"A educação provoca o desejo de aprender."- Sosthene de La Rochefoucauld-Doudeauville

No Brasil, há mais de 35 milhões de estudantes matriculados no ensino fundamental e no ensino médio. Desses, mais de 7 milhões vão à escola, mas estão em situação de distorção idade-série, ou seja, têm dois ou mais anos de atraso escolar. A informação é de estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) de 2018.

Segundo reportagem da revista ISTOÉpublicada em 25/04/18:

  • 52% dos brasileiros entre 19 e 25 anos deixaram de estudar, não se dedicam à escola como deveriam ou estão atrasados na formação
  • 43% da população com mais de 25 anos têm o Ensino Médio completo. O índice está abaixo da Média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico que é de 65%
  • 1 em cada 4 brasileiros entre 15 e 17 anos abandona os estudos anualmente
  • R$ 3 bilhões é o que o abando escolar custa para o Brasil anualmente

E se para combater esse cenário, os estudantes fizessem aulas de reforço escolar?

O reforço escolar para estudantes em dificuldade

O reforço escolar para estudantes em dificuldade.
Nossas dicas para você ter sucesso em suas aulas particulares

Ao iniciar sua busca por professores particulares, você tem que fazer várias perguntas para definir suas expectativas e critérios para selecionar o educador ideal para você ou seu filho.

Um professor particular não está lá apenas para ensinar uma matéria ou aprimorar seus resultados acadêmicos. É mais do que isso! Pode ser uma fonte de inspiração e motivação, uma maneira de recuperar a confiança em suas habilidades por meio de seu suporte educacional personalizado.

Portanto, é importante escolher bem. As avaliações de ex-alunos podem ajudá-lo, mas isso em geral não é suficiente. Elas costumam ser bastante genéricas e não substituem a troca que você pode ter com seu professor em casa.

Faça as perguntas certas antes de pensar em contratar suas aulas particulares em casa:

  • Qual é o seu nível de escolaridade? Uma pergunta fácil, mas decisiva na hora de escolher seu professor,
  • Quais são suas dificuldades, suas fraquezas? Com o que você precisa de ajuda?
  • Como você aprende melhor? O professor pode ajudá-lo a determinar isso, mas você economiza tempo se já identificou a metodologia mais adequada;
  • Quando você está disponível para frequentar as aulas do professor?
  • Você prefere aulas online (via webcam) ou presenciais?
  • Deseja ter aulas individuais ou em grupo?
  • Qual é o seu orçamento?  Para conhecer o mercado, informe-se sobre os diferentes valores praticados pelas aulas particulares antes de definir seu professor,
  • Deseja um reforço intensivo ou de longo prazo?

Se você é o pai ou a mãe de um estudante em dificuldades, faça algumas perguntas para entender melhor as necessidades de seu filho. É importante conhecer as diferentes razões pelas quais seus filhos estão em dificuldade: está relacionado à pedagogia do professor na escola? Ele está desinteressado no assunto? Existe falta de organização ou confiança nele? Ele aceita a ideia de apoio escolar em casa ou não?

Lembre-se de que nem todos os seus critérios podem ser atendidos. Por isso, procure estabelecer quais são os mais importantes: o nível do professor? A pedagogia dele? O valor de suas aulas? Horários dos cursos?

Você pode então iniciar o processo de contratação das aulas particulares em casa. Quanto mais precisa for sua solicitação, maior a probabilidade de você receber uma resposta, positiva ou negativa:

  • O curso que você está procurando: ajuda com a lição de casa, revisão de final de ano, aula de química ou física, aula de matemática ...
  • O nível de escolaridade do aluno: anos iniciais ou finais do ensino fundamental, ensino médio, preparação para Enem ou vestibulares...
  • O objetivo do curso: preparação para avaliações nacionais, preparação para exames, vestibular de universidades públicas, treinamento metodológico na escola ...
  • As dificuldades do aluno,
  • Sua disponibilidade: durante as férias escolares, toda quarta-feira à tarde após as 15h, todas as noites da semana entre 18h e 20h, exceto quinta-feira, sábado de manhã entre 9h e 12h ...
  • O tipo de curso necessário: aulas de suporte doméstico, aulas de webcam, aulas em pequenos grupos, aulas individuais ...
  • A duração do acompanhamento: cursos intensivos e pontuais, por um período, durante todo o ano ...

Envie sua solicitação a professores responsivos que praticam valores de acordo com seu orçamento, para que você tenha mais chances de obter respostas e encontrar rapidamente aulas para seu filho.

Rodolfo
Rodolfo
Profe de Solfejo
5.00 5.00 (1) R$60/h
1a aula grátis!
Adelaide
Adelaide
Profe de Inglês
5.00 5.00 (32) R$120/h
1a aula grátis!
Gustavo
Gustavo
Profe de Química
5.00 5.00 (36) R$100/h
1a aula grátis!
Diego
Diego
Profe de Alemão
5.00 5.00 (10) R$150/h
1a aula grátis!
Marília
Marília
Profe de Preparação vestibular científico
5.00 5.00 (4) R$38/h
1a aula grátis!
Vitor
Vitor
Profe de Inglês
5.00 5.00 (3) R$155/h
1a aula grátis!
Marina
Marina
Profe de Atualidades
R$30/h
1a aula grátis!
Alexia
Alexia
Profe de Contabilidade
R$50/h
1a aula grátis!
Stefano
Stefano
Profe de Italiano
5.00 5.00 (6) R$80/h
1a aula grátis!
Isadora
Isadora
Profe de Yoga
5.00 5.00 (11) R$110/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Gestão contábil
5.00 5.00 (83) R$100/h
1a aula grátis!
Valbiana
Valbiana
Profe de Iniciação Musical
5.00 5.00 (9) R$65/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Profe de Matemática
5.00 5.00 (60) R$100/h
1a aula grátis!
Nancy
Nancy
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (35) R$35/h
1a aula grátis!
Allex
Allex
Profe de Fotografia
5.00 5.00 (25) R$80/h
1a aula grátis!
Natiara
Natiara
Profe de Química
R$120/h
1a aula grátis!
Barbara
Barbara
Profe de Reforço escolar
R$50/h
1a aula grátis!

Fazer reforço para evitar o abandono escolar

Tenha um bom desempenho escolar!
Como prever o fracasso escolar? As dificuldades podem começar muito cedo!

Uma das grandes causas de abandono hoje em dia: os alunos não gostam da escola. Não se identificam com professores, currículo e sistema de ensino. E isso pode ser demonstrado pelos números de absenteísmo, que ainda são altos: o número de matrículas na Educação Básica registrou queda pelo segundo ano consecutivo.

De acordo com dados do Censo Escolar 2018 divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foram registradas 48,5 milhões de matrículas nas 181,9 mil escolas de Educação Básica da rede pública e privada. Isso representa uma redução frente às 48,6 milhões de matrículas em 2017, uma queda de 3,1%.

Entre 2014 e 2018, a Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental 1 e 2, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos – EJA) “perdeu” 1,3 milhão de alunos matriculados, apontam os dados do Inep.

Na maioria das vezes, o fracasso escolar não é sinônimo de falta de capacidade do estudante.  Na verdade, muitos alunos talentosos abandonam a escola por causa de um mau funcionamento desta e falta de acompanhamento apropriado por parte do professor. Vale lembrar que a pressão exagerada por partes dos pais são também um fator a considerar.

Para superar as dificuldades encontradas por seu filho na escola, uma boa solução é contratar em um professor particular.

O professor particular é o melhor aliado rumo ao sucesso escolar

A aula de tutoria escolar pode assumir várias formas! Em primeiro lugar, o professor particular a domicílio oferece aulas intensivas em todas as disciplinas estudadas na escola: matemática, português, ciências, línguas, história, geografia, entre outras. O professor de reforço está interessado pelo aluno e pelo seu sucesso e fará o necessário para que o estudante alcance os seus objetivos. Além disso, a relação estabelecida entre os sujeitos professor/família/aluno no processo de ensino a domicílio cria um cenário apropriado para o aumento do interesse do aluno nos estudos.

Graças a um programa de estudo adequada e a um ritmo regular e intensivo, as aulas particulares a domicílio podem ser uma arma fatal contra as notas ruins!

Além de transmitir seu conhecimento, o professor de acompanhamento escolar se tornará um conselheiro educacional para seu filho, ajudando-o a fazer as escolhas corretas durante sua vida escolar. O objetivo do professor particular  é sobretudo o sucesso acadêmico de seu aluno: ao contrário de alguns professores tradicionais. O acompanhamento personalizado proposto pela aula de reforço escolar a domicílio pode trazer mais resultados positivos para o aluno que muitos anos de negligência escolar.

As trocas com o professor são mais próximas e construtivas. O apoio escolar não funciona em uma lógica de notas, mas de acompanhamento e de direito ao erro para progredir. O aluno pode aprender novos métodos de revisão para maior eficiência.

A educação em casa, além de melhorar as notas do aluno, faz com que ele se apaixone especialmente pela escola, evitando o risco de abandonar a escola.

Não perca mais tempo e procure hoje mesmo um professor particular para ajudar o seu filho a manter o gosto pelos estudos!

Que tal encontrar um professor on line?

Quais são os valores do reforço escolar?

Quais são os valores do reforço escolar?
Quanto custa fazer apoio escolar?

As agências de reforço escolar também cobram para colocar professores particulares e alunos em contato. Se você se dirigir a uma agência, ela irá facilitar sua procura por um professor adequado ao seu perfil.

No Superprof, por exemplo o aluno paga uma assinatura mensal de 29 reais para ter acesso ilimitado a todo o banco de dados de professores e educadores.

Além disso, na maioria das vezes, a primeira hora de aula é oferecida gratuitamente. Mais do que um curso, é um compromisso que permite que o professor e o aluno se conheçam e o professor adapte sua metodologia de acordo com as dificuldades do aluno.

Para fazer aulas particulares de língua portuguesa ou ajuda com a lição de casa, o segredo é tirar proveito de um acompanhamento escolar com um educador especializado para superar suas dificuldades acadêmicas. Os cursos individuais são adaptados aos alunos e deve existir um verdadeiro feeling entre o professor e o aluno.

As taxas de inscrição financiam a agência ou a plataforma on-line, garantindo seu bom funcionamento e cursos a preços razoáveis.

Fracasso escolar: reforço escolar é preciso?

Fracasso escolar: reforço escolar é preciso?
Melhorando o desempenho escolar: qual a frequência ideal de aulas particulares?

Um atraso nos primeiros anos resulta em um atraso na entrada dos anos finais do Ensino Fundamental. No entanto, as causas do insucesso escolar nessa fase podem não estar relacionadas ao desempenho escolar anterior. Um aluno pode chegar no sexto ano com todas as bases adquiridas, mas ter baixo rendimento escolar por várias outras razões, seja ainda no Ensino Fundamental ou posteriormente no Médio.

A crise da adolescência, a idade ou o perfil do aluno são fatores muito influenciados por comentários do professor, recusa de autoridade, confrontos, efeito de massa, desejo de pertencer a um grupo, ruptura com os pais, condições socioeconômicas... As causas do fracasso escolar são muitas e diversas e os primeiros sinais devem ser rapidamente identificados. Fique de olho nos resultados educacionais de seus filhos para agir o mais rápido possível em caso de um problema.

Um apoio adequado e cuidadoso é uma solução eficaz para ajudar os alunos a se reerguerem e voltarem ao sucesso escolar.

Cada aluno é diferente e precisa de um curso específico adaptado às suas dificuldades. Mas cuidado, a chegada aos anos finais do Fundamental já é estressante sem o apoio escolar. As aulas de reforço devem se adaptar ao horário do aluno e não o contrário, para não cansar a criança, o que seria totalmente contraproducente.

É preciso estar atento à carga horária dada ao aluno e ao tempo durante o qual ela é dada. As aulas particulares devem ser bem sincronizadas com os horários da escola. Por exemplo, se o aluno tiver dificuldades em matemática, é preciso escolher um dia em que ele não tenha uma aula de matemática para lhe dar uma aula em casa particular dessa disciplina. O mesmo vale para aulas de química, física ou inglês.

Isso ajuda a manter uma rotina, a suavizar os ritmos do aprendizado, dizem os especialistas. Obviamente, isso não significa rigidez nos estudos. Se houver um prazo específico, como uma prova ou tarefa de casa, pode ser prudente mudar o horário do curso em função disso.

Nos anos finais do Ensino Fundamental, as aulas particulares, sejam aulas de português, aulas de matemática ou aulas de inglês, não devem ser muito intensas ao longo do ano letivo. Programe de uma a duas horas por semana durante o ano letivo e um programa de tutoria mais intensivo durante as férias de até duas horas de aula de apoio domiciliar por 5 dias consecutivos, por exemplo.

Pode ser interessante contratar um professor particular em janeiro para melhor preparar o retorno às aulas. Isso faz com que seja possível começar o ano de maneira mais serena para o aluno, que terá os elementos do programa do ano anterior frescos na memória.

Precisando de um professor de ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.