Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como estudar a língua alemã sozinho

De Camila, publicado dia 18/10/2017 Blog > Idiomas > Alemão > Aprender alemão entre uma aula e outra

Pesquisa mostra que mais de 91 mil brasileiros estudam o idioma falado na Alemanha.

Os dados fora publicados pelo site DW com base em um levantamento feito em 2011. Existem, portanto, grandes chances deste número ser ainda maior em 2017.

Hans-Dieter Dräxler, Diretor do Departamento de Ensino para a América do Sul do Instituto Goethe de São Paulo afirmou que “com a ascensão política e econômica, o Brasil volta-se mais para o exterior. O país precisa de cidadãos capazes de agir nesse contexto e os idiomas estrangeiros auxiliam nesse sentido. (…) A Alemanha é um parceiro interessante para o Brasil em vários aspectos.

Você sabia que no Brasil ainda existe o Dia da Língua Alemã? Ele é comemorado todo ano no segundo sábado do mês de setembro. O “Verein Deutsche Sprache” foi instaurado no ano 2000 pela Associação da Língua Alemã presente em nosso país.

Mesmo com um número aparentemente alto, a procura pelo aprendizado do idioma falado na Alemanha ainda é pequena se levarmos em conta o número de habitantes que possuímos em nosso país.

Se você faz parte do número de brasileiros que tem como objetivo falar fluentemente alemão, então deve se perguntar qual a melhor maneira de continuar aprendendo o idioma fora do horário de aula.

O avanço do aluno é lento se ele não se dedicar aos estudos constantemente. Só ir às aulas durante 1 ou 2 horas por semana não é o suficiente para obter um progresso rápido e efetivo. Ainda mais com o alemão sendo uma língua tão diferente do português.

Sendo assim, Superprof preparou esta matérias com algumas dicas de como ocupar e enriquecer seu tempo entre as aulas particulares em domicílio com o estudo e a prática deste idioma germânico.

Dicas para estudar entre as aulas

A língua alemã para um lusófono que acaba de começar a ter aulas pode parecer um bicho de sete cabeças. A pronúncia, a fonética, a sonoridade, a forma de escrever as frases, a gramática… O idioma de origem germânica é, sem sombra de dúvidas, muito diferente do português.

Contrariamente ao inglês – língua igualmente de origem germânica -, no alemão pronunciamos todas as letras das palavras. Poucas são as exceções (mas atenção, pois elas existem!).

O alemão pode parecer um monstro para aqueles que começam a aprendê-lo, mas, na verdade, não é não. Não se assuste com o alemão ao primeiro contato: ele não é assim TÃO difícil não!

Para nossa alegria, o alfabeto do idioma falado na Alemanha é o mesmo do nosso: o originário do latim. Ponto positivo, pois este é um detalhe a menos a ser assimilado durante o aprendizado.

Se você tem uma memória auditiva ou visual, é importante adotar um método eficaz de estudo entre as aulas particulares, pois a falta de motivação pode bater à sua porta a qualquer momento.

A frequência e a regularidade dos estudos são a pedra fundamental para um aprendizado progressivo de sucesso.

O professor particular dá apoio apenas uma ou duas vezes por semana. É importante que o aprendiz pratique alemão todos os dias de maneira independente para conseguir assimilar bem o idioma.

Confira algumas dicas para tornar seu aprendizado produtivo, antes, durante e depois das aulas:

  • Fique atento durante a aula; tal atitude favorece de 50% a 60% do trabalho de memorização;
  • Releia todos os dias as lições que foram dadas, especialmente se você está iniciando do zero o aprendizado do alemão;
  • Cuide bem do seu cérebro para favorecer a concentração: coma bem, hidrate-se bem, respire corretamente e durma bem;
  • Redija as últimas matérias aprendidas no computador ou no papel. Tal prática ajuda a melhor memorizá-las;
  • Faça folhas de resumo; tal prática é igualmente um ótimo hábito para a assimilação do conteúdo. Confeccionar esquemas e mapas mentais são excelentes métodos para memorizar as regras de gramática, ortografia, verbos e palavras do vocabulário alemão;
  • Confeccione fichas que sintetizem os elementos essenciais de cada lição ou capítulo aprendido;
  • Trabalhe a pronúncia de novas palavras;
  • Tente construir diálogos curtos que te permitam empregar frases simples e quotidianas da língua.

Achou as dicas úteis e com potencial para te auxiliar no aprendizado? Então respire fundo porque elas ainda não acabaram: existem várias outras orientações que podem ser seguidas para o melhor aproveitamento do conteúdo aprendido durante as aulas.

O cérebro precisa estar descansado na hora de aprender alemão. Dormir bem é super importante para um aprendizado eficaz.

Confira mais dicas abaixo:

  • Fazer exercícios extra, como treinar a conjugação dos verbos irregulares em alemão, ou ainda preencher textos faltando palavras;
  • Ler em voz alta textos como matérias de jornais alemães. Isso te permitirá praticar a compreensão escrita e oral, assim como a fala;
  • Montar um quadro de imagens no qual você possa colar pedaços de papel com os nomes de cada elemento. Ótimo para trabalhar o vocabulário;
  • Cantarolar a conjugação dos verbos em alemão para facilitar a memorização. Exemplo: verbo “Sein” – Ich bin, du bist, sie/er/es ist, wir sind, ihr seid, sie, sind.

Ler livros em alemão

Ler jornais e revistas em língua alemã pode ser uma ótima atividade para treinar o idioma e melhorar suas habilidades de compreensão e expressão escrita.

Você acabou de começar as aulas para iniciantes e não se sente apto a entender o que está escrito nos meios de comunicação alemães? Não se preocupe, pois não é preciso ser fluente na língua para executar tal exercício. O intuito é ter contato com diferentes palavras do vocabulário do idioma, favorecendo a memorização.

Ler é um exercício para o cérebro. Quanto mais este órgão for estimulado, mais rapidamente ele assimilará o alemão.

A literatura alemã é muito vasta. De contos infantis a escritos filosóficos, de Irmãos Grimm à Immanuel Kant, são muitas as opções ao seu alcance. Independente do seu estilo literário favorito, você com certeza encontrará algo que te agrade escrito no idioma da Alemanha.

Você ainda pode escolher o local mais aconchegante da sua casa para estudar fazendo uma boa leitura!

Onde encontrar material escrito em alemão?

Ir à biblioteca é o local mais indicado para para achar livros e revistas na língua de Goethe. Você ainda pode tirar dúvidas e ser aconselhado pelos bibliotecários de plantão.

Existem igualmente livrarias especializadas em material em língua estrangeira. Se você não conhece nenhuma, a melhor coisa é fazer uma busca na internet para se certificar se existe alguma na sua cidade.

Livros bilíngues português – alemão

Para aqueles que estão começando o aprendizado da língua, recorrer a livros bilíngues pode ser um excelente exercício. Com o mesmo texto escrito em alemão em uma página e em português na outra, fica mais fácil reconhecer as palavras correspondentes e entender as diferenças de estrutura nas construções frasais. Sem falar que o leitor não precisa ficar procurando palavra por palavra no dicionário!

Benefícios

Ler jornais e revistas redigidos no idioma falado na Alemanha permite ao aluno enriquecer seus conhecimentos em cultura geral ao mesmo tempo em que aperfeiçoa seu vocabulário e suas habilidades de compreensão escrita.

Esta é também uma ótima oportunidade para o estudante conhecer mais sobre grandes personalidades da filosofia alemã, assim como seus magníficos e importantes textos, tais como: Kant, Hegel, Marx, Nietzsche, Leibniz, Adorno, Schopenhauer, Simmel, Einstein, Bloch, Heidegger, etc.

Existem livros em alemão-português. A leitura de livros bilíngues pode ser prática e benéfica.

Ferramentas online gratuitas

Aprender a língua de Goethe não é um exercício a ser feito “pelas coxas”. É preciso dedicação, motivação, e frequência nos estudos. As aulas – sejam elas particulares ou não – servem como base introdutória para teorias gramaticais e afins. No entanto, o aluno só fixará mesmo o que foi ensinado, praticando.

Para aqueles que não têm tempo de ir à biblioteca, então fica a dica de dar aquela boa vasculhada na internet. Existem vários sites e aplicativos online que são ótimas ferramentas para quem deseja fazer exercícios extras nas horas vagas.

Muito sites ainda propõe cursos via internet. Ou seja, além das aulas, o aprendiz ainda pode utilizar os curso de alemão online como meio de fixar a matéria e fazer revisão.

Confira abaixo uma breve seleção que fizemos para aqueles que anseiam continuar a ter contato com a língua germânica através de seus dispositivos digitais fora do horário de aula:

  • Youtube: existem vários vídeos com aulas ilustradas disponíveis em canais dedicados ao idioma da Alemanha. Lembre-se de também citar seu nível na hora da pesquisa pelo material (exemplo: “aula alemão nível A2”);
  • Duolingo: aplicativo que oferece exercícios diários; eles podem tomar de 5 à 20 minutos do tempo do aluno;
  • Deutschekurse: site germanófono dedicado às aulas de alemão online;
  • Deutsche Welle: site que ensina a língua de Goethe e disponibiliza também acesso online à alguns canais de televisão alemães, assim como a vídeos germanófanos com assuntos ligados à sociedade;
  • Babbel: oferece curso do idioma da Alemanha para todos os níveis. O site disponibiliza ainda treino voltado para alemão corporativo, compreensão oral e escrita, e gramática;
  • Deutsch info: página multilíngue para aprender alemão;
  • Deutscheakademie.de: possui mais de 20.000 exercícios de gramática, sintaxe e outros temas gratuitos.

Imersão quotidiana no idioma e na cultura

Quer uma solução alternativa para revisar e praticar o idioma de Goethe entre uma aula e outra?

Se você já testou e praticou com frequência as dicas acima, então chegou a hora de, talvez, dar um passo à frente.

Nada melhor que a imersão cultural para aprender a língua. Que tal fazer as malas e ir fazer um curso intensivo na Alemanha?

Você já pensou em partir para um país onde a língua alemã é falada?

Alemanha, Áustria, Suíça… Existem algumas boas opções de destinações para as quais você pode ir fazer um curso intensivo durante 1, 2, 3… meses.

Além do mais, nada melhor do que respirar, comer, andare dormir em contato com o idioma para assimilá-lo de maneira rápida e eficiente.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar