Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Condições para ser instrutor numa instituição de ioga

De Joseane, publicado dia 13/08/2018 Blog > Esporte > Yoga > Dar aula de yoga numa escola

“O homem se torna muitas vezes o que ele próprio acredita que é. Se insisto em repetir para mim mesmo que não posso fazer uma determinada coisa, é possível que acabe me tornando realmente incapaz de fazê-la. Ao contrário, se tenho a convicção de que posso fazê-la, certamente adquirirei a capacidade de realizá-la, mesmo que não a tenha no começo.”  Mahatma Gandhi

A busca pela realização de atividades que proporcionam bem estar tem crescido no Brasil. O ritmo frenético sobretudo da vida profissional tem causados efeitos desagradáveis e levado ao aumento de casos de doenças ligadas ao estresse e ao sistema emocional. Cada vez mais pessoas tem buscado aprender sobre meditação, sofrologia, relaxamento, aromaterapia e yoga, atividades focadas no bem-estar e na paz interior.

A yoga que é o foco desse texto, tem ganhado bastante popularidade entre os brasileiros pois se trata de uma atividade que trabalha tanto o aspecto físico quando o espiritual. O corpo e a mente sendo trabalhados simultaneamente e em prol do eu. Por estar em alta, muitas pessoas tem se projetado na área do yoga. O sonho de trabalhar com uma atividade que proporcione, ao mesmo tempo, prazer e realização pessoal, juntamente com um retorno financeiro interessante.

Mas quais seriam as condições para se tornar professor de yoga em centro ou escola dedicada à técnica? Quais as exigências a respeitar? Quais a etapas a seguir para ensinar o yoga? por onde começar? Todas as respostas aqui nesse artigo!

Saberes de base para ser instrutor de yoga

Para trabalhar em um centro dedicado ao yoga sendo instrutor da prática é preciso ter bastante conhecimento e experiência. Um pouco óbvio né, já que quando se vai em uma escola de yoga espera-se que o professor tenha amplo conhecimento dos fundamentos da yoga tanto teóricos quanto práticos e que possa responder aos vários questionamentos que os alunos venham a ter.

Tudo sobre a profissão de professor de yoga Quero me tornar instrutor de yoga, por onde começar?

No mais, os requisitos básicos para ser instrutor do yoga em uma instituição são:

  • ser maior de idade
  • possuir pelo menos dois anos de prática regular e vivência no yoga
  • estar aberto para novos aprendizados,
  • saber escutar as necessidades dos outros
  • estar motivado para compartilhar sua experiência e os bens do yoga com outras pessoas

Esses critérios são especialmente importantes pois o trabalho como instrutor de yoga exige muita responsabilidade. Além disso você vai lidar com o público, logo, ser atencioso e aberto as necessidades do outro é de extrema importância. Note, ainda, que o trabalho de um professor de yoga exige esforço mental e físico. é preciso estar em boa forma em todos os sentidos, ter bastante disposição e paciência.

É importante estar conectado com o seu corpo, conhecê-lo, saber os seus limites e respeitá-los. O yoga não é uma maratona de quem sabe fazer mais ou melhor. Escute o seu corpo e compreenda o dos seus alunos. Possuir conhecimento em anatomia faz parte da formação de um professor de yoga. Entender as necessidades físicas e emocionais dos seus alunos para fazer um trabalho mais direcionado fará o diferencial na sua aula de yoga.

Sua experiência com a prática do yoga, assim como os seus conhecimentos teóricos sobre os fundamentos e filosofia do yoga te permitirão trabalhar as diferentes abordagens do yoga.

Os oito passos do yoga que todo professor deve conhecer

Uma das literaturas mais importantes do Yoga clássico, o Yoga Sutra, de  Patañjali sistematiza os fundamentos do yoga em 8 partes igualmente importantes para a prática e vivência completa nessa filosofia. Os sutras contidos neste livro descrevem a arte e a ciência do Yoga para a autorrealização, examinando e transcendendo a mente e as emoções. Os oito passos estão interligados entre si e dependem um do outro. Para compreender e se conscientizar de cada um desses passos é preciso estudá-los em profundidade e sobretudo vivenciá-los. Adotar esses oitos passos como filosofia de vida é a única maneira de se conseguir chegar à liberdade pessoal e a transformação integral de si mesmo.

Descubra os oito passos do yoga Trabalhe com o que ama, seja professor de yoga

A seguir:

Yamas

O primeiro passo base dos fundamentos do yoga refere-se aos princípios éticos. Trata-se de cinco atitudes que devem ser tomadas diante do outro, da natureza e de si mesmo.

  • Ahimsa: não violência – a paz começa por você. Ser vigilante com o que diz e o que faz para não agredir o outro e o meio ambiente. Na prática de Yoga significa respeitar seus limites.

  • Satya: verdade – falar a verdade e, principalmente, ser verdadeiro com você mesmo.

  • Asteya: não roubar – se apropriar somente daquilo que lhe pertence, seja material (ex:objetos) ou imaterial (ex: ideias).

  • Brahmacharya: vida regrada – não exagerar na alimentação, no consumo, na utilização do dinheiro etc… Moderação do corpo, da palavra e da mente.

  • Aparigraha: desapego – possuir somente aquilo que é necessário.

Niyama

Trata-se dos princípios ligados à conduta: cinco condutas que devemos ter em relação a nós mesmos.

  • Saucha: purificação – limpeza física e mental. Comer alimentos saudáveis, praticar yogas e ter a mente livre de sentimentos negativos como ódio, cobiça e orgulho.

  • Santocha: contentamento – a felicidade só depende de nós mesmos.

  • Tapas: autossuperação –  ter determinação e disciplina, tanto na vida quanto na prática de Yoga.

  • Swadhyaya: autoestudo –  conhecer a si mesmo através da auto-observação.

  • Ishvara Pranidhana: fé – estar em devoção, em unidade com Deus e tudo ao nosso redor.

Asanas

Em sânscrito, asanas significa “postura”. Constitui uma parte da filosofia do yoga e, como você já deve imaginar refere-se aos exercícios psicofísicos realizados durante a prática do yoga. O asana está além da prática física, trata-se, na realidade, da busca pelo equilíbrio. Praticar o asana traz quietude para o corpo e mente, além de flexibilidade para os membros, relaxamento, estabilidade e saúde.

asana é uma estratégia para transcender a consciência humana”. (Souto)

 o asana facilita o conhecimento de si mesmo O asanas é muito mais do que exercício físico…

Pranayama

Está relacionado a respiração, um dos pilares do yoga. Saber controlar a respiração para melhorar o poder de concentração, que permitirá uma maior contato com o interior de si mesmo. É importante praticar o pranayama todos os dias. A técnica alia força, concentração e equilíbrio, aspectos fundamentais do yoga.

Pranayama nos permite verdadeiramente “estar aqui agora”. Ram Dass

Pratyahara

Significa abstração dos sentidos. É o poder de estabilizar as sensações da mente, parar de prestar atenção nos estímulos externos e voltar a atenção para o seu interior.

 Dharana 

O dharana significa se concentrar. É a capacidade de manter a atenção fixa em um único ponto, evitando a dispersão e olhando para dentro de si mesmo.

Dhyana

Está relacionado ao aspecto espiritual e significa meditação. Meditar é fazer a observação constante da mente, buscar o silêncio que existe dentro de nós, mas que se perde na agitação diária na confusão de pensamentos e sentimentos. . Consiste em concentrar a mente num só ponto e na descoberta da nossa natureza íntima, para lá das construções mentais.

“Penso 99 vezes e nada descubro, paro de pensar e a verdade me é revelada”. Albert Einstein

Samadhi

Significa contemplação, plenitude.  É o estado mais elevado, o qual se consegue através da meditação prolongada e profunda. Samadhi é a expansão da alma no Espírito. Consiste em retirar a mente dos sentidos para unificá-la ao Espírito. É atingir o estado de integração plena consigo mesmo e tudo ao nosso redor.

Esses oito passos são os pilares do yoga e devem ser vividos no cotidiano pelos professores de yoga que se encarregaram de ensinar essas bases aos novos praticantes.

É necessário possuir um diploma para ser professor num centro de yoga ?

O diploma de professor de yoga não é mais necessário do que a experiência prática e teórica do praticante que deseja se tornar professor. O que isso significa?

Descubra como trabalhar em uma escola de yoga No yoga, a experiência, respeito e seriedade para com a prática conta mais.

Isso quer dizer que, em um primeiro momento, os diplomas serão bem vindos e vão dar mais credibilidade a sua apresentação profissional como instrutor de yoga. No entanto, será a sua experiência e conhecimento que irá ditar se você está pronto ou não para transmitir os saberes do yoga para os novos praticantes.

O que acontece normalmente numa escola de yoga é a análise do currículo, onde aparecerão os seus diplomas e formações como instrutor de yoga, isso provará o seu investimento e motivação para trabalhar na área. Na sequência, você será convidado para uma entrevista e, nesse momento, você terá que fazer prova de conhecimento profundo nas bases e pilares do yoga. É aqui que você será avaliado e só então saberá se poderá exercer seu desejo de formar novos praticantes na filosofia do yoga.

Então, para responder a pergunta se é preciso possuir um diploma para ser professor de yoga, a resposta seria sim e não. Tudo depende de como você apresenta o seu currículo e dos requisitos solicitados pela escola na qual você quer trabalhar.

Se você deseja fazer do yoga a sua especialização e que um dia você queira investir em sua própria escola de yoga, nesse caso é necessário que você possua uma ou algumas formação na área e áreas correlatas. Conhecimentos de pedagogia, metodologia de ensino, psicologia, condicionamento físico, anatomia, saúde corporal, espiritualidade, são partes de uma formação completa para um profissional que lida com o yoga.

Namastê

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar