Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Nossos conselhos para se tornar um dançarino fora de série

De Fernanda, publicado dia 12/12/2017 Blog > Artes e Lazer > Dança > Saiba tudo sobre dança!

Ragga Dancehall, Kizomba, Rock’n Roll ou Lindy Hop, Samba, Zumba, Afro… Os alunos das aulas de dança se multiplicam todos os anos graças à diversidade e à convivência artística e social que esses encontros promovem. A dois, em muitos ou simplesmente sozinho, não importa: existem muitas maneiras de descobrir a cultura musical e a história da dança.

Descubra nossas dicas para se tornar um verdadeiro profissional de dança!

Dança: origem e evolução

Quais são as origens da arte de dançar? A dança, como arte, passou por muitas evoluções ao longo da história.

A existência da dança remonta aos tempos pré-históricos: em algumas cavernas européias, africanas ou asiáticas, há desenhos dos primeiros homens que praticavam essa arte. O homem primitivo pintava nas paredes das grutas, cavernas e galerias subterrâneas cenas de caça e rituais que representavam a caçada. Acreditavam ser possível, pela representação pictórica, alcançar determinados objetivos, como abater um animal, por exemplo.

Foi aproximadamente em 4.000 a.C. que a técnica da dança começou a aparecer. Alguns homens começaram a desenvolver danças religiosas, incorporando movimentos como o espacate, as danças em casal ou torneios. Graças à simetria dos dançarinos e às novas sequências coreográficas, a dança começou a se tornar graciosa e harmoniosa.

Embora a dança fosse importante no Egito Antigo, é principalmente na Grécia que esta arte ganhou um lugar relevante!

A dança tinha diversas funções para os antigos:

  • Se comunicar e criar amizades durante as interações sociais,
  • Rezar para um deus durante cerimônias oficiais e rituais religiosos,
  • Para curar enfermos, especialmente durante as danças macabras,
  • Expressar sentimentos ao sexo oposto ou à família

Homens, mulheres e crianças nem sempre praticavam os mesmos estilos de dança. Na verdade, a dança era acima de tudo um meio de distinguir a condição social, sexo, idade e país de origem de dançarinos antigos.

É particularmente difícil conhecer a história da dança na Idade Média. Durante estes séculos, apenas uma pequena elite (nobres ou clérigos) sabia escrever e ler. Há, portanto, poucos registros sobre a dança da Idade Média, já que ela era sobretudo praticada pelo povo.

A partir do século VI, os povos europeus inventaram estilos de danças divertidas para praticar em grupos em torno de um cantor. A dança e a música eram duas atividades inseparáveis: as pessoas reproduziam o coro do cantor enquanto dançava ao seu redor.

Foi apenas no século 18 que surgiu uma dança bem conhecida do dançarino profissional: o balé!

A evolução da dança é imprescindível para o estudo da história da arte e para aqueles que desejam se tornar profissionais da dança, como dançarinos em competições oficiais ou até mesmo professores de dança.

Quais são os diferentes estilos de dança?

O estilo que o dançarino escolher precisa estar de acordo com sua personalidade: ritmo, origem, dificuldade… Tantos critérios a levar em conta para começar a aprender uma nova dança!

Veja algumas modalidades disponíveis em escolas, estúdios e associações especializadas em dança:

  • Danças clássicas ou antigas: além do balé, há a dança renascentista, dança barroca, dança carola, dança branle, dança tarantela, o saltarello a estampiedança circular, dança de roda;
  • Danças rítmicas, como: Axé, Bachata, Baião, Break, Dança contemporânea, Dança de rua, Dança moderna, Flamenco, Forró, Frevo, Hip hop, Lambada, Pasodoble, Polca, Salsa, Samba, Tango, aula de zumba;
  • Danças esportivas, como Zumba, pole dance, dança africana, rock acrobático, alongamento, ginástica rítmica, Sh’bam, Pilates, Rumba, Bokwa, Aero Latin, Aquazumba, Fitness etc.
  • As danças de salão: twist, charleston, sapteado, valsa, tango, foxtrot, swing, bolero, forró, gafieira, zouk, soltinho, bachata, kizomba.
  • As danças do mundo: Bollywood, Dança do Ventre, Dança irlandesa, Country, Flamenco, Fado, Bharata, Cancan, Danças afro, Danças orientais, etc.

Tenha cuidado, no entanto: nem todas as danças estão ao alcance dos alunos iniciantes. Na verdade, novas danças exigem uma boa técnica e, acima de tudo, uma motivação e boa forma!

Dança a dois, dança em grupo ou dança solo: você encontrará sua felicidade durante uma aula diferente que vai virar o disco do tradicional mambo, merengue e outros chá-chá-chá…

Longa-metragens de dança: conheça os clássicos!

Quais são as melhores séries para aprender a dançar? Além de ser particularmente fiel ao cotidiano das bailarinas profissionais, o filme “Cisne negro” foi premiado no Oscar por sua qualidade cinematográfica.

Os longas-metragens inspiraram muitos bailarinos profissionais e dançarinos em geral. Sim, antes de embarcar em uma arte, melhor aprender com os melhores!

Alguns coreógrafos experientes se tornaram estrelas reais graças a filmes de dança. Por exemplo, podemos citar o caso de Benjamin Millepied: este dançarino do Ballet da Cidade de Nova York é agora uma celebridade da dança, famoso mesmo entre os estudantes, graças ao seu trabalho no filme Cisne Negro, vencedor do Oscar.

Assistir a um filme de dança pode ajudá-lo a aprender a dançar, descobrir novos estilos e até mesmo querer conhecer uma coreografia famosa para se preparar para uma apresentação, um festival ou um baile. Em suma, ao dominar uma coreografia popularizada por um filme, você certamente impressionará qualquer público!

Alguns dos filmes de dança mais populares incluem:

  • Flashdance
  • Ela dança, eu danço
  • Os embalos de sábado à noite
  • Billy Elliot
  • Cisne negro
  • Cantando na chuva
  • Magic Mike
  • Footloose – Ritmo louco
  • Fama
  • Moulin Rouge

Dança clássica, jazz moderno ou contemporânea: para cada estilo de dança há um filme de referência!

Note que a maioria dos intérpretes são em sua maioria atores e não bailarinos. Embora muitas vezes sejam treinados por profissionais, esses atores conseguem, no entanto, dominar passos de dança complexos em apenas alguns meses de aulas intensivas.

Por que também não se tornar um profissional de dança com aulas de dança em grupo? Como aula de zumba!

Dança: 20 citações para você se inspirar!

Para se tornar um dançarino profissional, nada funciona melhor do que uma boa dose de motivação!

Todos sabem que motivação e trabalho são a chave para o sucesso em todas as disciplinas artísticas. Então, por que não se motivar e aprender a dançar com a ajuda de frases que revelam os benefícios dessa arte?

Estar interessado em diferentes estilos de dança é saber explorar a riqueza histórica e cultural desta arte que marcou muitas eras. Mergulhar e refletir sobre as citações de autores famosos ou dançarinos reconhecidos é uma ótima oportunidade para descobrir a repercussão da dança ao longo dos anos, mas também para explorar novas culturas.

Com o Superprof, descubra algumas citações da dança e suas origens:

  • “Você tem que dançar como se não houvesse ninguém te observando, amar como se nunca tivesse sofrido, cantar como se ninguém estivesse ouvindo e viver como se o paraíso fosse na terra.” – William W. Purkey
  • “Quando você dança, seu propósito não é chegar a determinado lugar. É aproveitar cada passo do caminho.” – Wayne Dyer
  • “Ninguém se preocupa com sua capacidade de dançar bem. Levante-se e dance. Os grandes bailarinos são excelentes graças à sua paixão.” –  Martha Graham
  • “A dança não é uma diversão, e sim uma religião, a religião da beleza.” – Isadora Duncan
  • “Para mim, estar em movimento é meditar.” – Maurice Béjart
  • “Dançarinos são os poetas do gesto.” – George Balanchine
  • “Eu acredito que a dança sempre contém quatro artes em si. Música, coreografia, pintura e literatura.” –  George de Las Cuevas
  • “Eu só acreditaria num Deus que soubesse dançar.” – Friedrich Nietzsche

Música para dançar: conheça nossa seleção por estilo!

Qual é a sua dança predileta? Qual é o estilo de música que não deixa você ficar parado?

Quem não sonhou em poder dominar uma coreografia famosa como um verdadeiro profissional de dança?

Veja algumas sugestões de música para dançar de acordo com alguns estilos:

Jazz moderno: 

  • Breathe Me de Sia,
  • Video Games de Lana del Rey,
  • Joga de Björk,
  • Iron de Woodkid,
  • Follow Me de Muse,

Dança contemporânea:

  • California King Bed de Rihanna,
  • Don’t You Remember de Adele,
  • Make You Feel my Love de Adele,
  • Catch Me de Demi Lovato,
  • Comptine d’un Autre été de Yann Tiersen,

Danças latinas:

  • Zouk Machine de Maldon,
  • I Belong to You de Lenny Kravitz,
  • Laisse-Toi Aller de Collectif Métissé,
  • Obsession de Aventura,
  • Enamorame de Papi Sanchez,

Danças esportivas:

  • Memories de David Guetta et Kid Cudi,
  • Juicy de Notorious BIG,
  • Empire State of Mind de Jay-Z et Alicia Keys,
  • I Gotta Feeling de Black Eyed Peas,
  • Low de Flo Rida.

Enfim! Quer uma dica ainda mais fácil? Faça uma busca rápida por uma playlist de seu estilo preferido no seu Spotity ou Deezer. Em poucos cliques, vai ter uma seleção interessante que lhe agrade.

A escolha de uma música é essencial para se preparar para um exame de admissão ou uma audição em uma companhia, universidade ou escola de dança.

As danças famosas e na moda evoluem de acordo com os anos. Por exemplo, para dominar a coreografia da famosa música Gangnam Style, o jornal francês 20 Minutes aconselha:

“O movimento das pernas não muda. É aconselhável saltar alternando as pernas da seguinte forma, em quatro batidas: Direita, esquerda, direita, direita, esquerda, direita, esquerda, esquerda. Na primeira parte do coro, você tem que mover as articulações de pulsos quebrados na sua frente, ombros e cotovelos flexíveis, movendo os braços no ritmo »

A teoria não é suficiente: para conhecer uma sequência coreográfica na ponta dos dedos (ou dos pés!), o melhor é passar por aulas particulares em casa. Para saber tudo sobre a arte da dança, que tal começar agora a praticar? Peça uma aula de zumba no Superprof, por exemplo! (:

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,67 sob 5 de 3 votos)
Loading...
avatar