O veganismo chegou para ficar. Cada vez mais pessoas estão eliminando a carne e outros produtos de origem animal das suas vidas e rotinas. Sim, porque mesmo que o grande foco costume ser na dieta, o estilo de vida vegano muitas vezes vai para além do prato e inclui o boicote a todo tipo de produto relacionado a animais, de produtos e roupas com couro até mesmo alguns cosméticos e vinho. Isso mesmo. Muitos não sabem, mas alguns vinhos usam produtos de origem animal na sua produção.

Mas não se preocupe! Isso não quer dizer que você tem que mudar radicalmente os seus hábitos da noite para o dia ou deixar de consumir alimentos e produtos importantes na sua vida. Primeiramente porque há muitas formas de aderir ao veganismo. Você pode ir aos poucos, adaptando as mudanças ao seu estilo de vida e ir incorporando restrições pouco a pouco. Por exemplo, pode começar cortando a carne vermelha, logo peixes e depois leite e ovos. Cada um no seu ritmo. Para além disso, cada vez existem mais produtos veganos disponíveis no mercado, fazendo com que veganos possam continuar aproveitando versões adaptadas de iguarias de uma dieta convencional, como sorvete, leite ou até hambúrguer!

Segundo pesquisa da Euromonitor Internacional, o mercado global de produtos vegetarianos e veganos movimentou 51 bilhões de dólares em 2016, com o mercado vegano sendo responsável por movimentar 12,6 bilhões. Esse boom do mercado veganos tem tido o efeito de reduzir os preços desses produtos, acabando com um dos maiores mitos sobre o veganismo: que se trata de um estilo de vida caro. Ao contrário do que muitos pensam, ser vegana ou vegano pode ser barato e fácil. A chave para uma boa transição é se planejar e adaptar. Você pode comer muito bem e sem complicações sendo vegano, basta pesquisar um pouco para encontrar novas referências e dicas que te ajudem a mudar a rotina.

O primeiro passo para isso é conhecer as restrições e começar a procurar novas receitas. Você também pode começar fazendo algum curso de culinária vegana para aprender macetes e ampliar seu repertório. Neste artigo separamos algumas dicas para te ajudar a ter uma transição fácil ao veganismo: receitas, cursos de gastronomia, livros... separamos toda a informação que você precisa para aderir ao veganismo de vez!

 

O que é culinária vegana?

restrições do veganismo
Os ovos são um dos principais produtos de origem animal que veganos não consomem

Mas afinal, do que estamos falando quando falamos de cozinha vegana? Comecemos pelo começo.

Estrictamente falando, um vegano é aquela pessoa que não consome produtos de origem animal. Isso quer dizer eliminar do cardápio ingredientes como:

  • Carne bovina ou suína (ou outras carnes), aves, peixes e frutos do mar
  • Ovos
  • Produtos lácteos (leite, queijos, manteiga, iogurte, entre outros)
  • Mel (apesar de que alguns veganos aceitem que esse produto seja consumido)

Alguns veganos vão ainda mais longe e cortam todos os alimentos que tenham algum aditivo de origem animal. Além do vinho, que já citamos antes, isso inclui muitos produtos ultraprocessados, como bolachas ou alguns chocolates.

Assim sendo, na prática a culinária vegana é a cozinha que se adapta a essas restrições. Por via de regra, ela acaba sendo um estilo culinário mais preocupado com a saúde e com a origem e qualidade dos ingredientes. É verdade que, em termos práticos, pode-se ser vegano comendo somente macarrão, mas isso não é nem saudável, nem saboroso.

Ao fazer uma imersão na culinária vegana você vai descobrir o enorme potencial de receitas que se pode obter combinando os alimentos base do veganismo: grãos, legumes, sementes, verduras, frutas, vegetais, cogumelos comestíveis e frutos secos. Parte da cultura da culinária vegana está baseada em usar estes produtos para criar versões adaptadas de pratos convencionais, para que você possa seguir saboreando pratos que gosta. Por outro lado, uma parte importante dessa cozinha está focada a te levar além, descobrindo novas combinações e tirando o máximo proveito desses ingredientes.

Pela sua associação com a cultura da comida saudável e do bem estar, a cozinha vegana também muitas vezes está focada na preparação de produtos em casa, a partir de ingredientes frescos, o que barateia o custo e garante a qualidade. De leites vegetais a pastas e manteigas de grãos, você pode preparar em casa um arsenal de produtos que ajudarão a manter sua mesa sempre, farta, variada, saudável e saborosa!

 

Adriana
Adriana
Profe de Culinária
5.00 5.00 (4) R$70/h
1a aula grátis!
Patricia
Patricia
Profe de Culinária
5.00 5.00 (5) R$60/h
1a aula grátis!
Ana paula
Ana paula
Profe de Culinária
5.00 5.00 (4) R$30/h
1a aula grátis!
Bianca
Bianca
Profe de Culinária
5.00 5.00 (1) R$62/h
1a aula grátis!
Sara
Sara
Profe de Culinária
R$70/h
1a aula grátis!
Sabrina
Sabrina
Profe de Culinária
R$100/h
1a aula grátis!
Deborah
Deborah
Profe de Culinária
5.00 5.00 (2) R$65/h
1a aula grátis!
Aline
Aline
Profe de Culinária
5.00 5.00 (2) R$100/h
1a aula grátis!

Onde fazer um curso de culinaria vegana?

aula cozinha vegana
Centros culturais e restaurantes são ótimos lugares para aprender sobre a cozinha vegana

Agora que você já sabe do que consiste uma dieta vegana, é hora de passar para o próximo passo e aprender a cozinhas deliciosos pratos veganos! Para isso, uma boa estratégia é fazer um curso de cozinha. Ali você normalmente aprenderá técnicas importantes e ampliará seu repertório, além de receber dicas e recomendações sobre saúde e sobre onde encontrar alimentos frescos e de boa qualidade. Com o boom recente de interesse pela cultura vegana que mencionávamos anteriormente, o que não faltam são opções de tipos e formatos de cursos de culinaria. Basta escolher aquele que responde melhor às suas necessidades, interesses, orçamento e disponibilidade.

Poderíamos fazer uma lista longa com muitas opções de aulas de cozinha vegana, mas achamos mais prático listar os tipos de lugar em que você pode encontrar este tipo de formação e quais as diferenças entre cada um. Assim você pode guiar sua busca procurando esses lugares específicos na sua cidade.

  • Curso em restaurantes veganos: um bom lugar para começar a procurar, são os restaurantes veganos e vegetarianos de referência na sua cidade. É muito comum que esse tipo de estabelecimento ministre aulas sobre a cozinha vegana no horários em que a cozinha fecha. Depende muito do local, mas normalmente nesse tipo de lugar você costuma encontrar cursos para iniciantes; muitas vezes workshops de um dia só, focados em conceitos básicos e eme preparar alguns dos pratos mais emblemáticos do restaurante. Com certeza você aprenderá pratos deliciosos!

 

  • Curso em associações de veganos e centros de bem-estar: outro ótimo lugar para começar a procurar é na associação local de veganos e vegetarianos (se ela existir) ou em centros (e até mesmo lojas) ligados ao bem estar e vida saudável, inclusive academias ou escolas de yoga. Nesses lugares você normalmente encontrará uma boa mistura entre conteúdos gerais para aqueles que acabaram de aderir ao veganismo e aulas mais especializadas, para aqueles que querem se aprofundar mais, que podem ir desde o foco em cozinhas regionais, até como cultivar seus próprios alimentos. Se o seu foco é cuidar da saúde e do seu bem estar, com certeza esta é a melhor opção!

 

  • Curso em centros culturais e comunitários: se você está procurando algo básico e não teve sorte com as opções anteriores, uma alternativa é procurar nos centros culturais e comunitários da sua cidade. Com o aumento do interesse pela culinária vegana e vegetariana, alguns centros e associações comunitárias começaram a dar aulas sobre o tema. Como muitas vezes estes lugares não possuem cozinhas equipadas para aulas, os cursos costumam ser teóricos e focados nos benefícios deste tipo de dieta. Uma ótima pedida para iniciantes e curiosos e também para aqueles com orçamento apertado, já que muitas vezes estes cursos são gratuitos.

 

  • Curso de gastronomia em escolas e faculdades especializadas: se você estiver firme e sério em relação às sua pretensões em relação à cozinha e ao veganismo, uma ótima opção é se matricular em um curso de gastronomia com foco no veganismo em uma escola profissionalizante ou faculdade. Cada vez mais estes espaços oferecem módulos específicos de cozinha sem carne. É importante ter noções básicas de culinária antes de começar, além de saber que este tipo de curso requer um comprometimento em termos de tempo e dinheiro. Porém, não há opção que te deixará mais capacitado, inclusive para trabalhar no ramo!

 

  • Curso em casa com professor particular: se você está com pouco tempo e quer maximizar o proveito desse tipo de aula, uma ótima opção é contratar um professor particular. Muitas vezes eles irão até a sua casa, o que deixa tudo mais prático e permite que você aprenda com os recursos e utensílios que você já tem à sua disposição. Além do acompanhamento diferenciado, um dos grandes pontos fortes das aulas particulares é que você muitas vezes pode combinar diretamente com a professora o que você quer aprender, segundo suas preferências e objetivos. De um curso geral, com noções básicas, até uma aula pontual para aprender a preparar alguns pratos para um banquete vegano em uma ocasião especial: é você que escolhe.

Aqui no SuperProf temos uma seleção de professores particulares especializados na cozinha vegana e vegetariana que te ajudarão a aderir a este novo estilo de vida com desenvoltura e facilidade!

 

Os cursos de culinária vegana online

curso cozinha vegana à distância
Sem tempo? Tente um curso de gastronomia vegana online

Outra ótima opção para aqueles que querem aprender mais sobre a cozinha vegana, mas não tem muito tempo ou não acharam boas opções perto de casa, é fazer um curso de gastronomia online. Mais uma vez, as opções são abundantes e variadas, inclusive até mais do que com os cursos convencionais. De acordo com pesquisas e estudos, o veganismo é particularmente popular entre os jovens, da geração millenial não sendo surpreendente então que haja uma vasta gama de conteúdo e cursos online sobre veganismo.

Outra vantagem dos cursos online é que, se você fala outros idiomas, você também pode procurar conteúdos de outros países que atendam melhor suas necessidades. Nos Estado Unidos, em particular, o mercado vegano vem se expandindo com muita velocidade, levando a uma profusão de cursos e recursos online. Novamente, separamos algumas opções:

  • Cursos com chefs famosos: na internet, tanto em português, quanto em outros idiomas, você encontrará uma série de cursos e aula pontuais com chefs reconhecidos na comunidade vegana ou referências em termos de bem estar. Já pensou aprender diretamente com a Bela Gil? É possível.
  • Cursos específicos: já fez um curso presencial para aprender o básico e agora quer se aprofundar? Na internet, você encontrará uma série de cursos direcionados por tipo de cozinha ou sobre produtos e temas específicos: de sorvetes e pizza, passando pelo domínio da soja ou até mesmo pela cozinha PANC, uma série de temas está disponível. Na internet também é possível encontrar uma série de tutoriais e vídeos com instruções que, mesmo não configurando um curso em si, te ajudarão a dominar técnicas específicas.
  • Cursos profissionalizantes: se a sua curiosidade pelo veganismo vai além da vontade de abastecer a sua própria mesa, uma boa ideia é procurar algum curso online de uma instituição renomada e que ofereça certificados. No Brasil, alguns centros como o Senac oferecem cursos de culinária online focados no veganismo e vegetarianismo . Se você falar outro idioma, terá a possibilidade de fazer uma formação ligada a universidades mundialmente renomadas, como a Cornell nos EUA que oferece um curso sobre veganismo focado na nutrição.
  • Cursos com professores particulares: outra vez, um professor particular pode ser uma ótima opção para aqueles que querem um conteúdo mais personalizado e maior acompanhamento. Se você não tiver tempo para aulas presenciais, alguns professores oferecem opções de curso de gastronomia à distância. Você pode consultar a base de professores do SuperProf e com certeza encontrará alguém que poderá atender suas necessidades e montar o curso de culinária vegana que você precisa!

 

Quais os melhores livros de comida vegana?

livro receitas veganas
Existem muitos livros de receitas veganas em português

Os cursos são uma ótima forma de fazer uma imersão inicial no veganismo ou de aprender técnicas específicas. A partir daí basta ir criando aos poucos um arsenal pessoal de receitas veganas, segundo suas preferências pessoais. Para isso, nada melhor que um bom e velho livro de receitas! Separamos aqui algumas das melhores publicações sobre culinária vegana disponíveis em português:

  • Cozinha vegana para o dia a dia, de Gabriela Oliveira: mais de 100 receitas para adaptar uma dieta vegana ao seu dia a dia. Além de pratos simples, a autora também ensina como preparar leites e queijos veganos!
  • Vegan para todos, de André Nogueira e Rita Parente: escrito por um casal que há anos alimenta o blog Coocon Cooks dedicado à cozinha vegana, o livro é fruto desse trabalho. Conta com 8à receitas, a maioria delas inéditas, além das belíssimas fotos pelas quais os autores são conhecidos.
  • 50 doces veganos, por Katia Cardoso: ao cortar os produtos lácteos, muitos acham que a gama de doces e sobremesas da culinária vegana sería radicalmente reduzida. Ledo engano! A autora adaptou receitas clássicas brasileiras, como o brigadeiro, às restrições do veganismo para que todos possam se deliciar com um bom doce!
  • Vegano? Por que não?, por Kristy Turner: também publicado por uma blogueira (dessa vez dos EUA), este livro tem como missão provar, com bom humor, que aderir ao veganismo não é difícil e, muito menos, chato. Kristy reúne mais de 100 receitas, capazes de agradar todos os paladares e incluindo versões de clássicos como hambúrguer, nachos e pizzas.

E então? Está esperando o que? Com estas dicas você já está pronto para começar sua imersão no mundo do veganismo! Boa sorte e bom apetite!

Precisando de um professor de Culinária ?

Você curtiu esse artigo?

2,00/5, 1 votes
Loading...

Sophia

Nascida no Brasil e radicada na Espanha, ama escrever e aprender, juntando as duas paixões no Blof do Superporf!