Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Curso de francês durante a melhor estação do ano

De Camila, publicado dia 18/08/2017 Blog > Idiomas > Francês > Aproveitar as férias para aprender o idioma da França

“Vem chegando o verão / O calor no coração / Essa magia colorida / São coisas da vida…” – Renato Rocketh

Sim, a melhor estação do ano para dar um rolezinho pelos países do lado norte do Equador é o verão. Quanto mais afastado o local da linha que divide o globo terrestre, melhor é a sensação de sentir aquele calorzinho gostoso depois de tanto tempo passando frio.

Vale lembrar que as estações do ano do lado de cima são contrárias às nossas aqui no hemisfério sul: quando é verão pra eles, é inverno para a gente. Levando isso em consideração, se você é fã de aproveitar dias longos, com o sol brilhando em um céu azul, então a melhor época para fazer um intensivo de língua francesa em território francofônico é entre os meses de junho e agosto.

Para nós aqui no Brasil, é quase sempre verão o ano inteiro. Para os gringos da Europa e América do Norte, o calor é muito bem vindo depois de meses de temperaturas negativas. Claro que esta variação meteorológica não conta para os países que estão perto da linha do Equador. Mas fica a dica caso deseje passar um tempo fora aprimorando suas habilidades linguísticas no idioma de Molière.

Superprof preparou alguns comentários para você que deseja morar um período no exterior para lapidar seu francês. Você descobrirá que  e entenderá porque é melhor escolher uma viagem durante o verão do que durante o inverno.

Melhorar seu francês viajando

A melhor maneira de melhorar consideravelmente o domínio da língua francesa depois de anos a fio de aulas particulares é fazendo uma imersão cultural em um país francofônico. Seja você estudante ou profissional formado, sempre é tempo de aprender e aprimorar um novo idioma.

A melhor época para se fazer um curso de francês é no verão! Nada melhor do que estudar francês com o sol brilhando e o céu azul!

Sorte dos amantes da língua francesa que, além de escolherem o idioma eleito o mais sexy do mundo, ainda têm um leque enorme de países maravilhosos como destinação para um intercâmbio linguístico.

Existem várias opções de atividades ao seu alcance para o aprimoramento do idioma nos países francofônicos. Fazer aulas em um escola de francês para estrangeiros pode parecer o mais óbvio. Esta é sim uma ótima alternativa e você, sem dúvida alguma, encontrará várias instituições que oferecem tal serviço. Seja para crianças ou para adultos, será fácil achar o curso ideal para seu nível, seus objetivos e que caiba no seu bolso.

No entanto, não se aprende uma língua apenas fazendo aulas. É preciso praticar, seja na hora de comprar o pão na padaria, pedir uma pizza pelo telefone ou assistir o jornal da noite. Treinar a fala e a escuta é essencial para o alcance da fluência no idioma.

Se seu objetivo com esta viagem de intercâmbio é dar um passo a mais, procurar por um trabalho voluntário na cidade onde você escolheu passar um tempo é uma magnífica ideia.

Se você é universitário, então tentar encontrar algo na sua área de estudos na França te ajudará não só com o desenvolvimento da língua, mas também contribuirá para enriquecer seu currículo. Caso você já atue há muito tempo no mercado, então que tal escolher algo que goste de fazer? Quem sabe um campo que não domine muito bem, mas que sempre tenha tido vontade de aprimorar as habilidades? Outra possibilidade é se voluntariar para trabalhar com algo na sua própria área mesmo, pois isso te permitirá de, além de contribuir para a sociedade, ainda aprender um vocabulário específico que poderá ser muito útil em seu futuro profissional.

Caso seus planos não sejam para você, mas sim para um de seus filhos ainda no Ensino Médio, então o caminho mais adequado seria passar por uma agência de intercâmbios. Através dela você encontrará opções de hospedagem e escolas para seu pimpolho. Este processo pode custar um pouco mais caro, mas ele assegurará a boa estadia do jovem em terras estrangeiras.

Qual país escolher?

Como mencionado no início da matéria, o que não faltam são lugares para os interessados em aprender a falar francês em terras onde a língua é oficial. São 33 países espalhado pelo mundo inteiro! Alguns deles não possuem apenas o idioma de Edith Piaf como língua, sendo ele, assim, considerado cooficial.

“Uma língua cooficial é uma língua que compartilha juridicamente o status de oficialidade com outra língua oficial e/ou cooficial, em um dado território nacional de comunicação. Não há sobreposição entre línguas oficiais e cooficial, mas o reconhecimento legítimo dessa última, podendo ser a nível federal, estadual ou municipal.” – Wikipédia

O francês é um dos idiomas falados na Bélgica. A Bélgica é um dos países onde o francês é a língua cooficial.

Abaixo você pode conferir uma lista com alguns desses países. Fique ligado(a) que a França está de fora, pois, a esta altura do campeonato, você já está careca de saber que lá se fala francês, não é mesmo?!

  • Bélgica
  • Suíça
  • Canadá
  • Luxemburgo
  • Martinica
  • Reunião
  • Senegal
  • Líbano
  • Guadalupe
  • Seicheles
  • Mônaco
  • etc.

Se você achou a escolha difícil, nada te impede de escolher vários deles e sair pipocando por aí!

Aulas durante o verão

Para muitos, escutar a palavra “aula” dá aquele frio na espinha. Ainda mais “aula durante as férias”. Pior ainda se  for “aula durante as férias de verão”! Pois fique sabendo que os cursos de verão são muito famosos e cobiçados em vários países, incluindo a França.

Se você pensa que essas aulas são como aquelas da escola ou da universidade nas quais ficamos trancafiados dentro de uma sala ou um laboratório de informática, então está redondamente enganado(a): o formato dos cursos de verão não se parecem nadica de nada com a configuração das aulas durante o clássico ano letivo.

A primeira diferença já começa no local onde elas serão ministradas: na França! A simples mudança de país e de cultura já dá uma chacoalhada na estrutura do ensino.

A segunda diferença é que muitas das aulas de línguas oferecidas neste período de férias contam com temáticas especiais: a língua francesa e a gastronomia; o idioma francês e as artes; etc.

A terceira diferença é que existem várias opções de cargas horárias, assim como uma grande variedade de preços. Você pode escolher um intensivo no qual fará 6 horas de aula por dia, 5 dias por semana, ou então um curso um pouco mais leve, que te dê tempo livre para visitar o novo local.

A vida ao ar livre é mais agitada durante o verão. Muitos parques abrigam feiras e festivais durante o verão francofônico.

Caso você procure na internet e não ache sua fórmula ideal ou aquela que se encaixe no seu perfil, contratar um professor particular é sempre uma boa alternativa. Desta maneira ele poderá criar lições sob medida para atender às suas expectativas e poderá acompanhar seu nível de acordo com seu progresso.

Se você optar pelas aulas particulares, dica de ouro é conhecer o site do Superprof na França (www.superprof.fr). Através dele você poderá conhecer diversos professores particulares que ensinam francês para estrangeiros e poderá entrar em contato com eles antes mesmo de deixar o Brasil!

Aprender fazendo novas amizades

Fazer um curso de francês nada mais é do que adquirir conhecimento e domínio da língua para se tornar capaz de utilisá-la socialmente. Fundamentalmente, as aulas servem para o aluno entender e ser entendido na hora da comunicação.

Sendo assim, uma imersão linguística em um país francofônico (capital ou interior?) é a oportunidade ideal para você colocar em prática suas habilidades sociais praticando o idioma. O período passado em terras estrangeiras é um ótimo momento para expandir seus contatos e fazer novas amizades.

Durante o verão, a programação de eventos ao ar livre é intensa em toda a França. Seja noturno ou diurno, festivais de música, gastronomia e artes, assim como noitadas em discotecas bombam com muitos jovens e adultos.

Você perceberá que muitos grupos de amigos passam os fins de tarde nos parques. Este é um hábito que podemos até achar estranho morando no Brasil, mas quando fazemos parte desta experiência em terras francesas, sentimos como é bom ver o sol de pôr fazendo um pique-nique na grama.

Se você é do tipo sociável, descontraído e daqueles que não tem problema nenhum em puxar papo com estranhos, então será fácil conhecer nativos dispostos a bater um papo e te ajudar a melhorar seu nível na língua. À primeira vista, os franceses não parecem um povo muito receptivo. No entanto, se você chegar com jeitinho, explicando que quer tentar melhorar o domínio do idioma, é bem provável que um grupo de “bons samaritanos” te acolha.

O picnic nos parques é um ótimo momento para se conhecer pessoas novas. O picnic é um hábito delicioso durante o verão europeu.

Se você não tem absolutamente nenhum dom para chegar puxando conversa com estranhos na rua, então a internet pode ser a sua salvação. O Facebook está cheio de grupos de pessoas que moram na França e que combinam de se encontrar através da página. Seja através de interesses em comum ou apenas vontade de conhecer gente nova, muitos francofônicos e estrangeiros com um ótimo nível da língua marcam encontros em locais públicos.

Existem também aplicativos de celular que permitem conhecer nativos interessados em mostrar a cidade (qual é  a melhor para aprender francês?) a estrangeiros. Assim como todo tipo de contato via internet, é bom ficar sempre com um pé atrás e procurar marcar encontros em lugares públicos e movimentados. Isso sem contar que o bate-papo com as pessoas antes de combinar qualquer tipo de aproximação também é essencial, pois é desta forma que você sentirá se a conversa flui ou não.

Será que conseguimos te convencer que o verão é a melhor época para se fazer um curso de francês em um país francofônico? Nada mais delicioso do que um bom calorzinho em dia de céu azul para dar aquela energia e vontade de aprender!

Saiba também como encontrar um bom curso de francês online no Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar