O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é um dos maiores eventos do calendário acadêmico no Brasil, sendo parte do futuro profissional de milhões de estudantes em todo o país. Os alunos preparam-se para essa avaliação durante todo o ano, considerando uma grande carga de conteúdo de diversas disciplinas. Como a prova pode ser considerada muito densa, abordando de maneira diferenciada as matérias curriculares, muitos assuntos acabam sendo perdidos e isso pode gerar más consequências para o desempenho do estudante.

Assim, é de extrema importância saber como estudar para o Enem, pois dessa forma é possível saber quais são os temas que requerem mais atenção, como organizar o fluxo de estudos e quais os principais maneiras de abordar os temas que são mais diíceis ou fáceis para o aluno.

Se você quer entender melhor como dosar o seu esforço e entender melhor o que pode ser mais frequente na sua maneira de estudar para o Enem, continue acompanhando esse conteúdo!

A prova de linguagens exige atenção aos detalhes

Quantas questões tem o Enem?

Em primeiro lugar, você precisa ter clareza de como é construída a prova. São 180 questões objetivas e uma redação aplicadas em dois domingos consecutivos. A divisão é feita de maneira em quatro diferentes áreas de conhecimento: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática. Mesmo com essa proporção, é bom notar que sempre existem perguntas interdisciplinares, ou seja, em só uma questão podem ser exigidos conhecimentos de múltiplas matérias.

Isso é algo que deve ser levado em conta ao estudar para que não haja surpresas no momento do exame real, para que a nota final do candidato não fique abaixo da expectativa!

Sobre a redação, é preciso ter atenção redobrada, já que é essencial para a boa colocação e pode significar a perda da vaga em muitos processos seletivos caso esteja com nota zero. Para fazer um bom texto, o candidato deve possuir um bom domínio do gênero dissertativo-argumentativo, o qual é o cobrado nas redações do exame. O principal objetivo do estudo para essa prova é ter uma boa qualidade ao escrever tais textos, prezando produzir, corrigir e refazer redações em casa para alcançar um nível adequado a uma boa nota.

Alexandre felipe
Alexandre felipe
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (19) R$90/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (87) R$50/h
1a aula grátis!
Aristeu
Aristeu
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (25) R$50/h
1a aula grátis!
Ettore
Ettore
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (14) R$150/h
1a aula grátis!
Rafaela
Rafaela
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (24) R$60/h
1a aula grátis!
Luisa
Luisa
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (25) R$60/h
1a aula grátis!
Lydia
Lydia
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (23) R$20/h
1a aula grátis!
Jorge
Jorge
Profe de Preparação para vestibular
5.00 5.00 (37) R$50/h
1a aula grátis!

Principais tópicos do ENEM

As questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias da avaliação fazem parte da prova no mesmo dia, sendo realizadas logo no primeiro fim de semana em que o exame é aplicado. Mesmo que muitos estudantes possam considerar essa a seção mais fácil da prova, não podemos deixar de dar atenção para essa temática. As matérias cobradas são extensas e abrangem tópicos bem distintos entre si.

Sempre é relevante manter em dia os conhecimentos chave de História, principalmente os relacionados às épocas mais antigas da história do Brasil e mundial, temas mais recentes como as duas Grandes Guerras Mundiais e seus desdobramentos, além de temáticas mais contemporânes, relacionadas aos países latinoamericanos e da antiga União Soviética. Tudo isso pode ser comparado aos dias atuais e precisa estar bem claro na mente dos alunos.

Mesmo aparecendo com menos intensidade do que as competências de História, a parte de Geografia continua sendo de muita importância e não deve ser ignorada pelo aluno. Nessa área, os principais conhecimentos requeridos são, principalmente, relacionadoa à Guerra Fria, geopolítica mundial e os impactos ambientais causados pelos humanos. Além disso, deve-se ter também um bom conhecimento de tópicos mais relacionados à realidade atual do Brasil, com destaque especial para a questão agrícola.

Sociologia e Filosofia, com boas bases de pensadores da Grécia Antiga e a disputa entre fé e razão,  por exemplo, são sempre competências que podem ser as principais competências para a próxima edição do exame.

Chegamos à parte das Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, composta por questões direcionadas à Química, Biologia, Física e Matemática. Na parte de Física, são necessários conhecimentos sobre assuntos importantes como ondas, óptica, eletricidade e calorimetria, e deve-se levar em conta que a prova pode conter uma parte conceitual decisiva, sendo necessária a atenção do estudante nessa parte. Em Biologia, será cobrado que o aluno saiba em especial sobre citologia, genética e imunização, sendo este último um tópico de discussão muito relevante atualmente. Na parte da Matemática, as principais cobranças são, essencialmente, porcentagem, razão e proporções e regra de três.

Também é importantíssimo que o candidato adquira habilidades para leitura e interpretação de gráficos, pois essa parte causa bastante confusão em grande parte dos alunos e pode ser decisiva para todas as etapas.

Na prova de Linguagens o maior destaque é em relação à língua portuguesa, assunto reforçado pela banca devido ao fato de ela obviamente ser o idioma mais relevante no cotidiano da população brasileira. Um dos tópicos que se requer bom conhecimento do estudante é o dos movimentos literários, como realismo, barroco, naturalismo e quinhentismo.

É preciso ter uma boa noção geral de português e estar muito atento aos erros de gramática, que contam muito para o resultado. E redobre a atenção para a parte das línguas estrangeiras, que pode ser tanto Inglês quanto Espanhol, dependendo da escolha do candidato. Nesse caso, ele precisa julgar quais são os temas que acha que sejam os mais importantes para aquele idioma e sua realidade para estudá-los a fundo, principalmente se há dificuldades no entendimento da gramática estrangeira.

Não se esqueça dos momentos de lazer durante o preparo

Quais as principais questões do Enem ?

As questões sempre estarão bem direcionadas para a atualidade, especialmente na redação. É muito importante manter o acompanhamento do noticiário como parte da sua rotina de estudos, tanto no contexto nacional quanto internacional.

As cobranças do exame são extremamente extensas, pois seu conteúdo é muito abrangente, indo desde os princípios para uma boa redação até as fórmulas matemáticas presentes nas provas de ciências exatas. Alguns dos principais fatores que causam mais estresse aos estudantes são, justamente, essa quantidade e dificuldade de assuntos que caem na avaliação. Afinal de contas, o aluno tem de estar preparado para todas as 180 questões que têm de ser feitas em um tempo que pode ser considerado curto para muitos.

Deve-se levar em conta que cada candidato possui afinidades específicas com certas matérias, mas pode não se sair tão bem em outras que possuam uma base de pensamento distinta. É devido a tudo isso que na hora de estudar o desespero pode tomar conta do aluno, causando situações bastante indesejadas.

Outra razão para uma performance do estudante abaixo da esperada na prova é o mau planejamento de seu tempo. Muita gente começa seu estudo de uma maneira aleatória, muitas vezes movida pelo medo e consequentemente, pelo que acham o “mais difícil” para si, temendo que não conseguirão uma boa nota, mas acabam se perdendo no caminho.

Além disso, a preparação do tempo também é frequentemente deixada de lado, o que gera procrastinação e um mal planejamento de como se preparar para concluir a prova com tranquilidade. Tudo isso é preciso estar no seu momento de preparo para estudos.

Organizar seu horário faz a diferença no preparo para a prova

Estudando para o Enem

Por esse motivo mesmo, um dos passos iniciais para o sucesso no ENEM é montar um plano de estudos que seja adequado para o perfil de cada candidato. Esse plano será extremamente importante para dar conta de toda a extensa matéria da prova, pois otimiza o tempo do estudante. Nele, é importante colocar também todas as atividades realizadas no dia a dia que não estejam relacionadas ao exame em si, coisas como atividades extraclasse, tarefas domésticas, cursos, não se esquecendo dos momentos de diversão. Precisamos sempre de um tempo de descanso para refrescar a mente e aliviar a corrida rotina de estudos para a avaliação.

Estudando em casa

Além das aulas normais, é sempre bom complementar com algumas horas em casa. Um bom tópico para isso é a redação. Mesmo que o aluno só saiba o seu real tema na hora da prova, escrever sem compromisso é uma ótima tática para desenvolver as capacidades argumentativas, aumentando muito as chances de um bom resultado.

É interessante também aproveitar temas que já foram usados em edições anteriores do ENEM, pois muitos deles têm características incrivelmente parecidas e requerem um estilo de argumentação praticamente idêntico. Para ir mais além nesse quesito, outra boa estratégia é a de escrever sobre assuntos relacionados a outras matérias, o que possibilita um aprendizado dinâmico em dois assuntos ao mesmo tempo.  Você pode então revisar esse conteúdo com seu professor regular, nas aulas particulares ou em serviços online para isso!

Estudando para o ENEM sozinho, funciona ?

Todo o resultado depende da sua dedicação. E se você consegue ser organizado e autônomo, o seu estudo pode ser ainda melhor. Que tal pegar provas dos anos anteriores e fazer um bom simulado, inclusive com o tempo cobrado na prova real? O gabarito já é conhecido e ajuda muito na hora de pensar as disciplinas que podem ser mais difíceis para o seu perfil.

Muitas escolas já adotam esse método como teste oficial dos alunos nas últimas séries do Ensino Médio, o que demonstra a sua importância. Resolvendo os simulados, pode-se entender na prática como é a estrutura da prova e o planejamento do tempo para cada questão, o que ajuda a diminuir o impacto na hora do exame de verdade. Você pode pesquisar pelas provas de anos anteriores na internet e resolvê-las da maneira que considera melhor para o seu perfil.

Aulas pela internet podem ser uma boa opção

Qual o melhor curso online para Enem?

Tudo depende do que você está buscando para o seu estudo. Aqui estão quatro perguntas essenciais para se fazer antes de procurar o melhor curso online para o Enem:

  • Você está buscando um complemento ou como fonte única?
  • Quanto tempo você pode usar estudando por semana?
  • Você está procurando desenvolver uma temática específica? Em caso afirmativo, qual é?
  • Em quais tópicos você está especialmente interessado?

Depois de responder essas questões, pesquise as referências sobre os professores e aulas pela internet, converse com outros alunos e veja se aquele é o modelo certo para o seu perfil.

Qual o melhor curso preparatório para o Enem?

O melhor curso para o Enem é o que o aluno se sente mais confortável. Talvez o seu perfil seja o que consegue ter uma boa autonomia e estudar sozinho. Pode ser também que saiba encontrar o melhor professor particular e possa tirar as dúvidas pessoalmente ou online. Ou talvez as aulas de pré-vestibular regulares, com grandes turmas e salas sejam o seu modelo escolhido.

O mais importante é sempre focar em obter uma melhora significativa na sua capacidade e performance nos estudos. É verdade que as matérias são longas, difíceis e desgastantes, mas com o planejamento correto todas essas barreiras podem ser superadas e haverá uma rotina de estudos muito mais saudável e eficiente, tudo depende de bastante disciplina com o cronograma e vontade de estudar por parte do aluno. Os dias difíceis serão superados com muita calma, assim como a tensão pré-prova também, que pode ser aliviada com uma boa nota após a avaliação.

Tendo uma ideia dos tópicos que podem cair no ENEM nas próximas edições, fica bem mais fácil para o candidato organizar seus estudos e conseguir um bom resultado. Como está o seu planejamento?

Precisando de um professor de Preparação para vestibular ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Ligia

Apaixonada por aprender, gosta de conhecer novos lugares, ler, escrever e entender como as coisas funcionam.