bem provável que se encontre tutorias individuais de língua francesa no Recife com preços mais brandos que em São Paulo.

A melhor tarifa é aquela que cabe no seu bolso. É importante selecionar aulas de francês que você consiga pagar.

Tarifas mais altas de acordo com perfil do professor?

É importante ficar de olho na experiência e qualificações dos professores na hora da sua escolha: os mais diplomados e com mais anos de carreira demandarão uma remuneração por hora de aula mais elevada.

Aulas online ou a domicílio?

Outra maneira de abaixar ainda mais o custo é fazer aulas através de videoconferências. Muitos tutores estão aderindo à utilização de ferramentas como Skype para darem suas sessões de ensino.

Francês para crianças e adolescentes

“Aprender o francês também significa que a criança estará apta para entender e aprender os grandes pensadores e escritores franceses, como Victor Hugo ou Marcel Proust e dos poetas Charles Baudelaire ou Jacques Prévert. Ver as obras originais desses pensadores é algo sem preço na vida de uma criança.” – bigmae.com

Você deseja que alguma criança do seu entorno comece a aprender francês (filho, sobrinho, neto, etc.), mas não sabe muito bem como proceder? Então confira estas dicas de diferentes métodos, interfaces e opções de cursos.

Aprender francês na infância

Depois dos 6 anos, com o hipocampo totalmente formado, a criança consegue organizar melhor as informações e todo o conhecimento que recebe, conseguindo lembrar de todo o aprendizado que recebe. É nessa fase que muitos especialistas dizem que as crianças devem começar a ter contato com um idioma estrangeiro.

Técnicas de ensino para crianças

O site MyTargetIdiomas.com.br enumera três técnicas fundamentais e eficientes para o aprendizado de um idioma estrangeiro por crianças, incluindo o francês:

  • Repetição: conteúdo precisa ser constantemente repetido;
  • Interatividade: aulas comunicativas e lúdicas;
  • Naturalidade: incentivo a praticar o novo idioma de maneira natural e no ritmo da criança.

Escolas de língua

A Aliança Francesa oferece cursos para crianças e adolescentes. Eles são divididos em três metodologias distintas:

  • turmas para crianças entre 4 e 6 anos;
  • turmas para crianças e pré-adolescentes entre 7 e 11 anos;
  • turmas para adolescentes entre 12 e 16 anos.

Cada uma deles possui método e material didático adaptados para a fase do desenvolvimento pela qual o aluno se encontra.

Download de aulas

Aprender-Linguas.com é um site que oferece para download aulas de francês desenvolvidas para crianças. Chamado de “Meu primeiro Curso de Francês“, o conteúdo propõe introduzir a língua francesa de maneira divertida aos pimpolhos, fazendo com que eles aprendam as primeiras palavras no idioma brincando.

Aulas online

Petralingua.com oferece cursos desenvolvidos especialmente para o ensino do frances online à crianças. Eles podem ser feitos diretamente online ou baixados no computador. Com conteúdo multimídia, o site tem crianças de 3 a 10 anos como público-alvo.

As aulas para as crianças precisam ser mais lúdicas. Crianças precisam de pedagogia específica para aprenderem francês.

Aprender assistindo tv

A famosa rede de televisão francofônica possui um site chamado “apprendre” (“aprender”). Através do www.apprendre.tv, o canal disponibiliza um dispositivo interativo que auxilia e reforça o aprendizado das aulas de francês. O objetivo da interface é o de o aluno conseguir aprender com completa autonomia.

Aplicativos didáticos infantis

Desenvolvido para crianças entre 3 e 10 anos, o aplicativo Fun French pode ser baixado em iPads e iPhones. Ele foi criado por profissionais do ensino do idioma para os pequenos e propõe um aprendizado através de jogos e atividades educacionais.

Dicas para chegar preparado ao curso

Se você está ansioso para colocar a mão na massa, então não fique aí parado esperando o dia da sua aula chegar. Existem várias maneiras de estudar e praticar francês fora do tempo que passa com seu professor.

Preparar lista de vocabulário

Para chegar nas próximas aulas mais confiante e seguro de si, que tal preparar uma lista com um vocabulário de base? Confira alguns locais onde você pode fazer sua pesquisa:

  • Superprof.com.br;
  • Larousse.fr;
  • Wikiversity.org.

Ler livros didáticos

Uma das melhores maneiras de se preparar para as aulas de francês é lendo – e relendo – livros didáticos. Você pode começar pelo que seu professor utiliza nas aulas.

Caso queira pontos de vista diferentes sobre a mesma matéria, ou simplesmente porque já esteja enjoado de estudar sempre através do mesmo material, peça indicações de outros livros ao seu tutor.

Treinar matéria através de aplicativos

Várias opções dedicadas ao ensino e à prática de língua estrangeiras estão disponíveis nas lojas de apps. Através destes programas, você tem a oportunidade de exercitar seus conhecimentos, assim como aprimorá-los de forma lúdica. Nada melhor do que aprender e se divertir ao mesmo tempo!

Duolingo e Le Conjugateur são duas boas escolhas.

Melhorar a pronúncia assistindo vídeos

Assistir filmes e séries em francês, principalmente se este for o idioma original da produção, é uma excelente maneira de treinar o ouvido para a compreensão oral.

A atividade fica ainda mais completa e eficaz se você conseguir colocar legendas em Closed Caption. Desta maneira você escuta e lê exatamente o que é falado.

Outra versão muito divertida desse mesmo exercício é a de colocar seu filme preferido para rodar com dublagem em francês.

Praticar o idioma antes das aulas

A melhor maneira de evoluir na qualidade da expressão oral da língua francesa é falando francês. O supra sumo desse exercício é conseguir praticar com um nativo francofônico.

Francês nos estudos universitários

Você é tão apaixonado pelo idioma da França que pretende, além de frenquentar uma universidade francesa, ainda se especializar no ensino do francês para estrangeiros.

Confira algumas informações que te ajudarão a compreender como funcionam as provas para a comprovação da fluência no francês, assim como a especialização para virar professor da língua.

Existem cursos para aqueles que desejam se formar como professores de francês. Muitos escolher se especializar no ensino do francês na universidade.

Diplomas Oficiais

Universitários que pretendem seguir uma formação no ensino superior francês precisam de certificações que comprovem sua fluência na língua para serem aceitos nas instituições.

Dentre as opções oficiais e reconhecidas por todas as universidades francofônicas, encontramos:

  • DELF
  • DALF
  • TCF
  • TEF

Francês como Língua Estrangeira

Como o próprio nome sugere, esta é uma formação para aqueles que desejam aprender o idioma de Molière ou ensiná-lo profissionalmente.

A maioria das universidades em território francês oferecem a formação em FLE. Ela faz parte do bacharelado (conhecido como “Licence“) em Letras e conta como uma especialização a ser feita no terceiro e último ano (o bacharelado francês possui apenas 3 anos e não 4 ou 5 como no Brasil).

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar