Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Carreira: como criar um projeto profissional?

De Fernanda, publicado dia 19/03/2018 Blog > Apoio Escolar > Orientação Vocacional > Estudantes: como procurar orientação vocacional?

“A coragem é fazer o que você tem medo. Porque não há coragem sem medo “- Eddie Rickenbacker

Orientação vocacional: aqui é um termo que assusta muitos estudantes brasileiros! Muitas vezes os alunos mal acabaram de sair da infância e já são levados a refletirem sobre o seu futuro educacional – uma escolha complexa e difícil de se fazer, sem qualquer ajuda externa.

No entanto, se o aluno tiver acesso a uma orientação vocacional de qualidade, pode pensar e conhecer melhor a si mesmo, e assim desenvolver um projeto educacional específico que vai lhe ajudar em suas escolhas futuras. Se você precisa decidir agora qual o seu curso superior ou se está pensando em mudar de área, fazer orientação vocacional é um processo fundamental.

Descubra como pensar na sua trajetória profissional!

Por que fazer orientação vocacional?

Você deseja organizar sua nova vida de forma clara e precisa? Aqui estão os motivos para escrever um projeto de orientação por escrito!

Como escrever um projeto pessoal de educação? Saiba que todo mundo, uma hora ou outra, já teve um momento de dúvida sobre sua futura vida profissional. O segredo é conhecer as possibilidades – e a si mesmo – o suficiente para realizar o trabalho dos seus sonhos.

Estudantes do ensino médio que precisam fazer a primeira escolha ou universitários que ainda possuem dúvidas: às vezes é difícil encontrar o seu caminho na primeira tentativa e integrar um setor perfeitamente adequado ao seu projeto individual. Muitas vezes mal informados, os estudantes brasileiros têm dificuldade de integrar a universidade dos seus sonhos e, frequentemente, se frustram ao perceber que seu curso não atende às suas expectativas.

Estabelecer um projeto de orientação vocacional é, acima de tudo, estabelecer um plano de ação, seja sozinho, com a família ou com uma orientação especializada. Esse projeto irá ajudá-lo passo a passo a integrar o mundo profissional ou a obter um diploma específico.

Descobrir todas as carreiras possíveis em determinada área, estudar esse ou aquele caminho profissional, fazer um teste de habilidades: são tantos os elementos para levar em conta na hora de criar o seu projeto profissional!

Fazer orientação vocacional também é criar motivação em sala de aula, evitando a evasão escolar, tudo isso com uma metodologia clara e concisa. Claro, criar um novo projeto não é suficiente: o aluno tem de mostrar envolvimento pessoal para seguir em frente.

Então, por que não reservar algumas horas para criar um novo projeto de orientação vocacional e de carreira?

Como fazer orientação vocacional por conta própria?

A metodologia para definir um projeto de orientação vocacional

Seja no contexto de uma orientação vocacional tradicional, uma reorientação profissional, o universitário ou o aluno do ensino médio pode facilmente criar um projeto de orientação de forma autodidata!

Escolher uma profissão é, acima de tudo, um trabalho de autoconhecimento. É um processo de profundo questionamento e de pesquisa efetiva sobre informações em diferentes áreas.

Nosso conselho: crie um projeto profissional o mais rápido possível, para evitar de perder alguns anos preciosos!

Um pequeno exemplo do conteúdo de um projeto de orientação vocacional:

  1. Autoconhecimento: hobbies, personalidade, duração desejada do estudo, tipo de estudo correspondente à sua personalidade (ensino superior, tecnológico, intercâmbio…),
  2. Descobrindo suas aptidões: preferências profissionais, habilidades, análise dos resultados escolares,
  3. Descobrindo as profissões possíveis: caminhos a serem seguidos, duração da formação, instituições de ensino superior, desenvolvimento profissional, salário, evolução,
  4. Análise da viabilidade do projeto: adequação entre o projeto e as competências do aluno, limites do projeto, dificuldades de admissão na universidade, eventual mudança.

O aluno pode formatar seu projeto em uma tabela e estudá-lo observando os diferentes elementos.

Para um bom autoconhecimento e para escolher sua profissão sozinho, pense em colocar suas ideias por escrito e explorar as possibilidades para o futuro!

Orientação escolar: sites para definir um novo projeto

Hoje é possível criar um projeto de orientação vocacional sem necessariamente o apoio direto de um especialista na área, graças aos muitos recursos educacionais gratuitos online!

O primeiro passo, antes de mais nada, é dar uma olhada no site das diferentes universidades que propõem os cursos de seu interesse. Essas plataformas, criadas pelo corpo docente da instituição, são uma mina de informações sobre o conteúdo programático dos cursos (continuação dos estudos, análise do ambiente profissional, evolução de carreira, etc.).

Orientação vocacional online. A Catho é uma empresa reconhecida pelo seu guia de profissões e informações relevantes sobre o mundo empresarial brasileiro.

Aqui estão alguns sites para escrever um novo projeto de orientação sozinho:

  • Guia do Estudante
  • Uol vestibular
  • Portal do MEC
  • Mundo vestibular
  • Guia da Carreira
  • Revista Exame
  • Centro Europeu
  • Sou Vestibulando
  • Principais jornais

Para aqueles que ainda estão indecisos sobre qual profissão ou curso de graduação seguir, a Catho é outro portal que possui informações extremamente relevantes:

  • Em Guia de Profissões, depois de uma busca rápida, você tem acesso à ficha completa da carreira do seu interesse: descrição, o que faz, média salarial no Brasil, cargos relacionados, trilha de carreira e vagas.
  • Em Por Dentro das Empresas, você tem acesso à ficha das empresas, e lá pode ter uma ideia de como é trabalhar nela, por meio das avaliações de funcionários, vagas disponíveis, notas e descrição em geral.
  • Em Cursos, você encontra o curso ideal para a sua carreira, com informações sobre bolsas de estudos, avaliações de estudantes e impacto na carreira.
  • Por fim, a Catho realiza a Pesquisa dos Profissionais Brasileiros, que é um panorama do comportamento dos profissionais apresentada por estatísticas sobre hábitos e rotinas da carreira dos brasileiros. Com mais de 26.400 respondentes, traz um levantamento completo e atual do mercado de trabalho brasileiro, que mostra não só sua evolução ao longo dos tempos, mas também suas tendências e previsões.

Muitos desses portais voltados aos estudantes, como os mencionados acima, oferecem testes de orientação vocacional. Cada aluno pode se beneficiar de um apoio personalizado para criar seu projeto de orientação vocacional e identificar suas expectativas acadêmicas!

Antes de iniciar a redação de seu projeto, ainda é aconselhável fazer um balanço de sua situação.

Por exemplo, no caso de uma reorientação, é melhor entender os motivos da mudança de curso antes de embarcar em um novo curso. Quanto mais perguntas forem feitas, mais precisa será sua orientação vocacional!

Pais de alunos do Ensino Médio ou estudantes universitários: que tal começar agora a elaborar seu projeto de orientação vocacional?

Como criar um projeto de orientação vocacional com um especialista?

Você deseja participar de sessões de orientação ativas, mas não sabe com quem conversar? Vamos rever as diferentes possibilidades disponíveis para você!

Como escolher seu especialista em orientação profissional? Em uma agência, em sua escola, por meio de anúncios online … Existem várias soluções para encontrar um coach de orientação escolar!

A maioria dos pais prefere que seu filho participe de um programa de orientação profissional na própria escola. Mas infelizmente nem sempre isso é possível, sobretudo nas instituições públicas de ensino, onde as iniciativas ainda são pontuais.

No entanto, devido a um mercado de trabalho cada vez mais concorrido e à crescente complexidade na hora de escolher seu curso de graduação, cresce a quantidade de pais e estudantes que procuram uma orientação. É por isso que novos profissionais e agências de orientação abrem todos os anos no Brasil!

Saiba que você pode confiar nesses profissionais: eles são especialistas reais com conhecimento sólido e interesse real em seu trabalho. Não é qualquer um que pode se tornar um orientador: você precisa estar motivado e ter um desejo real de ajudar os outros.

O profissional tem, na grande maioria dos casos, graduação em psicologia. Ele adquire uma capacidade analítica séria, o que lhe permite identificar melhor os perfis e personalidades das pessoas de quem ele está encarregado.

Como você pode ver, o orientador vocacional é um profissional especializado, que possui todas as qualidades e treinamentos necessários para lhe dar toda a ajuda que precisa para construir o futuro profissional mais adequado para você.

Quer uma ideia de onde encontrar apoio vocacional e quais são os valores médios cobrados? Nós fizemos um levantamento:

  • Junto aos psicólogos das instituições escolares públicas ou privadas – gratuito
  • Nos consultórios de psicologia – em média 180 reais a sessão
  • Em empresas de coaching – em média 220 reais a sessão
  • As Universidades e outras Instituições de Ensino Superior conduzem, em geral, projetos de orientação vocacional comunitários e gratuitos – informe-se em de sua cidade – os encontros são gratuitos.
  • Da mesma forma, existem associações ou ONGs que desenvolvem programas de orientação profissional gratuitamente (ou a um valor acessível) em escolas públicas e para a comunidade em geral. Podemos citar duas indicações: a ONG Colmeia e o Centro de Integração Empresa Escola.
  • Você também pode complementar seu trabalho vocacional com a ajuda de sites especializados e testes vocacionais online. Nesses casos, há materiais pagos ou gratuitos e os valores variam em função da complexidade e precisão das ferramentas.

Além dessas opções, o aluno do ensino médio também pode contratar um coach particular de orientação vocacional especializado na área!

No Superprof, centenas de professores qualificados e experientes desenvolvem trabalhos de orientação profissional e coach vocacional, por meio de sessões individuais, avaliações ou entrevistas individuais ou em grupo. O preço médio de uma hora de orientação vocacional no Superprof é 68 reais: você vai precisar de no mínimo duas a três sessões para realmente definir seu futuro projeto educacional.

Seja para fazer uma escolha entre o ensino médio geral e tecnológico, para recuperar a autoconfiança ou para realizar uma avaliação profissional, o treinador de orientação analisará suas habilidades para definir o projeto mais adequado para seu perfil!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar