Todos os anos, a China recebe mais de 50 milhões de turistas e isso posiciona o país entre os cinco destinos mais visitados do mundo.

Trata-se de uma verdadeira jornada de descobertas, onde é possível se encantar com a riqueza de seu patrimônio cultural e natural em que podemos destacar os maravilhosos templos budistas e lugares icônicos, como a Muralha da China, as Montanhas Amarelas e o complexo de palácios da Cidade Proibida.

Tendo em vista que a China é destino com proporções continentais, não seria possível conhecê-la em apenas uma viagem. Todavia, há cidades marcantes ali que validam muito bem uma viagem de alguns dias.

Basta apenas fazer um bom planejamento de passeio, até porque alguns dos principais pontos turísticos chineses ficam mais à leste do país.

Quer saber quais são as cidades mais interessantes para conhecer na China e se como se preparar para essa aventura? Confira tudo neste artigo!

Pequim, a capital ancestral da China!

Conhecida como a "Capital do Norte", Pequim é uma das cidades mais populosas da República Popular da China, com pouco mais de 20 milhões de habitantes.

Trata-se de uma capital que traz uma história com mais de três mil anos e que além de ter sido palco das principais revoluções em todo o país, também representa o epicentro de um cenário político, cultural e educacional.

Considerada um importante pólo de vias expressas e redes ferroviárias de alta velocidade, Pequim (ou Beijing - como também é chamada) é uma cidade que além revelar o porquê já foi casa de dinastias, a capital dos impérios, denota o seu crescimento intenso, a partir de edifícios que surgem ano após ano, sendo que uma das construções modernas mais expressivas da atualidade é o Parque Olímpico de 2008.

Pequim oferece infinitas opções de passeios e se você planeja viajar para China, é praticamente obrigatório incluir em seu roteiro de passeio alguns dos lugares turísticos mais irresistíveis da cidade, tais como as ruas de Wangfunjing e Xidan - tidas como as principais rotas de compras da capital; a região de Zhongguancun - que é vista hoje como uma espécie de Vale do Silício Chinês; e a área de Guomao - que concentra grande parte da zona empresarial da capital.

E tem mais, uma vez que você chega em Pequim, já vai se organizando para conhecer os principais monumentos do lugar, em que podemos destacar: a Praça da Paz Celestial; os parques Taoranting, Palácio de VerãoJingshan; o Museu Nacional da China; e a Mansão do Príncipe Gong, entre outras atrações imperdíveis.

Grande atração!
Uma das atrações mais famosas de Pequim é a Cidade Proibida!

E como já destacamos, no início deste artigo, quem viaja para Pequim não pode deixar de fazer um passeio completo pela Cidade Proibida e os arredores da impressionante Muralha da China.

Henrique
Henrique
Profe de Chinês
5.00 5.00 (7) R$60/h
1a aula grátis!
Marcello
Marcello
Profe de Chinês
5.00 5.00 (4) R$65/h
1a aula grátis!
Ma
Ma
Profe de Chinês
5.00 5.00 (13) R$75/h
1a aula grátis!
Wan lin fernanda
Wan lin fernanda
Profe de Chinês
5.00 5.00 (16) R$60/h
1a aula grátis!
Thiago
Thiago
Profe de Chinês
R$120/h
1a aula grátis!
Helen
Helen
Profe de Chinês
R$85/h
1a aula grátis!
Alexandre
Alexandre
Profe de Chinês
5.00 5.00 (2) R$110/h
1a aula grátis!
Liliana
Liliana
Profe de Chinês
5.00 5.00 (2) R$120/h
1a aula grátis!

Xangai, a maior e mais turística cidade chinesa!

Xangai é uma das maiores megacidades chinesas, com quase 25 milhões de habitantes e uma centro financeiro dinâmico que é referência em todo o país.

Localizado na foz do rio Yangtzé, Xangai é uma cidade que vale a pena conhecer, não apenas pelos edifícios modernos e shoppings luxuosos, mas também por contar com uma autenticidade singular que revela aspectos históricos riquíssimos em harmonia com uma modernidade exuberante.

Por isso, saia do roteiro básico em sua viagem para China e explore Xangai ao máximo, começando pelos bairros que hoje são tidos como exemplos de planejamento urbano, como a região da Concessão Francesa que, bem arborizada, conta com uma arquitetura ocidental bem moderna.

Outro bairro bem interessante é o Xintiandi que encanta pela movimentação nos bares e cafés distribuídos em todo o local. E por falar em movimentação, não deixe também de fazer um passeio no Tianzifang, que possui uma infinidade de becos estreitos com diversas lojas de artesanato, ateliês e restaurantes.

Por fim, vale destacar o Bund, um dos maiores símbolos do crescimento econômico chinês, onde é possível curtir, do outro lado do rio, a grandeza dos arranha-céus.

Em Xangai há, do mesmo modo, ruas fascinantes, em que podemos destacar a Nanjing que, basicamente, podemos chamá-la de Times Square Chinesa, em virtude de suas lojas de grife, hotéis luxuosos e diversos estabelecimentos que se misturam aos letreiros de neon.

E se ainda couber mais uma atração no seu roteiro por Xangai, é pertinente anotar a Torre Jin Mao que já foi o arranha-céu mais alto da cidade até a construção do Shanghai World Financial Center. Para se ter uma ideia, a Torre possui 340 metros de altura e, no 88º andar, está um dos mirantes mais famosos da região.

As praças também não podem ficar de fora de seu roteiro de visitas por Xangai. Se você não for ficar vários dias na cidade, conheça pelo menos a Praça do Povo que, construída no século passado, reúne canteiros de flores, árvores e lagoas, além de outras atrações, como o Museu de Xangai e o Grande Teatro.

Muito verde!
Xangai possui atrações turísticas com muita natureza ao redor!

Todavia, se tiver mais um tempinho, aproveite para descansar um pouco no Jardim Yuyuan, um espaço totalmente verde bem no meio da cidade.

Depois dos bairros, ruas e praças citados, chegou a hora de dar uma esticadinha até os templos, como o Templo de Jing'an - um espaço excelente para quem quer um momento de paz e tranquilidade - e o Templo do Buda de Jade - um dos mais célebres da cidade.

Você pode fechar seu passeio por Xangai com chave de ouro, dirigindo-se até a Cidade Velha, um local que concentra um pouco do que restou dos casebres, becos e templos, os quais dividiam espaços com bambus e muros enormes, construídos para proteger a cidade contra a invasão de piratas japoneses.

Hoje, completamente reconstruído, o local possui inúmeras lojinhas que vendem todo tipo de souvenires. Sem dúvida, uma viagem no tempo super empolgante!

Xian, um retrato histórico bem no meio da China!

O nome "Xi'an" significa "Paz do Ocidente" e a cidade está localizada na província de Shaanxi. Com mais de 3 mil anos de história, Xian é o berço da civilização chinesa e como diz um ditado popular: "Se você não visitou Xian, então você não foi à China".

Sem dúvida, há um fundo de verdade nesse famoso ditado, uma vez que Xian conta com atrações turísticas surpreendentes, em que podemos destacar as Muralhas de Xian; a Floresta de Steles - um museu de história que remonta ao século XX; a Piscina de Huaqing; e o Mausoléu do Imperador Qin.

Mas, um dos locais mais visitados em Xian é o Exército de Terracota, um sítio arqueológico com cerca de duas mil estátuas de soldados, todas feitas de uma espécie de argila, chamada terracota. As imagens reproduzem guerreiros com armas e cavalos, sendo que a riqueza dos detalhes impressiona os visitantes do lugar.

Exército Terracota
Um dos locais mais visitados de Xian é o sítio arqueológico com mil estátuas de soldados feitas de argila terracota!

Localizada a 30 km da área central de Xian, a atração (que até hoje lota de turistas) foi descoberta acidentalmente por agricultores e, segundo historiadores, o objetivo da construção das respectivas esculturas (que datam do Séc. III a.C) era proteger o Imperador Qin em sua vida, após a morte.

E se você for ficar mais alguns dias na cidade, aproveite para conhecer o Quarteirão Muçulmano que possui centenas de barraquinhas com lembrancinhas e comidas deliciosas.

E, por falar em comida, não deixe de passar em algum restaurante de Xian para provar o famoso e tradicional macarrão chinês.

Hangzhou, a mais charmosa e artística da China!

A cidade de Hangzhou está situada à cerca de 200 km ao sudoeste de Xangai e possui uma população de pouco mais de 9 milhões de habitantes.

Reconhecida internacionalmente por seus monumentos históricos e belezas naturais, Hangzhou possui avenidas largas e arborizadas, além de inúmeras opções de atrações culturais e gastronômicas espalhadas pela cidade.

Hangzhou é um destino encantador e, segundo um tradicional provérbio chinês, trata-se da representação do céu na Terra. O Lago Ocidental (West Lake) é, sem dúvida, um exemplo disso. Um dos pontos turísticos mais populares dessa que é a maior cidade e capital da província de Zhejiang. Ocupando uma área de pouco mais de 3 mil hectares, possui vastas áreas de natureza preservada, o que faz do lugar um dos mais notáveis locais históricos e paisagísticos de toda a região.

Ao norte do West Lake, no topo da "Montanha da Pedra Preciosa", é possível conhecer o Baochú Pagoda, uma torre que conta com sete andares e dispõe de uma aparência admirável. Outra torre interessante localizada no Lago Ocidental de Hangzhou é o Leifeng Pagoda que possui cinco andares e impressiona pelo seu formato octogonal.

Uma vez em Hangzhou, não deixe de conhecer o Museu Nacional do Chá que é reconhecido como o único instituto estatal especializado na cultura do chá chinês. Também aproveite para visitar o Templo de Língyin, um templo budista do Século IV que, traduzido do chinês, significa "templo do retiro da alma".

Outras cidades chinesas para conhecer!

Em uma viagem à China, há outras cidades tão fascinantes quanto as que acabamos de apresentar, as quais possuem tesouros fabulosos, que vão desde templos antigos até os mais belos arranha-céus do planeta.

Muito para conhecer!
A China possui grande tesouros que vão desde templos antigos até os mais belos arranha-céus do planeta!

Todavia, é pertinente destacar algumas opções de destinos dentro da China que esbanjam beleza nas paisagens produzidas pela natureza... Confira:

  • Huangshan - o lugar que abriga as Montanhas Amarelas;
  • Zhangjiajie - famosa na internet pela Ponte de Vidro;
  • Chengdu - o local ideal para quem quer conhecer um Zoológico de Pandas;
  • Guilin - conhecida por suas colinas de calcário e suas magníficas Cavernas Coloridas;

Na verdade, é difícil escolher quais cidades selecionar para um roteiro completo de visita à República Popular da China. Mas, esse pode ser o pontapé inicial para quem deseja curtir uma aventura como essa - tomara que, de alguma forma, ajude-o quando estiver curtindo esse mundo sem fim!

Ah, e mais outra dica: procure aprender algumas palavras de mandarim (principalmente para leitura), pois nem todas as placas de algumas cidades turísticas da China estão com informações em inglês, ok!

Bom passeio!

Precisando de um professor de Chinês ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Erico

Professor, roteirista, redator e CEO da ecKOa Conteúdos, além de músico nas horas vagas.