"A única coisa melhor do que cantar é cantar de novo." - Ella Fitzgerald

Em geral, os entusiastas do canto só veem benefícios na técnica de cantar com o abdômen. De acordo com um estudo alemão realizado em 2004 pelo Instituto Musical da Universidade de Frankfurt, o canto ajuda a melhorar a sua imunidade, pois reforça as proteções naturais do corpo contra doenças diversas. Cantar também é bom para o espírito e ainda aumenta a autoconfiança.

Certas práticas de canto também ajudam a relaxar. Principalmente quando se canta com o abdômen, ou seja, se usa o diafragma para fazer o ar fluir. Mas existem muitas vantagens nessa prática? Quais seriam elas?

Os melhores professores de Canto disponíveis
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Fer
5
5 (24 avaliações)
Fer
R$80
/h
1a aula grátis!
Arthur
5
5 (20 avaliações)
Arthur
R$35
/h
1a aula grátis!
Erica
5
5 (26 avaliações)
Erica
R$135
/h
1a aula grátis!
Evelyn
5
5 (162 avaliações)
Evelyn
R$150
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (76 avaliações)
Fernando
R$119
/h
1a aula grátis!
Natália
5
5 (16 avaliações)
Natália
R$40
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$100
/h
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Fer
5
5 (24 avaliações)
Fer
R$80
/h
1a aula grátis!
Arthur
5
5 (20 avaliações)
Arthur
R$35
/h
1a aula grátis!
Erica
5
5 (26 avaliações)
Erica
R$135
/h
1a aula grátis!
Evelyn
5
5 (162 avaliações)
Evelyn
R$150
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (76 avaliações)
Fernando
R$119
/h
1a aula grátis!
Natália
5
5 (16 avaliações)
Natália
R$40
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$100
/h
1ª aula gratuita>

Aula de canto: o abdômen ajuda a preservar as cordas vocais

Quando você começa suas primeiras aulas de canto, é comum ouvir muitos conselhos de seu professor de canto para cantar com o abdômen. Na verdade, cantar com a barriga é uma técnica que basicamente permite que você use o ar para emitir notas bonitas pela boca, sem forçar as cordas vocais.

Um homem de cabelos longos cantando alto no microfone
Por que ativar o diafragma para cantar? Tente não forçar muito sua voz. Isso pode ter repercussões ruins a longo prazo.

Como diz Marcel Pagnol:

“Não é abrindo a garganta de um rouxinol que você descobrirá o segredo de seu canto."

Claro, a maioria dos cantores amadores usa a garganta para cantar. Esta é a técnica que mais nos parece natural. No entanto, e você já deve ter notado caso goste de cantar com regularidade, a garganta fecha quando cantamos. Isso ocorre porque as cordas vocais estão trabalhando muito. Quando sua garganta começar a doer um pouco, é hora de parar e passar para o método do canto com o abdômen.

A técnica consiste então em usar o diafragma para controlar o ar durante a inspiração e a expiração, e fazê-lo sair aos poucos. Você não precisa expirar tudo de uma vez, pois pode ficar sem fôlego.

Usando esta técnica, as cordas vocais descansam. Esse método é usado por cantores profissionais para evitar lesões nas cordas vocais a longo prazo. Na verdade, ao colocar muita pressão nas cordas vocais, podem aparecer nódulos. Esses nódulos resultam da inflamação das cordas devido ao atrito repetitivo e podem até causar perda de voz.

Portanto, é muito mais seguro usar a respiração abdominal tanto quanto possível para evitar esse atrito. Evitar inclusive uma possível cirurgia, já pensou?

Aprender a cantar com o diafragma: ganhe intensidade

Fora algumas exceções, quando cantamos gostamos de ser ouvidos. Em seguida, cantamos para uma plateia, seja para entes queridos, para um grupo de estranhos na rua ou até mesmo no palco. Mas então, forçar suas cordas vocais para ser ouvido de mais longe é uma solução muito ruim.

A técnica do canto com o diafragma é então muito mais eficaz para você conseguir emitir sua voz com intensidade a vários metros de distância.

Na verdade, cantar com a barriga consiste em expulsar o ar armazenado para liberar um som. Portanto, este é o ar que será usado para cantar mais alto. Quanto mais ar o cantor tiver nos pulmões, mais amplificado será o som. Vale a pena experimentar:

Inspire profundamente e prenda a respiração. Ao expirar, faça o som de "u". Em geral, o som é mais alto no início, quando você ainda tem muito ar, do que no final, quando você começar a ficar sem ar.

Graças a este método, você vai poder cantar músicas e fazer sua voz ser ouvida sem ter que esticar demais as cordas vocais. Os resultados serão impressionantes!

Professores e conferencistas às vezes também usam essa técnica para serem ouvidos de longe.

Claro, não se esqueça de cantar de boca aberta. Caso contrário, você corre o risco de perder volume, pois o ar terá muito pouco espaço para ser exaurido. Você tem que conseguir encontrar um meio-termo confortável para que a voz seja transmitida, sem ter que abrir a boca de uma forma totalmente desproporcional.

E que tal cantar com a potencia da Sandra de Sá?

Três microfones pretos.
Como usar o diafragma para cantar? Não há mais necessidade de microfones para que todos possam ouvi-lo; uma boa respiração cuidará da sua voz.
Os melhores professores de Canto disponíveis
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Fer
5
5 (24 avaliações)
Fer
R$80
/h
1a aula grátis!
Arthur
5
5 (20 avaliações)
Arthur
R$35
/h
1a aula grátis!
Erica
5
5 (26 avaliações)
Erica
R$135
/h
1a aula grátis!
Evelyn
5
5 (162 avaliações)
Evelyn
R$150
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (76 avaliações)
Fernando
R$119
/h
1a aula grátis!
Natália
5
5 (16 avaliações)
Natália
R$40
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$100
/h
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Fer
5
5 (24 avaliações)
Fer
R$80
/h
1a aula grátis!
Arthur
5
5 (20 avaliações)
Arthur
R$35
/h
1a aula grátis!
Erica
5
5 (26 avaliações)
Erica
R$135
/h
1a aula grátis!
Evelyn
5
5 (162 avaliações)
Evelyn
R$150
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (76 avaliações)
Fernando
R$119
/h
1a aula grátis!
Natália
5
5 (16 avaliações)
Natália
R$40
/h
1a aula grátis!
Victor
5
5 (15 avaliações)
Victor
R$100
/h
1ª aula gratuita>

Curso de canto: use o diafragma e melhore suas habilidades respiratórias

Usar a técnica do canto com a barriga permite que você ganhe resistência respiratória e, portanto, melhore suas habilidades. Um processo muito útil quando se trata de encadear várias frases musicais sem ser capaz de recuperar o fôlego.

Por usar as cordas vocais e precisar utilizar sua capacidade respiratória normal, às vezes os cantores precisam recuperar o fôlego no meio de uma frase... Essa retomada da respiração não é muito discreta. Além disso, o cantor perde o ritmo e pode comer palavras. Nada agradável numa canção, não?

Ao cantar e usar ativamente o diafragma, os cantores podem aprender a controlar a respiração e, portanto, poupar o fôlego, para que possam terminar uma frase musical antes de precisar inspirar novamente.

Já prestou atenção no modo como os bebês respiram? Pois bem, a respiração é natural quando somos bebês ou quando estamos dormindo. A barriga infla quando você inspira e esvazia conforme expira. Cantar com o abdômen, no entanto, não parece tão natural quando estamos acordados, mas é perfeitamente possível.

Praticar a respiração abdominal em vez da torácica permite que você respire mais profundamente e, em seguida, controle o fluxo de ar de acordo com o ritmo da música. Cantores podem praticar usando o exercício de bolhas, por exemplo.

Usando um canudo, sopre em um copo de água ao expirar. Ao inspirar, conte até 4 segundos e expire por 10 segundos. Em seguida, repita soprando por 15 segundos. Por fim, aos poucos diminua o tempo de inspiração. Você vai acabar descobrindo como economizar seu fôlego para durar mais tempo. Lembre-se de que as bolhas devem ter a mesma intensidade do início ao fim.

Um homem inspirando enquanto nada em uma piscina.
Por que cantar com seu diafragma? Aprender a respirar na hora certa é essencial para ser um cantor de sucesso e não perder o fôlego no meio de uma frase.

Aprendendo a cantar com o diafragma para relaxar

Experimente fazer uma aula de canto gospel!

O que poderia ser melhor do que fazer sua atividade favorita enquanto relaxa? Cantar com o diafragma permite que você relaxe e se sinta tranquilo após sua aula canto.

Cantar não só proporciona uma espécie de conforto e autoconfiança, mas os exercícios respiratórios usados ​​para praticar o canto com o abdômen também relaxam os nervos.

Experimente você mesmo: inspire profundamente pelos pulmões, prenda a respiração por alguns segundos e solte ao expirar muito lentamente. Ao realizar este exercício várias vezes, você não só vai trabalhar a respiração abdominal, mas também vai relaxar os músculos e quem sabe até bocejar.

Esta técnica é utilizada no início das aulas de canto para que você consiga desenvolver automatismos na hora da prática vocal. Eles também são usados ​​para acalmar as crianças antes de voltarem para a aula ou para acalmar os nervos antes de uma entrevista de emprego.

Cantar relaxado é extremamente importante para controlar as notas da melhor forma possível e não ficar tenso. Se os cantores estiverem estressados ​​(isso pode ser especialmente o caso antes de uma apresentação), a voz pode tremer e a respiração pode ser interrompida. Para relaxar, é essencial sentar direito, tanto para relaxar quanto para fazer o ar fluir de maneira adequada.

Cantar com o diafragma: cuidado para não exagerar

Usar o método do canto abdominal nem sempre é bom, especialmente se for feito em condições erradas. A respiração deve permanecer um processo natural e forçá-la ou controlá-la demais às vezes pode reverter os benefícios.

Três cantoras em frente aos seus microfones.
Como aprender a cantar com o diafragma? Ter aulas de canto com profissionais pode ajudá-lo a dominar a técnica e não fazer besteira.

Ao desejar controlar excessivamente a respiração pelo diafragma, algumas pessoas ficam mais estressadas e não conseguem relaxar por inteiro. A técnica, portanto, não é adequada para todos e cada cantor é incentivado a solicitar apoio profissional para avaliar os movimentos, garantir que nada esteja sendo feito errado, tendo assim certeza do resultado.

De fato, algumas pessoas, ao tentar inflar o ventre, contraem os abdominais e, portanto, bloqueiam o diafragma. Resultado: acontece totalmente o oposto do efeito desejado.

Cantar com o abdômen é, portanto, uma técnica que requer prática e não deve ser tomada como algo simples e não importante.

Do mesmo jeito que se você praticar os exercícios respiratórios por muito tempo e com muita frequência, pode sentir tonturas e enjoos. Na verdade, o excesso de oxigênio causa esses desconfortos.

Conclusão

Existem mais vantagens do que desvantagens na prática do canto com o diafragma. É por isso que muitos profissionais usam esse método. Para relaxar, para cantar mais alto e com mais potência, para controlar melhor a respiração e a própria voz, o método é mais do que comprovado.

A única desvantagem da prática é que exige treino e que pode ser contraproducente caso faça as coisas erradas.

É por isso que recomendamos que você esteja acompanhado no processo por um coach vocal ou professor de música para ter certeza de não desenvolver maus hábitos e prejudicar sua saúde.

Precisando de um professor de Canto ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.