Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aula de francês online: aprender a conjugar os verbos

De Camila, publicado dia 25/06/2019 Blog > Idiomas > Francês > Aula frances iniciante: como conjugar os verbos

“A música é uma excelente maneira de combinar ideias.”
David Lynch

Aprender francês e, consequentemente, a conjugar seus verbos é comparável ao aprendizado musical: aprender os tempos verbais seria o equivalente a repassar o solfejo para conseguir acompanhar um determinado ritmo.

Embora o inglês ainda seja a língua universal mais falada e demandada ao redor do mundo, o francês está ganhando cada vez mais espaço. Isso pode ser visto no crescente número de estabelecimentos educacionais no Brasil que oferecem o idioma da França como opção de língua estrangeira em seus currículos.

A língua considerada a mais romântica do mundo não é falada apenas na França. Países como Bélgica, Canadá, Andorra, Suíça e Liechtenstein também possuem o francês como idioma oficial.

Se você faz aula de frances online ou presencial e possui um nível básico, intermediário ou avançado, então já deve ter passado pela fase de estudar verbos regulares e irregulares. Se ainda não for o caso, então logo, logo essa hora chegará!

Sendo assim, recomendamos que você continue lendo esta matéria para descobrir como aperfeiçoar e dominar a conjugação verbal da língua francesa!

Confira também nosso guia com tudo sobre conjugação do francês!

Conjugação em francês: quais as principais dificuldades?

Saber lidar com verbos irregulares, não se confundir com tempos verbais similares ou mesmo dominar o uso do subjuntivo são considerados aspectos árduos quando se trata de aprender a língua francesa.

Conjugar um verbo no idioma da França não significa apenas guardar o radical (ou raiz) de um verbo e adicionar a ele um -a ou -o enquanto terminação.

É verdade que o português e o francês são línguas irmãs que vêm do latim. No entanto, elas podem acabar sendo bem diferentes no quesito gramatical, principalmente em se tratando de conjugar vebos. Não é à toa que o livro de conjugação Bescherelle se tornou tão popular dentre os aprendizes que frequentam aula particular frances ou vão a uma escola para fazer um curso em grupo.

Nada melhor do que ter uma fonte segura para consultar suas dúvidas em língua francesa. Livros como o Bescherelle são muito úteis para quem está aprendendo francês.

Mas então por que a conjugação francesa tem fama de ser tão complicada?

A resposta é mais simples do que se imagina:

Porque a gramática do francês contém muitas irregularidades e alguns falsos congnatos que fazem muitos brasileiros ficarem completamente perdidos na hora de aprender o idioma.

Nos exercícios de francês para iniciantes, os alunos devem começar aprendendo a diferenciar os verbos, de acordo com o grupo em que se encontram:

  • O primeiro grupo (verbos terminados em -er):
    parler (falar),
    cuisiner (cozinhar),
    rester (ficar),
    conseiller (aconselhar),
    ever (levantar),
    améliorer (melhorar),
    commencer (iniciar),
    déjeuner (almoçar),
    etc.
  • O segundo grupo (terminações em -ir):
    finir (terminar),
    réfléchir (refletir),
    grossir (engordar),
    etc.
  • O terceiro grupo (terminações em -oir, -ir, -re):
    venir (vir),
    ouvrir (abrir),
    craindre (temer),
    connaître (saber, conhecer),
    vivre (viver),
    etc.

Multiplicidades de tempos verbais na gramática francesa

A primeira grande dificuldade em aprender a gramática está na assimilação das formas e tempos de conjugação, pois muitas opções são possíveis para indicar momentos diferentes em quais as ações se passam:

  • Presente
  • Passado simples
  • Passado composto (passé composé)
  • Imperfeito
  • Pretérito mais-que-perfeito
  • etc.

Curioso para descobrir também como conjugar verbos no indicativo na língua francesa!

O verbo ÊTRE

Outra diferença em relação ao português é que em francês os verbo SER e ESTAR correspondem ao mesmo verbo: ÊTRE. Sendo assim, não existem dois verbos distintos para cada um deles. Se você já fala inglês, então perceberá uma forte semelhança com o inglês e o seu verbo To Be.

Verbo être significando “ser

O verbo être com o significado de ser é usado para:

  • fornecer informações sobre uma pessoa,
  • fornecer informações sobre si mesmo
  • fornecer informações sobre um objeto,
  • indicar onde estamos,
  • descrever alguém fisicamente,
  • descrever nós mesmos,
  • descrever um objeto.

Verbo être significando “estar

O verbo être com o significado de estar é usado para:

  • descrever uma ação “em desenvolvimento” quando colocado antes de um gerundio,
  • para dizer onde estamos,
  • para descrever o estado de espírito de alguém,
  • entre outros usos.

Sendo assim, não se desespere no início do seu curso de francês. Durante as aulas de francês para iniciantes, as regras de conjugação podem parecer confusas, mas tudo fica mais claro com a prática e os estudos.

Verbos irregulares comuns

É preciso ainda aprender uma lista de verbos irregulares muito comuns para conseguir dominar a língua da França. Alguns desses verbos são:

  • aller,
  • attendre,
  • courir,
  • croire,
  • devoir,
  • dire,
  • dormir,
  • entendre,
  • faire,
  • falloir,
  • lire,
  • mettre,
  • ouvrir,
  • perdre,
  • pouvoir,
  • rendre,
  • répondre,
  • rire,
  • savoir,
  • sentir,
  • tenir,
  • vivre,
  • voir,
  • vouloir,
  • dentre outros.

Uma boa dica de atividade para se fazer entre as aulas de francês é ler livros de literatura no idioma de Molière, mesmo que você precise da “companhia” de um dicionário Francês-Português. Com esta prática, você irá alcançar vários benefícios, tais como:

  • Enriquecer o vocabulário em francês
  • Conhecer os verbos mais usados.
  • Expandir a cultura geral sobre o mundo francófono.

Superprof te mostra também os verbos mais comuns do francês.

Praticar os tempos verbais em francês para progredir

Existem muitas opções de aprendizado para quem deseja aprender a falar francês. Uma das referências mundiais no ensino do idioma da França é a Aliança Francesa. Presente ao redor do mundo, achar uma escola desse grupo é tarefa quase certa em grandes capitais aos quatro cantos o globo.

Aulas incentivam a prática: onde fazê-las?

Mas, se você mora em uma cidade onde a Aliança Francesa não está presente, então aonde ir?

Uma opção é se dirigir a universidades com faculdade de Letras, pois elas normalmente oferecem cursos de idiomas mesmo para quem não é aluno de um curso superior. Outra opção é procurar por uma escola de idiomas particular que possua o francês dentro da sua oferta de aulas de línguas.  Para aqueles que desejam atenção exclusiva do professor, então aula particular de frances pode ser a melhor alternativa, mesmo não sendo a mais em conta.

Prática dos tempos verbais dentro e fora das aulas

Na aula, o seu professor de francês, nativo ou não, irá certamente propor-lhe exercícios que demandem completar tabelas de conjugação. Nosso conselho é que você aprenda dez novos verbos a cada dois dias e revise-os no dia seguinte.

Fazer aulas de francês o ajudará a praticar e revisar os tempos verbais, assim como a entender melhor as regras gramaticais. Nada melhor do que realmente entender o que se aprende ao invés de memorizar tudo como um robô.

A prática do subjuntivo

Com a prática, por exemplo, você deduzirá rapidamente qual o presente subjuntivo de um verbo que lhe é aprendentado no presente do indicativo.

Regra de conjugação do subjuntivo

A conjugação dos verbos regulares no subjuntivo é feita da seguinte maneira:

  • Para as pessoas no singular (je, tu, il, elle, on), a raiz da 3ª pessoa do plural do presente indicativo é mantida. Para fazer isso, remova a finalização –ent e adicione -e, -es, ou -e.
    Exemplo:
    Que + Je parle
  • Em relação à 1ª e 2ª pessoa do plural (nous, vous) devemos manter a raiz do indicativo imperfeito do verbo.
    Exemplo:
    Que + Nous parlions
  • Para a terceira pessoa do plural (ils, elles), o presente indicativo é a base para a extração da raiz a ser mantida.
    Exemplo:
    Que + Ils parlent

Alguns verbos como avoir, être, aller, faire, pouvoir, vouloir, savoir, valoir, pleuvoir e falloir são irregulares, então você não pode aplicar as regras acima. Sendo assim, suas conjugações devem ser memorizadas.

Memorizar tempos verbais pode parecer difícil, mas com o tempo tudo fica mais fácil. Infelizmente não existem regras para os verbos irregulares em francês e suas conjugações: elas precisam ser memorizadas.

Utilização do subjuntivo

O subjuntivo é usado na língua francesa para:

  • Expressar finalidade :
    “para que” -> pour que + subjuntivo;
    “por medo de que” -> de peur que + subjuntivo.
  • Expressar necessidade:
    “tem que”-> Il faut que + subjuntivo.
  • Depois de certas conjunções como:
    – À condition que (desde que).
    – Pourvu que (já que).
    – Bien que (embora).
    – Quoique (embora).
    – Afin que (para que).
    – En supposant que (supondo que).
    – Sans que (sem isso).
  • Expressar dúvida ou possibilidade:
    com verbos como douter, n’être pas sur.
    (Atenção: O subjuntivo com um desses verbos é usado na forma negativa e não na forma afirmativa).
  • Expressar vontade ou desejo por alguma coisa:
    vouloir que (querer),
    désirer que (desejar),
    souhaiter que (desejar) + subjuntivo.
  • Expressar medo ou temor:
    Je crains que (eu temo que) + subjuntivo.

Você gostaria de se beneficiar de um verdadeiro acompanhamento regular para conhecer como a palma da sua mão todos os tempos verbais em francês (imperativo, futuro, condicional, etc.)?

Entre em contato com um dos nossos professores Superprof!

Veja ainda dicas sobre a conjugação de verbos regulares e irregulares do francês.

Aulas particulares para memorizar um maior número de verbos

Dentre os profissionais registrados na plataforma do Superprof Brasil, temos certeza que você encontrará o professor de francês perfeito para seus objetivos!

Com um professor particular, cada aluno pode progredir em seu próprio ritmo e nível.

O ideal é começar fazendo um teste de nivelamento para localizar onde seu conhecimento do idioma se encontra dentro da escala do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (CECR): A1, A2, B1, B2, C1, C2.

Onde fazê-los? O site da Altissia é uma opção. Através dele você pode fazer testes online gratuitos. O resultado de um teste como esse ajuda o professor a preparar as aulas adaptando-as ao nível real do aluno.

Além disso, aulas particulares oferecem a oportunidade perfeita para estudar com profundidade os verbos no infinitivo. Nada melhor do que aprender a a conjugação de todos os tempos verbais!

O verbo avoir (ter, haver), por exemplo, atua tanto como verbo auxiliar quanto como verbo principal. Ao utilizá-lo, é possível construir várias frases.

Temos certeza que nossas dicas podem ser bem úteis! E então, pronto para começar a estudar a conjugação dos verbos em francês?

Confira abaixo como ele é conjugado:

  • Presente (como o verbo principal): ai, as, a, avons, avez, ont.
  • Pretérito perfeito (como auxiliar): ai, as, a, avons, avez, ont.
  • Pretérito imperfeito (como o verbo principal): avais, avais, avait, avions, aviez, avaient.
  • Futuro simples (como o verbo principal): aurai, aurais, aura, aurons, aurez, auront.

Agora que você já tem informação suficiente para começar a praticar a conjugação dos verbos em francês, mãos à obra!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar