"Computação: uma aliança de ciência imprecisa e atividade humana falível."
Luc Fayard

A demanda de emprego na área de TI - Tecnologias da Informação - teve um crescimento de 310% no ano de 2020, segundo uma matéria publicada pelo site nsc total. De acordo com dados mostrados pelo Banco Mundial, haverá uma criação de 420 mil vagas de emprego no setor até 2024, segundo matéria publicada pelo site Expo CIEE.

Mesmo que muitos cargos sejam com contrato a longo prazo no mercado da programação, também existem professores que permitem que os alunos progridam em seus conhecimentos de linguagem da programação. Afinal de contas, ninguém nasce sabendo tudo e ter um professor de computação especializado em programação pode ser um impulso a mais para aqueles que desejam seguir carreira na área de maneira competitiva.

Se você é um desses professores de programação - ou quer se tornar um -, então pode ser que esteja se perguntando: "como encontrar alunos para as aulas de programação?"

É por isso que decidimos dar a você todas as nossas dicas para conseguir seus primeiros alunos de programação como um professor particular de TI.

Confira também nosso guia para quem quer lecionar programação.

Os melhores professores de Programação disponíveis
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (33 avaliações)
Gabriel
R$90
/h
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (20 avaliações)
Tiago
R$50
/h
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (32 avaliações)
Rafael
R$160
/h
1a aula grátis!
Tiago frança
5
5 (14 avaliações)
Tiago frança
R$42
/h
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (38 avaliações)
Lucas vicente
R$80
/h
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (23 avaliações)
João otavio
R$60
/h
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (33 avaliações)
Gabriel
R$90
/h
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (20 avaliações)
Tiago
R$50
/h
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (32 avaliações)
Rafael
R$160
/h
1a aula grátis!
Tiago frança
5
5 (14 avaliações)
Tiago frança
R$42
/h
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (38 avaliações)
Lucas vicente
R$80
/h
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (23 avaliações)
João otavio
R$60
/h
1ª aula gratuita>

Use o Superprof para encontrar alunos de programação

Para encontrar alunos, você terá que multiplicar suas chances de ser visto e notado o máximo possível! O princípio da estratégia multicanal é o de você cuidar para que sua presença aconteça e seja notada em todos os canais. E para um professor de programação, nada melhor do que começar com sua presença online, não é mesmo?!

Nossa plataforma Superprof permite que você crie um perfil que te apresente gratuitamente aos alunos. Você decide a taxa que cobra. Vale lembrar que a Superprof não cobra nenhuma comissão sobre as horas de aula faturadas. É o aluno que paga uma assinatura de 69,00 reais por mês (que pode ser rescindida a qualquer momento) para poder entrar em contato com os professores que escolher. O pagamento do valor das aulas acontece, após a contratação, diretamente entre tutor e aprendiz (neste caso, você!).

Homem sentado na frente do computador com tela acesa.
É muito importante se dedicar à criação do seu perfil de professor de programação para conseguir chegar aos seus alunos através da Superprof.

Como criar seu perfil como professor desenvolvedor no Superprof?

O primeiro passo é criar uma conta com um endereço de e-mail, que pode ser através de uma conta do gmail ou uma conta do Facebook.

Dentro desta conta, você terá que:

  • Escolher a matéria que deseja ensinar: programação web, programação orientada a objetos, programação robótica, programação de videogame...
  • Adicionar as habilidades relacionadas, se desejar (5 no máximo): linguagem Python, html, css, php, linguagens de computador, xml, software scratch, Javascript, programação Java, linguagem C...
  • Escolher entre dar aulas individuais ou em grupo (ou ambas).

Curioso para saber mais sobre os certificados que te permitem tar aula particular de programação?

Como escrever o seu anúncio de professor em linguagem de computador no Superprof?

Para realmente escrever seu anúncio, primeiro você precisa escolher um título. Ele deve ter no máximo 12 palavras.

Lembre-se que seu objetivo é chamar a atenção para que as pessoas queiram clicar no seu anúncio.

Seja conciso, e diga exatamente o que você está fazendo e com quem está falando. Por exemplo: "iniciação à linguagem de programação Python: aprenda a desenvolver suas páginas web".

Então, você terá que falar sobre sua experiência:

  • Qual é o seu diploma (se você tiver um) ou seus estudos dentro da área de programação?
  • Há quanto tempo você é especialista em programação (mesmo sendo autodidata)?
  • Há quanto tempo você dá aulas?
  • Você tem diploma de licenciatura?
  • Quantos alunos você teve (se já teve)?

O objetivo é tranquilizar o aluno sobre suas habilidades tanto em programação como no ensino da mesma. Preste atenção na ortografia e mantenha um tom amigável que dê vontade de ler. São necessárias no mínimo 40 palavras para completar o seu texto de apresentação. Evite noções de duração como "há 2 anos" e prefira datas específicas, como "em 2019". Assim, você não terá que atualizar seu anúncio regularmente.

Confira um exemplo de anúncio de professor de programacao:

"Eu me formei na escola 42 de Xavier Niel em 2012. Desde então, trabalho para o Google. Também sou palestrante na Ynov em Bordeaux desde 2018. Já acompanhei individualmente cerca de dez alunos para ajudá-los a alcançar seus projetos pessoais ou a fazer o provas ligadas à linguagens de programação."

Dinheiro na tela do computador.
Na própria plataforma do Superprof você pode ter uma ideia de quanto cobrar pela hora de aula de programação na sua região.

Em seguida, você terá que descrever sua metodologia de ensino e sua pedagogia em pelo menos 40 palavras. Você também pode falar sobre o andamento típico de suas aulas - se houver um - para que o aluno saiba o que esperar. Aproveite para especificar a quem se dirigem seus cursos: iniciante, intermediário, avançado, crianças, adolescentes, adultos, empresários...

Não hesite em detalhar o que você ensina: aprender a programar, linguagens de programação (programação C, programar um robô, programar com Python, aprender Java, programar aplicativos...), programação de computador, bancos de dados MySQL, HTML e CSS...

Existe ainda uma seção dedicada ao seu currículo, onde você pode - e deve! - preencher as datas em que faz os cursos mais relevantes para a sua carreira, assim como mencionar sua experiência profissional com mais detalhes.

Finalmente, você deve especificar seu endereço postal (que não será comunicado no curso, mas apenas para alunos que desejam fazer um curso com você). Você terá que escolher se vai até a casa do aluno, se ele vai até sua casa ou se as aulas acontecerão via webcam. Lembre-se que você pode oferecer todas ou apenas algumas dessas opções.

Conheça ainda as comunidades onde professores de programação encontram seus alunos.

Como definir o preço dos seus cursos de computação no Superprof?

Ao criar seu perfil, você será solicitado a fornecer sua taxa por hora de aula. O preço médio de um curso de programação em sua cidade será indicado para você. Por exemplo, em São Paulo, esse preço é de 100,00 reais por hora.

No entanto, aconselho você a dar uma olhada nos anúncios de professores que já estão online. Encontre professores com experiência semelhante à sua e compare os preços deles. Você pode optar por adicionar os custos da viagem, oferecer um preço diferente para as aulas via videoconferência e um valor diferenciado para um pacote de várias horas.

A primeira hora é oferecida automaticamente, desde que você não tenha pelo menos uma opinião positiva. Mais do que uma aula, esta primeira hora permite a você conhecer o aluno e, assim, estabelecer um primeiro contato para preparar aulas sob medida, o que é o grande diferencial de uma prestação de ensino particular.

Como se destacar de outros professores de TI no Superprof?

Confira algumas dicas abaixo:

  • Adicione um vídeo do YouTube no qual você se apresenta.
  • Escolha sua foto de perfil com sabedoria: sem logotipo, uma imagem nítida e profissional na qual você sorri e onde você está no centro.
  • Anuncie seu perfil no premium para se destacar nos primeiros resultados de pesquisa e ser apresentado rapidamente ao aluno.
  • Responda às solicitações o mais rápido possível.
  • Peça que seus parentes escrevam recomendações no seu perfil. Depois também peça aos seus alunos para deixar comentários sobre as aulas (assim você começar a tê-los).

Internet e os meios de comunicação possíveis nas redes sociais.

Ofereça cursos de programação perto de você

Você dá aulas para quem quer aprender linguagem de programacao, aprender sobre algoritmos e aprender sobre computação em geral? Fale sobre isso perto de você! Todos devem estar informados que você está à procura de alunos de TI.

Primeiro, porque talvez sua família, seus amigos ou vizinhos queiram descobrir programação, aprender sobre computadores ou ainda entender como escrever linhas de código de computador. E se você não falar sobre isso com eles, como irão saber que você oferece exatamente o aprendizado que estão procurando?

Em segundo lugar, porque se eles não quiserem fazer um curso completo por conta própria e aprender habilidades de programação, eles podem conhecer pessoas que o desejem. Eles podem passar para frente dentro da própria rede de conhecidos deles e, assim, talvez ajudá-lo a encontrar seus primeiros alunos desejosos em aprender o básico de programação.

Fique por dentro de porque o valor final das aulas de programação pode ser diferente.

Os melhores professores de Programação disponíveis
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (33 avaliações)
Gabriel
R$90
/h
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (20 avaliações)
Tiago
R$50
/h
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (32 avaliações)
Rafael
R$160
/h
1a aula grátis!
Tiago frança
5
5 (14 avaliações)
Tiago frança
R$42
/h
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (38 avaliações)
Lucas vicente
R$80
/h
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (23 avaliações)
João otavio
R$60
/h
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (33 avaliações)
Gabriel
R$90
/h
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (20 avaliações)
Tiago
R$50
/h
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (32 avaliações)
Rafael
R$160
/h
1a aula grátis!
Tiago frança
5
5 (14 avaliações)
Tiago frança
R$42
/h
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (38 avaliações)
Lucas vicente
R$80
/h
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (23 avaliações)
João otavio
R$60
/h
1ª aula gratuita>

Fale sobre curso de linguagem de programação em suas redes sociais

Você já ouviu falar do boca a boca digital? Tenho certeza de que você tem mais amigos no Facebook do que na vida real! Eles podem não morar perto de você, mas isso não faz muita diferença quando o assunto são aulas via webcam!

Se você está dando tutoriais para ensinar programação via videoconferência, eles podem estar em Kuala Lumpur e ainda contratá-lo como professor! Mesmo à distância, os alunos podem acompanhar suas aulas e começar a programar graças aos seus conselhos (você apenas tem que se adaptar ao fuso horário!).

E, novamente, se seus amigos do Facebook não precisarem de uma lição, eles podem conhecer outras pessoas interessadas. Incentive-os a comentar e curtir suas postagens sobre o assunto. Desta forma, suas ofertas de prestações de ensino serão compartilhadas com seus próprios amigos, ampliando as possibilidades de você encontrar novos alunos.

Coloque anúncios de aulas de programação em locais comerciais da sua cidade

O bom e velho método ainda vale a pena. Pesquise e poste um anúncio do tipo "você quer se tornar um programador web e desenvolver seu primeiro programa? Eu ensino programação geral, etc."

Especifique a sua experiência de programação e ensino, bem como o seu preço e o público ao qual você se dirige (iniciantes, crianças, adolescentes, alunos de TI, adultos que desejam mudar seu percurso profissional, etc.).

Você também pode colocar seu cartão de visita ou folheto nos pára-brisas dos carros de sua vizinhança, e ainda deixar flyers nas caixas de correio do seu bairro.

Alunos em sala de aula com computadores.
Divulgue também seus cursos de programação nas escolas e instituições de ensino da sua região.

Aproxime-se das escolas para dar aulas particulares de programação

Onde estão os alunos, futuros programadores e desenvolvedores? Na escola, claro!

Sendo assim, é uma boa ideia perguntar às escolas se é possível divulgar as suas aulas particulares para ajudar os alunos em dificuldade com a lógica de programação, a realização de um projeto de programa de informática ou a se preparar para determinados exames.

Você prestará assistência educacional a alunos que já estão imersos no mundo da programação desde o primeiro ano para que obtenham o diploma.

Temos certeza que depois dessas dicas você encontrará alunos interessados em fazer aulas da linguagem Java ou do programa Python!

Precisando de um professor de Programação ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.